Home Divulgação LAAD 2019: Marinha do Brasil e a empresa DGS Defense vão assinar...

LAAD 2019: Marinha do Brasil e a empresa DGS Defense vão assinar contrato para aquisição de lanchas blindadas

7981
75

Na próxima sexta-feira, 05 de abril, às 10h30, durante a 12ª edição da Feira de Defesa e Segurança da América Latina (LAAD Defence & Security), a Marinha do Brasil (MB), representada pelo Comandante do 2º Distrito Naval (Com2ºDN), Vice-Almirante Marcelo Francisco Campos, assinará um contrato com a empresa brasileira DGS Defense para aquisição de duas lanchas de açāo rápida com proteção balística, que serão empregadas nas atividades de patrulhamento da Baía de Todos os Santos e proximidades.

As embarcações poderão, ainda, incrementar a fiscalização das águas interiores e o combate aos crimes transfronteiriços e ambientais na área de jurisdição do Comando do 2º Distrito Naval, composta pelos estados da Bahia, Sergipe e parte de Minas Gerais.

Fruto dos acordos de cooperação e convênios firmados pela MB com órgãos governamentais, tais como a Polícia Militar do Estado da Bahia, a Polícia Civil, a Polícia Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), a Marinha já vem agindo no apoio logístico na área de segurança pública no Estado da Bahia. Após a assinatura do contrato, a previsão de entrega das lanchas é de 240 dias. De acordo com o Almirante Campos, as embarcações adquiridas “facilitarão a atuação com mais eficiência, o que permitirá que a sociedade conte com melhores serviços na área de segurança”.

A área marítima sob jurisdição do Com2ºDN apresenta características específicas, marcadas por águas rasas, presença de altos fundos e, principalmente, de pedras. Tais situações representam um risco e necessitam de embarcações com baixo calado, casco reforçado, dotado de resistência superior a impactos. Assim, o projeto das Embarcações Tubulares Rígidas Híbridas (ETRH), apresentado pela empresa brasileira, foi considerado adequado para a navegabilidade nas águas marítimas que circundam o Com2ºDN, mostrando-se vantajosas em relação aos demais tipos de embarcações, principalmente no tocante à resistência ao choque mecânico, à incrustação do casco, à necessidade de manutenção, ao tempo de garantia e à maior durabilidade (longo ciclo de vida).

Além disso, um fato que agrega grande vantagem é que o sistema de blindagem das embarcações compõe o projeto da mesma, não sendo uma mera adaptação.

Além das características das lanchas, a escolha da empresa DGS Defense desponta como oportuna e adequada para a execução e conclusão da aquisição, por atender à legislação pertinente e em vigor, que estabelece a obrigatoriedade do estaleiro possuir autorização do Exército Brasileiro para exercer atividades com blindagem.

Serviço:

  • Assinatura do contrato de aquisição de lanchas blindadas entre a Marinha do Brasil e a empresa DGS Defense
  • Data: 05 de abril de 2019
  • Horário: 10h30
  • Local: LAAD Defence & Security – Estande da Marinha do Brasil – Riocentro – Rio de Janeiro-RJ

Os jornalistas interessados deverão se credenciar diretamente no site da LAAD (https://eventos.tmp.br/laad2019/imprensa/inicio.php) e enviar um email para imprensa@marinha.mil.br .  

Contato:

  • Centro de Comunicação Social da Marinha
  • Departamento de Imprensa
  • Tel: (61) 99194-2788
  • E-mail: imprensa@marinha.mil.br

“Marinha do Brasil, protegendo nossas riquezas, cuidando da nossa gente”

Subscribe
Notify of
guest
75 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
FERNANDO
FERNANDO
1 ano atrás

Só duas/??

Junior
Junior
Reply to  FERNANDO
1 ano atrás

E precisava fazer uma cerimonia para assinar a compra de apenas duas lanchas? Quando eu li o titulo da matéria, achei logo que era uma compra grande, tipo umas 30

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Junior
1 ano atrás

Meu caro Júnior,

evidentemente isso(cerimônia) se trata de marketing em favor da empresa DGS Defense e da LAAD. É uma forma de valorizar tanto um como outro!

Grato

Chevalier
Chevalier
Reply to  Junior
1 ano atrás

No Brasil da burocracia qualquer mixaria tem que se mostrar, fazer auê.

Paulo Barros
Paulo Barros
Reply to  Junior
1 ano atrás

Pelo mar e rios que temos achei que seria umas 300 no mínimo,para serem entregues nos próximos 3 ou 4 anos, e o pior e que fazem estardalhaço por mixaria ou lixo americano.

Paulo costa
Paulo costa
Reply to  Paulo Barros
1 ano atrás

Mais um que sofre de problemas de ideologia .. que inveja dos americanos kkk
Os americanos vivem nos pseudo-cerebros desses caras e nem pagam aluguel kkk
DigNo de pena essas criaturas patéticas e como diria o Morão :
E sem cultura nenhuma kkk

Kommander
Kommander
Reply to  Paulo costa
1 ano atrás

Cara, não sei o que acontece contigo. As vezes faz uns comentários bacanas, outras vezes parece que te dá um “branco” na cabeça pra ficar falando besteiras.

Fligth_Falcon
Fligth_Falcon
Reply to  FERNANDO
1 ano atrás

Se tiver um trocado para emprestar para comprar mais, com juros baixos a MB agradece.

Thiago
Thiago
Reply to  Fligth_Falcon
1 ano atrás

Flight Falcon, porque de onde vem o orçamento da MB e das forças armadas? Não é originário do cofre público, devidamente enchidos com os nossos impostos ? Precisa de mais trocado ainda? Não seriam melhor cortes e racionalização das forças ? Um melhor gerenciamento desse recursos, controlando os desvios e desperdícios ? Aplicamos na defesa um orçamento superior àquele de Israel, Austrália, e similar a Itália e nem por isso estamos pertos da qualidade e eficiência dessas respectivas forças armadas.

Fligth_Falcon
Fligth_Falcon
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Boa noite Thiago, O comentário foi em tom irônico para com o que tinha sido publicado pelo Fernando. Quanto sua observação, escrevi logo abaixo no comentário do Praefectus quanto a criação de uma Guarda Costeira, justamente sobre isso que você falou. No meu entendimento no momento precisamos nos organizar. Um órgão colegiado definir quem faz o que e trabalhar nessas aquisições para operações conjuntas. Quanto a desvios é difícil combater isso em um país como o nosso que desde a coroa a corrupção veio junto. É uma mudança de cultura, que infelizmente ainda está impregnado nas nossas gerações. Se puder… Read more »

Leonardo de Araújo
Reply to  FERNANDO
1 ano atrás

Serão postas a provas e testes. Com certeza não ficará só nestas duas.
Calma pessoal, tudo a seu tempo.

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
1 ano atrás

Olha, sei que isso poderá causar urticária em muitos, mas creio está na hora de se criar uma espécie de guarda costeira do Brasil. Muitos vão dizer “há não tem verba nem pra equipar a MB vai ter dinheiro pra gastar com uma duplicidade de função, como uma guarda costeira!!??” A verdade é que temos sim que começar a nós mover nessa questão. O modelo atual já serviu, claro, obrigado. Mas o Brasil de hoje com sua enormidade em todos os quesitos (incluso aí, evidentemente o crime organizado transnacional), se recente de uma organização com profissionais investigativos dedicada 24 horas… Read more »

Fligth_Falcon
Fligth_Falcon
Reply to  PRAEFECTUS
1 ano atrás

Isso vai de encontro a diversas questões. Concordo contigo. Mas ai vem a Marinha deve assumir a aviação de patrulha? Exército deve operar aeronaves de asa fixa para transporte? A FAB vai ter missil anti navio? São questões que eu creio que deveria estar centrada em um órgão colegiado para definição de que cada um vai fazer e assim efetuar as compras, pensando no todo e não apenas na força em si. Esse órgão já existe desde 2000, mas não exerce essa função que seria o Ministério da Defesa. Pq não a Guarda Costeira ser um braço da PF? Mas… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Fligth_Falcon
1 ano atrás

Concordo com os dois, ótimas observações flight falcon. Quanto a uma guarda costeira como braço da PF, já pensei várias vezes nessa solução, sempre a percebi como o caminho mais racional.

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Fligth_Falcon
1 ano atrás

Meu caro Falcão, vejo a coisa da seguinte forma. Há que se criar de fato um órgão “policial” de Guarda Costeira. Poderia ser no formato de serviço militar, marítimo, de múltiplas missões, que se reporta ao Ministério da Justiça, mas, ligado hierarquicamente a MB(como o são, as polícias militares estaduais ao EB, porém este serviço seria Federal e não Estadual, e, umbilicalmente ligado a MB) . Na verdade, quase que como uma Força Auxiliar desta(como o é, as PM em relação ao EB…). De partida, notemos um leque de oportunidades super interessante que se abriria para o país no quadro… Read more »

Paulo costa
Paulo costa
Reply to  PRAEFECTUS
1 ano atrás

Eu iria mais além, na minha opinião deveria se criar uma organização mista que substituiria a força nacional mas subordinada diretamente ao ministro da segurança publica chamada Guarda Nacional- GN formada no início por militares da ativa emprestado, militares da reserva, membros dos tiros de guerra e Policias da Força nacional emprestados. Essa guarda nacional assumiria as Missões, quartéis, equipamentos, viaturas, embarcações, aeronaves, armas e todos os meios dos tiros de guerra, da Força nacional e dos distritos navais e teria assim como suas atribuições além da função treinar reservista, auxiliar as policias estaduais e federais, Missões das capitanias dos… Read more »

Vovozao
Vovozao
1 ano atrás

03/04/19 – quarta-feira, btarde, somente uma pergunta: estás lanchas teriam capacidade operacional para serem usadas nos rios da Amazônia no combate a pirataria, entrada de traficantes pelos nossos Rio na fronteira já que são lanchas de baixo calado/ brindada e podem portar um metralhadora .50

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Vovozao
1 ano atrás

Para operações ribeirinhas com certeza estão 100% aptas….

O que gostaria de saber é se podem opcionalmente ou não, ser desdobradas em meio Oceanico por algum LPD…..teria capacidade marinheira para oceano aberto e operar como RHib?

Vovozao
Vovozao
Reply to  Vovozao
1 ano atrás

04/04/19 – quinta-feira, bdia, lendo aqui, vi que algumas pessoas acham injusto que outras critiquem a MB pelo estardalhaço que está fazendo na aquisição dessas 2 lanchas brindada; eu como cidadão acho que as pessoas têm direito sim a se expressarem. Uns batem palmas, outros já pensam diferente, eu mesmo acho que não deveria haver tanto barulho nesta compra, simplesmente a MB, colocaria uma nota de rodapé noticiando que comprou as 2 lanchas, pronto; quando é para valorizar noticiam aos 7 ventos, e, quando é contra escondem a notícia, alguém informou até hoje o estado operacional da fragata Niterói??? Ela… Read more »

Carlos
Carlos
1 ano atrás

No caso de Duas Lanchas , seria mais adequado se cadastrar para um Velório mesmo 😎

Cleber
Cleber
1 ano atrás

Enquanto isso , piratas , pesca ilegal vao deitando e rolando pelo nosso litoral . Duas e muito pouco .

ALEXANDRE
1 ano atrás

Preferem 2 ou nenhuma?

Caio
Caio
Reply to  ALEXANDRE
1 ano atrás

Preferimos “quem vê bos valores do orçamento da defesa nacional” que se gaste com equipamentos em quantidade e qualidade adequadas as necessidades do país, e só duas!! é pura piada vom a segurança nos portos.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
1 ano atrás

Já há algumas em operação, não?

Marcos Andrey
Marcos Andrey
Reply to  FABIO MAX MARSCHNER MAYER
1 ano atrás

Sim a Marinha do Brasil já opera 3 lanchas deste modelo! Estas encomendas serão de uso exclusivo para patrulhamento na Baia de Todos os Santos!

O pessoal deveria se informar mais antes de postar suas criticas!

Dodo
Dodo
Reply to  Marcos Andrey
1 ano atrás

O pessoal é ignorante, a maior parte conformada por tiozoes vira latas sem informação que não tem nada melhor pra fazer do que ficar explanado bobagem em fóruns sérios de defesa como este, saudades do tempo em que aqui Só tinha forristas sério. Antes da G1’tização da sessão de comentários…. efim, são as consequências negativas da popularização do tema de defesa no Brasil….

Vicente Roberto De Luca
Vicente Roberto De Luca
Reply to  Marcos Andrey
1 ano atrás

São três lanchas DGS-RAPTOR em operação: uma lotada na Capitania Fluvial do Rio Paraná (Foz do Iguaçu); uma na Delegacia Fluvial de Guaíra; e a terceira, recentemente, na jurisdição do Grupamento de Patrulha Naval Sul-Sudeste, em Santos. Segundo consta, excelente desempenho, com custo unitário de R$1.500.000,00. Blindagem incorporada na construção (certificada pelo EB), sistema de compensação de danos durante a operação, alta resistência a impactos, navegabilidade própria para águas rasas. Senhores: é para comemorar, sim! Independente de quem seja favorável ou contra à Guarda Costeira, trata-se de uma obtenção que a Marinha promove com racionalização de suas verbas e em… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  FABIO MAX MARSCHNER MAYER
1 ano atrás

No Pará e na Amazônia a bandidagem (Piratas) estão sim ,deitando e rolando , faz as Comunidades Ribeirinhas de Gato e Sapato , entram nas casas e nas embarcações espancam e roubam ,isso quando não matam , “”Alô Marinha do BRASIL””” ,,,,

Dodo
Dodo
Reply to  Carlos
1 ano atrás

Aonde que isso acontece ? Por favor me de informações sobre esses raids piratas, no aguardo

Carlos
Carlos
Reply to  Dodo
1 ano atrás

DODO *Rapaz Você Fala de MAIISS* , você está mais é pra UMA FUCHIQUEiRA ,Isso sim , seu discurso não tem Consistência nenhuma , para achar invasões a Casa Ribeirinhas e Embarcações , basta Procurar Cabra , mas vou deixar um Link aqui SÓ pra satisfazer seu pedido , mas dá próxima vez cabra acesse o GOOGLE https://g1.globo.com/pa/para/noticia/2018/08/10/assalto-em-embarcacao-deixa-passageiros-e-tripulantes-refens-ao-sair-de-ponta-de-pedras.ghtml

Dodo
Dodo
Reply to  Carlos
1 ano atrás

Melhor do que ser um Vir a lata tiozão ignorante que fala demais e age de menos. Tá insatisfeito “cabra” ? Se aposte na marinha e vai lá enfrentar essas “invasões malvadas”, ah é vc não passaria na prova do colégio naval kkkkk

Kommander
Kommander
Reply to  Dodo
1 ano atrás

Só você procurar no google “piratas do rio amazonas/ratos d’água” que notícia é o que não vai faltar.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
1 ano atrás

Umas lanchas dessas com sistema de armas REMAX seria de grande utilidade para defender nossos portos de assaltantes de navios e de defender nossos rios na região amazônica desses piratas e coibir o tráfico de drogas na região.

Marcos Andrey
Marcos Andrey
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

Cara, você só pode estar brincando!!!!

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Marcos Andrey
1 ano atrás

Claro que não! Vai me dizer que você não viu as imagens de um protótipo da lancha armado com as REMAX?

Dodo
Dodo
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

Ah sim, e afundar a lancha com o peso da torreta e seus sistemas de sensores tbm seria bem legal né? Me poupe, esse cara só pode estar de zoação….

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

A DGS já expôs a Raptor com Remax na RIDEX ano passado. Só procurar imagens no Google.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  GFC_RJ
1 ano atrás

E é o modelo que creio será entregue a MB e não o da foto acima e foi exposto com a Remax(Corced) na proa e não parecia nada invasivo não, abaixo as fotos;
comment image
comment image

willhorv
willhorv
1 ano atrás

Levando em consideração que aí sim, teremos 5 destas, também falo…Só!!
São 17 estados com a grande maioria de suas capitais próximas ao mar….
Façam as contas…
Sem falar na bacia do rio Amazonas…
Precisamos é criar vergonha mesmo…

Marcos Andrey
Marcos Andrey
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Uma encomenda um pouco maior esta prevista para este ano ainda!!

willhorv
willhorv
Reply to  Marcos Andrey
1 ano atrás

Pode ser que haja um cronograma de aquisições que venham mobiliar todo nosso litoral…quem souber algo….por favor!
Poucas unidades não adiantarão nada.

Marcos Andrey
Marcos Andrey
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Em torno de mais 5 unidades! Mas tenho que concordar com você que mesmo assim é pouco!

Dodo
Dodo
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Querido deixa eu te explicar uma coisa, de grão em grão a galinha enche o papo. Quem foi que disse que esses são os únicos meios que a MB tem a sua disposição para patrulha ? E quem foi que disse que só serão essas encomendas ?

Frederico
Frederico
1 ano atrás

2 unidades é uma piada de mau gosto

Luiz Floriano Alves
Reply to  Frederico
1 ano atrás

Este tipo de barco não serve para a Amazônia. Só vai fazer com que os piratas se escondam nas matas. Lá se presta um barco maior, mais silencioso e com helicóptero orgânico, tipo Esquilo ou similar. Será multipropósito como o são os monitores atuais, porém de menor porte e com clado reduzido para operar em águas rasas. Propulsão mediante hgidro-jato ao invés de hélice. Algumas duzias deles, Comunicação via satélite é fundamental. Atendimento médico e dental quando fundeado nos locaias remotas. Lá é que temos que levar o braço da MB e apoiar nosso sofrido povo da floresta, com segurança… Read more »

Dodo
Dodo
Reply to  Luiz Floriano Alves
1 ano atrás

Ah legal bacana, gora um navio patrulha fluvial tipo a classe Pedro Teixeira agora vai poder se embrenhar nos tributários e drenagens primárias apertadas né….

JonasN
JonasN
Reply to  Luiz Floriano Alves
1 ano atrás

Luiz, já li um artigo do exercito sobre um estudo para adquirir uma lancha tática que seja blindada, pra complementar se não me engano as GUARDIAN 25 que não são blindadas, no artigo tem uma ilustração da dgs raptor que se parece muito com a que está exposta na laad.

colombelli
colombelli
1 ano atrás

lancha blindada precisa é ono Rio Paraguai e Itaipu, não ali.

Dodo
Dodo
Reply to  colombelli
1 ano atrás

Já temos umas lá com o nepom

colombelli
colombelli
Reply to  Dodo
1 ano atrás

1? Que eu saiba so tem duas adquiridas antes. Itaipu tem 200 km de lago e muita ilegalidade. Vagabundos com arma pesada. Rio Paraguai idem. Pra patrulhar porto não carece blindagem.

Aquino Ferro
Aquino Ferro
Reply to  colombelli
1 ano atrás

Tem em Itaipu.

Renato
Renato
1 ano atrás

Festa para 2 lanchas?

Vão gastar mais com coquetel doque com o produto…

Fábio Figueiredo
Fábio Figueiredo
1 ano atrás

Corrijam o texto (Minas Gerais não tem mar e nem atuação da MB!

… ” Comando do 2º Distrito Naval, composta pelos estados da Bahia, Sergipe e parte de Minas Gerais.”

Marcos Andrey
Marcos Andrey
Reply to  Fábio Figueiredo
1 ano atrás

Não! Não esta errado!

Cada DN é responsável pelas tarefas da Marinha do Brasil. Não exclusivamente a operações navais, aeronavais, e de fuzileiros navais, mas realizam também atividades de Assistência Cívico-Social às populações ribeirinhas, e outras atividades específicas.

O estado de Minas Gerais faz parte do 1º e 2º DN.

1° Distrito Naval – É composto pelos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e sudeste de Minas Gerais. Ele é o Distrito sede da Marinha do Brasil.

2° Distrito Naval – Os estados que fazem parte do 2° DN são: Bahia, Sergipe, norte e sudoeste de Minas Gerais.

Fábio Figueiredo
Fábio Figueiredo
Reply to  Marcos Andrey
1 ano atrás

Obrigado pelo esclarecimento!

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Marcos Andrey
1 ano atrás

O aqui de MG foi inaugurado agora em Dezembro passado e fica, coincidentemente, perto de onde trabalho aqui em BH. Capitania Fluvial de MG, av Raja Gabaglia 303 em frente ao batalhão da 4º região militar do EB.

Cinturão de Orion
1 ano atrás

Sinceramente, não entendi a importância finalística dada a esta embarcação pela Marinha. Acho que ela até – e apenas possa ser indicada para ambientes abertos (mar, lagoa, etc.) e que exijam velocidade para intercepção ou tranquilidade para abordagem, mas totalmente inadequada para Operações Ribeirinhas: proa impede operações de assalto/embarque-desembarque rápido, proteção blindada apenas para quem está na cabine e, principalmente, exposição TOTAL dos Combatentes a fogo tenso proveniente das margens (todos sentadinhos lado a lado atrás da cabine, esperando pacientemente a sessão de “tiro ao pato”).

Cinturão de Orion
Reply to  Cinturão de Orion
1 ano atrás

Acredito que esta seria mais indicada para Operações Ribeirinhas e/ou de Fuzileiros Navais.

https://www.naval.com.br/blog/2012/03/14/tecnicos-militares-da-base-naval-de-val-de-caes-visitam-estaleiro-sueco/

Dodo
Dodo
Reply to  Cinturão de Orion
1 ano atrás

Negativo, ela vem sendo utilizada de forma mto exitosa pela flotilha do Mato Grosso e pelos fuzileiros de Ladário nessas operações

Cinturão de Orion
Reply to  Dodo
1 ano atrás

Tô falando do fim a que se destina – enfrentamento inimigo (por isto é blindada e armada), ou seja, como Lancha de Patrulha ou de Assalto. Muito exitosa só pra … “Ação de Presença”? Ela já recebeu fogo inimigo? Se sim, os Fuzileiros estavam sentadinhos, bonitinhos, contemplando o por do sol no Pantanal enquanto chovia bala? Se protegeram “como” e “onde”: se jogando na água ou se espremendo no 1/2 metro entre os assentos e as bordas? Tomaram posição para revidar ao fogo neste 1/2 metro? Não é uma embarcação adequada para suportar Combate, Amigo.

Dodo
Dodo
Reply to  Cinturão de Orion
1 ano atrás

Defina combate ? Qual a intensidade desse combate ? Qual adversário eles pretendem enfrentar ? Quais as táticas a serem empregadas ? O ambiente ? O contexto ? Em operações militares não há receita de forma. As lanchas são excelentes sim, e te garanto que um bando de pé de chinelo transportando maconha numa canoa de madeira não vai ser problema para essa embarcação

Cinturão de Orion
Reply to  Dodo
1 ano atrás

6 perguntas desnecessárias se você entendeu que minha análise está dirigida à proteção da guarnição, e não à “qualidade” da embarcação (leia, de novo, “… tiro tenso proveniente das margens …”, “… sessão de tiro ao pato.” e “se espremendo no 1/2 metro entre os assentos e as bordas”. Ops”! Esqueci a opção “10 Fuzileiros se amontoando dentro da cabine blindada”). De resto: um “bando” numa canoa de madeira? Bota “canoa” nisso; transportando uns … “5kg” … certamente seriam só “pés de chinelo” e sem problemas para ela; transportando “1.000kg”? Não seria numa canoa e nem seriam pés de chinelo… Read more »

claudião
1 ano atrás

sushi de pobre só tem arroz …..2 lanchas ? só falta ter batimento de quilha com SIDRA de maçã …… o pobreza …..

Foxtrot
Foxtrot
1 ano atrás

Tanta frescura para aquisição de apenas 2 lanchas.
Se fosse um contrato com as cifras do Astros 2020, CCT,s etc ainda iria.
Mas ao menos já é alguma coisa.
Quanta falta faz uma agência de fomento e aquisição semelhante a DARPA, DRDO etc.

Atirador 33
Atirador 33
1 ano atrás

Ampliei e analisei a foto, a blindagem é so para p condutor? O restante fica de peito aberto?

Abs

colombelli
colombelli
Reply to  Atirador 33
1 ano atrás

Nao. O modelo a ser entregue tem uma estrutura maior atras da cabine e ali em cima vai a metralhadora

Jardel
Jardel
1 ano atrás

É dificil viu, se não compram nada reclamam, se compram pouco reclamam, se outro país compra reclamam que não compramos, se compramos usados reclamam, se compramos novos reclamam dizendo que o produto do concorrente do pais tal é melhor… Eu estou desanimando de ler os comentários da trilogia, quando não é a reclamação de um monte de gente que não conhece os motivos que levam as Forças a fazerem o que fazem, é o bate boca ideológico e a guerra de torcida pró isso ou pró aquilo. Deveríamos festejar que em meio a uma crise como a que vivemos (em… Read more »

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Jardel
1 ano atrás

Jardel, você, eu, e um monte de comentaristas da antiga, já desanimaram e caíram fora. O nível está pior do que o G1. Saudades de quando tinha que ter assinatura para comentar, assim, espantava esses pseudos entusiástas e especialistas de teclado!!!! Não sei porque os administradores, Alexandre e Poggio trocaram qualidade por quantidade?? e olha que conheço os dois, pessoalmente das LAADs da vida!!!

Caio
Caio
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

Caríssimos ser entusiasta não é ser ufanista no pior sentido da palavra. Acompanho este espaço vão fazer uns 10 anos.
As aquisições de duas lanchas com tanta pompa e circunstância, é cômico, educadamente falando, para uma nação com um litoral imenso e que já sofre sérios problemas de segurança em quase todos os seus portos.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Caio
1 ano atrás

Caio, você sabe algo sobre o contrato? Sabe se poderá ser um início de aquisições futuras. Uma Feira como a LAAD é uma vitrine para as empresas de Defesa. Como disse o amigo acima, se compra reclamam se não compra reclamam, então é melhor comprar pois os cães sempre ladram , enquanto a caravana passa!!! Besteira e complexo vagabundo reclamar de tudo mas levantar e fazer algo só pra gritar Gol!!!

carvalho2008
carvalho2008
1 ano atrás

Esta é aquele modelo em que o material utilizado deixa a lancha inafundavel? continua com flutuabilidade apesar do dano?

jodreski
jodreski
1 ano atrás

Amigos.. vou levantar aqui uma questão para debatermos: – Qual a real necessidade dessa lancha ser blindada? Visto que isso aumenta consideravelmente o custo de aquisição. A MB tem se envolvido em confrontos armados com contrabandistas e traficantes com regularidade, seria esse o motivo? Se sim, ok aí eu enxergo a necessidade dessa blindagem, agora que troca de tiros com bandidos é algo raro, o que eu acho que seja, visto que não temos muitas notícias sobre isso, eu acho que lanchas blindadas nesse momento não deveriam ser prioridade. Eu acho essa lancha uma excelente ferramente à MB, porém há… Read more »

CRSOV
CRSOV
1 ano atrás

Estive nesta embarcação na LAAD 2019 !! Posso afirmar que ela é bem armada, bem blindada e com os devidos aparelhos de orientação de navegação postados de forma simples e de fácil visualização !! Pena que só mais duas por enquanto vão ser adquiridas !!

Paulo Francisco
Paulo Francisco
1 ano atrás

Com certeza excelente aquisição.
Espero q possamos comprar mais teremos necessidade de outras unidades para a proteção nacional.