Home Aviação Naval VÍDEO: Porta-helicópteros Atlântico deixando o Porto de Santos – SP

VÍDEO: Porta-helicópteros Atlântico deixando o Porto de Santos – SP

4135
57

Vídeo feito por Alexandre Andreazzi usando drone, mostra o porta-helicópteros Atlântico (A140) da Marinha do Brasil, deixando o Porto de Santos em São Paulo.

A Mostra de Armamento do Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico” ocorreu no dia 29 de junho, na Real Base Naval de Devonport, em Plymouth, Reino Unido, quando o comando do navio foi assumido pelo Capitão de Mar e Guerra Giovani Corrêa.

O navio trouxe à Marinha do Brasil importantes capacidades anfíbias e de operações navais com helicópteros embarcados para a manutenção da segurança do Atlântico Sul e a defesa dos interesses marítimos do País em qualquer parte do planeta.

Projetado para operar com até sete aeronaves em seu convoo e 12 no hangar, pode transportar Grupamentos Operativos de 500 a 800 Fuzileiros Navais e projetá-los por movimentos helitransportados, ou por superfície, empregando suas quatro lanchas de desembarque. O navio possui, ainda, diversas salas de planejamento para uso de Estado-Maior.

É dotado de um Sistema de Combate que integra o Sistema de Comando e Controle LPH CMS, quatro canhões de 30mm DS30M Mk2, dois Radares 1007, um Radar 1008 e do moderníssimo Radar Artisan 3D 997, com elevada capacidade de detecção e acompanhamento.

57
Deixe um comentário

avatar
18 Comment threads
39 Thread replies
2 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
37 Comment authors
Alison LeneSinceramenteMarcos CooperBinhoSpace Jockey Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Sincero Brasileiro da Silva
Visitante
Sincero Brasileiro da Silva

Falta os Super Cobra… Ou será que esse navio é somente para festa de 15 anos, casamento e formatura?

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Amigo, seu pensamento é muito equivocado, não é para nenhum navio ficar navegando atolado de Helicópteros para cima e para baixo, nem o Atlântico é nem o Bahia.

Meios de transportes aéreos são alocados e acondicionados no navio se assim houver a necessidade, como em caso de guerra,treinamento ou o caso de ajuda humanitaria.

Não há o porque de tal exibição, somente para mostrar que o navio está aparelhado, e como querer que o Atlântico sempre navegue com 806 fuzileiros navais dentro dele, ele pode levar esse número mas não é prioritário que sempre tenha um grande efetivo de FNs dentro.

bit_lascado
Visitante
bit_lascado

Adriano, acho que o Sincero quis dizer que faltam helicópteros de ataque para serem usados a partir do Atlântico.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Errado… Tubo bem não ir com capacidade máxima, mas precisa ir vazio??????

Jelton Carlos
Visitante
Jelton Carlos

Vejo que, mesmo em tempos de orçamentos minúsculos, a MB estah conseguindo usar bastante esse navio. Em breve e com pouco tempo de incorporação a nossa esquadra, ele terah superado o São Paulo em horas de.mar.

Flanker56
Visitante
Flanker56

Concordo com você Sincero, é uma pena ver um navio deste porte e importância dentro da “esquadra” sem ter pelo menos um esquadrão de helicópteros de ataque, mesmo usados, daria para começar a implementar uma doutrina de operações ofensivas/defensivas com o CFN e para desenvolver isso (doutrina) leva tempo, não seria razoável decidir comprar as aeronaves de apoio ao combate num dia e querer usar com todo o seu potencial, exigindo dos operadores que se cumpra a(s) missão(ões) num estalar de dedos, isso aqui não é a Marvel com os seus vingadores.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Pq vcs são fissurados em CFN aqui ? Isso é pra países expansionistas, que projetam poder sobre terra, não tem carater defensivo, pra nós é quase inútil.

Armando Eisele
Visitante

Exato. Serve para nada militarmente. Só como alvo no caso de conflito.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Me responda objetivamente, o que os Super Cobra farão se um Strike group nos atacar com aviões a partir de 1000 km ?

Marcos Cooper
Visitante
Marcos Cooper

Space vc não entendeu. Se levamos fuzileiros a bordo,é para ações de desembarque anfíbio, então cobertura aérea proporcionada pelis Cobras ou qualquer outro helo de ataque,se faz necessária.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Belo navio. Esperemos que receba o mais rápido possivel seus misseis mistral e suas escoltas novas.

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Espere meia década no mínimo!

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Meia ?!

ALEXANDRE
Visitante

Quando ficarem prontos ele estara sendo retirado de serviço

André Garcia
Visitante

Belíssimo navio! Precisa “apenas” de escoltas decentes e de um sistema de autoproteção melhor que o atual.

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Pena só fazer o trajeto Santos-baía de Guanabara e vice-versa.

Luiz Everardo
Visitante
Luiz Everardo

Porque? Qual o motivo? Falta de orçamento? Não é um desperdício ter um recurso como esse e limitado a essas viagens curtas?

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Acredito ser uma mescla entre falta de recursos e vontade de adotar uma doutrina de treinamento/missão mais ousada.

Jorge Augusto
Visitante
Jorge Augusto

Pergunta pra alguém que acompanha mais as notícias. O Atlântico já fez algum exercício com carga máxima [todos os helis possíveis]?

Se não, tem data pra fazer?

Everton pereira
Visitante

Grande alvo…

Marcos R.
Visitante
Marcos R.

Parabéns só autor, belíssimas imagens de uma magnífica embarcação, vendo assim nem parece que já foi usado.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Colegas, ontem durante a visitação pública, fiquei sabendo que a MB cedeu o hangar do A140 para gravarem o “MasterChet”… por isso metade do navio estava fechado ao público. Eu fico mais decepcionado do que surpreso com essas coisas.

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

Camargoer,

Em geral essas iniciativas de comunicação social ajudam muito mais do que atrapalham. Não é a primeira vez que um episódio do Masterchef é realizado em instalação militar no Brasil, geralmente em provas que envolvem alimentar um monte de gente ao mesmo tempo.

E, quanto a fazer episódio de Masterchef dentro de um navio, a Armada Espanhola também deve ter achado uma boa ideia:

https://www.naval.com.br/blog/2014/05/03/como-conquistar-a-audiencia-para-conhecer-um-navio-aerodromo-pelo-estomago/

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Fernando. O problema é abrir o navio para visitação com ele todo “fechado” para gravar o programa. Pessoas viajam 5 ou até mais horas, levou família, tudo aquilo que você sabe que o pessoal entusiasta faz…. então a MB tem um público que demanda uma atenção diferente daquele que faz a audiência dos programas de TV. Muita gente cochichou reclamado que podia ter pelo menos um helicóptero ali no embaixo, mesmo que isolado com cerquinhas.

Nunão
Visitante
Nunão

Camargoer, certamente a falta de helicópteros no convoo foi uma bola fora. Não sei se a necessidade de disponibilizar alguns para apresentações de 7 de setembro, ou necessidade de manutenção após a UNITAS, ou baixa disponibilidade (ou tudo isso junto) expliquem isso, mas não justifica. Nem que fosse um Esquilo e um Jet Ranger, ajudaria.

Quando visitei o PHM Atlântico da última vez que o navio esteve em Santos, pelo menos tinha Super Cougar no convoo. O público gostou, certamente. Mas, mesmo daquela vez, não houve visita ao hangar, não sei por qual motivo.

Nunão
Visitante
Nunão

A propósito: a temporada do Masterchef já não acabou? Será que o que te falaram procede ou seria para a próxima temporada? Estou por fora.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Ola Nunao. Eu fico meio incomodado com esses programas de competição de cozinheiro, de cantoria, de líder da semana e eliminação… Não sou público alvo… Então teria mesmo que perguntar para algum colega que acompanha a série… Repeti o que o marinheiro explicou para minha filha quando ela perguntou sobre as redes brancas e para onde ia a portinha que tinha um entra e sai de paisanos….

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

A questão é audiência, Camargoer. Nada mais, nada menos, independentemente de se gostar ou não do programa.

Sailor
Visitante
Sailor

Caro Camargoer: Entendo seu questionamento, mas o fato de o navio ter estado com o hangar fechado nada tem haver com a gravação do programa a bordo, em todos os portos em que o navio foi aberto para visitação o percurso dos visitantes foi o mesmo, e isso ocorre por um simples motivo: é impossível abrir outras áreas do navio para visitação devido a quantidade de pessoas que o visitam, só pra vc ter uma idéia nos dois de visitação compareceram a bordo quase 20.000 pessoas! Não tem como controlar essa quantidade de visitantes em comparação ao tamanho do navio,… Read more »

Fernando Vieira
Visitante

Não seja por isso, eu o visitei no Rio, no Pier Mauá e não ia ter gravação de nada. Mesmo assim a visitação estava restrita à metade do convoo e ao hangar de popa.

Anymo
Visitante
Anymo

Não verdade eles foram para pintar o navio pois em Santos é mais fácil pintar… a gravação do masterchef eles apenas aproveitaram que o navio tava em sp… infelizmente a pintura não foi possível devido ao tempo chuvoso ficando então para novembro.

MO
Membro

Como w que é ???? Irmão, da onde vc tirou isto ??? Aqui em Santos NÃO É PERMITIDO pintar o navio ….

Luciano Domingues Gomes
Visitante
Luciano Domingues Gomes

Visitei ele no sábado 07/9 com meu filho, e fiquei decepcionado. Parecia um Shopping flutuante, totalmente vazio.

welter mesquita vaz
Visitante

Tive a oportunidade de ficar embarcado nele por 9 dias durante a Unitas e com certeza, 9 dias de operacionalidade, em breve fotos e vídeos, abraços a todos.

rommelqe
Visitante
rommelqe

Concordo que foi uma aquisição importantíssima e acertada, que é um belo navio, etc.
Mas, por outro lado, é triste constatar que a MB tem nesse o seu principal meio operacional.

Salim
Visitante
Salim

Operacional se VC esta se referindo a navegação ( 20 nos de máxima, 18 cruzeiro), esta sem defesa de ponto minima, náo tem helis de ataque para cobrir desembarque nem também helis desembarque ( chinok ou ch53 ). Sem falar escolta, que náo tem. O radar artisan 3d nunca saberemos como veio. Urgente 4 corvetonas ou fragatinhas e qquer compra de oportunidade parruda.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Só para constar, o Chinok e o ch 53 que ele operava era do exército britânico e o usava mais como ponto de pouso do que operar no sentido pleno da palavra já que nenhum desses helicopteros cabe nos elevadores e nos hangares.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Mais uma obeservação, atebos apache eram do exército e tambem só o usava como ponto de pouso. Da marinha mesmo ele só usava os Merlim e os super-linx da marinha, tanto o de ações navasi como os nossos como os de ações terrestres/ataque.

Pablo
Visitante
Pablo
Luciano Domingues Gomes
Visitante
Luciano Domingues Gomes

Belo vídeo! Só faltou os F 14 ! (ironic mode)

Gustavo Alexandre
Visitante
Gustavo Alexandre

Impressão minha ou o navio já está começando a soltar fumaça preta, vejo isso e fico me perguntando se é falta de manutenção ou alguém especializado em combustão ou um instrumentista para regular essa queima e evitar do navio deixar esse rastro, passa uma impressão ruim.

Mazzeo
Visitante
Mazzeo

Três marujos a Proa, com o que parece ser uma .50, mais três a Popa por boreste aparece uma equipe com Três marujos de colete e capacete, mas não divisei bem a arma (video no celular)
Seriam essas equipes complementares aos canhões de 30mm quando em transito sob ameaças assimétricas ? Ou em aguas fechadas os Canhões ficam offline ?

MO
Membro

Havia 1 Cougar, na parte isolada do hangar, o público não viu, SEGUNDO falaram

Mazzeo
Visitante
Mazzeo

Ainda preciso entregar seus “buneus” que voltaram como destinatário ausente.
Malditos correios.

MO
Membro

Mas desde o AVC (01/01/2018, não saio de casa ….

mazzeo
Visitante
mazzeo

MO, se tem algo nesse Brasil que não confio são os Correios … Tô esperando pra descer a Sts, ai deixo na sua casa !
Os pacotes que recebo só não somem pq vem direto pro Serviço.

Luciano Domingues Gomes
Visitante
Luciano Domingues Gomes

Gostaria de saber se alguém já teve a experiência de ir a uma visitação pública, de um outro navio estrangeiro, com as mesmas características do Atlântico.

welter mesquita vaz
Visitante

Eu visitei o Portão Aviões WASP, que na época estava em deslocamento para substituir outro Porta Aviões que estava no mar do Japão, hoje ele opera com F-35 e helicopteros.

Binho
Visitante
Binho

Elefante Branco dos grandes……

Sinceramente
Visitante