Home Indústria Inaugurado o prédio principal do Estaleiro de Construção de Submarinos em Itaguaí

Inaugurado o prédio principal do Estaleiro de Construção de Submarinos em Itaguaí

734
28

Inauguração prédio principal estaleiro submarinos - foto 2 via Blog do Planalto

Nesta sexta-feira, 12 de dezembro, foi inaugurado pela presidente da República, Dilma Rousseff, o prédio principal do Estaleiro de Construção de Submarinos, no Estaleiro e Base Naval da Marinha no município de Itaguaí (RJ). Na cerimônia, segundo informações via twitter do Blog do Planalto (clique para acessar), a presidente  disse estar honrada em inaugurar o prédio na véspera do Dia do Marinheiro – 13 de dezembro, aniversário de Tamandaré.

Também foram divulgadas a foto acima e a imagem abaixo, além de vídeo sobre as instalações e o programa como um todo. A seguir, trechos do discurso de Dilma Rousseff, divulgados via twitter, que compilamos e reproduzimos aqui:

“Há 21 meses, estive aqui para inaugurar a Ufem, Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas. Volto hoje aqui para celebrar a conclusão das obras do prédio principal. Aqui serão integrados os sistemas e aqui será dado acabamento aos nossos submarinos e componentes. Chegamos aqui graças a competência da Marinha do Brasil. Em um futuro cada vez mais próximo, a força naval brasileira poderá escrever mais um feito para sua história. Aproveito para reafirmar a continuidade do meu apoio a esse esforço estratégico da Marinha.”

Inauguração prédio principal estaleiro submarinos - foto via Blog do Planalto

“Nossas fronteiras terrestres estão sendo consolidadas cada vez mais. Vivemos em paz e cooperação com os nossos vizinhos a quase um século e meio. Isso demonstra um diferencial muito grande do Brasil. Somos uma das poucas regiões do mundo que vive há mais de 150 anos em paz com nossos vizinhos. O Brasil é um país pacífico e assim continuará. Isso, no entanto, não significa descuidar da nossa defesa.”

“A partir de uma demanda concreta de fortalecimento da capacidade de nossa Marinha, estamos produzindo mais tecnologia, mais inovação. A grandiosidade desse prédio pode ser resumida em um único dado: nele será possível construir dois submarinos simultaneamente. Produzir mais empregos de qualidade no Brasil é um compromisso que devemos ter com a nossa população. Agradeço aos trabalhadores que dedicam seus melhores esforços à construção de uma obra tão importante para o nosso País.”

 

28
Deixe um comentário

avatar
25 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
16 Comment authors
Carlos Alberto Soaresa.cancadocristiano.grCorsario137juarezmartinez Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
wwolf22
Visitante
wwolf22

impressionante, a guerrilheira sempre com uma cara de “ass”…
essa ai ta fazendo hora extra…

Luiz Monteiro
Visitante
Member
Luiz Monteiro

Prezados,

Esta obra é impressionante. O estaleiro e a base não deixam nada a dever a todos aqueles similares de outras nações que tive a oportunidade de visitar.

Outra importante notícia:

Aeronave da Airbus Helicopters realiza ensaios para futura Aeronave Operacional da Marinha do Brasil

https://www.marinha.mil.br/noticias/aeronave-da-airbus-helicopters-realiza-ensaios-para-futura-aeronave-operacional-da-marinha

Abraços

Augusto
Visitante
Augusto

A grandiosidade da obra impressiona!

Estamos na contagem regressiva para ver o primeiro Scorpène na água.

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Acho bom fazer umas oferendas pra Iemanjá tb… mau não vai fazer.

Pelo menos o prédio não é branco, pois como elefante só faltava a cor.

Ainda não vi a lista das empresas que receberam as ToTs… por exemplo:

Quem é que vai fabricar a cadeira do Operador de Sonar?

Quem é que vai fabricar aki no Brasil o sonar, o periscópio, as baterias, os motores…etc…?

Quem vai fabricar as válvulas de pressão, os censores de dióxido de carbono… quem?

Transparência Zero.

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Nunão,

exatamente… “estavam sendo montados módulos dos equipamentos de sonar que equiparão os próximos submarinos da Marinha do Brasil (S-BR) derivados do francês Scorpène.”

Como eu disse em outro post, montamos… os equipamentos chave vem na ponte aérea… pq não temos capacidade técnica instalada para fabricar aki.

E essa ToT ai ai é igual a a da ApertaPrafusosBrás… é da Matriz para a Subsidiaria… Mas assim mesmo estamos pagando.

Ainda espero da MB e do MD toda a lista das empresas envolvidas… já mandei e-mail para eles e não tive nenhuma resposta.

Grande Abraço.

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Nunão, o que se confundi (não se sabe a diferença mesmo) muito no Brasil é o que é uma fábrica ou uma linha de montagem e muito menos o que é Projetar e Desenvolver. Fábrica (Factory) é quando vc mete de um lado uma tábua e do outro sai uma cadeira. Mas quando vc tem partes da cadeira e elas são juntas, pregadas ou coladas, isso não é uma fábrica, isso é uma montadora (Assembler). Até a legislação Brasileira é ridiculamente falha nessa classificação e se formos usar a classificação mundial do que é uma e outra, a “Indústria” Brasileira… Read more »

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Oganza

“Ainda espero da MB e do MD toda a lista das empresas envolvidas…”

Alguns dos diretores das empresas que você quer saber estão de férias em Curitiba.

ernani
Visitante
Member
ernani

Bem amigos.

Vocês lembram da visita do vicepresidente americano ao Brasil há cerca de um ano ?
Pois bem. Ele visitou aqui no RJ, entre outros lugares, exatamente o local, na Ilha do Fundão, onde está sendo desenvilvido um sonar made in Brazil. Não lembro bem o nome da instituição, se é CENPES, CEPEL, mas é um Centro de pesquisas que pertence a PETROBRAS.
Se ele será usado nos futuros subs ? Não sei. Mas, o Vice americano estava muito curioso sobre o que estava acontecendo lá…

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Nunão, eu li essa parte tb… mas o quão críticas são as “partes brasileiras”? E pergunto no sentido de valor agregado mesmo… …afinal, eu posso construir/fabricar partes do carro aki e tb montar o carro completo… e as partes que eu construo/fabrico aki tb são mandadas para a matriz montarem os carros lá. Mas eu mando a carroceria para a matriz e ela me manda o motor. Acho que está bem claro quem detém o maior valor agregado. Eu sei tb que a Trilogia tem algumas informações privilegiadas sobre as transferências e até como anda essa divisão de trabalho e… Read more »

Luiz Monteiro
Visitante
Member
Luiz Monteiro

Prezado Oganza,

“Ainda espero da MB e do MD toda a lista das empresas envolvidas… já mandei e-mail para eles e não tive nenhuma resposta.”

Era só ter pedido aqui no Poder Naval.

Já enviei para o Galante e para o Nunão para que, caso queiram, publiquem aqui no Poder Naval as empresas já escolhidas como fornecedoras do PROSUB.

Abraços

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Luiz Monteiro,

ficaria muito feliz mesmo…

…mas não diminui minha revolta… veja bem, com todo respeito, não é Sr. quem tem que me passar tal informação, a MB tem que ser capaz de me responder.

Falta muita mas muita transparência em nossa FFAA e no MD.

Grande Abraço.

Leonardo Pessoa Dias
Visitante
Leonardo Pessoa Dias

Caro Oganza,

Sugiro que leia um excelente livro, informado com exclusividade aqui no Trilogia: As Garras do Cisne. Não é a verdade em pedra, mas traz uma visão descompromissada, apolítica e com o correto grau de otimismo e realismo. Pelo menos, a meu ver. Devorei em três dias (ou três indas e vindas da barca do Cacuia para a Praça XV…. Rsrsrs!)

Gosto muito dos seus comentários, mas acredito que você está entrando na perigosa linha do “se não sei ou não conheço, não existe.”

Grande abraço.

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Leonardo Pessoa Dias, com certeza, infelizmente ele está na lista de espera… por forças maiores existem alguns na frente… =/ Mas tem uma coisa que é paradoxal ai, que é como vc disse: “traz uma visão descompromissada, apolítica e com o correto grau de otimismo e realismo.” Sei que é sua opinião, mas me geram reservas. Pois acho muito difícil falar de defesa, de qualquer tipo, sem um background político e do cenário de desenvolvimento tecnológico atual e pretendido. Toda Defesa de um Estado sempre será definida por sua Política atual ou suas intenções futuras, pois o primeiro sempre será… Read more »

rafael oliveira
Visitante
Member
rafael oliveira

Juntando alguns pontos:

– Dias atrás, o Luiz Monteiro trouxe a informação de que pelo menos 3 navios de minagem e varredura serão alocados em Itajaí.

– Ontem, saiu a notícia de que se planeja que a bateria Pantsir da MB também fique em Itajaí.

Pergunto, o que mais está sendo planejado para fazer a segurança em Itajaí?

Muito obrigado a quem puder responder.

GUPPY
Membro
Member
GUPPY

Prezado Rafael Oliveira,

Não é Itaguaí?

Abs

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Oganza, comentario extremamente lucido e realista. A pergunta e sempre a mesma:
Como vao manter aquela estrutura no futuro?

Outra coisa Oganza:

Muitas das situacoes que nos vimos, sentimos e alertamos infelizmente aconteceram apesar de que alguns atraves frases recheadas de proselitismo tentarem vender o cafezinho gratuito.

Grande Abraco

rafael oliveira
Visitante
Member
rafael oliveira

Ops, Guppy. Desculpe a falha técnica.

Obrigado e abraço!

MO
Membro
Oganza
Visitante
Member
Oganza

Juarez, pois é meu caro. Nesse fds fiz uma conta de padaria be fajuta e sobre algo que óbvio não domino, mas: Independente de ter ou não SubNuc, para Itaguaí se manter crível e com todo, repito, todo o corpo adestrado… das tripulações ao faxineiro, passando por técnicos, soldadores, engenheiros, etc… teríamos que um mínimo de 9 subs comissionados ou sendo construídos. Pois se colocarmos de forma otimista uns 2 anos para cada sub, juntando a sua capacidade de construção simultânea de 2 subs teríamos ai entre 9 e 15 anos de construção para os 9, e que quando fosse… Read more »

Corsario137
Visitante
Member
Corsario137

Detalhe irrelevante mas que eu não podia deixar de comentar: o Governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, que está na foto, mais parece estar num botequim do que na inauguração de uma base de submarinos. Olha que eu sou uma das pessoas mais anti-protocolo que eu conheço mas até eu colocaria um terno e gravata para um evento desses.

cristiano.gr
Visitante
Member
cristiano.gr

Todo debate é bom por levantar questões e respostas, provocar o interesse e participação de mais pessoas e, inclusive, melhorar ou mudar idéias. Tudo que o Oganza está questionando e afirmando é importante e tem valor, mas é uma pena que apenas ele esteja comentando dessa forma. Quanto mais pessoas participam, melhor é para a MB, para o país e para o nosso dinheiro. Contudo o que realmente me preocupa é que o cenário continua sendo de nevoeiro para a P&D no Brasil e, se com a cultura atual já é difícil manter o conhecimento alcançado e melhorá-lo, com o… Read more »

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Assino embaixo letra por letra, vígula por vírgula.

grande abraço

a.cancado
Visitante
Member
a.cancado

Muito bom mesmo…Caso entremos em guerra, poderemos lançar essa construção contra os nosso inimigos…Poderíamos, até, demolí-lo, e lançar seus escombros contra eles…Sairíamos vencedores do conflito, sem dúvida…rsrsrs
Na boa, quem quiser acreditar nessas baboseiras, essas falácias tipo ‘END’, ProSub, ProSuper, que esteja à vontade…Eu só acredito mesmo é no ProLula e no ProPT, programas extremamente bem sucedidos…

Carlos Alberto Soares
Visitante

“Oganza
14 de dezembro de 2014 at 14:08 #”

“cristiano.gr
18 de dezembro de 2014 at 14:23 #”

Aonde assino ??

Abraços