Home Marinhas de Guerra China está tomando a dianteira em ‘railgun’ eletromagnético

China está tomando a dianteira em ‘railgun’ eletromagnético

9949
90
Protótipo do railgun eletromagnético chinês instalado na proa de um navio de desembarque, em foto do início de 2017

Por Steve Mollman

O pouso de um veículo da China no outro lado da lua atraiu manchetes em todo o mundo nesta semana. Menos notada, a mídia estatal do país informou sobre o progresso em outra arena: armamento naval revolucionário.

O jornal estatal Global Times disse na quinta-feira (3) que os navios de guerra chineses serão equipados em breve com railguns eletromagnéticos que disparam projéteis com “velocidade incrivelmente destrutiva” e que a tecnologia subjacente é baseada em “propriedade intelectual totalmente independente” e não de projetos copiados de outras nações. Cita uma reportagem que apareceu na quarta-feira no canal CCTV da China.

Usando a força eletromagnética, essas armas são mais precisas e enviam projéteis de até 200 quilômetros a 7,5 vezes a velocidade do som. Como os projéteis causam danos pela sua velocidade, eles não precisam de ogivas explosivas, o que os torna consideravelmente mais baratos.

A Marinha dos EUA realizou experimentos em terra com essa tecnologia e planeja integrá-la em futuros navios de guerra. Seu braço de pesquisa observa:

“Usando um enorme pulso elétrico em vez de um propelente químico, o railgun pode lançar projéteis muito mais longe do que o alcance de 13 milhas náuticas do canhão naval padrão de 5 polegadas da Marinha dos EUA … o railgun, com um projétil de hipervelocidade, deve ser muito rentável, acrescentando profundidade ofensiva e defensiva. Ele pode lidar de forma barata com muitas ameaças letais enquanto conserva mísseis muito mais caros para os alvos mais desafiadores.”

Mas a China pode se tornar o primeiro país a implantar amplamente a tecnologia em navios de guerra. Cerca de uma semana atrás, imagens não confirmados de um navio de guerra chinês no mar equipado com tal arma se espalharam online. Parecia ser o mesmo navio visto no início do ano passado em um estaleiro chinês, também com o que muitos consideravam ser um railgun.

Citando o CCTV, o Global Times escreveu: “Os EUA também estão experimentando a nova arma, mas a China será o primeiro país a realmente equipá-lo em um navio de guerra… o canhão e o equipamento eletromagnético naval da China ultrapassaram outros países e se tornaram líderes mundiais.”

Outros tiveram uma visão mais comedida. Mesmo que a China esteja testando um railgun eletromagnético no mar, ele ainda pode estar “a um ano ou dois de estar operacional”, disse Carl Schuster, ex-diretor de operações do Centro de Inteligência Conjunta do Comando Pacífico dos EUA, à CNN. Ele notou a importância, no entanto, de a China desenvolver sua própria tecnologia em vez de copiar projetos estrangeiros, dizendo que indica que o país não está mais 10 a 15 anos atrás dos EUA e está “aproximando-se do Ocidente em termos de desenvolvimento de armas”.

Concepção em 3D do destróier Type 055 equipado com Railgun
Concepção em 3D do destróier Type 055 equipado com Railgun

Animação mostrando um projétil sendo disparado do railgun americano

FONTE: Quartz

Subscribe
Notify of
guest
90 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Costa
Paulo Costa
1 ano atrás

Nao se pode acreditar em tudo que órgãos de noticias chinesas divulgam por se tratar muitas vezes de pura propaganda ideológica do regime ditatorial chines, mas se for confirmado com o tempo sera um trunfo grande a ser superado seja pelos EUA, Russia e pelos outros países.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Paulo Costa
1 ano atrás

Eu só observo a tendencia , já já começa a choradeira.

igortepe
igortepe
Reply to  Paulo Costa
1 ano atrás

O Railgun da marinha Americana já foi desenvolvido, testado com sucesso e armazenado.
Motivo do armazenamento segundo alguns sites especilializados, o canhão é caro e a munição idem.
Com certeza eles não roubaram o projeto, acharam no lixo.
Achado não e roubado.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
1 ano atrás

Vamos nos acostumar com notícias desse tipo, pois acredito que se tornaram frequentes.

É a China galera e isso faz parte do xadrez global.

Bosco
Bosco
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Parece que o jogo da China é o póquer e não o xadrez.

Tiago
Tiago
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Se for pôquer eles ainda jogam bem, já o Irã e seu Qaher-313….

Paulo Costa
Paulo Costa
Reply to  Tiago
1 ano atrás

Qaher- deve significar galinha em persa pelo formato desse caça

um caça futurista multi-missão e furtivo de 6ª geração extremamente avançado para nosso tempo feito de matérias compostos (liga de papelão, madeira, gesso e cola tenaz) nunca antes usado em caças modernos.

Bosco
Bosco
1 ano atrás

Os americanos desenvolvem o railgun porque detectaram um nicho operacional. Os chineses o desenvolvem como propaganda de seu regime decrépito e escravocrata, porque é muita coincidência eles terem sempre as mesmas necessidades operacionais dos americanos ao mesmo tempo. O que claramente eles fazem é uma corrida ideológica. Até que divulguem tiros reais pra mim é só mais uma peça de propaganda. A esquerda vive de propaganda. Tanto os daqui quanto os de lá. Tô aqui sentado esperando um monte de super armas russas e chinesas que são anunciadas tendo características fantásticas mas que até que se comprovem existirem e funcionarem… Read more »

ADLER MEDRADO
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Pois é.
Pra mim isso ainda é um mock.

Lemes
Lemes
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Bosco, não faz muito tempo, aqui mesmo na trilogia saiu matéria falando das turbinas chinesas, que eles estão correndo atrás de melhorar sua potência pois seus navios são sub motorizados. Agora imagina tentar fazer um railgun funcionar num navio desses? Mas é aquela coisa, propaganda aceita tudo, e no final quem vai ter e operar um railgun de verdade serão os decrépitos e decadentes americanos. rsrs

Washington Menezes
Washington Menezes
1 ano atrás

Cara!! vendo os comentários contra a China nota-se que a lavagem cerebral foi grande, é tão difícil perceber que um país esta se desenvolvendo.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  Washington Menezes
1 ano atrás

“é tão difícil perceber que um país esta se desenvolvendo”
.
Claro que não é difícil… Mostra um vídeo ai do dito armamento funcionando, que eu acredito na hora !
Do contrário… continuo duvidando e achando que é uma bravata.
.
Sabe o q é isso ? É a credibilidade que dou para notícias oriundas de uma ditadura esquerdista. Inversamente proporcional a credibilidade que dou para as notícias oriundas de um país democrático e livre (dentro do possível).

Bosco
Bosco
1 ano atrás

A China tem muita coisa pra mostrar que construiu, até cidades inteiras onde não mora ninguém. Não deixa de ser vistoso, só não serve pra nada.

kevinbuenuu
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Poisé Bosco, estas embarcações chinesas são tudo de papel, e quanto as imagens, são photoshop dos editores de imagem chineses.

Bosco
Bosco
Reply to  kevinbuenuu
1 ano atrás

Sabemos por experiência própria o quanto dissimulado e o quanto os comunas gastam pra parecer o que não são. Com certeza o navio é de verdade, o navio existe…o canhão existe… só não funciona. Colocam a carroça na frente dos bois e já anunciam que venceram a corrida.
Mas eu posso estar completamente enganado e você certo e o chineses são realmente isso tudo que (auto) apregoam.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Cara, a eleição já acabou. Pode dar uma sossegada agora na sua cruzada contra o comunismo.

luiz claudio reis de oliveira
Reply to  Wilson França
1 ano atrás

Não …sofremos e continuaremos sofrendo por causa desse regime corrupto que tentaram emplacar aqui …BOSCO ta certinho …

Sidnei R.Castilho
Sidnei R.Castilho
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Tipo Detroit?

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  Sidnei R.Castilho
1 ano atrás

Boa comparação !
Comparar cidades fantasmas chinesas com (até a década de 80) o maior centro mundial da indústria automobilística !
Sendo que até hoje Detroit sedia plantas, e as sedes, das duas maiores automobilísticas dos EUA, a Ford e a GM.
Boa comparação !!

kevinbuenuu
1 ano atrás

Incrível a evolução das armas de combate, e quanto ao alcance, será que chega mesmo aos 200km?

luiz claudio reis de oliveira
Reply to  kevinbuenuu
1 ano atrás

é produto chinês nem dá pra saber se existe que dirá a distancia kkkkk

Vovozao
Vovozao
1 ano atrás

06/01/2019 – domingo; btarde; pode até ser propaganda, porém a evolução belica da China nesses 30/40 anos; seja copiando ou criando surpreendeu o mundo.

ProfMac
ProfMac
1 ano atrás

A curiosidade é que as enormes torres com canhões dos encouraçados da WWII voltaram no século XXI, na versão eletromagnética. E, da mesma forma, os navios vão poder se enfrentar novamente na base do tiro de canhão (basta um drone/satélite para direção de tiro).

Sidnei R.Castilho
Sidnei R.Castilho
1 ano atrás

A China há 2 dias atrás mandou um robô no lado oculto da Lua ,vê “neguim” puto com o sucesso do dragão asiático que vai mandar no mundo inevitavelmente daqui 10 anos n tem preço.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Sidnei R.Castilho
1 ano atrás

Tá ligado que os EUA mandaram gente pra lá em 1969 né?
Muito bom eles estarem fazendo ciência mas na grande escala das coisas científicas um robô no lado escuro da lua não tem nem relevância… pra ser honesto, o programa espaço deles é bem melhor do que isso!

luiz claudio reis de oliveira
Reply to  Sidnei R.Castilho
1 ano atrás

Será que já acharam a nave dos TRSNFORMERS ???? kkkkkkkkk estão só 49 anos atrasados kkkkk

Caravaggio
Caravaggio
1 ano atrás

Na hora em que eles criarem a Hollywood deles ( o maior centro difusor dos valores e estilo de vida dos americanos, que colocou o mundo ocidental inteiro a reboque cultural dos EUA), eles dominam o mundo.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Caravaggio Saudacoes A China nem precisa construir uma Hollywood pra ela igual a India fez criando Bollywood. Hoje pode-se ver estudios chineses investindo em grandes filmes americanos. Assista o filme Dragon Blade que fala sobre o encontro dos Exercitos Romano e Chines na Rota da Seda. No elenco estao atores renomados como Jonh Cusack, Adrien Brody e Jackie Chan. Grande parte do filme foi financiado por um estudio chines. A China ja aprendeu que parte da dominacao tbm deve vir pelo meio cultural e esta usando isso a seu favor. Aqui mesmo no Brasil ja temos varias escolas de idiomas… Read more »

_RR_
_RR_
1 ano atrás

Eis a nova geração de canhões navais… Lançará projéteis de precisão mais baratos que mísseis e terá múltipla função, atacando alvos em terra e no mar. Mas francamente, o nicho desse tipo de arma é bastante restrito. Dificilmente poderá equipar algo menor que um destróier e sua utilização será principalmente em cenários de baixa intensidade, onde se poderá fazer uso de seus projéteis ao aproximar-se da costa. Será excelente, portanto, para os chineses, americanos ou russos, que tem intenções de deter vasos mais pesados e capazes de compor forças de projeção globais. Para quem terá vasos abaixo das 8000 ton.… Read more »

igortepe
igortepe
Reply to  _RR_
1 ano atrás

O Railgun da marinha Americana já foi desenvolvido, testado com sucesso e armazenado.
Motivo do armazenamento segundo alguns sites especilializados, o canhão é caro e a munição idem.
Com certeza eles não roubaram o projeto, acharam no lixo.
Achado não e roubado.

Bosco
Bosco
1 ano atrás

A necessidade que os chineses têm de mostrar que lá agora virou o paraíso na Terra, o munda das maravilhas, a ilha da fantasia, a terra do nunca… não me cheira bem.
O engraçado é que a Arábia Saudita faz o mesmo, só tem propaganda boa vindo de lá, mas o mesmo pessoal que exalta a China maravilhosa consegue ver por detrás do véu e lá na AS eles enxergam a verdade. Mas na China não… toda a propaganda é a mais pura verdade.

Andrigo
Andrigo
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Pois é, só gostaria de saber por exemplo se a lista de defeitos do J-20 não é igual ou até maior do que o F-35…. vamos crer que não, pois se o paraíso do Oriente não divulgou nada, está tudo certo….

Munhoz
Munhoz
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Um país com 5 x a população dos 🇺🇸 e 5 menos crirmes🗡⚒

Outra cultura etc não dá para comparar.

Lembrando a Alemanha dos anos 30, no atual momento

Bosco
Bosco
Reply to  Munhoz
1 ano atrás

Munhoz,
Essa relação de crimes é em número relativos (taxa de homicídio). Em números absolutos há uma relativa paridade.
Digo isso porque senão alguns vão pensar que nos EUA são assassinados 5 x mais pessoas que na China, o que não é verdade. Em 2014 a China teve 10 mil homicídios e os EUA teve 15 mil.
E cá entre nós, os números americanos são confiáveis , já os chineses…

luiz claudio reis de oliveira
Reply to  Bosco
1 ano atrás

simples..morto não fala kkk aquilo la é um inferno ..capaz que 10.000 é só oque o estado assassina

andré
andré
Reply to  Bosco
1 ano atrás

O que houve com a lógica Bosco?????

10 mil sobre 1,3 bilhão, é uma taxa incrivelmente menor que 15 mil sobre 325 milhões.

Bosco
Bosco
Reply to  andré
1 ano atrás

Não é questão de lógica e sim de valores relativos e absolutos. A quantidade relativa de assassinatos nos EUA é muito maior do que a da China (4,8 assassinatos por 100000 habitantes por anos nos EUA contra 0,7 assassinatos para 100.000 habitantes na China), mas a quantidade absoluta é muito menos discrepante (15.000 assassinatos por ano nos EUA e 10.000 na China).

luiz claudio reis de oliveira
Reply to  Bosco
1 ano atrás

no dia que o planeta parar de vender comida e matéria prima pra china eles acabam …simples…

Camillo Abinader
Camillo Abinader
1 ano atrás

Esse tipo de notícia não vejo como propaganda, notícia sobre desenvolvimento tecnológico vindo da China é normal para um país que há décadas investe pesado em ciência e tecnologia, o Brasil ao invés de invejar a China deveria fazer o mesmo tb.

Marcos10
Marcos10
1 ano atrás

O que pesa contra a China aínda é o fato de ser um Estado Comunista. O senhor mercado ainda é quem manda. Amém!!

Marcos10
Marcos10
1 ano atrás

Esqueci do canhão: como disse o Bosco, o navio existe, o canhão existe, provavelmente funcione… como protótipo.

Bosco
Bosco
Reply to  Marcos10
1 ano atrás

Mas não tem uma fotinha dele atirando.

Madmax
Madmax
1 ano atrás

Continua sendo alvo para submarino.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
1 ano atrás

Se alguém dizer que está desenvolvendo uma tecnologia nova, os chineses correm para copiar e dizer que estão na frente mas é tudo mentira. Igual a história do EM drive, começou a rolar boatos de que funcionava e então a China já se apressou em dizer que construíram um que gerava mais propulsão do que qualquer outro e que já tinham enviado para o espaço na frente de todo mundo e que estava funcionando. Mas acontece que o negócio não funciona, como qualquer cientista sério já vinha dizendo que viola as leis da física.

MGNVS
MGNVS
1 ano atrás

Essa noticia sendo verdadeira comprova que o crescimento chines em varias areas esta sendo realmente impressionante.
Veremos qual sera o proximo passo da China rumo ao posto de 2° Superpotencia Mundial.

Mauricio_Silva
Mauricio_Silva
1 ano atrás

Olá.
A animação não parece mostrar o disparo de um canhão eletromagnético. Há muita expansão de gases aquecidos (a labareda que sai da boca do canhão), típico de detonação de uma espoleta química. Na melhor das hipóteses, é um modelo híbrido, com espoleta convencional e aceleração por força magnética. Um canhão eletromagnético tem muito pouco gás aquecido, provocado mais pelo atrito do projétil com o cano do armamento.
Repare no vídeo que o tamanho da “bola de fogo” é bem pequeno.

SDS.

Bosco
Bosco
Reply to  Mauricio_Silva
1 ano atrás

Esse fogaréu todo é plasma formado devido ao atrito do sabot com os trilhos.

Mauricio_Silva
Mauricio_Silva
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Olá Bosco, tudo bem com você? O calor do atrito não deve ser suficiente para gerar plasma, mas pode gerar combustão de outras substâncias presentes no projétil, no cano de disparo e até mesmo no ar. De qualquer forma, o atrito do projétil (ou do suporte) com o trilho guia tem de ser o menor possível, pois no caso do disparo eletromagnético atrito significa “perda de rendimento”. Vou “palpitear” como engenheiro (que eu sou). O lançamento de um projétil por meio de interação eletromagnética vai precisar (como o lançamento de qualquer outro projétil) de um sistema de estabilização. Os projéteis… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Mauricio_Silva
1 ano atrás

Maurício,
Com todo o respeito, mas nunca li nada sobre esse “mecanismo de compensação”. O que o fabricante diz é que toda essa chama é gerada pelo atrito e pela corrente elétrica.

Mauricio_Silva
Mauricio_Silva
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Olá, Bosco.
Sim, a interrupção brusca da corrente elétrica pode gerar um arco voltaico. Mas uma “bola de fogo” é bem menos provável.
O vídeo mostra exemplos de interrupção de circuitos elétricos de altas correntes.

Enfim, foi uma “suposição”, um exercício de imaginação para tentar entender o porquê do evento registrado.
SDS.

Mauricio_Silva
Mauricio_Silva
1 ano atrás

Olá.
Compare com o disparo de um projétil convencional.

SDS.

Mauro
Mauro
1 ano atrás

Bons de marketing eles são. Quem será o marqueteiro deles??

j.leo
j.leo
1 ano atrás

Para evitar confusão no entendimento, conjugação do verbo “voltar”:

Pretérito mais-que-perfeito = “voltaram”.

Futuro do presente = “voltarão”.

Lewandowski
Lewandowski
1 ano atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Carlos Campos
Carlos Campos
1 ano atrás

Num dia aprende a fazer turbina decente com a Rússia, no outro tem um canhão poderoso que ninguém tem operacional. vai entender o que se passa na China.

Christian Barbalho.
Christian Barbalho.
1 ano atrás

Esse tipo de indução eletro magnética e velho. Talvez nunca tenham feito em tamanho maior. Tenho uma dessas em miniatura em casa.

Alessandro
Alessandro
1 ano atrás

Digamos que seja verdade e os chineses estejam com a railgun deles quase pronta, é curioso isso, pois estão há décadas sofrendo para produzir um turbofan próprio que seja decente e nada até agora, mas já estão anunciando que tem uma arma muito mais complexa desenvolvida ? Tem pessoas que precisa ligar o desconfiômetro rsrs…

Chen
Chen
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

Olha. Eles não estão tendo dificuldade com produção de um turbofan qualquer e sim do turbofan do melhor caça deles de 6 geração. Modelos de outros caças já atingiram a qualidade exigida e são feitos em ritmo industrial. O problema do j_20 é a produção manual de cada motor inviabilizando uso o militar.

Renan
Renan
1 ano atrás

O Brasil através da marinha poderia iniciar pesquisas para o desenvolvimento deste armazenamento e das catapultas eletromagnéticas.
Podemos em uns 20 anos desenvolver um NAe moderno.

Pedro Calmon
Pedro Calmon
1 ano atrás

“.. indica que o país não está mais 10 a 15 anos atrás dos EUA e está “aproximando-se do Ocidente em termos de desenvolvimento de armas”.

Acredito quando comecarem a fabricar turbinas confiaveis (em vez de importa-las da Russia), fabricar sistemas de defesa aereas confiaveis (em vez de importar S-400 da Russia) e quando embargos de componentes eletronicos dos EUA nao falirem firmas chinesas, como ocorreu com a ZTE.
Ate la’, tudi isso e’ propaganda.

paulop
paulop
1 ano atrás

Para ilustrar a discussão:

https://m.youtube.com/watch?v=8UKk84wjBw0

Bispo
Bispo
1 ano atrás

…. uma duvida.. um projétil chega a 200km de distancia…a 7.5x na velocidade do som…ok.. mais o alvo não ira ficar parado esperando … para atingir um alvo a 200km de distancia ..voando a 2.57km/s ..vai demorar em torno de 1.30 minutos…
Se tal projétil necessitar de componentes tecnológicos para ajustar a rota até o alvo…já não será barato… se o alvo em questão usar tecnologia para “embaralhar” a “visão”do projétil …. resumindo … no “papel” tudo é maravilhoso….já na prática.

Bispo
Bispo
Reply to  Bispo
1 ano atrás

vai demorar…1.17 minutos.

Bosco
Bosco
Reply to  Bispo
1 ano atrás

Bispo, Esse canhão nunca foi pensado para o lançamento de projéteis burros. Esses burros são apenas para o desenvolvimento do canhão. A próxima etapa seria o desenvolvimento da munição guiada. Numa primeira etapa a munição seria contra alvos fixos, usando GPS, e só futuramente é que seria pensada para ter um seeker contra alvos móveis. Um dos grande problemas é fazer os componentes eletrônicos resistirem a acelerações de mais de 10 mil g no disparo. Vale salientar que o que se espera é que o projétil de alta velocidade (HVP) seja comum entre o railgun, o canhão Mk-45, os obuseiros… Read more »

Foxtrot
Foxtrot
1 ano atrás

Pois é, até hoje nós aqui no Brasil não conseguimos fazer um simples canhão convencional, coisa que já vem sendo fabricado no mundo desde quando descobriram a pólvora. Devemos iniciar o mais breve possível as pesquisas em armas de energia dirigida (Laser, Eletromagnetismo etc). Temos capacidades nessa área (eletromagnetismo), vide exemplo do msg leve Cobra construído na UFRJ com tecnologia nacional . Além deste exemplo tinha um professor físico da USP que propunha o desenvolvimento de uma catapulta eletromagnética para a MB. A tecnologia para fabricar esse tipo de armamento se encontra hoje até mesmo no YouTube (claro, guardado as… Read more »

LEONIDAS
LEONIDAS
1 ano atrás

Me parece que o grande problema neste campo seria a enorme quantidade de energia necessária para alimentar este tipo de arma.
Esse era um dos aspectos que precisavam ser equacionados para tornar a arma de fato funcional até onde me lembro (salvo engano)
Os Chinas já reportaram como farão para prover a alimentação do sistema deles?
Alguém sabe dizer?
Bom dia para todos!

andrepoa2002
andrepoa2002
1 ano atrás

Visualmente parece meio deslocado em relação ao CG do navio, porém como não faço ideia do peso de todo esse aparato recolho-me a minha ignorância e aguardo mais informações.

Dalton
Dalton
Reply to  andrepoa2002
1 ano atrás

Trata-se de um navio pequeno e descartável que está sendo utilizado apenas para testes da arma e para tanto todas as demais funções foram eliminadas para providenciar espaço para instalação da fonte de energia e sistemas afins.
.
Esse canhão não será instalado em pequenos navios anfíbios e sim em grandes combatentes de superfície.

Porto de tubarao
Porto de tubarao
1 ano atrás

Vendo o casco do navio pergunto-me se o Brasil não poderia ter cinco navios patrulhas numa força nacional maritima fazendo do papel de guarda costeira e petroleira e liberando as novas fragatas e subs apenas para doutrina de defesa.

Foxtrot
Foxtrot
1 ano atrás

Pois é, e o Brasil até hoje não consegue fabricar um simples canhão.
Equipamento que é fabricado desde a invenção da pólvora.
Precisamos partir urgentemente para um programa de desenvolvimento de armas de energia dirigida (laser, eletromagnética etc).
Temos experiência em eletromagnetismo, vide exemplo do Mag lev Cobra instalado na UFRJ.
Pouco tempo atrás havia um professor da USP propondo desenvolvimento de uma catapulta eletromagnética para a MB.
Acorda Brasil!
O futuro está chegando rápido enquanto você , em berço esplêndido.

jagderband#44
jagderband#44
1 ano atrás

Mais uma mega blaster master tecnologia chinesa.
Pobre ocidente.

Leonardo Besteiro
Leonardo Besteiro
1 ano atrás

Uma coisa é você ter uma tecnologia análoga outra é ter uma em pé de igualdade.

Chen
Chen
Reply to  Leonardo Besteiro
1 ano atrás

De acordo com o primeiro ministro da china . Eles alcançarão a igualdade tecnológica em 2030.

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
1 ano atrás

Acompanho a trilogia a uns 7 anos, no começo qualquer noticia sobre a China era tratada com chacota ou piada como produtos shing ling que solta pecinha, amigos a China não esta para brincadeiras e hoje não vejo mais as mesmas piadas no blog.

Saudações!

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
1 ano atrás

Grande China! Maior marinha do mundo!!!

Koke
Koke
1 ano atrás

Nao confie muito nos photoshops da midia chinesa, uma pratica muito usada por eles.

Roberto
Roberto
1 ano atrás

esse navio tem quantos anos, ele dispara e… continua em cima d’agua e a recarga? o grande problema desse tipo de armamento…. ainda não confio em made in ching-ling

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
1 ano atrás

Outro dia vi um video de uma uma briga de um leopardo vs porco espinho africano , a iniciativa era toda do felino ficando o espinhento só na defensiva ,depois de muita briga o porco espinho sucumbiu as agressões mas no final do vídeo mostravam as imagens do leopardo já morto por não suportar os vários ferimentos da batalha , acho que na nossa realidade num embate entre Usa vs China ou Russia teríamos um desfecho semelhante.

Lemes
Lemes
1 ano atrás

Enquanto os chineses ficam arrotando propaganda, os americanos fazem e testam sem alarde. Testaram novos projeteis de hiper velocidade guiados na última rimpac sem alarde. Com a vantagem de poderem ser disparados pelos atuais canhões Mark 45 de 127mm sem qualquer alteração. Quem sabe faz!

https://www.popularmechanics.com/military/weapons/a25804867/us-navy-hvp-heavy-gun-shells-rimpac/?utm_medium=social-media&utm_campaign=socialflowFBPOP&utm_source=facebook

JPC3
JPC3
Reply to  Lemes
1 ano atrás

Pois é, várias notícias interessantes para publicar.

Bosco
Bosco
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Só que não são. rsrsss

Bosco
Bosco
Reply to  Lemes
1 ano atrás

Lemes, Até hoje a USN não adotava projéteis guiados em seus canhões Mk-45. O AGS de 155 mm iria estrear projéteis guiados mas há dúvidas se o LRLAP será adotado. Fato é que agora a USN quer tirar o atraso em relação aos USA e ao USMC e quer ter projéteis guiados em seus navios. Há vários candidatos mas o HVP com certeza será um dos adotados. Os outros candidatos são uma versão de 127 mm do LRLAP, uma versão do Excalibur de 127 mm e Vulcano, subcalibrado, italiano. Solta aos olhos que o potencial dos canhões Mk-45 está sendo… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 ano atrás

“salta aos olhos” e não “solta”.

Renan Lima Rodrigues
Renan Lima Rodrigues
1 ano atrás

Era dos canhões de grande calibre, voltando!

Vale mais construir os canhões Mark 71 203mm/55

Bosco
Bosco
Reply to  Renan Lima Rodrigues
1 ano atrás

Renan,
O railgun americano tem 150 mm. O canhão é grande por conta de sua tecnologia mas o projétil disparado está longe dos de mais de 1 t dos antigos canhões navais dos encouraçados.
O projétil HVP do railgun pesa menos de 15 kg.

Renan Lima Rodrigues
Renan Lima Rodrigues
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Exato! Mas sempre achei interessante o canhão de fogo rápido Mark 71 e torreta furtiva. Era um canhão de 203mm, mesmo Mark 16RF utilizado nos cruzadores pesados classe Des Moines 1946, conseguia uma taxa de disparo entre 10 rodadas por minutos com projéteis “Super Heavy” de 152kg, com 27,400m de alcance máximo

Mahan
Mahan
1 ano atrás

O Pedrão podia ter uma torre dupla desse canhão magnético na proa. Big ship merece big gun.

Harriman Nelson
Harriman Nelson
1 ano atrás
Edmauro Soares
Edmauro Soares
1 ano atrás

No final da segunda grande guerra, os Japoneses tinha submarinos que podiam transportar 3 aviões. Imagine o railgun instalados em submarinos