Home Marinha do Brasil NDCC Mattoso Maia em Santos – SP

NDCC Mattoso Maia em Santos – SP

5261
29
NDCC Mattoso Maia

O Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) Mattoso Maia – G28 (ex-USS Cayuga – LST 1186) está previsto para chegar amanhã ao Porto de Santos-SP, acompanhado da Fragata Constituição – F42 e do Navio-Tanque Almirante Gastão Motta – G23.

O NDCC Mattoso Maia volta a operar depois de um longo período de reparos, no qual os seis motores propulsores foram submetidos à extensa revisão geral, além da recuperação do sistema de geração de energia pelo navio composto de três grupos diesel geradores, que também foram submetidos à extensa revisão geral.

O NDCC Mattoso Maia é o primeiro navio da Marinha do Brasil a ostentar esse nome, em homenagem ao Almirante Jorge do Paço Mattoso Maia, Ministro da Marinha, no período de 1958 a 1961. Seu deslocamento padrão é de 4.975 toneladas e de 8.576 toneladas carregado. Possui 171.05m de comprimento, 21.21m de boca e 5.24m de calado máximo.

Sua propulsão é composta de seis motores diesel ALCO 16-215, com dois eixos e hélices de passo controlado. Dentre as capacidades do navio, destaca-se a de realizar abicagem e desembarcar material e tropa diretamente no terreno, por intermédio de sua rampa de proa.

SAIBA MAIS sobre o NDCC Mattoso Maia visitando a página do navio no site Navios de Guerra BrasileirosNGB, clicando aqui.

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Souto.
Souto.
1 ano atrás

UM BRAVO ZULU a tripulaçao do Rhino e a MB;

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Vi que esse tipo de embarcação os países não tem tantas embarcações, até países grandes e fortes não vejo tantas embarcações desse tipo. Mas enfim, na publicação passada, onde mostra ele e o atlântico, não imaginava que ele era tão grande!

india-mike
india-mike
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Douglas, NDCCs como o Mattoso Maia praticamente não existem mais no globo. Sua função principal como o nome diz é o desembarque de carros de combate por abicarem diretamente na cabeça de praia — não muito diferente do que foi feito no dia D. Se essa missão já era de risco absurdo na 2GM, é basicamente impensável nos dias de hj. Mesmo navios como o NDM Bahia que fazem o desembarque mais longe da costa tem sua operação questionada hoje em dia. Link interessante sobre os desafios de um desembarque anfíbio num contexto atual: https://rusi.org/publication/rusi-defence-systems/amphibious-assault-over Agora, outra coisa importante que… Read more »

sergio ribamar ferreira
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Excelente para o propósito a que se destina.

Marcelo Zhanshi
Marcelo Zhanshi
1 ano atrás

Grande conquista. Um meio muito importante e difícil de ser substituído.

Interessante notar que o Phalanx mesmo não-operacional permanece lá em cima, como uma espécia de amuleto da sorte. Se é impossível colocar ele para operar, tendo em vista os custos exorbitantes e etc, me pergunto porque a MB não o desmonta e guarda para dias melhores.

Marcelo Zhanshi
Marcelo Zhanshi
Reply to  Marcelo Zhanshi
1 ano atrás

Em tempo, quantos carros de combate cabem no Mattoso?

Dalton
Dalton
Reply to  Marcelo Zhanshi
1 ano atrás

Conforme informação existente, até 29 tanques pesados podem ser embarcados.

sergio ribamar ferreira
Reply to  Dalton
1 ano atrás

Muito bom! Excelente para o propósito a que se destina. Parabéns.

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
Reply to  Marcelo Zhanshi
1 ano atrás

Escutei falar que não vale apena ajeitar ele para ser operado, pois não existe o sistema dele e ele já deve tá bem sucateado. Ou seja, melhor um novo.

Elcimar
Elcimar
Reply to  Marcelo Zhanshi
1 ano atrás

Esse navio se não me engano ainda é arrendado dos estados unidos,até um certo tempo, depois é trasferido em definitivo.
Esse vulcan ciws nunca funcionou veio travado,fiz parte da guarnição que trouce ele.ja era muito caro na época,agora então se foce pra atualizá-lo.

Diego Farias
Diego Farias
1 ano atrás

6 motores ! Caraca.

Souto.
Souto.
Reply to  Diego Farias
1 ano atrás

Atençao galera de Santos vamos tirar fotos
dos navios da MB.

Dalton
Dalton
1 ano atrás

O “Mattoso Maia” aparece no fim do filme “Aeroporto 1977” quando ainda era o USS
Cayuga LST 1186.

GUPPY
GUPPY
Reply to  Dalton
1 ano atrás

Prezado Admiral Dalton,

Apenas para complementar a sua informação, que me levou a assistir ao filme, o navio aparece belíssimamente em 1h 20m 12s. O filme continua mostrando o passadiço, rampa da popa, um pouco do costado e, às 1h 23m 22s, volta a ser mostrado navegando de forma espetacular. No filme, foi o navio escolhido para providenciar o salvamento dos passageiros que se encontravam no interior do Boeing submerso. No final do filme, conforme você já mencionou, ele aparece um pouco mais demorado de forma panorâmica.
Obrigado pela informação do filme.
Abs!

india-mike
india-mike
1 ano atrás

BZ aos técnicos e à tripulação que conseguiram fazer esse senhor de quase 60 anos navegar novamente. Imagino o esforço hercúleo que foi necessário. Infelizmente memórias como o triste fim do NDD Ceará vem à cabeça — espero realmente que o mesmo não aconteça novamente, mas acredito que já chegou a hora desse bravo navio descansar.

Dalton
Dalton
Reply to  india-mike
1 ano atrás

O “Cayuga” foi comissionado em 1970 na US Navy, então trata-se de
um senhor de quase 50 anos, não 60. Já o “Ceará” havia sido comissionado
na US Navy como “Hermitage” em 1956.

Burgos
Burgos
1 ano atrás

Arrive Cayuga !!!
Bravo zulu “Rinoceronte da Esquadra” !!!👍
Achei que não ia terminar o PMG e que ia de “baixa” , pois foram feitas aquisições na época do seu reparo.
Mas enfim tá ai !!!
Quanto mais, melhor !!!

sandro
sandro
1 ano atrás

Alguem sabe dizer se esse Phalax no teto da embarcação é operacional?

Dalton
Dalton
Reply to  sandro
1 ano atrás

Nunca esteve operacional desde que o “Mattoso Maia” passou para à marinha brasileira em 1994. Manter sua operacionalidade teria significado pagar
por isso e não houve interesse então deixou-se como estava.

Parabellum
Parabellum
1 ano atrás

Realmente um feito, mas……para quê?

Juarez
Juarez
Reply to  Parabellum
1 ano atrás

Para dar trabalho aos fornecedores e prestadores de serviço da MB.
Navio velho sendo “tapeado” ajuda b$st$nt$…………

sergio ribamar ferreira
Reply to  Juarez
1 ano atrás

Com o devido respeito, Dá para manter? custo e benefício são válidos? Podemos ter no momento algo mais moderno e com preço acessível? O Sr. é da Força sabe melhor. Eu acredito que ainda dá para o gasto, ou seja , se a MB quer gastar esta tem seus motivos. Desculpe Sr. Juarez pela intromissão. Grande abraço e obrigado pelas suas explicações.

Marcelo R
Marcelo R
1 ano atrás

E um navio particularmente raro, depois de todos estes anos, dos 20 LST Class Newport originais que deram baixa na US Navy em 1992/1993. Somente constam “existindo” 5 “teimosos”, nas listas de marinha. Taiwan com 2; México com 2; Marrocos com 1 e o Brasil com 1, agora colocado para funcionar novamente.

Dalton
Dalton
Reply to  Marcelo R
1 ano atrás

Não que faça muita diferença Marcelo, apenas informação adicional…duas unidades da classe só foram descomissionadas pela US Navy depois de 2000, a razão, é que as duas unidades passaram para a Reserva Ativa…isso aconteceu com várias fragatas classe Oliver Perry e navios de guerra de minas costeiros e oceânicos. . Resumindo, grande parte da tripulação era formada por reservistas e isso ajudava a baixar os custos do navio, mas, continuaram em serviço de maneira mais “suave” e um dos 2 LSTs, o “La Moure County” encalhou perto da costa chilena em 2000 e não foi considerada viável a reparação dos… Read more »

Delfino Falcão
Delfino Falcão
1 ano atrás

Parabenizo a MB pelo esforço com sua tripulaçao em voltar ativa o NDCCMattoso Maia, conheço sistema de Propulsão.Desejo bons ventos a esta tripulação!!!!!

Jadson Cabral
Jadson Cabral
1 ano atrás

Alguém sabe dizer porque o navio ostenta um Vulcan Phalanx inoperante? É só pra dizer que tem?

KAYUGA
KAYUGA
Reply to  Jadson Cabral
1 ano atrás

Meu amigo, esse navio e todo sucateado, não tinha cozinha nem nada, nas fotos ele está operativo 100% deve ser 2011/2012.. servi lá em 2015/16/17 e estava em estado de baixa, tudo sucateado, furos no costado, essa informação e fake news ele não irá viajar.
Se for deve ir, mattoso, NAESP e nddCeara juntos 😹🤷🏽‍♂️