Home Patrulha Naval Navios-patrulha oceânicos da Marinha Italiana passam a ser comandados por capitães-tenentes

Navios-patrulha oceânicos da Marinha Italiana passam a ser comandados por capitães-tenentes

1018
9

Passagem comando navios Sirio e Orione - foto 4 Marinha Italiana

Anteriormente, comandos eram exercidos por capitães de fragata nos navios da classe ‘Constellazione 2’

Na terça-feira, 23 de setembro, a Marinha Italiana divulgou nota sobre a troca de comando de dois navios-patrulha oceânicos (pattugliatori d’altura) da classe “Constellazione 2”, o Sirio e o Orione. Pela primeira vez desde o início das vidas operativas desses navios, o comando será exercido por um capitão-tenente (tenente di vascello), e não por um capitão de fragata (capitano di fregata).

Passagem comando navios Sirio e Orione - foto Marinha Italiana

Passagem comando navios Sirio e Orione - foto 6 Marinha Italiana

A passagem de comando deu-se no início do mês. O comando do Sirio foi passado do capitão de fragata Marco Bilardi para o capitão-tenente Leonardo Pietro d’Alessandro. Já no Orione, o capitão-tenente Berardino Amodio sucedeu ao capitão de fragata Simeone Praolini.

Os navios, construídos pela Fincantieri, deslocam 1.500 toneladas, têm 90 metros de comprimento, tripulação de 65 integrantes, e são equipados com convés de voo (convoo), segundo a nota da Marinha Italiana. São especialmente dotados para operações antipoluição marítima, realizando também vigilância de pesca, controle de imigrantes no Estreito da Sicília, cooperações internacionais e outras atividades de patrulha e salvamento.

Passagem comando navios Sirio e Orione - foto 5 Marinha Italiana

Passagem comando navios Sirio e Orione - foto 3 Marinha Italiana

Na ficha técnica da Marinha Italiana, os dados mais precisos informam dimensões de 88,6m de comprimento, 12,2m de boca, deslocamento de 1548,6t, propulsão por 2 motores Wartsila W12V 26XN acoplados a dois eixos com hélices de passo orientável, com potência de 4.320 KW (5.793,21 HP) geração de energia por três grupos geradores de 750 KVA acionados por motores Isotta Fraschini (potência máxima contínua de 600 KW), velocidade de 22 nós, autonomia de 3.300 milhas náuticas a 17 nós e armamento de 2 metralhadoras 25/80. Podem embarcar helicóperos dos tipos AB-212 ou NH-90. As respectivas fichas técnicas citam 72 tripulantes para o Sirio e 61 para o Orione. O indicativo do Sirio é P 409, enquanto o do Orione é P 410.

Passagem comando navios Sirio e Orione - foto 7 Marinha Italiana

Passagem comando navios Sirio e Orione - foto 2 Marinha Italiana

FONTE / FOTOS: Marinha Italiana (tradução e edição do Poder Naval a partir de original em italiano)

9
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
SoldatFernando "Nunão" De MartiniJokerMO Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
MO
Membro

Oh legal Fernandinho valew por mostrar os buneus dos classe Canelone

Dos italianenses tenho o do Francesco Mimbelli !!!!

Agora um destes Npa´s seria bemvindo a coleção, mas umda guarnição, não do CMT …

Soldat
Visitante
Member
Soldat

Caramba os nomes dos navios estão me lembrando a serie do Battlestar Galactica rsrs…..

Qual é a diferença entre Capital de Fragata e Capital Tenente?

MO
Membro

tirando o posto e graduação mais alta, um eh oficial superior o CT não ….

Joker
Membro
Member

MO,

tem em xtmas um buneu de uma fragata Lupo que é seu, meu boy vai nascer hoje a noite, assim que der eu lhe mando

MO
Membro

Parabens Jok, espero que vc de um barquinho de presente pro BB, nada de aviaozinhum, parabens para vc e para Kaliany, senão vou ter que ir a Xtmas e começar a mstrar o caminho naval pro BB rsss … TKS pelo Buneu mais uma vez !!!

Soldat
Visitante
Member
Soldat

Nunão

Obrigado.