Home Acidente Aeronáutico Nota da Marinha sobre o acidente com o caça AF-1

Nota da Marinha sobre o acidente com o caça AF-1

11013
125
AF-1B N-1013

“A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 1º Distrito Naval, informa que hoje (21), por volta das 7 horas da manhã, ocorreu um acidente aeronáutico na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia.

Na ocasião, uma aeronave do 1º Esquadrão de Interceptação e Ataque, durante procedimento de decolagem, teve uma avaria e excedeu a pista de pouso. Os pilotos não sofreram ferimentos e passam bem.

A MB iniciou a investigação da ocorrência aeronáutica, que deverá, em 180 dias, apresentar os resultados apurados.”

NOTA DO PODER NAVAL: A aeronave AF-1B N-1013, modernizada pela Embraer, foi entregue ao setor operativo no dia 6 de setembro.

Subscribe
Notify of
guest
125 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
8 meses atrás

Contra pancadas…

Bardini
Bardini
8 meses atrás

N-1013… Entregue a pouco mais de 1 mês. Pode ver que vai estourar na conta da Embraer.

Adriano RA
Adriano RA
Reply to  Bardini
8 meses atrás

Nada… vão levar na Kalu Import, junto com o Lamborghini que o Rubinho espetou na cerca.
Brincadeiras a parte, ainda bem que os pilotos (dos dois aviões) estão bem. O resto dá-se um jeito.

Bruno Correia
Bruno Correia
Reply to  Adriano RA
8 meses atrás

Manda o Zé desempenar a longarina com a talhadeira. KKK. “Piada interna canal Acelerados”.

teropode
8 meses atrás

Quem ta culpando a aeronave terá uma péssima surpresa , anotem !

Luiz Trindade
Luiz Trindade
8 meses atrás

Como já falei anteriormente aqui como esses caças chegaram na Base Aeronaval de São Pedro da Aldeia – RJ. Agora vemos o resultados. Ahhh, mas esse foi modernizado… Será em toda sua plenitude inclusive na estrutura? Vi modernização eletrônica mas vamos lá… Graças à Deus os pilotos estão vivos.

teropode
Reply to  Luiz Trindade
8 meses atrás

Raros os trens dianteiros que não quebram quando são alavancados no gramado .

Ozawa
Ozawa
8 meses atrás

Pode ser um preciosismo textual para um momento trágico, mas “os pilotos” parece-me incompreensível diante do sinistro de uma aeronave monoplace.

Dalton
Dalton
Reply to  Ozawa
8 meses atrás

De fato o “1013” é monoplace e foi entregue mês passado.

Souto.
Souto.
Reply to  Dalton
8 meses atrás

Pergunta aos amigos aquele avião modernizado A-4 N 1001 envolvido
no acidente em 2016 foi recuperado?

Mário SAE
Mário SAE
Reply to  Dalton
8 meses atrás

Está na garantia.

Wellington Rossi Kramer
Reply to  Ozawa
8 meses atrás

Também me surpreendi com isso. Só se estavam decolando em duplas.

Dudu
Dudu
Reply to  Ozawa
8 meses atrás

Ozawa:
Pensei o mesmo.Isso que foi nota da MB.
Ou será que havia outra aeronave no aguardo para pousar ou decolar?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Dudu
8 meses atrás

Elemento (dois aviões). Decolagem na ala.

Aldo Ghisolfi
Reply to  Ozawa
8 meses atrás

monoposto

Doug385
8 meses atrás

Modernizar esse bicho é gastar vela boa com defunto ruim. Mas…

Bueno
Bueno
8 meses atrás

Informações nas redes indicam que foram duas aeronaves, por isto os pilotos. Apenas uma foi sinistrada?

FighterBR
FighterBR
Reply to  Bueno
8 meses atrás

A outra estava com problemas no motor.

Taso
Taso
Reply to  FighterBR
8 meses atrás

Virgem Maria! tá complicada a situação.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
8 meses atrás

Outro modernizado que cai, muito estranho hein, ao menos o piloto está bem.

teropode
Reply to  Tomcat4.0
8 meses atrás

Nem decolou !

Mário SAE
Mário SAE
Reply to  teropode
8 meses atrás

Ainda bem que não chegou a decolar, caso contrário o resultado poderia ter sido muito pior. Digo em relação a piloto e avião.

Marcelo R
Marcelo R
8 meses atrás

O N1011 que caiu em 26 de julho de 2016 e ainda não se sabe nada do paradeiro da aeronave e do corpo do piloto ( lamentavelmente) , era uma aeronave recém modernizada( na época) . Fica a pergunta: não seria correto parar tudo e pôr para investigar o estados destas aeronaves, se a investigação resultar em desativar tudo, seria melhor para a vida dos pilotos, que são muito treinados e merecem ficar vivos….

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Marcelo R
8 meses atrás

No caso anterior houve contato entre as aeronaves. Parece-me clara a falha humana. Nesse já não sei.

sergio ribamar ferreira
Reply to  Marcelo R
8 meses atrás

Concordo com o Sr. Marcelo R
Grande abraço.

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Marcelo R
8 meses atrás

Foi colisão das aeronaves

Rgf
Rgf
8 meses atrás

Mais um motivo pra comprarmos Gripens ou F18 Hornet. Quando a Marinha e se ela tiver condições de, compramos um porta aviões com novos caças.

Space jockey
Space jockey
Reply to  Rgf
8 meses atrás

mais um motivo pra criar vergonha na cara e abandonar a aviação embarcada.

Bueno
Bueno
Reply to  Space jockey
8 meses atrás

Sou entusiasta, não sou técnico militar.
Acho valido ter a foça de aviação naval, mesmo que seja estes reformados até conseguir grana para uma nova aeronave.
É evidentes que Erros e problemas acontecem em qualquer projeto, de 737 a F35…
Acho ingênuo a esculhambação com MB.
abr

Bueno
Bueno
Reply to  Bueno
8 meses atrás

tem evidencias …

Bueno
Bueno
Reply to  Bueno
8 meses atrás

Alem de nem sabermos a causa que levou o Sinistro. Se foi um pássaro? Mais um motivo pra ter ter vergonha. Vamos exterminar todos os pássaros… 😉

Juarez
Juarez
Reply to  Bueno
8 meses atrás

Sabemos sim, pelo menos nós e os mais ajuizados aqui.
O nome deste acontecimento chama-se falta de treinamento de doutrina operacional de vôo que inclui procedimento de emergência em pousos e decolagens.
Este acidente que graças a Deus não teve baixas tem toda uma sinergia com o ocorrido anteriormente com a perda do piloto.
Quem não voa não aprimorar nem mantém doutrina.

Camargoer
Reply to  Juarez
8 meses atrás

Olá Juarez. Geralmente, é impossível tirar qualquer informação estatística de números tão baixos. Eu lembro de um período que a FAB perdeu uns 3 aviões diferentes em poucos meses. Eu jamais diria que foi azar, alguma coisa aconteceu. Falha mecânica ou humana. Conjuntos pequenos exibem uma incerteza estatística maior que qualquer correlação.

KMjH
KMjH
Reply to  Camargoer
8 meses atrás

O papinho de “eruditos” nos métodos científicos de escritorios de universidade publica geralmente perde para a experiencia e informações privilegiadas de pessoas como Juarez
A quem não concorda, apresento-lhes a Estatística não parametrica! Mas dirão que já sabem, afinal, sabem tudo.

Camargoer
Reply to  KMjH
8 meses atrás

Caro KMjH. Gostaria de aprender como é possível aplicar estatística não-paramétrica em uma amostra com um único dado relacionado a um acidente.

Juarez
Juarez
Reply to  Camargoer
8 meses atrás

Errado. O voo de formação assim como decolagem em ala são elementos do voo de formação. O que aconteceu ali e que o líder teve uma pane de.motor, abortou antes da V 2 o ala quiz acompanhar mas tentou abortar após a V 2, varando a pista. O procedimento seria o ala prosseguir na decolagem,avisar a torre que está abortando a missão, fazer um piloff e retornar a base. Sem lero lero. A ” pouca prática” por falta de recursos para treinamento de vôo de formação que vitimou. a atrás um piloto quase faz outra vítima aqui. E claro como… Read more »

Gilvan
Gilvan
Reply to  Juarez
8 meses atrás

V2 é outra história… Se tava querendo dizer V1.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Juarez
8 meses atrás

V1 =velocidade de decisão. Não V2. V2 é velocidade de subida mono.

Meireles
Meireles
Reply to  Camargoer
8 meses atrás

Em alguns desses acidentes é preciso analisar os fatos, e levar em consideração que nem todos foram causados por erros na modernização, ou por erros mecânicos, em um desses acidentes que aconteceu no mar e que a aeronave não foi encontrada por exemplo, ouve um choque entre as duas aeronaves em pleno vôo causando a queda de uma, nos treinamentos essas aeronaves voam no mar muito próximas da água para evitem os radares, e durante os vôos se o avião entra em uma área de convergência de windshear pode ser faltal, isso explica por exemplo porquê o piloto não ejetou,… Read more »

Meireles
Meireles
Reply to  Meireles
8 meses atrás

Houve um choque*

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Meireles
8 meses atrás

Manicacada. Cumpri muitas missões iguais ao do acidente.

Bueno
Bueno
Reply to  Juarez
8 meses atrás

Juarez, concordo com vc.
vc é da área, portanto um afortunado em ter a conclusão antecipada de 180 dias de trabalho investicativo. Mais um motivo pra terem as aeronaves reformadas pra treinar e manter a doutrina até chegar um novo caça pra MB

Juarez
Juarez
Reply to  Bueno
8 meses atrás

Cidadão pegue seu textos recheados de proselitismo embale e entregue para a família do CC Igor, eles vão apreciar o teu deboche.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Juarez
8 meses atrás

Ninguém pode debochar. Mas vc que pode ser grosseiro e arrogante.

Juarez
Juarez
Reply to  Wilson França
8 meses atrás

Cidadão, falar a verdade e relatar fatos para quem vive no mundo da “lua” e prefere acreditar e gnomos, duendes e fadas, está narrativa vai parecer grosseira, mas na verdade e uma narrativa de fatos que vai de encontro a realidade,coisa que pessoas como você tem enormr dificuldade em se confrontar.

Bueno
Bueno
Reply to  Juarez
8 meses atrás

Juarez, longe de contender com você. Maior respeito pelo seu conhecimento. Só acho uma conclusão precipitada e cheia de paixão.
Referente aos familiares ilutados que ainda não teve o corpo do soldado, não entrarei neste mérito. Dor e sentimentos da perda de um familiar não se discute. Deve ser por isto o momento do silêncio póstuma.
abrç
Paz e Bem.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Bueno
8 meses atrás

Bueno, concordo com vc, o Juarez é muito bom no Forças Terrestres pois acho que ele é Eng. Mecãnico, mas daí a dizer como um piloto militar teria que proceder foi demais!!!!

Juarez
Juarez
Reply to  Marcelo Andrade
8 meses atrás

Marcelo, eu não estou inventando nada. E procedimento padrão com procedimento de decolagem em ala, se um dois aborta o outro pode decolar e abortar a MISSAO, voltando imefiatamente a base.
E procedimento doutrinatip do voo militar.
Não sou engenheiro.

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  Juarez
8 meses atrás

Salve Juarez!
Simples, conciso e direto ao ponto.
Saudações

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Juarez
8 meses atrás

Juarez
Curto,reto e cirúrgico.

Thomas
Thomas
Reply to  Space jockey
8 meses atrás

Concordo.
O foco deveria ser subs.
1 Porta Helicópteros com umas 15 escoltas de combate e uns patrulhas.
Dissuasão é submarinos, mísseis costeiros e antiaéreos. Esse deveria ser o foco principal.

leonidas
leonidas
Reply to  Space jockey
8 meses atrás

Criar vergonha na cara não tem relação com definir aviação embarcada como algo descartável, e sim com gastar mais com equipamento e finalidade fim da força do que com luxos e pessoal desnecessário…

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Rgf
8 meses atrás

A MB está com tudo pela metade, nada funciona por completo.. não temos um grupo de combate pleno para ação.. e aqui tem uns caras querendo comprar F-18Super Hornet? Melhor nesse momento é voltar para realidade, tentar manter o que ainda “boia” boiando…

JOAO
JOAO
8 meses atrás

Dinheiro do contribuinte muito mal investido pela MB num projeto totalmente ineficiente. Quem tem 7 unidades não tem nenhuma. Agora estamos no negativo. O que se gastou na modernização desses aviões, se modernizava e ampliava a frota de helicópteros atuais. Muito triste ver isso tudo.

Guilherme santos
Guilherme santos
Reply to  JOAO
8 meses atrás

Muito mais útil novos helicópteros. Pelo menos ainda servem pra missões de resgate. MB tem que começar a dar valor ao dinheiro e parar com essa palhaçada de operar caças.

luiz antonio
luiz antonio
8 meses atrás

Vamos aguardar a conclusão das investigações para depois opinarmos com mais consistência. Quaisquer “conclusões de sofá” seriam no mínimo levianas e dignas do G1 e quero crer que os nobres colegas estão acima disso. A aviação naval esta fazendo o que pode com aquilo que possui e modernizado por empresa competente. Falhas existem e prefiro entender que, mesmo com a falha, o piloto saiu ileso e o equipamento com danos que poderão ser sanados. As causas podem ser várias, associadas ou não, portanto, nós como assistentes, nos cabe aguardar para comentar. Nota: Respondendo a um colega sobre a aeronave acidentada… Read more »

Harriman Nelson
Harriman Nelson
8 meses atrás

Quantos porcentos da forca aeronaval foram perdidos?
Daqui a pouco esta’ igual a Marinha da Mongolia,
so’ tem um navio, um rebocador com tripulacao
de 7 marinheiros e so’ um sabe nadar.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Harriman Nelson
8 meses atrás

Mas a Mongólia não tem mar!!!! Está entre a China e a Rússia!! kkkkk

Rafaelsrs
Rafaelsrs
Reply to  Marcelo Andrade
8 meses atrás

O Paraguai também não tem mar mais tem uma Marinha ora essa, cansei de ver os oficiais lá no lado paraguaio da Ponte da Amizade.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Rafaelsrs
8 meses atrás

Mas o Paraguai tem o Rio Paraguai que é navegável e desemboca no Rio da Prata, vide causas da Guerra da Trípice Aliança. A Mongólia está no meio de uma cadeia de montanhas.

Harriman Nelson
Harriman Nelson
Reply to  Marcelo Andrade
8 meses atrás

Well …. Historically, the Mongolian Navy was one of the largest in the world, during the time of Kublai Khan. However, most of the fleet sank during the Mongol invasions of Japan. The Mongolian Navy was reborn in 1930s, while under Soviet rule, using it to transport oil. The Mongolian Navy in 1990 consisted of a single vessel, the Sukhbaatar III, which was stationed on Lake Khövsgöl, the nation’s largest body of water by volume. The Navy was made up of 7 men, which meant it was the smallest navy in the world at the time. Since 1997, the navy… Read more »

Milton Amaral
8 meses atrás

Idade de aeronave, não tem muita importância. Aeronaves voam no meio mais macio que existe, o ar. Praticamente, podem ser usadas por um tempo indeterminado, mas que é longo, comparado com automóveis. No Aeroclube, temos um avião que foi fabricado em 1937 (mil, novecentos e trinta e sete). Está novinho, como saiu de fábrica. Enquanto existir peças de reposição, continuará voando.

Space jockey
Space jockey
Reply to  Milton Amaral
8 meses atrás

Poe um desses contra uma Ft com F-35

Dom Empadón
Dom Empadón
Reply to  Milton Amaral
8 meses atrás

Essa foi louca! Falar que avião não “gasta” porque voa no meio mais macio que existe (ar) é digno de dialogo entre o Kiko e o Chaves. Haja o que hajar, não desistiremos nunca! Saludos

cipinha
cipinha
8 meses atrás

Já que a MB quer manter uma capacidade de operar aeronaves de asas fixas e dificilmente ira embarcar tais aeronaves em um Porta-Aviões no curto prazo, bem que poderiam requisitar alguns A-1 que a FAB não ira modernizar…

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  cipinha
8 meses atrás

Era maia jogo os P-3

Renan
Renan
8 meses atrás

Graças a Deus o piloto ou os pilotos está ou estão bem. Agora a pergunta foi uma ou duas aeronaves? Outra pergunta de novo uma aeronave recém modernizada, qual foi a campanha de teste desta aeronave? Será que está sendo realizado todos os testes necessário antes de devolver este caça a marinha? Já são 3 aeronaves danificadas 1 nem foi encontrado, outra ninguém tem notícias se já está apta a voar, e está está toda torcida com o bico no chão. Resumindo Dos 5 caça modernizados temos 3 variados. Está conta no mínimo tem que ser da Embraer. Segundo rever… Read more »

cipinha
cipinha
8 meses atrás

É estranho esses acidentes com aeronaves recentemente modernizadas, a MB deveria fazer uma minuciosa analise, pode ser algo da própria modernização ou pode ser que com a modernização os pilotos precisem de uma melhor readequação.

Marcelo Peres
Marcelo Peres
8 meses atrás

Já era, não vão mais a Almirante 😥

leonidas
leonidas
8 meses atrás

Já tem muitos né?…

Diegolatm
Diegolatm
8 meses atrás

Tem coisa errada ai viu, mais um caindo…

Nilson
Nilson
8 meses atrás

Infelizmente, 3 acidentados em 5 modernizados, e com poucas horas de voo cada, é realmente uma taxa altíssima, totalmente fora da curva. A situação merece investigação apuradíssima, que se saiba até hoje não foram apresentadas as apurações da colisão sobre o mar.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Nilson
8 meses atrás

Me foi relatado que nessa colisão sobre o mar, eles estavam realizando um exercício simulado de guerra antissubmarino. Eram duas aeronaves, estavam fazendo um engajamento de um submarino simulado, e na hora do mergulho as duas aeronaves se dispersaram entre os flancos, e a aeronave mergulhou direto em direção ao mar devido à colisão, com o piloto não conseguindo tomar controle da direção da aeronave.

O corpo não foi achado por conta da aeronave ter sido coberta pela areia do fundo.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Matheus Santiago
8 meses atrás

Avião de caça em missão antisubmarino? Quem te contou?

FighterBR
FighterBR
8 meses atrás

Eram duas aeronaves. O capitão da outra aeronave relatou que estava com problema no motor e abortou a decolagem, o segundo piloto tbm não decolou e a aeronave não aguentou e o trem de pouso se foi.

pangloss
pangloss
Reply to  FighterBR
8 meses atrás

Salvo engano, a modernização não abrangia a propulsão desses aviões. Se o problema foi o motor, então não há correlação com a modernização, no(s) acidente(s) de hoje.

BILL27
Reply to  pangloss
8 meses atrás

o incidente aconteceu com o avião que não estava com problema no motor .
A aeronave em qestão não conseguiu frear ainda na pista e varou a mesma.

tadeu54
8 meses atrás

Desse jeito logo não sobra nenhum……..

Felipe
Felipe
8 meses atrás

Sobrou algum modernizado em operação?

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
8 meses atrás

Força Aérea da Tailândia: 53 F-16, 34 F-5 e 11 Gripen. Será que lá eles também estão sem dinheiro?

vlademir baltazar
vlademir baltazar
8 meses atrás

Tava interceptando um tatu!!!!!!

Gabriel Ferraz
Gabriel Ferraz
Reply to  vlademir baltazar
8 meses atrás

Kkkkkkkkkkkkk

Camargoer
Reply to  vlademir baltazar
8 meses atrás

Olá V.B. Lembrei de um desenho animado da Hanna-Barbera, de uma família de detetives chineses (Charlie Chan). O carro dos jovens tinha um botão que mudava o carro para trator, caminhão, jeep, barco, avião…. faltou apertar o botão para mudar de caça para perfuratriz.

vlademir baltazar
vlademir baltazar
8 meses atrás

Tava interceptando um tatu!!!

Space jockey
Space jockey
8 meses atrás

Esse é o preço que as FAs pagam por operar sucataria, em se tratando de alguns vetores como aeronaves essa política de comprar coisa usada deveria acabar.

Reginaldo Araujo
Reginaldo Araujo
8 meses atrás

Pessoal, eu vejo o pessoal comentando, inclusive a nota transcrita aqui no texto tambem fala em “os pilotos” … mas a aeronave é monoplace … me corrijam se estiver errado…

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
8 meses atrás

Atrito operacional, só quebra quem usa, pelo visto os danos foram poucos e logo estará no ar de novo! Segue o Líder Mengão!!!!

JT8D
JT8D
Reply to  Marcelo Andrade
8 meses atrás

Seu comentário estava indo bem, até que no final você se acidentou

nonato
nonato
Reply to  JT8D
8 meses atrás

Urubus provocam acidentes…

Camargoer
Reply to  nonato
8 meses atrás

Corvos e abutres também

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  JT8D
8 meses atrás

kkkkkk, nota 6, passei!!! Valeu meu nobre!!! rsrs

Peter nine nine
Peter nine nine
8 meses atrás

Velho ou não (já vi mais velhos), não é suposto aeronaves acidentar em se desse jeito após modernização.

JT8D
JT8D
Reply to  Peter nine nine
8 meses atrás

Ah é? E de que jeito é suposto se acidentar uma aeronave após modernização?

Alessandro
Alessandro
8 meses atrás

Vejam pelo lado positivo, pelo menos foi um caça dos anos 50 que já deu tudo oq tinha que dar, poderia ser muito pior, tem país por ae que não consegue fazer SU-30 sair do chão por falta de manutenção.

Jeff
Jeff
8 meses atrás

“Venezuela perde mais um caça Sukhoi Su-30 em acidente”
..
..
Brasil perde mais um AF-1 em acidente”

JT8D
JT8D
Reply to  Jeff
8 meses atrás

Tudo indica que o AF-1 não foi perdido no acidente. Inclusive o piloto está vivo

ADRIANO LUCHIARI
ADRIANO LUCHIARI
Reply to  JT8D
8 meses atrás

Graças a Deus o piloto está bem. Já aeronave… pela foto um bom lanterneiro e duas demãos de polidor deve resolver kkk…

Juarez
Juarez
Reply to  JT8D
8 meses atrás

Provavelmente não dá PT, mas ter uma conta cavalar ali:

Trem de pouso
Provavel torcão de ponto de fixação na longarina.
Provavel dano na antena do radar e em seu berço de fixação.
Dano estrutura no bordo de ataque da asa direita e no in board.
Em fim, está conta vai longe

BILL27
Reply to  Juarez
8 meses atrás

nem deve compensar colocar de volta em voo

Fernando Pereira
Fernando Pereira
8 meses atrás

Boa noite.
Está na hora da marinha ser realista e reavaliar a verdadeira
necessidade de ter hoje uma aviação de caça e ataque (asa fixa) Não temos um porta aviões hoje e nem a médio prazo teremos… o dinheiro investido na revitalização ou aquisição de novas aeronaves de asa fixa podem ser utilizados em outros projetos ou aquisições.
Mais uma aeronave modernizada que poderá se perder ou virar sucata com a canibalização de peças. E aos poucos vamos perdendo mais e mais o poder combativo, se é que já tivemos com os A4. Já deu oque tinha que dar.

Señor batata
Señor batata
8 meses atrás

Uma dúvida q eu tenho é em relação a quanto custa custa adquirir doutrina? Pq é um assunto recorrente aqui na trilogia em relação a aquisição e manutenção de doutrina, mas muitas vezes eu vejo um certo sacrifício de recursos para manter equipamentos e pessoal qualificado. Já foi feito uma auditoria para saber quanto custaria para adquirir doutrina de operar aeronaves embarcadas (tanto no nosso atual nível conhecimento como se não tivesses nenhum)? E eu sei q tem o fator tempo mas isso poderia ser posto numa eventual análise tbz talvez seja mais interessante ao longo do tempo abrir mão… Read more »

Farroupilha
Farroupilha
8 meses atrás

A linda e pretendida transição quântica do velho para novo velho, nos artefatos com asas da Marinha, está em desacordo com o mapa zodiacal dos A-4 das Arábias.
E tudo indica que o desalinhamento solo-ar-chãochão desses vetustos caças se harmonizaram quanticamente com o desalinhamento estaleiro-mar-caiscais do NAe São Paulo.

Grande urucubaca: A-12 + AF-1, fazedores de viúvas e vampirizadores de dindim para nada nada e morrer na praia.

Maicon
Maicon
8 meses atrás

O mais triste disso tudo é ver o gancho de parada em porta aviões e… Não ter um porta aviões.

Thulio manhaes
Thulio manhaes
8 meses atrás

Alguém sabe informar se o caças a4 não modernizados estão operacionais?

Thulio manhaes
Thulio manhaes
8 meses atrás

Melhor: se algum deles está operacional!

JT8D
JT8D
Reply to  Thulio manhaes
8 meses atrás

Se os modernizados estão se acidentando um atrás do outro, deixa os não modernizados quietinhos

Camargoer
Reply to  JT8D
8 meses atrás

Caro Colega. Como a MB só está voando com os modernização, a chance de um acidente com os outros é nula.

Satirycon
Satirycon
8 meses atrás

A Índia manda um alô

Meireles
Meireles
8 meses atrás

Com todo respeito ao editores do blog, venho pedir uma correção no texto da matéria, isso foi um incidente, e não um acidente.

Meireles
Meireles
Reply to  Meireles
8 meses atrás

Aos editores*

Piloto de Combate
Piloto de Combate
Reply to  Meireles
8 meses atrás

Prezado;

Veja a definição de acidente aeronáutico na documentação do CENIPA, e perceberá que foi um realmente um Acidente.

Rodrigo
Rodrigo
8 meses atrás

180 dias….tinham que dar 30 dias para dar o relatório e botar essa cambada trabalhar.
Imagina se demora 180 dias na área privada para gerar um laudo de falha.

Guizmo
Guizmo
Reply to  Rodrigo
8 meses atrás

Relatórios do CENIPA demoram até 2 anos…

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Guizmo
8 meses atrás

2 anos tá louco….então na teoria teremos que aterrar toda frota por 2 anos….

Só na esfera pública

Antunes 1980
Antunes 1980
8 meses atrás

As forças armadas sul-americanas estão em pleno sucateamento.
Tomara que o Sea Gripen chegue logo.

Tomcat
Tomcat
8 meses atrás

Mandem essas sucatas para a reciclagem junto com o A-12, já deu, para de gastar dinheiro e desperdiçar vidas com essas porcarias.

ALEXANDRE
8 meses atrás

Desperdicio de dinheiro…quando eu falo que compra de oportunidade ou reformar coisa velha é uma má escolha me negativam,mas, ta ae ,colocamos nossos soldados e país em risco com essa velharia,era melhor nao gastar nessa reforma deles e destinar o dinheiro ao programa gripen para nao ter atraso

Pavan
Pavan
8 meses atrás

Por isso citei a um tempo atrás que se fosse pra manter a doutrina era muita mais interessante adquirir uns F18 ao invés de ficar gastando com modernização de A4 da década de 50 !!

Ádson
Ádson
8 meses atrás

“Off topic”. Em entrevista , Gal. Morão, afirmou que está indo em missão ao Peru assinar contratos de acordo referentes a troca de embarcações. Será Pisco por IKL?

pangloss
pangloss
8 meses atrás

Se a MB insiste tanto em ter aviação de asa fixa, vai aí uma dica de um avião que decola e aterrissa que é uma beleza (embora no vídeo de divulgação não tenha demonstrado ser capaz de recolher o trem de pouso):
“O Irã apresentou e colocou em operação um jato de treinamento fabricado no país, que está entre os melhores do mundo em termos de capacidade de decolagem e aterrissagem.”
Fonte: Agências iranianas, via Poder Aéreo.

Santiago
Santiago
8 meses atrás

Falta de treinamento do piloto, iniciativa. Se o líder avisou que estava com problema no motor, o ala continuava o voo e depois avisava a torre que a missão foi abortada como falaram aí em cima. Foi tentar frear a anv causando atrito com o solo ocasionando um princípio de incêndio e saindo fora da pista. Falta gestão e planejamento na MB. Já é a 3° aeronave modernizada que sofre acidente.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Santiago
8 meses atrás

Impressionante Santiago, você deveria trabalha no CENIPA! Apresentou um relatório completo em 24 hs só no achismo!!! parabéns!!!

juscelino
juscelino
8 meses atrás

“Os pilotos não sofreram ferimentos e passam bem”. Mas o caça não é um monoposto?