Home História Naval Halifax Canada: Destróier classe ‘Iroquois’ dirige-se para desmanche

Halifax Canada: Destróier classe ‘Iroquois’ dirige-se para desmanche

4715
31
HMCS Athabaskan (DDG 282) atuou durante a Guerra Fria

O último destróier da classe “Iroquois” da Royal Canadian Navy, o HMCS Athabaskan, partiu do Porto de Halifax em 29 de março pela última vez, informou a Maritime Forces Atlantic (MARLANT).

Estando em serviço há mais de 44 anos, o navio será desmanche em Cape Breton, Nova Escócia.

O HMCS Athabaskan será desmantelado pela Marine Recycling Corporation, sediada em Ontário. Em janeiro, a empresa conseguiu um contrato de 5,7 milhões de dólares canadenses para o descarte da embarcação.

Os destróieres da classe “Iroquois” foram uma solução feita no Canadá para os desafios de defesa e segurança da Guerra Fria e da era pós-Guerra Fria do final do século XX.

O descomissionamento faz parte dos esforços de renovação da frota da Marinha Real Canadense e da Guarda Costeira Canadense.

Os destróieres de classe “Iroquois” serão substituídos por até quinze Combatentes de Superfície Canadenses. A entrega do primeiro navio é esperada para meados dos anos 2020.

A classe “Iroquois” também conhecida como classe “Tribal” ou DDH 280, era composta de quatro navios de mísseis guiados e operavam com dois helicópteros orgânicos CH-124 Sea King cada.

HMCS Athabaskan zarpando pela última vez com destino ao desmanche

31
Deixe um comentário

avatar
10 Comment threads
21 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
14 Comment authors
jORGE KNOLLcfsharmMarceloNunãoBryan Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
JagderBand44
Visitante
JagderBand44

Triste fim.

Nonato
Visitante
Nonato

Bem que a MB poderia ter comprado a preço simbólico.
Pagava o desmanche.
Será que não tem mais vida operacional alguma?
É um destróier…

JagderBand44
Visitante
JagderBand44

fala sério

Bryan
Visitante
Bryan

Estava esperando esse tipo de comentário bizarro.

Nunão
Visitante
Nunão

Nonato,
É um destróier porque a Marinha Canadense quis chamar o navio assim, por uma questão de tradição e também de porte, pois 40 e poucos anos atrás a maioria das fragatas tinham porte menor que o dessa classe. Mas seu emprego foi a maior parte do tempo antissubmarino (foi projetado partindo da necessidade de hangar e convoo para dois helicópteros Sea King), ou seja, atribuição básica típica de fragatas.

Nunão
Visitante
Nunão

Lembrando que só na modernização de meia-vida dos navios eles, enfim, receberam mísseis antiaéreos de defesa de área, passando a fazer mais jus ao papel principal normalmente atribuído a navios classificados como destróier, que é a defesa aérea.

Marcelo
Visitante
Marcelo

Caramba, comprar um navio com 40 anos nas costas ? Fala sério.
A situação pode até estar ruim na MB mas não vamos exagerar, né ?

Nilson
Visitante
Nilson

Salvo engano, os combatentes de superfície canadenses eram os 4 Iroquois e as 12 Halifax. Agora restam as 12, modernizadas para durar até 2030. Está em andamento o programa para construir 15 fragatas, que substituirão os 16 originais. Pergunto: se nem iniciou a construção dos substitutos, porque tanto se fala que os canadenses venderão em curto prazo 3 Halifax?? Ou será apenas na medida em que chegarem substitutas??

Dalton
Visitante
Dalton

Um dos 4 “Iroquois” foi descomissionado mais cedo em 2005, então, aceitou-se como ideal a quantidade de 15 para combatentes de superfície, agora reduzidos às 12 fragatas classe “Halifax” e espera-se que 15 novos combatentes comecem a ser adquiridos na próxima década para substituir 3 “Iroquois” e 12 “Halifax”.
.
Quanto aos canadenses venderem 3 “Halifax” a curto prazo, me parece mais especulação que realidade já que espera-se cumpram no mínimo 30 anos de serviço o que ocorrerá com o mais antigo apenas em 2022.

Gustavo
Visitante
Gustavo

estes 15 novos navios que devem ser entregues a partir de 2020 serão de qual modelo? e serão destróier ou fragata?

Bardini
Visitante
Bardini

A Concorrência está entre Type-26, De Zeven Provinciën e F-105…

Nilson
Visitante
Nilson

Então a FREMM já foi descartada??

Nilson
Visitante
Nilson

OK, na Wiki consta que apenas três propostas foram apresentadas em dezembro de 2017:
“As of December 2017, the three submitted proposals are:[4]
British Type 26 frigate design proposed by Lockheed Martin and BAE Systems
Dutch De Zeven Provinciën-class frigate-based design proposed by Alion Canada and Damen Group
Spanish F-105 frigate design offered by Navantia.”

jORGE KNOLL
Visitante

As Free, são fragatas caras, hoje os orçamento militares minguando e as marinhas sendo reduzidas em número de belonaves, nos principais países ocidentais, tem que partir para meios mais baratos e menores.
Bem ao contrário da Rússia e China.

Nilson
Visitante
Nilson

Vc sabe se dessa short list foram divulgados os preços??

Bardini
Visitante
Bardini

Não vi nada de preços…

Gustavo
Visitante
Gustavo

Obrigado!
Achei que já estava decidido, então estão bem otimistas com a entrega do primeiro navio já em 2020…

Bardini
Visitante
Bardini

Nem com mágica fariam um desses 3 navios pra entregar já em 2020.
.
Isso ai vai longe ainda…

Nilson
Visitante
Nilson

Pelo que tenho visto, serão fragatas. Mas não é para 2020, é para “meados dos anos 2020”, ou seja, em média, 2025.
http://www.naval.com.br/blog/2017/12/01/naval-group-e-fincantieri-propoem-ao-canada-projeto-baseado-na-fragata-fremm/

A propósitos, pesquisa de quando as Halifax completarão 30 anos:
2022 – 1
2023 – 3
2024 – 3
2025 – 2
2026 – 3

Ou seja, entrarão no “mercado” junto com as Type 23, a partir de 2023. Dependendo de como caminhar o processo de construção das novas 15 unidades.

Gustavo
Visitante
Gustavo

agora que me atentei a este detalhe, agora faz sentido.

Dalton
Visitante
Dalton

No caso canadense por enquanto é apenas futuro “Canadian Surface Combatant” ou futuro combatente de superfície canadense, mas, provavelmente serão classificadas como fragatas
que historicamente tem sido a espinha dorsal da marinha independente de cada marinha
classificar seus navios como melhor convier.

Bezerra (FN)
Visitante
Bezerra (FN)

O fim breve da comissão das Fragatas Halifax é mero exercício de especulação. Durante o ano passado estávamos em grupo de campanhas conversando com um colega adido naval Canadense, foi durante uma visita do Embaixador do Canadá ao nosso GptFN, juntamente com sua comitiva, Perguntamos naquela oportunidade exatamente sobre está possibilidade, pois existiam especulações em blogs e foruns de toda sorte sobre a baixa de até três “Halifax”. A resposta dele foi a seguinte: “A previsão é que até duas unidades sejam descomissionadas a partir de 2024, contanto que o orçamento para seus substitutos seja aprovado a tempo”. Resumo: Muita… Read more »

Nilson
Visitante
Nilson

Então, toca por as Niterói pra rodar, para até 2024 termos pelo menos com que ir ao Líbano e participar das operex. Ainda bem que a geopolítica é favorável, tanto no caso dos caças quanto das fragatas temos tido mais sorte do que juízo…

Bardini
Visitante
Bardini

Os Canadenses estão tendo que usar Hornet até o osso. Estão comprando Hornet usado, pra servir de tampão. Tem o gasto com novos caças “na fila”.
Pra mim, com as Fragatas vai ser a mesma coisa. Vai ser tudo usado até o osso. As Halifax vão navegar até os 35/40 anos.

Nilson
Visitante
Nilson

Bem lembrado. Ainda mais pq vi em algum lugar que o programa das fragatas é na faixa de 40 a 50 bilhões de US$, entre os navios (mais ou menos 50%) e o restante (munições, treinamento, manutenção, etc, etc), entre 2020 e 2040.

Bardini
Visitante
Bardini

Eles também precisam de submarinos novos…

Bezerra (FN)
Visitante
Bezerra (FN)

Exatamente amigos.

Então é pegar as Type 23 ou largar e chorar na cama que é lugar quente.

Burgos
Visitante
Burgos

Vai tarde Carniça !!!
Uma banheira velha a menos boiando !!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Rodrigo Tavares
Visitante
Rodrigo Tavares

Rapaz, eu li tudo de baixo pra cima, péssimo habito

Achei milagre não terem pedido esse pudim de ferrugem, isso até chegar no 1º post kkkkkkkk

Marcelo
Visitante
Marcelo

kkkkkkkkkk melhor você inverter a ordem pra não se decepcionar depois.

cfsharm
Visitante
cfsharm

Aquisição da Iroquois para a MB, só se fosse para guerra biológica – leia-se contaminar o inimigo com tétano devido a ferrugem! Piada a parte, se está indo para o desmanche é porque está no osso.

Sds.