Home Aviação Naval Marinha chinesa deve construir o quarto porta-aviões, mas suspende o quinto navio...

Marinha chinesa deve construir o quarto porta-aviões, mas suspende o quinto navio por enquanto

9231
104
O primeiro Type 002 em construção

A Marinha Chinesa está avançando com planos de construir mais um porta-aviões, mas os planos para uma quinta unidade foram suspensos por enquanto, de acordo com militares.

Eles disseram que desafios técnicos e altos custos colocaram o freio no programa e que a recente fusão dos dois principais estaleiros construtores de navios do país provavelmente não terá um impacto significativo no curto prazo.

Atualmente, o país tem apenas um porta-aviões ativo, o Liaoning – uma embarcação da era soviética reformada – mas o primeiro porta-aviões de construção local, o Type 001A, está passando por testes no mar e pode estar pronto para o serviço em breve.

O trabalho no mais moderno porta-aviões Type 002 começou há dois anos e uma fonte naval disse que a construção do segundo Type 002 poderá começar já em 2021.

Mas os planos para um porta-aviões de próxima geração parecem estar suspensos por enquanto, enquanto os engenheiros lutam para superar problemas técnicos. “Não há planos para construir mais porta-aviões”, disse uma fonte militar.

“O terceiro e o quarto porta-aviões chineses em pauta são do Type 002, o navio de guerra de próxima geração do país equipado com catapultas eletromagnéticas para o lançamento de jatos”.

O primeiro porta-aviões chinês Liaoning
Type 001A, segundo porta-aviões chinês e o primeiro totalmente construído na China
Uma redenderização feita por entusiastas da possível configuração do Type 002

FONTE: South China Morning Post

Subscribe
Notify of
guest
104 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bardini
Bardini
9 meses atrás

Falando em Porta Aviões… Isso aqui sim, me deixou curioso:
https://pbs.twimg.com/media/EKdJwU9U0AUkkCR?format=png&name=900×900

Ricardo Mendes
Reply to  Bardini
6 meses atrás

A china não terá até 2030 porta aviões com catapulta a vapor e muito menos eletromagnética . Sonhos chineses só isso. A realidade é outra mas podem ter convencionais .

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Mesmo cancelando o quinto,quatro porta-aviões já é um bom número,tem país que só tem dois ou um…

Parabéns aos Chinas!

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Esse infográfico é de matar qualquer um de vergonha e de inveja…

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Capacidade de negação do uso do mar pela Marinha Chinesa no Mar da China Meridional com mísseis de cruzeiro

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Marinha chinesa em 2009,acima dez anos depois…

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

comment image

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Parecem alvos… acho que são…

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

nossa …

e mesmo assim os americanos passam la quando querem kkkk

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Lembrar qie dois são super porta-aviões e que irão provavelmente operar mais na região do mar do sul da China,ou seja na costas Chinesa quase indo de vez em quando pelo mundo mostrar bandeira.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
9 meses atrás

Força naval invejável Cristiano…

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Enquanto aqui…

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

comment image

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

aqui é o inverso..vai encolhendo….

E os marinheiros tendo de comprar creme Nivea para hidratar os pés de tão seco que estão por não ver mais agua…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  carvalho2008
9 meses atrás

Kkkkkkkk marinheiros de chão seco.

Zoe
Zoe
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

É porque nossa área marítima é pequeninha né?

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Crescimento logaritmico!!!!

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

Mostrou a sua inteligência em aproveitar a arma do inimigo, livre mercado, ao favor do seu sistema político. Também se mostrou valoroso em aprender com erros dos outros (Vide URSS). A Marinha do Exército de Libertação Popular da China esta acima de muitas outras com capacidade plena de realizar um embargo à Taiwan se lhe der na cabeça. Esperemos que nunca façam isso e que somente realizem sua intenção de retomar a antiga rota da seda.

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
9 meses atrás

É que o quinto compramos ele.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
9 meses atrás

É , a fatura tá batendo na porta! Mesmo a China tem seu limite financeiro!!

sagaz
sagaz
Reply to  Marcelo Andrade
9 meses atrás

Fora as “limitações técnicas”, aliás, inédito eles falarem de limitações técnicas.

Fernando Vieira
Reply to  sagaz
9 meses atrás

Por limitações técnica entenda que os americanos ainda não conseguiram resolver os problemas nas catapultas e elevadores deles, então ainda não dá pra copiar a solução.

Dudu
Dudu
Reply to  Fernando Vieira
9 meses atrás

Fernando Vieira:
íhh espera até lerem isso vão alegar até a invenção da pólvora…

Thiago Aiani
Reply to  Fernando Vieira
9 meses atrás

Rsrsrsrs Essa foi boa Fernando! Rsrs

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  sagaz
9 meses atrás

Pois é Sagaz, eu tava me preparando para comentar isso, mas você já disse.

Chineses falando de limitações técnicas? Isso é fake news. Só os americanos possuem limitações técnicas (Irônico).

Ten murphy
Ten murphy
Reply to  sagaz
9 meses atrás

Nem tanto. Tem reportagem aqui onde eles já falavam das limitações e defeitos do Liaoning, não lembro qual. Os chinas omitem. Quem mente são os russos.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Ten murphy
9 meses atrás

O liaoning foi um protótipo de atualização, modiicação e engenharia reversa, natjral ter problemas. Por isso ele só e usado em treinamento, sendo o verdadeiro PA operativo o tipo 001.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Marcelo Andrade
9 meses atrás

Ponto. O crescimento militar da China é impressionante e cresce num ritimo extremamente alto.
A dúvida é se seria percebido o ponto de sustentabilidade entre o crescimento e manutenção do parque. Um limite natural que nem todos os países seguem, preferente demonstrar força na compra e construção, mas depois de 20 anos, os mesmos equipamentos ficam sucateados devido a falta de cuidados.
Neste ponto, ao que parece, o crescimento chines pode começar a se estabilizar, o que de longe não tira o seu mérito. Ainda terão uma força militar invejável.

Guizmo
Guizmo
9 meses atrás

Ora ora vejam só

Samuca
Samuca
9 meses atrás

Como assim vão parar de construir mais NAEs? Eita! Pobre é brabo, hein ô?!

Diego
Diego
9 meses atrás

Os chineses de fato visitaram o São Paulo para conhecer nosso modelo de operação?

Felipe Morais
Felipe Morais
9 meses atrás

Duas coisas que eu ia comentar, mas comentaram antes de mim. 1) A conta uma hora chega. Isso é um baque praqueles que juravam e continuavam jurando que o crescimento chinês seria, pra sempre, progressivo e contínuo; 2) Limitações técnicas. É meus amigos, para o espanto de muitos aqui, nem tudo pode ser copiado e a indústria chinesa (pasmem) também possui limitações técnicas. De toda forma, os chineses merecem aplausos e reconhecimento, porque, como demonstrou o Adriano, em imagens, o crescimento foi e tem sido gigantesco. Só precisamos ter cuidado com as previsões e perspectivas de futuro, pois tem uma… Read more »

Ten murphy
Ten murphy
Reply to  Felipe Morais
9 meses atrás

Ao olhar os meios da Frota do Pacífico e os meios chineses, parece-me que a China está melhor que os russos, sim. Russia tem ali 6 submarinos, China tem quase 60. Submarinos nucleares de ataque e subs de mísseis de cruzeiro e os de mísseis balísticos estão equiparados. Navios de superfície a China ganha. Muito mais destroyers, fragatas, cruzadores etc. e de maior tonelagem, exceto por 1 Slava, mas isso é compensado pela quantidade de meios de tonelagem similar, 10 ton vs 12, dezenas de navios 1 russo. O problema da China é a quantidade de meios dos inimigos combinada:… Read more »

Dalton
Dalton
Reply to  Ten murphy
9 meses atrás

Murphy…
.
sem dúvida a China tem mais meios que a Frota do Pacífico russa, mas, se você está contando o total de submarinos chineses deveria também contar o total de submarinos russos no Pacífico que é maior que 6 unidades.
.
Entre SSBNs, SSGNs, SSNs e SSKs o número de submarinos da Frota do Pacífico está mais próximo de 20 unidades, nem todos obviamente em serviço por conta de manutenções e modernizações.

Ten murphy
Ten murphy
Reply to  Dalton
9 meses atrás

Embarcação de cruzeiro Slava (1)
Destróier de classe Sovremennyy (1)
Destruidor de classe Udaloy (4)
Corveta de classe Steregushchiy (2)
Submarino de classe Dolgorukiy (2)
Submarino da classe Delta III (3)
Submarino da classe Oscar (5)
Submarino da classe Akula (5)
Submarino da classe Quilo (7)

Mais 6 kilo melhorados em construção.
A China tem mais, qualquer que seja o tipo de subs. Poder de fogo já não sei, mas é difícil superar os Oscar.

Navios de superfície a China nada de braçada.

Ten murphy
Ten murphy
Reply to  Ten murphy
9 meses atrás

comment image

Nessa foto que postaram aí dá pra comparar melhor

Dalton
Dalton
Reply to  Ten murphy
9 meses atrás

Murphy…
.
só no sentido de ajudar na atualização de dados, já que mesmo s alguns sites russos não fizeram atualizações, apesar de ter sido noticiado o “desmantelamento” do “Podolsk” e do “Pobedonosets” há apenas um “Delta III” em serviço o “Ryazan”, então, somando-se aos 2 “Borey” a força de SSBNs do Pacífico, está reduzida a três unidades a ser em breve aumentada para 4.
.
Quanto aos 6 novos “Kilo” ainda não se sabe, mas, é bem provável que eles substituam unidades mais antigas.
.
abs

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Ten murphy
9 meses atrás

Você comentou um ponto interessante, que não é abordado nas análises da galera que diz que os chineses alcançarão americanos em poucos anos. Os chineses estão num vespeiro. Além de seus vizinhos problemáticos que podem se pegar por qualquer deslize diplomático (Indianos e Paquistaneses), possuem as disputas do sudeste asiático. Então, enquanto americanos possuem tranquilidade em casa e podem se dar o luxo de montar uma Marinha com a missão precípua de projeção de poder, os chineses, como se propõe a ser uma marinha global, divide seu foco em duas missões: – Enquanto força global, precisa construir porta aviões, que… Read more »

Ten murphy
Ten murphy
Reply to  Felipe Morais
9 meses atrás

Felipe, penso exatamente igual. Não poderia ter escrito melhor.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Felipe Morais
9 meses atrás

Felipe Morais

O problema é que a China é responsável com seus gastos e não fica emitindo dívida despudoradamente para cobrir deficit público.
Já os EUA não se envergonham disso.
Saíram os dados do crescimento americano até agora : 2,1%.
E puxados por despesas militares.
Um dia a conta chega.
Ou já está chegando.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Manobra verbal para não reconhecer o que os próprios chineses admitiram: eles estão com limitações técnicas e financeiras!!!! Entendeu???? Limitações tecnicas para fazer um navio que os EUA fazem com uma mão anarrada às costas!!!! E , se eles são mais” responsáveis” com o dinheiro, mesmo assim eles pisaram no freio…. não existe isso de China invencível, com crescimento constante, etc….uma hora bate no teto…..Mas, os chinas sabem da realidade deles…enquanto tu continua a dizer que eles são invencíveis, imparáveis, etc…..

Jonatan
Jonatan
Reply to  Flanker
9 meses atrás

A dívida pública chinesa, apesar de bem menor que a dos EUA, bate 80% do PIB chinês! Fora o fato de eles não imprimirem dólar. Dizer que eles são responsáveis com gasto, é piada de mal gosto!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jonatan
9 meses atrás

Em termos gerais:

EUA : Pib de US$ 20 tri, dívida pública de US$ 23 tri e reservas internacionais de cerca de U$ 120 bi.
China: Pib de US$ 25 tri, dívida pública de US$ 2 tri e reservas internacionais de US$ 3 tri.

Nesses dados não entram dívidas internas de Estados nem dívidas privadas, que são grandes na China e mastodônticas nos EUA.

Jonatan
Jonatan
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Você leva em conta o PIB em base ppc, e não o PIB nominal. Em relação a este a dívida pública chinesa atinge a casa dos 80% e está crescendo. Cai na real, a China terá que conter gastos se não quiser chegar ao nível da dívida pública americana, e não esbanjar em porta aviões, enquanto sua frota de submarinos está atrás da Rússia em termos tecnológicos, e seus vizinhos se fortalecem e formam alianças com os EUA! Não adianta torcer para a China como se fosse o Flamengo, têm que encarar a realidade!

Jacinto
Jacinto
Reply to  Jonatan
9 meses atrás

O problema da China sao as dívidas corporativas – emprestimo de banco a empresas – que chega a 160% do PIB contra 80% nos EUA. Isso representa um risco sistêmico no sistema financeiro de qualquer pais.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
9 meses atrás

Se o terceiro e o quarto serão construídos, estão não pode ser problema técnico.
Mesmo porque, o novo porta-aviões americanos está cheio de defeitos e está navegando por aí.
Apesar do endividamento do Governo americano

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Em tempo.
Problemas técnicos só se for uma novíssima geração diferente de tudo que encontramos aí
Caso contrário, estará tudo planejado no organizadíssimo orçamento chinês e na sua estratégia de fortalecimento da Nação..

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Sim….sim….com certeza……o dinheiro é infinito na china….e problemas técnicos inexistem para os chinas…..isso é o que você acha e não o que a reportagem fala. Tu estás discutindo com a fonte chinesa…….mas, isso é o esperado de ti…….d.o.e.n.t.i.o…….

Ten murphy
Ten murphy
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Antonio, como eu disse, tem reportagem recente aqui onde os próprios chineses reclamam que o Liaoning tem vários problemas, lembro de falarem da estabilidade, mas tinham outros relatados e não-relatados. Sem contar as catapultas, propulsão, a própria estabilidade dos novos projetos, entre outros. É por estar tudo organizado e planejado pelos chneaes que decidiram dar um tempo para resolverem as questões, tanto técnicas quanto orçamentárias.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Não…não é problema técnico…..o que os próprios chinas falaram não vale. Vale o que você acha que é………

Dalton
Dalton
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Navegar é uma coisa, estar certificado para missão é coisa bem diferente e o “Ford”, por conta de tantas tecnologias novas, precisará ainda de uns bons 3 anos até estar certificado.
.
Espera-se que os demais da classe não passem por tantas atribulações e que a economia feita com uma tripulação menor e manutenções menos intrusivas e baratas ao longo de 50 anos amortizem em parte o alto valor de aquisição.
.

MBP77
MBP77
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Típico comentário diversionista de torcedor, Xings.
Aliás, como já é de seu costume.
Sds.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Errado, a China hoje tem menos controle da sua dívida do que os americanos. O crescimento americano continua robusto, o nivel de maquinas compradas aumentou em relação aos trimestres passados isso reflete a confiança dos investidores no mercado do pais. E o crescimento no terceiro trimestre foi 1.9 somado aos outros 2 trimestre 3.1 e 2.0 da uma média ate agora 2,3 % de crescimento, há esperança de o quarto trimestre seja de 2,5 % de crescimento. Outra coisa o dólar está se valorizando a cada ano que se passa de forma constante, ja recuperou toda a desvalorização de 2005… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
9 meses atrás

Que controle?
A dívida americana já é de mais de 100% do PIB e cresce a uma taxa de mais de US$ 1 trilhão ao ano.
E sem nenhuma perspectiva de melhora.
Os americanos (Governo e público em geral) estão vivendo às custas de endividamento e um dia isso acaba.
Certeza absoluta disso.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Sim……assim como o fôlego dos chinas……eles estavam correndo….afora, o fôlego faltou e assistência les passaram a caminhar….e com aquela dor no baço, sabe?? Que dá quando tu correu mais do que podia……

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Assim como os chineses, não se engane, a economia chinesa é bem parecida com a do Japão, olha dividida dos mesmos.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
9 meses atrás

E a emissão de títulos é controlada por lei no caso americano desde 2012.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Xings, vergonha? Você acha mesmo que esse é um aspecto que a maior potência econômica e militar do mundo leva em consideração na sua política externa? Se formos falar de “vergonha” em política externa ou de outros conceitos abstratos relacionados, como moral e honra, se conseguirmos listar 10 países que levam isso em consideração, será muito. E outra coisa, eu quero tentar deixar claro pra você, de uma vez por todas, que eu tento, o máximo possível, não entrar nessas discussões pra eleger um vencedor e um perdedor, um melhor e um pior. Sou brasileiro, se fosse pra eu tentar… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Felipe Morais
9 meses atrás

A Marinha chinesa não precisa se equiparar à americana.
Mesmo porque para isso seria necessário endividar o País como os EUA estão endividados.
A questão da China é alcançar e manter a dominância em sua área de atuação, coisa que está conseguindo plenamente.
Lembro que a área que a China dá importância é a situada na Ásia, onde está ocorrendo toda a dinâmica do crescimento econômico mundial.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

E por que os chinas estão brabinhos com o que os EUA falaram sobre as manifestações em Hong Kong??

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Flanker
9 meses atrás

Você iria gostar de ver alguém de outro bairro criticar o modo como você gerência sua casa ou seu estabelecimento comercial caro Flanker🤔❓ Estados Unidos grande defensor da liberdade e democracia se acha no direito de criticar outros países, mas duvido muito que eles aceitem críticas alheias… Hong-Kong é território chinês, foi devolvido depois de 100 anos após ser roubado pela coroa britânica e muito bem usado, agora é um estado chinês e sobre controle chinês, todos sabiam muito bem oque iria acontecer, só demorou mais do que esperava. É pode acontecer o mesmo a Taiwan caso os políticos estúpidos… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  Adriano Madureira
9 meses atrás

Então que a China coloque embargos aos EUA por conta das manifestações do governo norte-americano….simples….os chinas não são os p.i.c.a.s. das galáxias?? Que encheção de saco isso…..mimimi infernal….

Top Gun Sea
Top Gun Sea
9 meses atrás

Não! Eles disseram que não vão construir o 4º porta aviões que seria uma nova geração type 003. Ou seja, o sexto porta avioes type 003 da frota será Nuclear. É muito desenvolvimento numa janela muito curta. Eles precisarão das lições aprendidas da classe type 002 Catobar para aí sim avançar para uma nova classe nuclear, veja como os americanos estão apanhando da nova classe Ford!!! Talvez esses dois primeiros da classe type 002 podem ser com catapultas convencional e o terceiro que iniciará em 2021 ser com catapultas eletromagnéticas devido aos problemas e ajustes no desenvolvimento com catapultas eletromagnéticas.… Read more »

Dalton
Dalton
Reply to  Top Gun Sea
9 meses atrás

“Cinco porta aviões na frota da libertação popular China até 2023 está pouco!?”
.
TGS, mais provável 3 até 2023, o “Liaoning”, a cópia melhorada dele que
está prestes a ser entregue e um “002”. Não é pouco, mesmo com as limitações dos dois primeiros, mas, deve ter desapontado àqueles que
previram um número maior.

Top Gun Sea
Top Gun Sea
Reply to  Dalton
9 meses atrás

Dalton a Marinha chinesa tem o P. A russo classe Kuznetsov/ Liaoning em operação outro cópia russa melhorada made in China finalizando testes e dois sendo fabricados classe type 002 com previsão de entrega para 2021 e mais o terceiro em 2023 o que dá pelo menos 4 em operação e um finalizando.

Flanker
Flanker
Reply to  Top Gun Sea
9 meses atrás

Negativo! Releia o texto acima com mais atenção….terceiro e quarto parágrafos…. 1 Litening, 1 001A e 1 002…..talvez, em 2021 cpmece a constrição do 2⁰ 002.

Flanker
Flanker
Reply to  Flanker
9 meses atrás

Liaoning*

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Top Gun Sea
9 meses atrás

É bom lembrar que o segundo porta-aviões da classe Ford, foi lançado ao mar três meses antes do previsto, com orçamento menor do que o previsto e está em estado mais adiantado do que o previsto. Tudo isso devido à lições aprendidas com o primeiro da classe, que sempre tem que provar conceitos e fazer ajustes ao processo. É algo natural dentro do desenvolvimento e construção de algo tão complexo.

Flanker
Flanker
Reply to  Top Gun Sea
9 meses atrás

Eles tem:

– 1 Liaoning operacional,
– 1 Type 001A em testes de mar,
– 1 Type 002 em construção há 2 anos,
– 1 Type 002 com previsão de início de construção em 2021

Tudo isso está no texto. Então, até 2023 eles terão, no máximo, 3 Porta-ações e não 5.

Jonatan
Jonatan
9 meses atrás

É o que muitos foristas cantaram a um certo tempo aqui no fórum! Com o veloz crescimento da Marinha chinesa, eles iriam começar a ter os mesmos problemas técnicos que os americanos, tanto na construção, como na manutenção de suas belonaves! Num contexto onde a China terá que reter gastos militares, pois seu crescimento cai após anos de veloz crescimento, terá de desacelerar a construção de porta- aviões! Ainda mais com carrier groups ficando cada vez mais no passado, e com sua armada submarina tendo de ser modernizada! De qualquer forma é uma grande amostra da determinação chinesa, ficando claro… Read more »

MMerlin
MMerlin
Reply to  Jonatan
9 meses atrás

E isto é o natural. Mantendo a sustentabilidade do orçamento.
Outra situação que poucos atentam é o parque tecnológico de empresas chinesas. Enquanto as empresas americanas tem centenas de clientes e bilhões em contratos, as chinesas possuem apenas o estado como cliente relevante, salvou raríssimas exceções.
Mas não… Tem uns que acreditam que o crescimento militar chines é ilimitável e interminável…

Top Gun Sea
Top Gun Sea
9 meses atrás

Eles não vão construir o quarto P. A, mas irão comprar o P. A Sucatão São Paulo A12 e transformá-lo em navio escola!! Ficando com 6 porta aviões por enquanto. 👈👌

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Top Gun Sea
9 meses atrás

Só se for para transformar em alvo dos DF-21😄😄😄…

https://www.andrewerickson.com/wp-content/uploads/2015/09/DF-21D-ASBM.jpg

Flanker
Flanker
Reply to  Top Gun Sea
9 meses atrás

Reveja suas quantidades……

Top Gun Sea
Top Gun Sea
Reply to  Flanker
9 meses atrás

Há matéria no PN que dão conta de que os chineses estão construindo dois ao mesmo tempo.

Flanker
Flanker
Reply to  Top Gun Sea
9 meses atrás

Mas, não é o que diz na matéria desse tópico aqui. Nessa matéria fala que tem 1 em construção e o outro começará a ser construído, provavelmente, em 2021.

Corcel
9 meses atrás

Vão esperar o Gerald Ford entrar em serviço pra copiarem e começar a construção deste.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Corcel
9 meses atrás

Com o monte de problemas do Gerald Ford apresenta, isso deve demorar.
Uma publicação militar citou esse porta-aviões como um dos maiores ‘micos’ da atualidade junto com o F-35, o classe Zumwalt, o LCS e uma outra arma que não consigo lembrar.

C. César
C. César
Reply to  Antoniokings
9 meses atrás

Mico é o que vc passa todo santo dia com seus comentários patéticos.

Jhon
Jhon
9 meses atrás

O plano atual será de 4 unidades, o que se leva a crer que apenas um em pleno funcionamento! Sempre terá um docado em reforma e modernização.

rui mendesmendes
rui mendesmendes
Reply to  Jhon
9 meses atrás

Então os EUA só têm 3 p.aviões em funcionamento, pois se com 4, só 1 está em funcionamento, os EUA com 10 ou 11, nem 3 consegue ter em pleno funcionamento.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
9 meses atrás

Deixa a “fabrica de porta aviões” ficar pronta…

Jonatan
Jonatan
Reply to  Ricardo Bigliazzi
9 meses atrás

Se não vão construir nem o quinto carrier, como vão fazer fábrica de porta-avião gajo? Kkkk

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Jonatan
9 meses atrás

“Fabrica de Porta Aviões” foi motivo de uma “brilhante” materia publicada nesse blog… naquele momente até havia chamado de “estaleiro”… acho que estava certo. Na boa, o meu comentario inicial carregava um pouco de sarcasmo com aquela matéria carregada de teor de “torcida do blog”. Segue o jogo, tem duas coisas que não se consegue revogar nesse planetinha, a primeira coisa é a lei da gravidade, a segunda coisa são os principios fundamentais que regem qualquer economia sadia… e os chineses tem tudo… menos um mercado consumidor interno forte e extremamente estruturado e uma economia solida não exposta aos ditames… Read more »

Jonatan
Jonatan
Reply to  Ricardo Bigliazzi
9 meses atrás

É verdade. Deveriam construir mais type 55, não alvos para mísseis. A geografia e a vizinhança chinesa não permite que porta-avioes sejam úteis, como são para os EUA! A China já mostrou sua incrível capacidade de construção naval, fruto de uma civilização milenar, mas já começa a dar sinais de desgaste! Se não controlar gastos, entrarão em recessão, e aí, adeus ao sonho chinês!

Carlos Campos
Carlos Campos
9 meses atrás

Pelo que ando lendo o quinto não vai vir por motivos econômicos, nada muda no entanto que a China é a mmarinha mais forte no pacífico

Matheus Santiago
Matheus Santiago
9 meses atrás

Rumores dão conta de que Jin Tao, ex-chefe de pesquisa do Instituto Estatal 712 da Indústria da Construção Naval da China(CSIC) foi preso pelas autoridades chinesas por suspeita de corrupção. Era pesquisador sênior do instituto que prestava serviços para CSIC e trabalhava em um projeto de propulsão elétrica marítima, e fontes próximas do suspeito de corrupção dão conta de que ele estava no projeto de desenvolvimento do terceiro porta-aviões, que seria equipado com o sistema eletromagnético de lançamento de aeronaves (EMALS), usado no porta-aviões USS Gerald Ford. A queda de Jin segue dois outros escândalos recentes de corrupção na CSIC.… Read more »

Rafael M. F.
Rafael M. F.
9 meses atrás

Como já dito aqui e alguns bons foristas se recusavam a acreditar: A conta chegou!

Obviamente, a redução no ritmo de crescimento do PIB chinês começa a refletir em seu orçamento de defesa.

Juarez
Juarez
Reply to  Rafael M. F.
9 meses atrás

A China com na frota enorme vai sentindo a realidade do ter ou comprar não significa manter operar e operar ……..

rui mendesmendes
rui mendesmendes
Reply to  Juarez
9 meses atrás

Letra de quem não têm …

filipe
filipe
9 meses atrás

Os Chineses são prudentes, essa corrida desenfreada prejudicou a URSS durante a Guerra Fria, os EUA conseguiram isso aumentando as despesas na Defesa, os Chineses estão em Guerra Comercial com os EUA, e são dependentes do Dólar Americano e de Petróleo, o que veio esfriar o seu crescimento económico, mais vale diminuir a quantidade de Portaviões, só o Gerald Ford custa 13 Bilhões de USD, um único navio, A China não têm como concorrer com os EUA, deve fazer o mesmo que a Russia, apostar em Submarinos (SSN Yassen e SSBN Borei), e fazer o mesmo que o Brasil (SSK… Read more »

rui mendesmendes
rui mendesmendes
Reply to  filipe
9 meses atrás

Essa guerra não quebra só a China, mas também os EUA, e todo o mundo, hoje em dia quando uma potência económica está mal, nota-se no resto do planeta, umas mais que outras.

filipe
filipe
Reply to  rui mendesmendes
9 meses atrás

Desde 1945 que os EUA têm o controlo absoluto dos mares, os 11 NAE NIMITZ ou Gerald Ford são a expressão dessa supermacia, foi complicado para a URSS , e agora é complicado para a Russia e a China tentar competir com os EUA nos mares, deveriam apostar em submarinos e dissuasão nuclear apenas, senão acabar na banca rota, ter 5 ou 6 Frotas não é para qualquer um, os EUA têm 10 ou 11 Frotas, a Alemanha Nazi também apostou em Submarinos tudo porque os Aliados sempre tiveram a Supermacia Aero-Naval tanto no Atlântico como no Pacifico, os Aliados… Read more »

Dr. Mundico
Dr. Mundico
9 meses atrás

Um dos maiores problemas da China é não poder escolher seus inimigos.

Luís Henrique
Luís Henrique
9 meses atrás

Está havendo uma confusão aqui. Aonde leram que a China teria 5 ou 6 Naes já na próxima década??? As matérias anteriores que falavam do interesse chinês em possuir 5 ou 6 Naes, detalhavam que “talvez” eles iniciaram a construção do 5o em 2025 ou 2026, mas que a entrega do 5o e 6o seria no período de 2030 à 2035. Ou seja, durante a década de 2020 seriam 4 Naes mesmo. Portanto, a matéria acima apenas diz que os planos atuais contempla somente os 4 Naes, e que ainda vão esperar amadurecimento de novas tecnologias e orçamentos futuros, além… Read more »

Dalton
Dalton
Reply to  Luís Henrique
9 meses atrás

Luís… . lembrei de algo que você escreveu meses atrás: . “não serão 4 Naes, serão 6. O Type 001A com 65.000 T Stobar, o Type 002 com 80.000 T Catobar e 4 Type 003 Nucleares, Catobar com cerca de 100.000 à 110.000 T.” . Ou seja, mesmo você tendo considerado 2035 como data provável para seis unidades, você não contou o “Liaoning” e não contou um segundo “002”, mas, inferiu que ao menos dois “nucleares” de 100.000 toneladas estariam disponíveis antes do fim da próxima década, para totalizar 4 e parece que justamente esses gigantes correm risco de ter… Read more »

Rafael M. F.
Rafael M. F.
Reply to  Dalton
9 meses atrás

Dalton,

A gente, que acompanha política e lê nas entrelinhas, sabe que quando uma marinha fala publicamente em “postergação” quer dizer “a possibilidade de acontecer é remota”.

J-20
J-20
9 meses atrás

Mais de 700 Type 99, triplicaram as embarcações da marinha, mais de 3 milhões de soldados com os equipamentos sendo atualizados, 40 J-20 no ar, desenvolvimento de turbofan, drones, armas hipersônicas, corrida espacial, atualização de mísseis intercontinentais. Com isso tudo, é de se esperar que a conta vir, e tá vindo muito caro.

Carlos Erthal
Carlos Erthal
9 meses atrás

Logo irão sentir os custos de FFAAs grandes em um contexto de envelhecimento populacional e crescente pressão internacional. Vamos ver então se os pés são de aço ou barro ….

Leonardo
Leonardo
4 meses atrás

Brasil não construir nada é nada