Home Indústria de Defesa China lançou 5º destróier Type 055 e 22º Type 052D

China lançou 5º destróier Type 055 e 22º Type 052D

8345
120
O primeiro destróier Type 055 chinês

Em setembro, com diferença de apenas duas semanas, a China lançou ao mar o quinto destróier Type 055 e o vigésimo segundo destróier Type 052D, segundo fontes que acompanham as atividades navais chinesas.

Se for confirmado o lançamento de mais um destróier até o fim de 2019, a China terá lançado ao mar nove destróieres em um ano.

O primeiro Type 055 foi lançado no estaleiro Jiangnan Changxingdao, perto de Xangai, em junho de 2017.

Os destróieres Type 055 são os maiores combatentes de superfície construídos para a Marinha do Exército de Libertação Popular (PLA Navy) e são um desenvolvimento aprimorado dos destróieres da classe Type 052D (Luyang III).

Dois estaleiros – Changxingdao e Dalian – estão construindo destróieres Type 055. Changxingdao tem sido o principal local de construção de destróieres para a PLAN desde 2008, quando o estaleiro de Jiangnan foi transferido do centro de Xangai para a ilha, na foz do rio Yangtze.

Incluindo os oito DDG iniciais Type 055 já planejados, a Marinha Chinesa (PLAN) pode encomendar até 30 destes navios até meados do século. O próximo modelo da classe, o Type 055A, está planejado para ser maior e ainda melhor armado.

Também terá um Sistema de Propulsão Elétrica Integrada (IEPS). O IEPS gerará energia suficiente para suportar armas de energia direcionadas, como lasers, railguns e sistemas de microondas de alta potência.

Destróieres em contrução em Dalian
Destróieres em contrução em Dalian
O quinto Type 055 lançado desde 2017
O 22º Type 052D recém-lançado

Em 2009, a China tinha apenas 30 navios de superfície, em 2019 são 127 navios,  sem contar os submarinos e navios auxiliares.

Em 2017 a China lançou ao mar de 175 mil toneladas de navios de guerra e, em 2018, ultrapassou o ritmo de produção naval militar dos EUA.

Em 2009 a PLA Navy não tinha porta-aviões, em 2019 contará com duas unidades, uma delas totalmente construída na China.

Os destróieres Type 055 são os maiores combatentes de superfície construídos para a Marinha do Exército de Libertação Popular (PLA Navy)
Type 055 visto pela popa
Vista da proa do Type 055
Superestrutura e parte da proa do Type 055 em corte
Subscribe
Notify of
guest
120 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leonardo
Leonardo
8 meses atrás

Parabéns China !!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Já é a turbina certa ou ainda é a gambiarra?

Fernando yu
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Nem pra ser alvo vc merece… Kkkkk

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Fernando yu
8 meses atrás

kkkkkkkkkkkk

Gainete
Gainete
8 meses atrás

Se inveja matasse??? 😣😣😣

Top Gun Sea
Top Gun Sea
Reply to  Gainete
8 meses atrás

Não é tão comum a inveja matar, só se o cara for pancadão, desajustado mas, ela causa depressão.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Top Gun Sea
8 meses atrás

Hauhauhauhauhau!!!!

Gabriel Ferraz
Gabriel Ferraz
8 meses atrás

Seria interessante falar sobre o tipo de armamento dessa belezura aí, tipo de mísseis, alcance, função. Ficaria mais claro pra alguns que ainda duvidam da capacidade chinesa de independência bélica.

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Gabriel Ferraz
8 meses atrás

Só digitar no campo de busca “Type 55” ou “Type 52D” que tem reportagens no PN. Fala inclusive sobre capacidade de armas

Guizmo
Guizmo
8 meses atrás

Type 55 é uma máquina. Gostaria de 2 na MB

JOAO
JOAO
8 meses atrás

Em falar nisso, alguém sabe quando será assinado o contrato das Tamandarés? E quanto tempo cada uma levará em construção?

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  JOAO
8 meses atrás

Diz que a construção começará em 2020,mas vai saber oque acontece até lá…

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  JOAO
8 meses atrás

O cronograma previsto para assinatura é dezembro próximo.

antonio danizete felix
antonio danizete felix
Reply to  JOAO
8 meses atrás

uns 10 anos kkkk, pais serio e outra coisa

Top Gun Sea
Top Gun Sea
8 meses atrás

A China brinca de fazer navios de guerra. É uma força de expressão ou sentido figurado. Parabéns China, tão logo será a maior marinha do mundo.👍

Vinício Nagel
Vinício Nagel
Reply to  Alexandre Galante
8 meses atrás

Nem em toneladas, nem em projeção, nem com a Rússia junto…

Fernando yu
Reply to  Vinício Nagel
8 meses atrás

Já viu a situação dos navios americanos?? Hehehe

Pablo
Pablo
Reply to  Top Gun Sea
8 meses atrás

Do jeito que estão construíndo navio, quando tiver que fazer docagem para PMG desses navios, metade da marinha chinesa (se não for mais) vai estar encostada hehehe.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Pablo
8 meses atrás

Se não planejarem isso direito ou houver surpresas, é uma possibilidade, Pablo.

Mas isso é uma questão, embora delicada, não muito difícil de resolver. Se vários navios estão para chegar ao PMG numa mesma época, a solução mais comum é fazer alguns navegarem mais que a média e assim anteciparem a manutenção programada, enquanto outros navegam menos que a média para atrasarem essas manutenções.

Mas isso em tempos de paz e previsibilidade das operações. Se aumentam as tensões regionais e globais, e começa a haver necessidade de ter mais navios de prontidão e navegando bastante, os planejamentos vão pro saco.

jodreski
jodreski
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
8 meses atrás

Apesar do falatório eu acho que teremos tempo de paz por muito tempo, acho que os líderes mundiais lembram muito bem do quão foi impactante as duas guerras para a humanidade, conflitos regionais ainda ocorrem mas conflitos de grandes proporções eu acho bem difícil ocorrer novamente. E eu torço muito para estar certo pq senão até a gente vai nada de braçada na b…

Pablo
Pablo
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
8 meses atrás

muitos navios precisarão parar em uma mesma época, independente do porte, será que conseguirão dar conta de tantos navios para PMG mesmo que antecipe alguns e prorrogue outros?

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Pablo
8 meses atrás

Não sei, Pablo, depende deles, como escrevi. Posso apenas dar meu palpite, e foi o que fiz.

Luís Henrique
Reply to  Pablo
8 meses atrás

Pablo, se o Reino Unido constrói um navio de combate a cada 1 ano e meio, em 30 anos eles terão 20 navios. A partir de uma determinada data, 1 navio entrará em PMG a cada 1 ano e meio (em tese e em média). Porém o Reino Unido terá 19 em operação (em tese). Se a China constrói 9 navios de combate em um único ano, em um determinado momento terá que colocar 9 navios em PMG no mesmo ano. Porém em 30 anos, construindo 9 por ano, eles terão 270 navios, sobram 261 operacionais. Mesmo que o PMG… Read more »

Mario SEAE
Mario SEAE
Reply to  Pablo
8 meses atrás

Pois é, quando isso acontecer, daqui a uns vinte anos, eles vão ter de parar uns cento e poucos navios. Estou até com pena deles, vão ter que navegar apenas com uns duzentos ou trezentos vasos.
Talvez tenhamos que emprestar as Niteróis e o São Paulo para eles.
rsrsrsrs

Luís Henrique
Reply to  Pablo
8 meses atrás

Este pensamento está supondo que a China irá construir dezenas de fragatas e destroyers durante um curto período de tempo ou para exemplificar, 10 anos. E passará 20 anos sem construir nada. Ai quando for a hora dos PMG a marinha toda estará parada.
Mas eles não estão fazendo isso, não estão em um ritmo frenético de construção para depois ficar vários anos sem produção. É que o ritmo deles, para nós, parece absurdamente anormal.
Mas eles continuarão com esse ritmo.
E quando for a hora de colocar 50 navios em PMG, eles terão outros 100 construídos.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
8 meses atrás

QUE INVEJA🤔🇨🇳‼️ E aqui em Banânia não conseguimos nem por ao mar navios de patrulha oceânica de 500 ou 1.800t… Para ajeitar míseras classe Macaé é uma Odisséia, depois dizem os comunistas é que são envoltos em burocracias e trâmites quê atrapalham o desenvolvimento ou aquisição de algo. O problema aqui não é a falta de dinheiro! É o mal gerenciamento… Nosso parlamento é o segundo mais caro do mundo, nosso judiciário é igualmente perdulário, cheio de luxos, benefícios e auxílios, assim como o parlamento e seus parlamentares com um séquito de assessores e outros mimos supérfluos , um parlamento… Read more »

MAURÍCIO GAMA DE MEDEIROS
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Temos coisas mais importantes para investir Saúde , educação,infraestrutura…Depois disso quem sabe não sobra algum para as forças armadas do Brasil.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  MAURÍCIO GAMA DE MEDEIROS
8 meses atrás

Interessante Maurício! Deveríamos fazer como a costa rica, que não tem exército…

Mas quem precisa de exército sendo uma “colônia” dos EUA?! que pode muito bem proteger os costa riquenhos de qualquer perigo…

Dinheiro para saúde, educação e infraestrutura tem, basta mexer nos lugares e no bolso certo

Thiago Aiani
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Adriano eu estava prestes a fazer um comentário com a mesma observação e você me antecipou rsrsrsrs . Vou reforçar então sua posição repitindo o mesmo conceito só que um pouco mais prolixo . RS Afirmar ” bordao ” que o com o dinheiro gasto no setor de segurança e defesa pode-se construir escolas, trens e hospitais é enganoso, embora alguns políticos/ ativistas, em busca de retorno eleitoral e de visibilidade, continuem a repitir esse lema, só revela a imaturidade e despreparo de boa parte da classe política e sociedade brasileira . Todo e cada Estado/Nação determina um orçamento para… Read more »

Antônio de Lima Silva
Reply to  Thiago Aiani
8 meses atrás

Concordo plenamente com o seu ponto de vista , forças armadas de faz de conta , não tem sentido !

Amaury
Amaury
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

O custo da nossa máquina política é alto? Ok…
O custo do judiciário é alto? Ok também…
Isenções de impostos? Ok também…
Mas nem uma palavrinha sobre o custo de nossas FA’s?
Será que temos excesso de democracia ou excesso de gastos desnecessários em TODOS os setores?
Aposto no segundo item…

Diogo Ichihara
Reply to  Amaury
8 meses atrás

O orçamento militar brasileiro é maior do que de Israel,porém em termos quantitativos e qualitativos Israel está muito afrente do Brasil.A questão é que nossas forças armadas assim como todo setor público brasileiro , consome quase todo seu orçamento em aposentadorias e folha de pagamento.O Exército brasileiro tem muito mais generais por numero de militares

de que o exército americano.

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Amaury
8 meses atrás

Concordo, é o 2º item. Peço desculpas aos editores, sei que não tem a ver com o post, mas apenas como exemplo. Eu sou filho de militar (falecido). E no Brasil é assim, você liga para o 190, no caso de um assalto em um comércio e a PM vem, daí você tem que sair do seu comércio para ir na delegacia fazer BO para depois quem sabe eles investigarem e se prenderem é uma novela para levar à justiça. Nos EUA vamos supor que uma loja seja assaltada; policiais fardados que fazem ronda chegam, atendem, já anotam tudo e… Read more »

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Um único deputado federal custa por ano aos contribuintes R$ 506.445,00 visto o salário dele ser de R$ 33.763,00 e ele receber 15 salários(12 normais + 13°, 14° e 15° salário – o trabalhado só recebe o 13°) multiplicando isso por 12 meses teremos R$ 6.077.340,00…sem falar mais R$ 141.000,00 de ajudas de custo(auxílio paletó, moradia, despesas de gabinete, passagens aéreas – 2 por mês, pois o resto eles usam aviões da FAB) não colocarei aqui despesas com combustível pois varia de um pilantra para outro…esses “auxílios” no ano dão a casa de R$ 1.692.000,00(cada) então no total cada um… Read more »

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Oiseau de Proie
8 meses atrás

Se esse gasto fosse só metade, eu disse metade o que ainda é alto, daria para construir uma tamandaré a cada 2 anos

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Oiseau de Proie
8 meses atrás

Oiseau, excelente e irretocável o seu comentário, concordo totalmente!!!

Machado
Machado
Reply to  Oiseau de Proie
8 meses atrás

Realmente. Aí fica difícil. Brasil é o país dos privilégios e mordomias para poucos.

Antônio de Lima Silva
Reply to  Machado
8 meses atrás

É uma questão cultural , o nosso povo reclama desses privilégio , mas se tiver oportunidade , não rejeitaria nem pra se e nem para os seus . A nossa sociedade , tem que evoluir no sentido de rejeitar tais privilégio que são injustos com a maioria . Igualmente a corrupção , os privilégios provocam atraso , revolta e baixa-estima com o nosso país .

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Oiseau de Proie
8 meses atrás

Nós temos que lutar, exigir o fim desse sistema bicameral, isso é resquício dos tempos reais, hoje em dia, alguns países têm sistema unicameral, e outros passaram para o sistema, e não deixaram de serem democracias por isso.

PACRF
PACRF
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Além do perdão de dívidas, gastamos uma quantidade enorme de grana com incentivos fiscais. São as aristocracias política e empresarial consumindo nossos impostos.

Mattos
Mattos
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Aqui ‘o investimento ‘e na corrupcao

Adriano Madureira
Adriano Madureira
8 meses atrás

comment image

Bardini
Bardini
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Tá faltando navio aí…

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Bardini
8 meses atrás

Eu postei outro link com um gráfico maior e atualizado, mas não apareceu…

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Bardini
8 meses atrás
Thiago Aiani
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Tambem, outro pais que dez um pulo de qualidade e quantidade de fazer inveja .

Antoniokings
Antoniokings
8 meses atrás

O que podemos imaginar é a concentração de forças que a China está criando, principalmente perto de sua área de interesse.

willhorv
willhorv
8 meses atrás

Por cima….
Um canhão de múltiplo propósito naval.
Um CIWS 30mm de alta cadência.
Um Sistema de defesa de ponto de 21 células.
4 sistemas de morteiros AsW.
96 VLS sob os mais diversos tipos de mísseis.
2 helis As/Saúde
Fora dispersores de chaffs, flares, smoke, iscas AsW, torpedos e equipamentos para defesa assimétrica.
É um senhor destruidor não!
E o modelo mais novo deve equipar outras coisas mais modernas!!
Eu posso falar de mim mesmo….que inveja!!

Bosco
Bosco
Reply to  willhorv
8 meses atrás

Willhorv,
Se se refere ao Type 55, algumas correções:
O VLS tem 112 células (64 + 48)
O lançador de mísseis de defesa de ponto tem 24 células
Ele não tem morteiros ASW. O que tem são 4 lançadores de chaffs, flares, decoys, etc. Dois com 24 células e dois com 18 células.
Se tiver lançador de torpedos eles são internos porque não são visíveis.
E não há canhões contra ameças assimétricas instalados. Provavelmente o CIWS de 30 mm tem essa função.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
8 meses atrás

Na verdade são dois lançadores de “decoys” de 32 células e dois de 24 células.

willhorv
willhorv
Reply to  Bosco
8 meses atrás

Verdade….olhando por cima parecia ser 32 células a meia nau, e são 48 vls mais 64 na proa. Torpedos acho que fazem parte da mobília destes vls, via foguetes.
E aja decoys hein….

willhorv
willhorv
8 meses atrás

Saúde não…Asuw ! Embora gose de muita saúde estas naus!

Contribuinte inconformado.
Contribuinte inconformado.
8 meses atrás

Complicado entender que assim como os demais Países temos que manter uma força de defesa enchuta mas com poder de dissuasão a qualquer custo mas preferem destinar mais de 80% do orçamento só para pagar salários e regalias de militares enquanto as forças armadas vivem uma penúria desgraça de equipamentos a reforma dos militares tem que reduzir os gastos e não aumentar para que assim podemos construir nossos equipamentos e desenvolver nossa industriais de defesa gerar empregos tecnologia oportunidades…

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
Reply to  Contribuinte inconformado.
8 meses atrás

O Brasil é o país mais rico do mundo…todos os países de primeiro mundo estão de olho no Brasil por causa de tudo que temos aqui mas o problema é o nosso estado que está fraco pois nossos representantes estão afundando o país…precisamos de povo nacionalista e não só de um governo assim pois com esse povo dividido derruba na hora o governo…

Carlos Augusto
Carlos Augusto
Reply to  Oiseau de Proie
8 meses atrás

Governo nacionalista entregando riquezas

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Oiseau de Proie
8 meses atrás

Calma, não é bem assim, temos muitas riquezas, mas o país é grande e tem uma população grande; muitas nações tem mais petróleo que nós e mais minério também com população muito menor. Posso citar o exemplo da Noruega que produz menos petróleo, mas tem população de 5 milhões de hab, outro exemplo é o Canadá que produz mais petróleo que nós e tem 40 milhões de hab. Tem o Chile que tem grandes reservas de cobre, mas tem território bem menor e população de 18 milhões. Poderia citar Coreia do Sul, Japão, Israel que não possuem riquezas naturais e… Read more »

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Émerson Gabriel
8 meses atrás

Ops: Riquezas*

Felipe Batista
8 meses atrás

OffTopic: Pensando nos navios antigos da 2ª Guerra até parece engraçado um navio grande assim com apenas um canhão, embora a força dele esteja mais nos misseis. Comecei a ler algum tempo atrás a série de livros Kirov, onde um cruzador russo modernizado da classe kirov é enviado de volta no tempo pra 2ª guerra, e claro é muito mais avançado e capaz que qualquer coisa existente na época. Para dar um pouco mais de emoção, já que o Kirov era basicamente intocável, o autor no 3º livro faz o Kirov batalhar contra o Yamato, e ainda impoe algumas restrições… Read more »

Flavio
Flavio
Reply to  Felipe Batista
8 meses atrás

Se esses navios da segunda guerra não fossem afundados certamente ficariam fora de operação no primeiro missil.

Guina
Guina
Reply to  Felipe Batista
8 meses atrás

“onde um cruzador russo modernizado da classe kirov é enviado de volta no tempo pra 2ª guerra”

Zipang versão russa?

Felipe
Felipe
Reply to  Felipe Batista
8 meses atrás

Orra, um P-700 Granit não afundaria o Yamato? Foi feito pra afundar porta-aviões e pode levar até ogiva nuclear.

Felipe
Felipe
Reply to  Felipe
8 meses atrás

A série é grande, e já tem tempo que li a batalha contra o Yamato no livro 3, mas lembro que o Kirov tinha uma série de restrições durante a batalha, quanto à ogivas nucleares, sim, o Kirov estava transportando misseis armados com elas mas devido a acontecimentos do livro 1 estas armas estavam completamente banidas pela tripulação, mas seria spoiler dizer o porque.

Dalton
Dalton
Reply to  Felipe
8 meses atrás

A incoerência que vejo Felipe é porque o “Kirov” atacaria o “Yamato” se Japão e URSS não estavam em guerra ao menos até agosto de 1945 ! . Outra coisa é que o “Yamato” passou a guerra na retaguarda, ele não incomodava assim como qualquer outro encouraçado, já que o lugar do encouraçado foi ocupado pelo NAe. . Teria sido interessante descrever como o “Kirov” se sairia contra os bombardeiros de mergulho e torpedeiros dos NAes japoneses ou contra à aviação baseada em terra que afundou o “Prince Of Wales” e o “Repulse” ou mesmo contra submarinos como o que… Read more »

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Felipe Batista
8 meses atrás

Me interessei‼️ Me diz o nome do autor ou livro…

Parece o nimitz de volta ao inferno.

Felipe
Felipe
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Livro Kirov, autor John Schettler

Flanker56
Flanker56
8 meses atrás

Olhando as máquinas de guerra da China a impressão que dá é a de já ter visto em algum lugar no ocidente.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker56
8 meses atrás

Provavelmente vc as verá no Ocidente.
Inicialmente na Venezuela e Cuba.
E do jeito que as coisas estão indo, logo estarão na Argentina Uruguai, Chile e alhures.

Jonatan
Jonatan
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Ou aqui mesmo na baía do Guanabara! Os EUA e Brasil que não se cuidem, para ver o que acontece!

Foxtrot
Foxtrot
8 meses atrás

Lendo notícias assim fico a imaginar quantas unidades do projeto original das CCT,s teríamos feito se entregassemos a fábricação dos navios a China e integração dos sistemas de armas e EW no Brasil (AMRJ).
Parabéns China!

Fernando XO
Fernando XO
Reply to  Foxtrot
8 meses atrás

Fox, o AMRJ não faz essa parte de integração… no caso dos Escolta da classe Tamandaré, o consórcio vencedor o fará… abraço…

Fernando Vieira
Reply to  Foxtrot
8 meses atrás

Você ia ver oito cascos enfileirados no AMRJ esperando ter verba para fazer a integração dos sistemas e armas. Se viesse a verba, teria que fazer uma licitação. Dois anos de cascos enferrujando no AMRJ e sai o vencedor. Mais um ano e assina o contrato. Mais um ano e começam a chegar os equipamentos comprados. Aí quem sabe em cinco anos eles instalam em um casco pra tirar de lá porque está atrapalhando a navegação para o Porto do Rio.

Rudipy3to
Rudipy3to
Reply to  Fernando Vieira
8 meses atrás

Mais ou menos isso….e alguns navios iriam sem radar , sem sonar….

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Fernando Vieira
8 meses atrás

Sim.
Então nesse caso que construam os navios na China e ao mesmo tempo contratem uma integradora local (Embraer, Avibrás etc..) para compra, integração de sistemas.
O que não se pode é gastar bilhões em 4 navios gambiarrados de uma empresa estrangeira sendo que há empresas locais que possam realizar os serviços.
Afinal de contas essa é uma das leis da PDN (Política de defesa nacional ) que como vimos nunca são seguidas.

Flavio
Flavio
8 meses atrás

Esse Type 055 ta parecendo um cruzador,me lembra a classe ticondora.

Flavio
Flavio
Reply to  Flavio
8 meses atrás

“Ticonderoga”.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
8 meses atrás

Só queria 4 desses no Brasil.

Santos
Santos
8 meses atrás

Só vejo o pessoal falando no custo dos militares, regalias dos militares, benefícios… Como se somente isso fosse a causa do desmantelamento das forças armadas, parece que ninguém vê o custo do nosso congresso com suas centenas de funcionários, assessores, apadrinhados, aposentadorias, reembolso de gastos nem sempre comprovados, auxílio para mil e uma coisa, super salários e acúmulo de salário, verbas até para selo de cartas !!! Passagem de aviões, cartões corporativos, planos de saúde vitalício para eles e para suas famílias… Só o fundo partidário anual já seria suficiente para equipar as Forças Armadas…. Some-se a isso os desvios… Read more »

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Santos
8 meses atrás

É normal focar sobre a má gestão dos recursos das forças armadas como o gasto elevado em efetivo já que aqui é um blog para assuntos militares e o fundo partidário de 3 bilhões embora seja uma atrocidade ao contribuinte não seria suficiente para equipar as forças armadas. Nosso gasto militar anual é de mais de 100 bilhões ano e estamos nessa situação, o fundo partidário usado a cada 2 anos só aumentaria 1,5% o orçamento militar. O buraco é bem mais embaixo

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Émerson Gabriel
8 meses atrás

Enquanto os milicos não aprenderem administração, gestão de recursos..não aprenderem o básico e pararem de sonhar com nae podemos avançar. Eu considero uma vergonha aumentar orçamento militar, com a mentalidade do nosso comando vão abrir mais vaga, contratar mais dentistas para FA, criar mais bandas da marinha etc…

Eles tem que aprender com iniciativa privada.

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Rodrigo
8 meses atrás

E ainda mandaram as esposas fazerem cena na comissão da reforma dos militares. Querem regalias e ter FAs de mentira.

Taso
Taso
Reply to  Space Jockey
8 meses atrás

A choradeira foi de quem ficou com o pedaço menor do bolo, ou seja os “oreia”, mas acabou que segundo algumas matérias a reforma vai poupar 10bi e os aumentos acordados vão dar prejuízo de 130bi em 10 anos… depois fala que não tem dinheiro nem pra manutenção… é amigos, com essa grana dava pra refazer a marinha.

nonato
nonato
8 meses atrás

Hora de Trump agir para cortar as asas do dragão.

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  nonato
8 meses atrás

Vai cortar como? A China não depende de tecnologia exterior para produzir esses navios. Vai fechar a economia americana? Até onde eu sei os EUA é um país capitalista, sem contar que vários produtos usados pelo povo americano são produzidos por empresas americanas na China, inclusive algum componente desse aparelho que você está usando foi feito na China. Mesmo que supostamente os EUA não importasse nada da China, não teria como impedir o resto do mundo de comprar algo deles. Até uma boa parte dos carros usados nos EUA são feitos no México e o Trump não conseguiu trazer de… Read more »

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  nonato
8 meses atrás

Falta combinar com os americanos, ávidos por produtos baratos e de qualidade. Com o tarifaço de produtos chineses num instante os pequenos empresários americanos começaram a reclamar. Trump não teve escolha senão renegociar acordos com a China.

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
8 meses atrás

O mundo está mudando a passos largos e somos apenas espectadores da história…Pobre América Latina…Presa a incompetência e pela corrupção de seus governos…O mundo é um teatro e somos as marionetes…

Renan
Renan
8 meses atrás

O Bolsonaro podia equilibrar a balança comercial com a China encomendando 15 do Type 55.
Seria para fortalecer as relações com o maior cliente brasileiro.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Renan
8 meses atrás

Só Quinze não é🙄🤔🇧🇷⁉️

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Renan
8 meses atrás

O Brasil é um dos poucos parceiros comerciais da China que a balança é superavitária. Com relação aos navios, são belas máquinas, mas teriam um custo operacional muito elevado além de levar anos para MB se acostumar, além do treinamento com equipamento não ocidental

Renan
Renan
Reply to  Émerson Gabriel
8 meses atrás

Isso é normal uma curva de aprendizado.
Os navios a grosso modo pode ser chinês, mas o recheio pode ser configurado para uma versão ocidental mais compatível com o que não temos. Tecnologia ocidental de ponta.

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Renan
8 meses atrás

Concordo, mas se o recheio for todo ocidental o navio barato chinês acaba ficando caro, não sei se compensa.

Mattos
Mattos
8 meses atrás

E o Brasil luta por quatro corvetas e contra os politicos corruptos.

Mattos
Mattos
8 meses atrás

Se fechar algumas casa que estao atrvancando o Brasil, vai sobrar dinheiro para tudo.

Farroupilha
Farroupilha
8 meses atrás

Quanto maior mais facil de ser encontrada e plotada a type 055.
Kkkkk! Burrice da China fazer essas baleias.
Assim alguns torpedos robóticos de velocidade e alcance superiores fazem essa monstra ir trocar uma ideia com o Titanic facilmente.
Só que…
Nossa Marinha não conseguiria a encontrar a tempo;
Portanto menos ainda conseguiria plota-la;
Também não há aqui torpedos em bom número;
E muito menos torpedo robótico de sonho.
Tamus lascaduuu!

Felizmente nossa Marinha anda articulando uma mortal doutrina de jangadas guerrilheiras.
UFA!

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
8 meses atrás

Podem chorar! É de graça!!!

Tomcat
Tomcat
8 meses atrás

Acho esse Type 052D muito bonito, mais que seu irmão maior Type 55. Mas na minha opinião o Destroyer mais bonito é o KDX III sul coreano.

Mas, eu sei que terá gente aqui que vai chiar, mas teria ficado feliz se a China tivesse apresentado a Fragata Type 54 no programa Tamandaré e ela ganhado.

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Tomcat
8 meses atrás

O preço da fragata Type 54 é menor que a converta Tamandaré. Triste dizer isso, mas é a realidade.

Sincero
Sincero
8 meses atrás

Eu cansei de criticar o Brasil na questão FFAAs, somos um povo pacifista, não temos ambições internacionais, só fazemos mal a nós mesmos votando errado. Parabéns a China e que ultrapasse os EUA.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
8 meses atrás

A baba escorre pelo canto da boca com estes navios viu. Pensar que um Type 055 deste leva mais munição/mísseis que basicamente todos os navios da MB juntos.

Almeida
Almeida
8 meses atrás

12.500 toneladas (aprox.) de pura inveja e poder! Que lindo navio! Acredito que a única solução para a MB não ficar sem escoltas em 2024 seria fechar algum tipo de parceria coma China. Somente eles tem capacidade industrial para reequipar a MB em apenas 5 anos. Sei que politicamente e até economicamente é inviável, mas a realidade é essa. Só eles tem 30 fragatas leves prontas (Type 054) e que podem ceder algumas unidades em hot transfer para nós, além de poder construir fragatas, destroyers e navios de apoio em grande número rapidamente. E barato. Duas Type 054A usadas em… Read more »

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Almeida
8 meses atrás

O problema é mais político que econômico, navios chineses são bem mais baratos. Amo os EUA, mas uma coisa na política deles me incomoda, é quando o Tio Sam diz: “Não podem comprar armas russas ou chinesas e se não tem dinheiro para arma cara ocidental eu vendo OHP caindo aos pedaços e como sou legal, vocês só podem modernizar ferro velho aqui nos EUA “. Sabem aquela garota que apanha o namoro todo e ainda casa com o sujeito achando que ele vai mudar? O Brasil é assim, apanha, apanha, apanha mas acredita que um dia, talvez os EUA… Read more »

sub urbano
sub urbano
8 meses atrás

off: tudo leva a crer que a MB mentiu sobre o vazamento de petroleo no nordeste! Os responsaveis precisam ser processados e PRESOS por essa irresponsabilidade.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  sub urbano
8 meses atrás

Sub urbano, tem matéria específica sobre o assunto do óleo no Nordeste, comente nela, por favor. E comente com informações, se possível, para o debate ser produtivo. “Tudo leva a crer” não é informação, você precisa detalhar minimamente esse “tudo” pra poder debater esse assunto (lá na outra matéria, não nesta)..

thiago rezende alves silva
8 meses atrás

Rapaz….
Mais do que construir, imagino o preço de manter tudo isso depois !!

Fernando Vieira
8 meses atrás

A segunda foto que mostra os navios em construção na doca seca:
São quatro destróieres ali? E tem que lançar os quatro juntos né, quando alagar a doca.
E qual o tamanho dessa doca porque entre os quatro ainda cabem mais dois. Que coisa gigantesca.

Augusto L
Augusto L
8 meses atrás
jodreski
jodreski
8 meses atrás

Muito ouvimos sobre os meios de superfície Chineses, quanto aos avanços dos meios submarinos, até onde eu sei os Subs Nucs chineses ainda eram emitiam muito som se comparado aos análogos Americanos e Russos.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
8 meses atrás

Podem dizer o que for da China, mas eles não brincam com sua defesa, é um dragão gigante acordado e não uma onça drogada com rivotril.

Nosso sistema de governo é o nosso problema!

Uma máquina inchada com grandes salários e benefícios, excesso de pessoal no legislativo, de parlamentares, assessores e demais funcionários.

Pessoas que ganham o dobro na iniciativa privada para fazer o mesmo serviço.

Oque o Brasil tem é que enxugar, enxugar e enxugar…

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
8 meses atrás

Sem querer desmerecer o Projeto da Grande China, mas, até quando ela vai conseguir manter o ritmo e pior, a manutenção dessa Força toda, enquanto a sua moeda estiver desvalorizada frente ao Dólar?

Uma vez, em 1989, conheci um país que tentou correr com os EUA nos armamentos e perdeu… lembram da União Soviética?

Repito, tenho respeito pela China e sua capacidade de invenstimento no mundo todo, inclusive aqui, mas, até quando se sustenta?

Bosco
Bosco
Reply to  Alexandre Galante
8 meses atrás

Galante, Sei que você vai censurar meu comentário já que não suporta nenhuma “ofensa” à China, principalmente vindo de mim, mas pelo amor de Deus, a China pode até adotar um tipo de capitalismo (capitalismo de Estado) e algum nível de propriedade privada mas não deixa de ser comunista e de ter uma economia planificada, de ser um Estado forte e regulador, e claro, como não poderia ser diferente, gigantesco, corrupto e autoritário. Não há como existir “economia de mercado” num Estado comunista. É como querer misturar água e óleo. *Lembrando que comunismo não é o oposto de capitalismo. O… Read more »

Jonatan
Jonatan
Reply to  Bosco
8 meses atrás

É claro que esse frenesi chinês uma hora vai parar, tanto no ramo da construção civil, como militar e naval! Aliás, já está parando, pois a economia chinesa começa a estagnar, o que já é sentido na menor compra de minério do Brasil no último ano! A bolha imobiliária chinesa pode vir a estourar, quando ritmo de construção diminuir, e aí todo mundo se ferra! O forma de crescimento da China é insustentável de manter por décadas. Outro problema é o envelhecimento em massa da população devido a política de filho único, cujas consequências serão ruins a partir da metade… Read more »

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Bosco
8 meses atrás

Ele não censurou… rs

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Émerson Gabriel
8 meses atrás

Bosco, eu comento há pouco tempo, mas sou leitor aqui há anos, anos mesmo, desde o tempo do “Vader”, para quem lembra das boas discussões sobre o FX2, época em que os debates eram mais focados em assuntos militares e muito pouco com ideologia; eu nunca vi, ou não me lembro do Galante se ofender por criticas á China que aliás não são poucas na trilogia que são maiores no PA do que no PN. O que eu vejo ele as vezes responder alguma pergunta ou refutar de forma objetiva algum dado equivocado. Eu entendo você, sei que a China… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Émerson Gabriel
8 meses atrás

Émerson, O Galante não se ofende e nem rebate. Ele atua com sua agenda pró china e anti americana e simplesmente censura o que ele julga não ser correto de acordo com seu ponto de vista e hoje o correto para ele é aceitarmos que a China inexoravelmente será uma potencia dominante e que será muito mais benéfica à humanidade que os EUA e toda a civilização ocidental junto. Dezenas de comentários meus seu pegos pelo anti spam e jamais são publicados. É direito dele , como dono do espaço, fazê-lo, e cabe a mim continuar participando ou não desse… Read more »

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Bosco
8 meses atrás

Eu faço dezenas de comentários a favor da China, e também são pegos pelo anti spam e nunca publicados. Engraçado você tachar o Galando como pró China e anti-americano, porque eu tenho exatamente a opinião oposta: ele defende ferreamente os interesses dos EUA, às vezes até acima dos interesses do Brasil e é totalmente contra a China/Rússia. Mas isso é só a minha opinião.

Bosco
Bosco
Reply to  100nick-Elã
8 meses atrás

100,
Pegos pelo anti spam… normal. Pelos pelo anti spam e deletados quando não ferem as normas da casa… censura.
Mas como disse, é direito dele.

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Marcelo Andrade
8 meses atrás

Marcelo, não da para comparar, a URSS tinha economia fechada e só exportava commodities, além de armas mas com preço subsidiado. A China já ao contrário faz comércio com todo mundo e produzem de tudo, desde um parafuso até satélites. A moeda desvalorizada afeta quem importa tecnologia, caso do Brasil, já a moeda desvalorizada na China afeta pouco; na área militar produzem quase tudo localmente com poucas exceções. Isso vale para armas russas hoje já que produzem tudo ( em armas ) localmente não dependem de importação em dólar. Por isso armas russas e chinesas são mais baratas. Veja o… Read more »

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Reply to  Marcelo Andrade
8 meses atrás

Existe dois fatores que precisam ser colocados nessa equação sobre até quando e China continuará, e são simplesmente ignorados em quaisquer análises. Se olharmos apenas para o ponto econômico, utilizando nossos padrões de liberdade econômica, então a China esta frita. Mas esta não é a realidade. Primeiramente, precisamos colocar nessa equação toda a história sofrida pela China nos ultimos séculos, com constantes invasões, massacres e usurpação, que forjaram em sua população, um sentimento nacionalista forte, que culminou com a verdadeira unificação e união nacional que vemos na China hoje. O povo lá não se esquece de sua história, e não… Read more »

Mgtow
Mgtow
8 meses atrás

È coisa de louco. Fico estupefato com tamanha velocidade e capacidade dos chineses.