quinta-feira, janeiro 27, 2022

Saab Naval

Fragata Almirante Gorshkov a caminho da Síria

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br
Almirante Gorshkov, primeira da classe

A almirante Gorshkov, fragata da frota do norte da Rússia, passou por Gibraltar em 12 de março e cruzou o mar Mediterrâneo como parte de sua comissão operacional de longo alcance, informou o serviço de imprensa da Frota do Norte à agência TASS na terça-feira.

“Um esquadrão de navios de guerra e de apoio logístico da Frota do Norte incluindo a fragata Almirante Flota Sovetskogo Soyuza Gorshkov, o navio de apoio logístico multifuncional Elbrus, o rebocador de salvamento Nikolay Chiker e o navio-tanque de tamanho médio Kama atravessaram o Estreito de Gibraltar na noite passada, entrando no Mar Mediterrâneo”, anunciou o serviço de imprensa.

Nos próximos dias, o esquadrão continuará a realizar seus objetivos de desdobramento de longa distância no Mediterrâneo.

Anteriormente, a flotilha operou na baía de Moray Firth praticando defesa anti-sabotagem e defesa aérea engajando alvos aéreos com auxílio de rádio.

O esquadrão partiu em sua viagem de longo alcance a partir da base principal da Frota do Norte na cidade de Severomorsk em 26 de fevereiro. Esta é a primeira viagem operacional de longo alcance da fragata Almirante Gorshkov.

Almirante Gorshkov vista de outro ângulo
- Advertisement -

30 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
30 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jagderband#44

Tremam de medo USN e NATO.

Ricardo Bigliazzi

Um “alvo” anima e não dá medo.

Carlos Campos

kkkkk

Iran

Os navios russos estão tão atualizados que são sempre seguidos por rebocadores, como uma sombra silenciosa atestando o óbvio…

wwolf22

uma duvida, caso a forca A esteja operando na área com navios nucleares for atacada e houver um “acidente nuclear” na região, poderá a forca atacante ser acusada de ataque nuclear uma vez que ela destruiu a embacacao nuclear inimiga gerando esse tal acidente nuclear??

Elton

Reatores de navios nucleares tem sistemas de contenção em caso de destruição da embarcação vedando e isolando o material nuclear do resto da estrutura

Seaman Real

Reparem que foi um rebocabor de salvamento junto, como diz o texto.
Não dá para confiar nas máquinas.

Cristiano de Aquino Campos

Acredito que tambem participem do mesmo tipode exercicio e não falta de confiança nos meios. Já pensou se um navio Russo qualquer der problema di outro lado do mundo e eles não tiverem nenhum navio abilitado para o resgate.

Seaman Real

Bobagem…máquinas, incluindo aí os propulsores, tem sistemas redundantes.
Um porta-container viaja do Brasil para o Japão durante dois anos seguidos. Só para docagem, que mesmo assim costuma se postergada por meses a fio.
O que ocorre aí é confiança no equipamento que operam. Se bobear tem até navio-oficina nessa pequena esquadra.

Jmarinho

Em qualquer marinha no mundo e muito normal os rebocadores e navios de abastecimento ou navio hospital.

Jorge Knoll

Não é só o Rebocador a dar respaldo na retaguarda, ao todo são 3 os navios envolvidos.

FERNANDO

Uauuuuuuuuuuuuuu imponente.

CLAUDIO ADRIANO DE SOUZA

Bonito navio!

Alessandro

Que eu saiba esse grupo ja passou por gibraltar faz tempo… Ja esta no indico, e esta a caminho das comemorações de aniversario da marinha chinesa

Brunow Basillio

Exatamente Alessandro, inclusive uma Fragata da Marinha indiana também participará das comemorações…

Alessandro

Nessa comemoração, dia 23, se espera muitas surpresas, inclusive a aceitação ao serviço do Type-001A e do Type-055, tbm um Type-052D, estou ansioso pelas fotos, e tomara q na viagem de retorno, a Gorshkov deixe alguns Kalibr na cabeça dos rebeldes na siria.

Brunow Basillio

Ela entrou no mar do sul da China ontem…

ScudB
Pedrog

A ultima noticia q li é que esta no mar do sul da China.

https://sputniknews.com/military/201904131074100687-russia-philippines-sea-drills/

Alessandro

Mandaram o Elbrus, deve estar carregado de Kalibr e outros armamentos pra suplir a Gorshkov, achei esquisito o Kama estar junto, um navio tanque de pouco mais de 3500 ton pra uma viajem da frota do Norte ate a China.

http://eng.mil.ru/en/news_page/country/more.htm?id=12226182@egNews

ScudB

Amigo Alessandro!
Acredito que Voce esta “um pouco” equivocado em relação do Kama.
Navio-tanque ESPECIAL Kama (projeto 1541 , 1500 t) foi projetado para levar combustíveis “especiais” – uns 500 toneladas. Antigamente (nos anos 60-70) estava levando propelente (liquido) e oxidante dos misseis usando 14 tanques separados de inox.
Hoje – combustível , agua e líquidos “técnicos”. Inclusive ele participou daquela “viajem” do “Almirante Kuznetsov”.
Um grande abraço!

DOUGLAS TARGINO

Vou te falar uma coisa, se falando em “boniteza”, os armamentos Russos são os mais lindos!

peter nine nine

Ali a malta a confraternizar em frente à peça principal do navio….. ^^

Luiz Floriano Alves

Uma força naval de peso tem que possuir fragatas deste tipo. Dotadas de poder de fogo e grande raio de ação. Tripulação treinada e motivada.

William Munny

É a “fragata” mais bonita e mais poderosa do mundo!

Alessandro

No quesito fragatas, essa é a que há de melhor hoje, além de ser muito Linda, vai seduzir muitos destroyers da PLAN! 😂😂😂

Favaratti

Os russos não tem experiência em batalhas navais. Vide o texto, a primeira fragata russa a passar por Gilbaltar

JOSE DE PADUA VIEIRA

O design das belonaves produzidas para a Marinha Russa mudo absurdamente desde a URSS, agora possuem um desenho mais limpo e moderno, diferente das antigas Sovremenny, Udaloy e Slava, por exemplo, que apesar de potentes, pareciam terem sido construídas no improviso diante do design abarrotado e complexo.

Cristiano de Aquino Campos

Verdade. Eram projetos de engenharia pura, sem designer.

Lucas Carvalho

Impressionante a quantidade de lançadores verticais nesta Fragata, nunca vi algo igual.

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Construção da primeira fragata classe ‘Tamandaré’ deve começar em setembro

Em 20 de janeiro, na parte da manhã, como parte da Operação “ASPIRANTEX/2022”, o Comandante de Operações Navais, Almirante...
- Advertisement -