Home Mísseis Antinavio Coreia do Norte testa mísseis de cruzeiro antinavio

Coreia do Norte testa mísseis de cruzeiro antinavio

4468
85
Na sequencência de fotos, publicadas pelo jornal norte-coreano Rodong Sinmun em 9 de junho de 2017, mostram o lançamento do novo míssil de cruzeiro antinavio do país. A reportagem disse que o líder Kim Jong-un observou o lançamento de mísseis, que a Coreia do Sul detectou um dia antes

SEUL — A Coreia do Norte disparou mísseis de cruzeiro na costa leste e mísseis ar-superfície de jatos de combate no Mar do Leste no dia 14 de abril, disseram militares da Coreia do Sul, em manobras de flexão muscular na véspera do aniversário do fundador nacional e das eleições gerais do sul.

Os mísseis de cruzeiro antinavio foram disparados para o nordeste a partir de áreas próximas à sua cidade costeira oriental de Munchon por volta das 7 horas da manhã, durante um período de mais de 40 minutos, disse o Joint Chiefs of Staff (JCS), acrescentando que voaram cerca de 150 quilômetros antes de mergulhar nas águas da costa leste.

Junto com o lançamento de mísseis, o Norte voou aviões de ataque Sukhoi e caças do tipo MiG acima da cidade costeira oriental de Wonsan, e disparou vários mísseis ar-superfície no Mar Oriental, acrescentou o JCS.

Não se sabia imediatamente se o líder Kim Jong-un orientou os últimos lançamentos.

“Os militares estão monitorando de perto a situação para possíveis lançamentos adicionais, mantendo uma postura de prontidão”, afirmou o JCS em comunicado.

FONTE: Yonhap News Agency

Subscribe
Notify of
guest
85 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando Turatti
Fernando Turatti
5 meses atrás

Provavelmente um dos países com o maior medo da situação atual. Ao contrário da crença popular, o que segura a CN não é seu arsenal nuclear, pequeno e com poucos métodos de lançamento, mas sim a China, uma vez que em condições normais ninguém iria atacar, convencional ou atomicamente alvos perto da fronteira com o dragão. O problema: é provável que o dragão terminará em meio a uma guerra, tão logo a pandemia esteja minimamente sob controle, devido a sua série de culpas com a mesma, indo desde a ocultação de informação, passando pela destruição de amostrar, suborno na OMS… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fernando Turatti
5 meses atrás

Seul está ao alcance de tiros de canhão da Coreia do Norte.
Portanto, todo cuidado é pouco.

pangloss
pangloss
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Pois é, a única fonte de legitimidade do PCC é a força militar chinesa.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  pangloss
5 meses atrás

Força militar não é sinônimo de legitimidade.

Antonio Renato Cançado
Reply to  Gabriel BR
5 meses atrás

Os fatos e a História te contradizem, Gabriel BR, sinto muito.

ALISON L C SILVA
Reply to  Gabriel BR
4 meses atrás

Verdade… que o Diga a Arábia Saudita… Né???

Klesson Nascimento
Klesson Nascimento
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Pelo seu raciocínio, O Ping Pong está ao alcance de tiros de canhão da Coreia do Sul.
Portanto, todo alvo é pouco.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Klesson Nascimento
5 meses atrás

Não há nada de importante na Coreia do Norte ao alcance do Sul.
Já se Seul for destruída, a Coreia do Sul desaba como País.

Teropode
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Concordo com vc , aliás não ha alvos na cn que justifique um velho tomahank , aliás acredito que os cumunistas mantiveram o pais na miséria ,com um povo desnutrido e faminto por questões estratégicas kkklkkkkkkk, afinal pra wue fornecer alvos para o sul ? Ping pong possui ótimos alvos , o sul não suportaria a fome , ja o norte …

Falken
Falken
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Nossa, a cúpula militar da Coréia do Sul não deve ter pensado nessa possibilidade, você fala como especialista em geopolítica em diversos comentários, mas é puro ufanismo, uma cidade não é um país, já estive na Coréia e o país todo está preparado pra isso, já a Coreia do Norte não tem nada de interessante no país inteiro, por isso os Sul Coreanos não tem interesse nenhum em reintegração, infelizmente o povo do Norte não têm muita perspectiva.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Falken
5 meses atrás

Falken

Primeiro que a Coreia do Norte tem uma concentração gigantesca de peças de artilharia, com resposta imediata, tendo como alvo a cidade Seul.
E isso foi pensado com esse propósito.
Mesmo que a Coreia do Sul ataque, a resposta do Norte sobre a capital sul-coreana estará assegurada.
Segundo que se Seul for destruída, a economia da Coreia do Sul vai para o vinagre.
Se não me engano, Seul tem um quinto da população total do País e cerca da metade (por aí) do PIB total da Coreia.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Kings, sim, Seu perfaz quase 20% da População da Coreia do Sul. Só que a analise desse Pais não pode parar por aí. Hoje a Coréia possui mais 09 cidades com população entre 900.000 (como uma Campinas ou Guarulhos em SP) a 3.600.000 de pessoais. Ainda possui outras 76 Cidades com mais de 100.000 Habitantes (na verdade de 100.000 até 899.000 habitantes) com inúmeras cidades com 300, 400, 700 e 800.000 almas. Você pode não acreditar, mas os Coreanos do Sul conseguiram entender o que se passou em 1950 e se prepararam para qualquer aventura dos “Irmãos do Norte”.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Ricardo Bigliazzi
5 meses atrás

Kings, veja as famosas fotos noturnas da Estação Espacial da Coreia do Norte e da Coreia do Sul, poderá perceber que a Coreia do Sul não fica apenas iluminada no Paralelo 38

MÁRIO FILHO
Reply to  Ricardo Bigliazzi
5 meses atrás

Só um palpite , quem vocês acham que daria mais valor à vida e todo o conforto e fartura que tem CS ou CN .

ALISON L C SILVA
Reply to  Falken
4 meses atrás

Manda as fotos que vc tirou da CN… rsrsrs

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Não, mas uma informação que não tem pé nem cabeça, basta apenas ver o que aconteceu em 1950. Recomendo o Estudo da Guerra da Coreia, Você se surpreenderá pelo avanço que o Exercito da Coreia do Norte fez no inicio da Guerra, foi muito parecido com a Wermacht a 30 quilometros de Moscou… no caso da Coreia quase toda a península foi tomada… e tudo foi recuperado pelo Sul durante a Guerra.

Joao Moita Jr
Reply to  Ricardo Bigliazzi
4 meses atrás

Correção;
“e tudo foi recuperado pelos Estados Unidos durante a Guerra”

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Canhões????? Vamos raciocinar, para atingir com estragos em demasia uma Cidade de 9.700.000 habitantes você deve colocar uma quantidade razoável de canhões em uma região muito próxima da fronteira… alguém consegue conceber essa possibilidade sem descartar um maciço ataque de retaliação das forças armadas da coalisão que protege a Coreia? Alguém consegue imaginar que essa movimentação será possível… Kings, estar perto de vez em quando pode parecer muito longe… basta perguntar a algum soldado da Wermacht que conseguir chegar em Khimki — a 30 km do Kremlin em 1941… nunca antes os Alemães estiveram tão perto de Moscou… só que… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
5 meses atrás

Ricardo Bigliazzi

O artigo que eu li dizia que a CN tinha uma concentração gigantesca de peças de artilharia fora do alcance de um ataque inicial da CS.
Descrevia até grandes túneis protegidos de bombardeios.
Portanto, se a CS partisse para um ataque de surpresa, a CN teria como objetivo atacar Seul e infligir o máximo de perdas ao inimigo.

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Fernando Turatti
5 meses atrás

Esqueça isso jovem, teoria da conspiração só traz desafetos entre países.

Corona existe a muitas décadas, alguns países já brincaram de alterar e fazer mutações nele, mas porque a China faria isso e depois tentaria isolar o ponto zero ?
Isso significaria conter os danos dentro de seu território e pagar o preço, veja todo o contexto e vai perceber que não tem benefício, apenas perdas.

Chineses não gostam de negócios ruins, se é para fazer negócio com eles, tem que oferecer ganhos garantidos.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Italo Souza
5 meses atrás

Sabe uma coisa curiosa? Eu deixei bem claro, na medida do possível – em um comentário onde não posso colocar uma lista de fontes -, qual o caminho da ideia. Teoria da conspiração é achar que chineses criaram o vírus. O resto todo é levado até bem a sério em investigações e, de fato, tem sua lógica ao analisar o passo a passo chinês, que envolveu inegável e factualmente a destruição de amostras, além de estudos forjados, como aquele compartilhado pela OMS no meio de janeiro, alegando não haver contágio de humano para humano, quando na verdade já eram conhecidos… Read more »

marcus
marcus
Reply to  Fernando Turatti
4 meses atrás

Essa teoria é do Trump. O Trump vai sempre culpar um país ou uma pessoa por sua incompetência.

Joao Moita Jr
Reply to  marcus
4 meses atrás

“Essa teoria é do Trump”
E o maior fã e seguidor dela na América Latina é o Presidente do Brasil, o qual segue as palavras do seu ídolo cegamente e adotou a mesma teoria descabelada.

Teropode
Reply to  Italo Souza
5 meses atrás

O erro pontual em relação ao vírus foi causado pela censura do regime , por questões de arrogância ou burocráticas perderam tempo em admitir a infecção, quando fecharwm o ponto de origem ja haviam sido visitados por muitos estrangeiros pois é uma região de fabricas multinacionais .

João Vitor
João Vitor
Reply to  Fernando Turatti
5 meses atrás

Eu pessoalmente não descarto as responsabilidades da China nessa crise global, mas apenas no que tange a ocultação de informação (aliás… convenhamos, quando essas informações vieram o mundo não levou a sério no início), porém, incinuar que o vírus saiu de um laboratório é muita ficção científica, ainda mais citando a “inteligência americana”? Complicado.

Em tempos de “pós-verdade” temos que nos lembrar que pela lógica a explicação mais plausível em via de regra é a verdadeira.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Fernando Turatti
5 meses atrás

Hoje mesmo li uma matéria em que a comunidade de inteligência dos EUA está analisando todas as possibilidades, como seria o caso de qualquer ocorrência desse tamanho, e não descartam nada, mas estão longe de qualquer conclusão sobre o envolvimento do laboratório em Wuhan. Por mais que a China tenha sido bastante responsável por essa pandemia, e tenha muito provavelmente ocultado fatos, e tramado para diminuir a participação deles mesmos nessa bagunça toda, não acredito que qualquer guerra esteja perto de acontecer com a China. Testaram as prontidões de todo Mundo durante esses tempos de isolamento para saber o quanto… Read more »

Luís Henrique
Reply to  Fernando Turatti
5 meses atrás

Fernando, claro que a ajuda da China é importante, mas a Coreia do Norte não depende exclusivamente disso. Eles fizeram a lição de casa na questão de defesa nacional. Eles possuem o 2o maior exército do mundo. Ainda que estejam atrás da Coreia do Sul e principalmente dos EUA em várias tecnologias, eles possuem armamentos perigosos e em grande quantidade. Podem perder em caso de guerra nuclear, mas antes podem revidar e causar um inferno na Coreia do Sul. Em guerra convencional é muito difícil vencer a Coreia do Norte, seria preciso um esforço gigantesco ao custo de centenas de… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Luís Henrique
4 meses atrás

Hj em dia superioridade aerea é tudo. Se eu tiver 10 milhões de blindados, a aviação destrói todos eles sem perder um avião. Se eu mandar 10 milhões de homens a pés, uma pequena cavalaria com apoio aéreo destrói todos eles. Quem controla os céus controla a guerra.

ALISON L C SILVA
Reply to  Fernando Turatti
4 meses atrás

Ja se recuperou da febre? ta delirando feio…

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
5 meses atrás

Grande Kim!!! “Fogo e fúria!”

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
5 meses atrás

Grande idiota, isso sim! Em caso de guerra seu país será pulverizado e o infeliz povo norte-coreano nem saberá o que o atingiu!

Renato Carvalho
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
5 meses atrás

Se tem uma coisa queo Kim não é e ser grande, sob nenhum aspecto.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Renato Carvalho
5 meses atrás

Ele é enorme ! o único gordo daquele país.

Teropode
Reply to  Gabriel BR
5 meses atrás

😂😂😂😂😂, gordo não, fofo e comedor .

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Renato Carvalho
3 meses atrás

Grande é o barril de leite condensado que eles produzem lá 😂😂😂‼️ Barril de petróleo…

Italo Souza
Italo Souza
5 meses atrás

Eles seguem bem a cartilha de desenvolvimento, primeiro mísseis balísticos, depois mísseis de cruzeiro, logo estarão brincando de mísseis balísticos com mirvs.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Italo Souza
5 meses atrás

Ítalo,

Exatamente, porém essa “brincadeira” custa muito caro. A pergunta é : De onde vem o dinheiro para custear o desenvolvimento e produção desses mísseis, considerando que o país está sob embargo há décadas?

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Luiz Galvão
5 meses atrás

Falar em dinheiro é um erro nesse caso. Explico: como estamos falando de um país quase totalmente fechado para o exterior, cuja tecnologia é também quase completamente caseira, não é como se eles precisassem de moeda para aquisição dos mesmos, ao invés disso talvez o termo correto fosse “recursos humanos”, ou “horas de trabalho”. Notoriamente a CN ignora toda e qualquer ideia de bem estar populacional, gastando seus melhores homens em pesquisas bélicas, assim como gastando boa parte da sua capacidade de trabalho humana em exército e afins. Aí está todo o custo, que reflete-se diretamente na miséria. Na URSS,… Read more »

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Fernando Turatti
5 meses atrás

Fernando,
Entendo o que você bem explicou, porém há de se ter dinheiro para comprar os diversos insumos necessários a elaboração dos mísseis e seus conteiners , por exemplo..

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  Luiz Galvão
5 meses atrás

Eu também me pergunto da onde vem o dinheiro pra bancar as vidas de “marajás” que levam nossos políticos, considerando que o Brasil é um país em sua maioria pobre…

Cadu
Cadu
Reply to  Luiz Galvão
5 meses atrás

Carvão vendido para a China, cigarros falsificados, drogas e ataques cibernéticos a bancos e empresas ao redor do mundo. Inclusive, a CN tem uma boa capacidade cibernética, por incrível que possa parecer.

Cadu
Cadu
Reply to  Cadu
5 meses atrás

Faltou mão de obra, eles vendem serviços de engenheiros e de operários para fora da CN e o governo fica com parte dos salários.
Inclusive, as obras para da copa do mundo do Catar, está cheio de engenheiros e operários da CN, inclusive já foi denunciado as péssimas condições de segurança em que trabalham.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Cadu
5 meses atrás

Cadu,
Pode ser.

Cadu
Cadu
Reply to  Luiz Galvão
5 meses atrás

Luiz, o que o Fernando falou também é um dos fatos que explicam, na pespectivas de analistas e jornalista que trabalham e estudam a CN, além do do comentário do Tutu, a CN é acusada de falsificar dólares.
Eu te recomendo a assistir alguns documentários que abordam essas questões. Eu não achei eles sensacionalistas. Mas é aquilo, o ideal é você assistir e tirar as suas conclusões.
Um grande abraço!

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Cadu
5 meses atrás

Cadu,
Grato pela dica..
Abs.

Tutu
Reply to  Cadu
5 meses atrás

Eles produzem dólares falsos, mas de alta qualidade.
Utilizam as mesmas máquinas suíças que produzem as notas norte coreanas.

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Luiz Galvão
5 meses atrás

O dinheiro vem da miséria e da fome do povo.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Luiz Galvão
5 meses atrás

Tráfico de drogas, ciber espionagem, etc.

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Luiz Galvão
5 meses atrás

China box
Petróleo, carvão, pedras preciosas.

Embargo é apenas algo a servir os interesses de um único país, mas na hora que um país é atingido por eles, existem meios de vender sem cair em embargo, principalmente quando se está em fronteira com a China que consegue exportar tudo para qualquer ponto do planeta.

marcus
marcus
Reply to  Luiz Galvão
4 meses atrás

Da China.

Space jockey
Space jockey
Reply to  Italo Souza
5 meses atrás

E nós ??

Fabio Araujo
Fabio Araujo
5 meses atrás

Bem que poderíamos ter uma versão naval do ATM ou uma versão terrestre do Mansup, com um litoral tão grande dominando praticamente todo o Atlântico Sul precisamos para ontem!

Space jockey
Space jockey
Reply to  Fabio Araujo
5 meses atrás

Se no passado, com crescimento de 7.5 % do PIB ja não investiamos quase nada em defesa quiçá agora, com esse Covid e retração da economia, vai ser a desculpa perfeita.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Space jockey
5 meses atrás

Só que temos um presidente que entende que uma indústria militar forte é essencial para a economia pois agrega conhecimento e desenvolvimento que poderão ser usados em outras áreas. E depois da pandemia o mundo vai correr atrás de recuperar o prejuízo e se soubermos aproveitar vamos conseguir nos recuperar mais rápido.

Space jockey
Space jockey
Reply to  Fabio Araujo
5 meses atrás

Tomara. parece que o tombo lá na zona do Euro vai ser muito maior que o nosso, ou seja potenciais inimigos mais pobres.

Paulo
Paulo
Reply to  Space jockey
4 meses atrás

Potenciais inimigos de quem?

Do Brasil?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Fabio Araujo
5 meses atrás

Totalmente possível, já falei aqui poderíamos unir a tecnologia do MANSUP com o MATADOR, em vez de uma cabeça que recebe recebe dados GPS, colocaria a cabeça do MANSUP no MATADOR, só faltaria fazer os testes e as correções de perfio de voo, mas aí tem mais problema, quem vai vetorar os mísseis? Eu defendo o Brasil comprar pronto um drone de vigilância marítima ou fazer um para vetoração desses mísseis.

Tutu
5 meses atrás

Em 1994 é estimado que os Norte coreanos gastaram 6 bilhões de dólares em defesa, ao mesmo tempo morreram milhares de pessoas de fome devido a falta de fertilizantes e as enchentes.

Detalhe, segundo especialistas, com 200 milhões de dólares já dava para fornecer todo o fertilizante necessário para garantir a maior parte da colheita daquele ano.

Essas armas da Coreia do Norte não são para defender seu povo, sim os seus líderes.

marcus
marcus
Reply to  Tutu
4 meses atrás

Até que ponto, as Forças armadas da Coréia do Norte vão estar dispostas a defender o seu,” lider”, Kim Balofo. Quando começar a morte de milhares de militares e civis, algum General realmente patriota mete uma bala na cabeça do Balofo.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  marcus
3 meses atrás

General patriota🤔😂⁉️ mais fácil ser um general oportunista, isso sim…

Corta-se a cabeça da hydra e outra aparece

Foxtrot
Foxtrot
5 meses atrás

Enquanto isso, no país dos bananas nem os testes da versão terrestre de seu míssil de cruzeiro (que sinceramente estou começando a duvidar da existência) os militares “hiper espiões secretos” mostram.
Parabéns Coréia!

Space jockey
Space jockey
Reply to  Foxtrot
5 meses atrás

Parece que fizeram disparos do Matador em fevereiro, mas os militares não divulgam nada, como se essa arma fosse tecnologia ultra secreta… com ele operacional estamos com tecnologia dos EUA de 1980.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Space jockey
5 meses atrás

É o que cansei de escrever caro Space .
Mas o que eles deveria esconder a “sete chaves”, eles mostram como exemplos a base e fábrica de submarinos, os centros de controle do SGDC e sistemas espaciais, o Forte Santa Bárbara, todos com localização por GPS e Google eart kkkkkk.
Isso aqui é uma piada!

Oséias
Oséias
Reply to  Space jockey
5 meses atrás

Não há razão para ficar alardeando armas na nossa região.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Oséias
4 meses atrás

E é por isso que não exportamos nada de defesa.
Ninguém compra o que não sabe se existe.

Alfa BR
Alfa BR
5 meses atrás

Como eles realizarão a direção de tiro? Aquisição de alvos?

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Alfa BR
5 meses atrás

Glonass or Baidu, simples, define uma coordenada e marca como ponto zero, o guia por satélite define a distância até o ponto zero e calcula o tempo até o alvo, depois disso o operador fica com o míssil em modo HMG, pronto para disparo.

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Italo Souza
5 meses atrás

Mas como eles saberão onde os navios estarão? Como se dará o reconhecimento e vigilância? Quais meios possuem para executar essas tarefas?

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  Alfa BR
4 meses atrás

Minha dúvida também.

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Alfa BR
4 meses atrás

Ai o míssil tem que ter uma cabeça de aquisição, seja por radar or aquisição de calor. Nessa direção o míssil faria exatamente oque falei, iria até um ponto definido e ao chegar perto a uma distância predefinida em sua memória, ele ativaria a cabeça de aquisição, reconhecendo o alvo no campo de visão e se direcionando a ele por meio de cálculo de impacto, oque é facilmente feito pela conta X-3 Y-3 Z=. Mas nesse caso de treinamento or demonstração, o Míssil não é equipado com uma cabeça de aquisição, apenas um guia por satélite, aonde ele atingi a… Read more »

Space jockey
Space jockey
5 meses atrás

Como a CS sabe que percorreram 150 Km por radar ?

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Space jockey
4 meses atrás

Dependendo do radar que utilizam para o rastreamento, dá para se ter valores aproximados de velocidade e tempo de vôo, assim só fazer um cálculo rápido e você obtém a distância aproximada que o míssil percorreu.

Gabriel BR
Gabriel BR
5 meses atrás

Tem mais é que mostrar força mesmo! Se não for assim , aparece uns folgados estilo Macron e ficam desrespeitando a soberania nacional.

Alfa BR
Alfa BR
5 meses atrás

Artigo sobre a doutrina Anti-Acesso/Negação de Aérea (A2/AD) do dispositivo de defesa marítima da Federação Russa.

Dá uma boa ideia das limitações das baterias de mísseis antinavio disparados da costa e como por si só não fazem o trabalho.

https://russianmilitaryanalysis.wordpress.com/2020/01/29/russian-maritime-a2-ad-strengths-and-weaknesses/

ALEX TIAGO
Reply to  Alfa BR
5 meses atrás

Boa noite. Como eu não não consigo perguntar nada apenas comentar nos comentários dos caros colegas pergunto qual sukhoy a Coreia do Norte Tem?? ? Su22?? Sei que tem su25 froogfoot mas em 2015 teve especulações de queriam adquirir su35 e se não me engano reportagem da veja mostra foto de não sei mig 29 ou su30 lançando esses tais mísseis.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Alfa BR
5 meses atrás

Tu sabe que nesse artigo, eles repudiam o conceito operacional A2/AD da Rússia, vulgarmente debatido pelos especialistas ocidentais? Até mesmo especialistas consagrados caem nesse erro.

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Matheus Santiago
5 meses atrás

Por isso que compartilhei.

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Alfa BR
5 meses atrás

É quase impossível invadir a Rússia pelo mar, se isso for acontecer novamente com certeza será por terra.

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Alfa BR
5 meses atrás

Esses sistemas como o lançador do Onyx por caminhão de 8 rodas, são sistemas bem eficazes, capazes de negar proximidade e assim permitindo a outros meios uma maior margem para quebrar a ordem de ataque sem deixar a costa vulnerável.

Esse meios de segunda “onda” normalmente serão os mísseis hipersonicos or balísticos, é por isso que consideram a doutrina Russa de defensiva.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
5 meses atrás

E aqui no Brasil, os testes do míssil de cruzeiro da Avibrás e de outros armamentos só é exibido através de imagens, como se fosse tecnologia ultra avançada…

Leonardo Costa da Fonte
Reply to  Adriano Madureira
5 meses atrás

Depois de todos estes anos, e tantas notícias do “Matador” é mais fácil acreditar em Papai Noel do que na avibrás e seus mísseis. Isto é um piada. Acho que era o caso do Tribunal de Contas da União começar a verificar estes gastos militares. Tenho receio que vamos haja material para outra lava jato.

USS Independence
USS Independence
5 meses atrás

Alguns babam com a simples perspectiva de a Coreia do Norte ou China iniciarem uma guerra.

USS Independence
USS Independence
5 meses atrás

Os adoradores do lado negro da força, ou vermelho, se deliciam com a expectativa do comunismo dizimar o capitalismo “malvado” dos Estados Unidos e de seus “fantoches” europeus.

Luiz Floriano Alves
Reply to  USS Independence
5 meses atrás

Politica a parte, esse sistema de míssil anti navio lembra o nosso Astros. A plataforma tem proporções identicas. Se fizermos as adequações de guiagem,k a la Exocet e motorização com turbina teremos um ASM de longo alcance,k.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
3 meses atrás

Só de olhar esse veículo, me veio a cabeça o AVIBRÁS Astros II e o AV-300 matador…