Home Exercício Exercício de desembarque da China nas Ilhas Dongsha provoca receio em Taiwan

Exercício de desembarque da China nas Ilhas Dongsha provoca receio em Taiwan

7236
118

A mídia japonesa afirmou na terça-feira em uma reportagem que o Exército de Libertação Popular da China (PLA) realizará exercícios militares para uma “captura das Ilhas Dongsha ocupadas por Taiwan” em agosto, resultando em discussões acaloradas na ilha de Taiwan.

Enquanto a autoridade de defesa de Taiwan alegou que poderia proteger as Ilhas Dongsha, especialistas em Taiwan especulam que o PLA pretende abrir uma passagem para porta-aviões no Oceano Pacífico e se preparar para o estabelecimento de uma zona de identificação de defesa aérea no mar do Sul da China.

Especialistas chineses do continente disseram na quarta-feira que as Ilhas Dongsha são um local estrategicamente importante, e o PLA pode transformar qualquer exercício em ação se os secessionistas de Taiwan insistirem na secessão.

O PLA planeja realizar exercícios de desembarque em larga escala no mar do Sul da China, perto da ilha de Hainan, em agosto, com o objetivo imaginário de “dominar as ilhas Dongsha ocupadas por Taiwan”, informou a mídia japonesa Kyodo News na terça-feira, citando fontes não identificadas.

Segundo a reportagem, o Comando de Teatro do Sul do PLA despachará navios de desembarque, hovercraft, helicópteros e fuzileiros navais neste exercício de escala sem precedentes.

O lado chinês não anunciou os exercícios.

As Ilhas Dongsha estão localizadas na rota das bases navais do PLA na ilha de Hainan para o Oceano Pacífico através do Canal Bashi, no sul da ilha de Taiwan, tornando-o estrategicamente importante para a entrada do PLA no Oceano Pacífico, informou o Kyodo News, observando que os EUA freqüentemente envia aviões espiões para as Ilhas Dongsha, e os exercícios do PLA podem adicionar mais tensões às relações China-EUA e relações através do Estreito.

A autoridade de defesa de Taiwan prestou atenção extra à reportagem, e seu porta-voz Shih Shun-wen foi rápido em dizer na terça-feira que os militares de Taiwan podem compreender completamente e lidar com situações nas proximidades. Lin Wen-huang, chefe de operações conjuntas da autoridade de defesa de Taiwan, disse que tem preparativos e pode proteger as ilhas.

Estudiosos na ilha de Taiwan disseram que a área de exercícios coincide parcialmente com a zona de identificação de defesa aérea da China continental no Mar da China Meridional, e os exercícios podem ser uma preparação para o seu estabelecimento.

As forças armadas de Taiwan também estão planejando fazer mais compras de armas dos EUA. Para lidar com o “aumento das ameaças do PLA”, a força aérea de Taiwan planeja comprar quatro drones MQ-9 Reaper, informou a mídia de Taiwan na quarta-feira.

O especialista militar da China continental, Song Zhongping, disse ao Global Times que as Ilhas Dongsha são um local estrategicamente importante na costa sudeste da China e conectam o Mar da China Meridional e o Oceano Pacífico Ocidental. Se as autoridades de Taiwan alugarem as Ilhas Dongsha às forças armadas dos EUA para implantar equipamentos de coleta de informações ou de guerra antisubmarino, isso pode ser perigoso para o PLA.

A razão por trás das crescentes tensões no Estreito de Taiwan é o aumento das atividades de secessão das autoridades de Tsai Ing-wen, Song disse, observando que sob essa condição, o PLA precisará se preparar para uma luta militar, incluindo exercícios conjuntos, para alertar os secessionistas de Taiwan para não cruzar a linha vermelha.

“As missões de desembarque têm sido temas de treinamento regulares do PLA. Os treinamentos para captura como essas são literalmente direcionados para ilhas, como as Dongsha, Penghu e a ilha maior, a ilha de Taiwan. Se os secessionistas de Taiwan insistirem na secessão, os exercícios militares poderão mudar para ação a qualquer momento “, disse Song.

FONTE: Global Times

Subscribe
Notify of
guest
118 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tomcat4,2
1 mês atrás

Uma hora a China sai do armário do fingimento de gente boa e começa ,ao menos a tentar, sua expansão e conquistas. Quem acha que a fabricação de navios militares e de tudo que é armamentos é apenas pra se proteger//dissuadir é porque é muito inocente.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

Já saiu do armário a muito tempo, invadiram e anexaram o Tibete, deve ter sido graças a União Soviética não anexaram a Mongólia, ocuparam e construiram as ilhas artificiais inclusive em áreas econômicas legais de outros países e ninguém (Obama) fez nada. Essa História já conhecemos com outros personagens: primeiro Anschluss ou a anexação da Áustria, depois a Checoslováquia e aí a História conta o resto.

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Karl Bonfim
1 mês atrás

Lembrando que a China continental e a então URSS quase foram pro tapa nuclear….

Gus Talking
Gus Talking
Reply to  Flávio Henrique
1 mês atrás

A China só teme 1 estado nesse planeta: a Rússia, somente.

Pedro
Pedro
Reply to  Karl Bonfim
1 mês atrás

Pelo que li, foi a URSS que colocou o rabinho dos Chinas entre as pernas, no caso Mongol e ainda conseguiram mais território.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Pedro
1 mês atrás

A China não poderia fazer nada quanto a URSS, pois estava lidando com uma superpotência, e ambos olhavam-se com mútua suspeita. Depois dos embates na ilha de Damansky, os soviéticos deslocaram imensos contingentes de militares para Transbaikal e Sibéria, assim como colocou unidades na Mongólia. Depois da vitória dos vietnamitas sobre os cambojanos, qualquer resultado positivo na relação bilateral sino-soviético eram respondidos com três condições do lado chinês: a URSS teria que sair do Afeganistão, forçar o Vietnã a liberar o Camboja e retirar as tropas soviéticas da Mongólia, o Kremlin não podia aceitar qualquer uma delas. Essa relação conturbada… Read more »

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

Estou estupefado com o império amarelo.

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Pablo Maroka
1 mês atrás

O Brasil precisa acompanhar com lupa todas essas movimentação pra não ser pego de calças curtas… Afinal, tratasse do maior parceiro comercial nosso em vias de envolver-se num conflito com outro grande parceiro estratégico do Brasil. Mas, neste exato momento convém que o país esteja atento as movimentações bem próxima a nós. Ocorre que o Irã advertiu os EUA sobre qualquer medida para interromper o transporte de combustível deste país para a Venezuela Uma agência de notícias iraniana próxima da Guarda Revolucionária alertou para repercussões se os EUA agirem “como piratas” contra o transporte de combustível iraniano para a Venezuela.… Read more »

Roger
1 mês atrás

Ainda bem que o Brasil está bem longe da China! China flexionando seus músculos, aumentando a pressão na fronteira com a Índia, invadindo as águas territoriais do Japão e ameaçando pescadores japoneses, livre comércio? Só funciona se os produtos chineses não forem prejudicados, mas mesmo assim vamos suspender os produtos australianos. Mar do sul da China? Vamos criar bases artificiais beijando o litoral das Filipinas, Vietnã, Camboja e etc e clamar que historicamente o mar sempre pertenceu aos chineses, enquanto enganamos o trouxa do Obama dizendo que serão bases para estudo científicos e não terão armas (E ele acreditou). Taiwan?… Read more »

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Roger
1 mês atrás

OFF-TOPIC: E por falr em Obama, estourou um escândalo sobre ele nos EUA, tipo Obamagate!!! Vai ter que explicar se interferiu no FBI contra os Republicanos na última eleição!

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Marcelo Andrade
1 mês atrás

“Roger

Ainda bem que o Brasil está bem longe da China”

OFF-TOPIC: China troca Brasil por EUA na compra de 1 milhão de toneladas de soja…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Queria saber o que o pessoal do agronegócio BR acha disso…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Estão sentados no meio-fio e chorando.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Estão felizes, tá tudo mundo feliz, venderam tanta soja mas tanta soja que vai chegar o fim do ano e talvez nem tenha soja para os Chineses. Mas os Chineses são malandros essa de comprar Soja dos EUA e as fontes de noticias dizendo que o consumo ia cair fez o preço cair aqui por um tempo. Xings para inventar noticia

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Willber Rodrigues & Antoniokings….Eu tenho a solução para melhorar a economia do país depois que passar essa pandemia… Cancelamos em 50% todos os cargos de todos os políticos no braziu e também diminui em 50% dos salários de todos os políticos e juízes…

Viu como é fácil de resolver…

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

E cancelem também as pensões bilionárias das filhas “solteiras”

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Agronegócio esta muito feliz, obrigado. Dolar a 6 reais. E outra comida e necessária no mundo todo, não só na China. Principalmente agora que o agronegócio abriu um novo mercado que pode se torna maior que o da china…Esse ano a Índia deve aumentar a importação de alimentos do Brasil em 500%.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Num é, quitei meu Mercedes em 6 meses, sendo que era para um ano. Obrigado Guedes e Bolsonaro!

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Correto

Computador e celular voce posterga, comida não!!

E se desenha uma crise mundial nos alimentos

De uma parte causada pelo desemprego massivo reduzindo poder de compra e de outra, o solução da produção a reboque das quarentenas mundiais.

O Brasil alcançará uma posicao de destaque ainda maior no mundo como celeiro global

eduardo40
eduardo40
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Os EUA não tem como abastecer a China, é politca para forçar abaixo de preço por aqui. E levar tudo. como sempre fazer. Somos o quintal agro.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  eduardo40
1 mês atrás

Mais ou menos, os USA produzem muito mesmo e sao nossos maiores concorrentes.

Mas o X da questao estaria em ambos se articularem justamente por conta disto.

francisco
francisco
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

O brasileiro é muito ingênuo, para não chamar de burro, ao acreditar que existem países bonzinhos e amigos. O que existe são interesses mútuos que a qualquer momento podem ser alterados.
É cada um por si e o mais fraco que se quebre.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Roger
1 mês atrás

“A China está bem longe do Brasil”
A China é nosso principal parceiro comercial, vem marcando enorme presença na Argentina, comprando tudo o que pode por lá, financis diretamente a Venezuela e começa a trazer sua influência pros países africanos do outro lado do Atlântico.
Então não, a China não tá longe não…

Marcos10
Marcos10
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Gostei do “parceiro”

Carlson
Carlson
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Exatamente por hora eles estão voltados com atenção no mar do sul da china e em Taiwan mais nada impede de implantar bases militar na África ou até mesmo na Venezuela com o maior impecilio sendo a logística por enquanto…

Jorge Knoll
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

E no Brasil os chineses são donos de 30% da Petrobras, também participam 30% dos campos do pré-sal, em 12 ou 13 deles, são donos da CPFL e RGE, que distribui energia em mais de 60% do Brasil, são donos de Cerealistas, agora estão enveredando para a aquisição de de frigoríficos, e outras empresas de capital brasileiro. Isto cria uma dependência perigosa. Antes os dividendos que iam para empresas dos United States, Suécia, ou outros países, agora serão enviados à China. Preocupante, pois nas 2 últimas décadas o Brasil, viu empresas fecharem, deixando de gerar empregos e impostos aqui, e… Read more »

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Jorge Knoll
1 mês atrás

Sim

Isto é muito perigoso de fato

O GF tem de se atentar a isto

francisco
francisco
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Não se engane, em caso de guerra o Brasil vai sempre apoiar os USA, o pais que não produz a própria comida para o seu povo não pode se dar ao luxo de guerrear com ninguém. A China não aguentaria seis meses de bloqueio continental.
E em caso de conflito, tudo o que a China comprou aqui seria imediatamente confiscado. Quem investe na terra dos outros está bem vulnerável.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Roger
1 mês atrás

O trouxa do Obama?
Obama foi quem mais lutou diplomaticamente contra a China nessa questão.
Se não fosse ele ninguém no ocidente saberia dessa ocupação.
Lá por ele não ser o mestre diplomático que é o Trump, não significa que ele é o culpado de tudo o que acontece.

filipe
filipe
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Obama e Trump são duas faces da mesma moeda…

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  filipe
1 mês atrás

Duas marionetes do governo sionista. O Obama agora trabalha para Goldman Sachs, e se tornou magicamente um dos homens mais ricos do país…

MMerlin
MMerlin
Reply to  Joao Moita Jr
1 mês atrás

Isso aí é assunto para sites de teoria de conspiração não para local de assuntos militares.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

o Obama era um frouxo, a Hillary uma maluca que falou até em guerra, o Trump fala e faz mas de guerra ele quer distância.

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Falou e expeniou mas calou…. no fim quando todo mundo esqueceu a China foi lá e tomou a força.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Se o Obama era assim tão mau, tão inconsequente, então seria do interesse da Rússia e semelhantes em manter alguém como ele no poder. Mas o que aconteceu foi uma acção deliberada e inédita da Rússia de Putin de colocar Trump no poder. Porque será?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Quer saber algo muito engraçado? O outro dia só por curiosidade peguei um desses bonés vermelhos de Trump de “Make America Great Again” que o clã Bolsonaro adora usar, olhei dentro, e…
MADE IN CHINA!!!!!

igortepe
igortepe
Reply to  Roger
1 mês atrás

Acorda Marcelino!!! A China de Comunista não tem mais nada. E uma ditadura igual a várias que existem mundo afora, onde só o topo da pirâmide fica bilionário.
Fui à Russia em 2019, não vi nenhuma bandeira vermelha com o a foice e o martelo. A Rússia é outra ditadura, que de comunista não tem mais nada,comandada pelos barões do petróleo é do gás.China e Russia são capitalistas iguais os EUA e a União Europeia.

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
Reply to  Roger
1 mês atrás

“Ainda bem que o Brasil está bem longe da China!”

Não se engane, os tentáculos Chineses podem cobrir grandes distancias e nações desprotegidas igual ao Brasil podem sucumbir facilmente ao poder militar chines.
Lembrando que o Brasil tem o agravante de possuir pessoas estupidas e políticos desonestos que chamam os EUA de imperialista mas abraçam a China com entusiasmo.

Saudações!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Estão dando muitos sinais que a coisa pode pegar fogo só resta saber se vai ser em curto, médio ou longo prazo, eu acho que no médio prazo podemos ter uma guerra se os governantes e diplomatas não conseguirem diminuir a pressão!

Luiz Galvão
Luiz Galvão
1 mês atrás

Estão matando o Perú de vespera.

A China já tem condições de fazer o que bem entender com relação a Taiwan.

Sim. Os EUA são a garantia, mas há muito em jogo. Não creio que Taiwan tenha um cheque em branco com os americanos. A relação China x EUA é muito mais complexa que isso.

No mais, não há amizade entre países, há interesses em jogo e nesse jogo Taiwan tem um peso quase que negativo. Os EUA dependem da China e vice versa. Mais que um conflito , o que vale hoje é o econômico.

A ver.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

os EUA não vão lutar por Taiwan, pelo Japão eu até acredito

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Os EUA talvez não peguem em armas para defender Taiwan,mas com certeza usariam todo o seu peso econômico para danificar a China,a UE faria o mesmo.
Além disso uma agressão a Taiwan significaria os EUA ampliando a sua presença militar no Pacífico,com o total apoio dos outros países que ficariam desesperados para se proteger do bullying chinês.
Eu particularmente acho que se eles pudessem invadir Taiwam,já teriam o feito há muito tempo,mas eles não o fazem por saberem que não conseguiriam sair incólumes economicamente.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Pressão econômica dos EUA já tem.
Pressão econômica da união europeia talvez.
Ampliação da presença militar americana tambem já esta em curso.
Rêsumindo, tirando uma improvavel pressão econômica europeia que duraria pouco, ainda mais em olena recessão mundial, nada mudaria muito para a China na arena mundial. Exeto um aumento da desconfiança mundial e perda de préstigio. Resta saber se eled estão preparados para assumir isso.

Dario Renato
Dario Renato
1 mês atrás

Guerra anfíbia é uma das ações militares mais complexas e perigosas. Um defensor alerta, equipado e bem preparado pode causar o caos ao agressor, mesmo com meios numericamente inferiores.
Se Taiwan não for tomado de total surpresa e se os EUA derem apoio relativamente rápido mesmo que em escala restrita, acho muito difícil o PLA ter vida mansa nesta empreitada considerando inclusive a necessidade de concentração de meios que ficariam evidentes. Eles podem tentar ocultar a operação real como um exercício, mas compete a Inteligência detectar este movimento.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Dario Renato
1 mês atrás

Duvido muito que façam um desembarque antes de conseguir a supremacia aérea e marítima, e de bombardear por algum tempo Taiwan.
Mas duvido muito que ataquem Taiwan.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Dario Renato
1 mês atrás

tem a Questão dos serviços de Inteligência, Japão, EUA,India, Australia, Coreia do Sul iam avisar assim que soubessem de algo

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

São serviços exelentes para espionar países com serviços de inteligência menos capazes e com forças armadas tambem. Fora isso eles só podriam detectar por meio de satelites e comunicações um aumento da atividade militar Chinesa que demonstre que algo vai acontecer. O problema e que Taiwan esta muito perto da China, ate tomarem uma providência os chineses já estão lá.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Dario Renato
1 mês atrás

O canal de youtube “binkov battlegrounds” descreve uma possível invasão de Taiwan por parte da China.

Alfa BR
Alfa BR
1 mês atrás

Não seria fácil para a China.

Caravaggio
Caravaggio
Reply to  Alfa BR
1 mês atrás

Sem os EUA na jogada seria mais fácil pra China do que o Iraque pros americanos.

Matheus Augusto
Matheus Augusto
Reply to  Caravaggio
1 mês atrás

Não ia não, mesmo Taiwan sozinha ia dar trabalho pra China

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Caravaggio
1 mês atrás

Sim, é como atravessar o canal da Mancha…muito proximo

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Alfa BR
1 mês atrás

eles conseguem, mas iam perder muito equipamento.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Alfa BR
1 mês atrás

Não e facil para ninguem. Veja os EUA no Afeganistão, Iraque e na Venezuela que nem querem invadir por causa dos dois que citei.

Mickey Harkeerat
Mickey Harkeerat
1 mês atrás

China will meet Soviet Union fate, once wuhan virus chapter is over, west is going to recover every pound of flesh. China has benefited massively from global order but now things are far from normal, Its worst than great depression and virus will hit its peak once winter months comes into play.

Already India was hinting towards scrapping one-china policy, boycotting their products, slowly but surely- it has started.

There is a famous saying – China is rich because west allowed it.

Dario Renato
Dario Renato
1 mês atrás

Entrando no reino da especulação, podemos supor que um movimento arriscado destes – se de fato se confirmar – pode revelar um estado de desepero do núcleo duro do PCC.
As condições internas da pandemia são desconhecidas, ningém que não seja um antoniokings acredita em metade das declarações chinesas, as cobranças por mais transparência estão aumentano e com a retração econômica decorrente do isolamento as pressões internas devem estar crescendo.
Guerra é uma receita antiga para baixar a pressão interna.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Dario Renato
1 mês atrás

“Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário.”

George Orwell

Tomcat4,2
Reply to  Dario Renato
1 mês atrás

“…ningém que não seja um antoniokings…”Hauhauhauhauhau

Sargento Pincel
Sargento Pincel
1 mês atrás

Uma hora a jiripoca pia…
OFF – com os armamentos que TAIWAN tem hoje, um desembarque anfíbio chines será derramamento de sangue, democracia nenhum aprovaria isso tudo por apenas uma ilhota, mas a vontade do MAO TSE-TUNG II vale mais.

igortepe
igortepe
Reply to  Sargento Pincel
1 mês atrás

Os EUA podem usar o famoso Tiro de aviso para China.E acabar com vontade expansionista da China. Qualquer um aqui entende que os objetivos da China são expansão de território. Tomar território próximos no mar, tomar território da índia e ate da Rússia. Mandem umas Bombinhas nucleares nas 10 maiores cidades chineses. 1. Pequim 2. Xangai 3. Shenzhen 4. Cantão 5. Hong Kong 6. Shenyang 7. Dongguan 8. Tianjin 9. Wuhan 10. Nanjing A Chinesada é brava até ver o tamanho do prejuízo. E uma chuva de torrencial de TomaHawks nas bases aéreas,navais,quartéis,estaleiros e industrias aeronáuticas. E façam um tapete… Read more »

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  igortepe
1 mês atrás

Você entende o que significa dar um ataque nuclear a uma cidade em uma megalópole. Além disso, um ataque nuclear preventivo que enviará milhões de pessoas ao mesmo tempo para outro mundo? E não estou dizendo isso ainda, sobre ataque nuclear de retaliação ou ataque nuclear de retaliação perpétua.

Caique
Caique
Reply to  igortepe
1 mês atrás

Acho engraçado como esse povo acha que um ataque nuclear é assim, escolhe uma cidade populosa e faz a população sumir em segundo achando que o inimigo não vai retaliar, ou os outros países vão ficar de braços cruzados esperando a morte da bezerra…

Caravaggio
Caravaggio
Reply to  igortepe
1 mês atrás

Vc é idiota assim só em forum na Internet ou diz essas bobagens todas tbém em discussão de bar?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  igortepe
1 mês atrás

O dragão não ia ficar com Rabo queimado, ia morrer, mas a Águia morrer também, e o Urso se fosse inteligente ia assistir tudo tomando champanhe e ficando com as Terras do Dragão.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  igortepe
1 mês atrás

O resultado de um confronto entre as potências do ocidente com as do oriente é a destruição mútua assegurada…o uso maciço de armas nucleares por um dos lados iria efetivamente resultar na destruição de ambos…atacante e defensor…cada lado tem armamento suficiente para destruir o outro lado e a ele mesmo, se atacado por qualquer razão, e que retaliaria com uma força igual ou maior…o resultado esperado é uma escalada imediata resultando na total destruição de ambos os combatentes…

Regra da natureza…predador só entra em combate que não lhe prejudique sua capacidade de predar no dia seguinte…

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

“O resultado de um confronto entre as potências do ocidente com as do oriente é a destruição mútua assegurada”…

Em caso de guerra contra os americanos,outros países certamente receberiam ataques nucleares preventivos como : Alemanha,Holanda,Bélgica,Itália e Turquia,já que as mesmas possuem bombas B61 que estão sendo modernizadas,se chamando B61-12 ,que ganhou novas capacidades balísticas.

Isso sem esquecer alvos como Guam no pacífico e a base aerea de Aviano na Itália.

Mas no fim de tudo,seria um mar de mortos sem vencedor…

Tutu
Reply to  Sargento Pincel
1 mês atrás

Lá a geografia também não ajuda em nada os chineses.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Os chineses se acham donos da Ásia? Vão terminar mordendo mais do que podem engolir!
https://www.wionews.com/india-news/now-chinese-websites-claim-kyrgyzstan-kazakhstan-part-of-china-draws-ire-of-central-asia-298057

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

O Cazaquistão tem um território grande, rico em petróleo, gás, vários minerais e a população é bem pequena, então faz todo o sentido os chineses cobiçarem o Cazaquistão que seria totalmente incapaz de se defender. A China deve ver uma invasão ao Cazaquistão como de pouco risco e alta recompensa (ampliaria bastante o território e conquistaria muitos recursos naturais). Só vai ser interessante ver se a Rússia deixaria os chineses chegando na fronteira deles ou mesmo perderem a influência que tem sobre o Cazaquistão para a China, minha aposta é que a Rússia dividiria o Cazaquistão com a China que… Read more »

Matheus Augusto
Matheus Augusto
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Minha aposta é que a Rússia não deixaria, mas é tudo pura especulação …

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Na verdade, os russos deram imensas quantidades de terras agrícolas na Sibéria para os chineses produzirem, ou seja, os chineses já não estão na fronteira russa, já estão dentro da Rússia. kk

Augusto L
Augusto L
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

É so que os russos tem o Putin, que é nacionalista ele controla o quanto quiser e ao seu bem entender a influência chinesa ou americana/europeia. Não se enganem.

Aqui no Brasil qualquer um se vende para os chineses, depois n da pra voltar, quando vê q eles não são tão benevolentes como sua narrativa.

Quanto ao Cazaquistao acredito que a China consiga comprar a influência deles.
É um pais totalmente a mercer dos fatos e dos interesses ao redor.

Tutu
1 mês atrás

EUA – Vietnã
URSS – Afeganistão
China – Taiwan?

Caravaggio
Caravaggio
Reply to  Tutu
1 mês atrás

Coloca o Afeganistão ai tbém pros EUA e pros britânicos, os donos do mundo antes deles.

Regis Athayde
Regis Athayde
Reply to  Tutu
1 mês atrás

Brasil – Uruguai
Será que conta também

Wilson
Wilson
Reply to  Regis Athayde
1 mês atrás

Eu diria que não. Se formos pela guerra da Cisplatina quem perdeu mais foi a Argentina.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Regis Athayde
1 mês atrás

Ali foi um empate, a província da Cisplatina nem ficou com o Brasil e nem com a Argentina, terminou ficando independente. O objetivo do Brasil era manter província que tinha tomado e a dos Argentinos era recuperar a província que tinham perdido e não deu nenhum e nem o outro.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Regis Athayde
1 mês atrás

Brasil 1 – 7 Alemanha

leonidas
leonidas
1 mês atrás

Essa ai pode ser a “Renânia” chinesa…

Caio
Caio
1 mês atrás

Desnecessário China, principalmente neste momento, isso é extremamente desnecessário.

Caravaggio
Caravaggio
1 mês atrás

Essa é uma briga que eu realmente não acredito que a China venha a comprar. Ilhas artificiais no Mar da China é uma coisa, invadir e reanexar Taiwan algo muito diferente. Os EUA não iam ficar olhando mesmo. Seria mesmo ir pra um tudo ou nada, arriscar uma guerra total e liga o phoda-se.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Caravaggio
1 mês atrás

Também nao acredito , mas não esqueça que a Rússia reanexou a Crimeia e ficou por isso mesmo.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Caravaggio
1 mês atrás

“Essa é uma briga que eu realmente não acredito que a China venha a comprar. Ilhas artificiais no Mar da China é uma coisa, invadir e reanexar Taiwan algo muito diferente. Os EUA não iam ficar olhando mesmo. Seria mesmo ir pra um tudo ou nada, arriscar uma guerra total e liga o phoda-se”. Mas o povo americano?! Iria aceitar que seus maridos e filhos morram em uma briga de asiáticos? na segunda guerra eles não queriam se meter num conflito de europeus, mas Pearl Harbor mudou tudo… Fora que há muitos alvos americanos na ásia,um contingente enorme de soldados… Read more »

Carlson
Carlson
1 mês atrás

Se a China conseguir por as mãos em Taiwan e no mar do sul da china eles não vão parar e os próximos a sofrer ameaça serão as Ilhas do Japão e a Corréa do Sul

Jonatan
Jonatan
1 mês atrás

Que os EUA, RU e França, obliterem a China da face da Terra se ela assim o fizer! Taiwan e o mar do Sul da China serão apenas o começo! A história já viu isso! Depois disso, a China partirá para a dominação global do mundo! Que venha o fim de tudo, mas não a dominação dos comedores de morcego e do ursinho Pooh!

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

O bicho já tá pegando entre China e Índia, estão arrumando confusão com todo mundo

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

É disso que eu estou falando, apocalipse.
Soco, facada e bomba.

Pedro
Pedro
1 mês atrás

Estão treinando a retomada de sua província rebelde, é fato. Mar do Sul da China e ilhas artificiais já é agressão externa e quebra da soberania nacional dos países, mas, o caso Taiwan é ChinÊs continental. Ponto.

Leonardo Rodrigues
Leonardo Rodrigues
1 mês atrás

Algumas questões importantes: Taiwan, oficialmente, é Republica da China População: Chinesa; Língua: Mandarim; Com o terminar da Segunda Guerra Mundial em 1945, sob os termos do Tratado de Rendição do Japão, este aceita que a ilha seja transferida para o domínio chinês; Há posição internacional reconhecendo Taiwan pertencente a República Popular da China; apenas 15 países reconhecem Taiwan como nação (entre eles não está os EUA), ademais ela perdeu a sua participação em todas as organizações intergovernamentais relacionadas com as Nações Unidas como a ONU e as organizações relacionadas, além do Tribunal Internacional de Justiça e tanto a Republica da… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Leonardo Rodrigues
1 mês atrás

Iam deixar a China manca isso sim, não vejo uma ação militar chinesa a ilha hoje como um passeio ala guerra do golfo, a China ate venceria mas seria uma vitória pirrica.

Quanto aos EUA é óbvio que eles vão defender a ilha, igual defenderam Berlim e a Alemanha ocidental.
Não é a mesma situação da Ucrânia por exemplo.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
1 mês atrás

Na questão ucraniana não tinha precedentes na questão de Taiwan tem.

Eles treinam para defender a ilha ininterruptamente desde 97, quando teve a terceira crise.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Leonardo Rodrigues
1 mês atrás

Eu disse basicamente a mesma coisa, e fui criticado. É muito difícil um ideólogo aceitar esses fatos. O fato é que Taiwan é parte da China e ponto final. Não há mais o que discutir. Fatos são fatos.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

Sim, a Republica da China. Esse é o único fato que existe.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

Ou a China Continental faz parte da República da China?
Isento de ideologia, qual é a resposta?

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

A sua resposta está no comentário do Leonardo: “Há posição internacional reconhecendo Taiwan pertencente a República Popular da China; apenas 15 países reconhecem Taiwan como nação (entre eles não está os EUA), ademais ela perdeu a sua participação em todas as organizações intergovernamentais relacionadas com as Nações Unidas como a ONU e as organizações relacionadas, além do Tribunal Internacional de Justiça e tanto a Republica da China (Taiwan) Quanto a China continental reconhecem a política de uma única China.” Ninguém é isento de ideologia, mas a cegueira ideológica não permite certos fatos serem aceitos por parte destes ideólogos, e um… Read more »

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
1 mês atrás

Conforme a própria noticia diz, o maior risco para a China seria se Taiwan alugasse as ilhas para instalação de equipamentos americanos. Ou seja, podemos muito bem ver uma nova crise estilo Crimeia acontecer, mas com um potencial muito mais explosivo. E como o governo americano atual esta doido para confrontar a China, não duvidem que pode acontecer muito em breve. A melhor solução seria deixar o status quo atual dessas ilhas como esta, pois o instalação de equipamentos americanos ali, é sim um pretexto válido para justificar uma ação localizada, devido a importância vital do local. Deixando como esta,… Read more »

eremildo
eremildo
1 mês atrás

Bota a cara xi jiping! Primeiro vão ter que passar pela US Navy. Vão chegar nem nas praias!

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

“Essa é uma briga que eu realmente não acredito que a China venha a comprar. Ilhas artificiais no Mar da China é uma coisa, invadir e reanexar Taiwan algo muito diferente. Os EUA não iam ficar olhando mesmo. Seria mesmo ir pra um tudo ou nada, arriscar uma guerra total e liga o phoda-se”. Mas o povo americano?! Iria aceitar que seus maridos e filhos morram em uma briga de asiáticos? na segunda guerra eles não queriam se meter num conflito de europeus, mas Pearl Harbor mudou tudo… Fora que há muitos alvos americanos na ásia,um contingente enorme de soldados… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

“Essa é uma briga que eu realmente não acredito que a China venha a comprar. Ilhas artificiais no Mar da China é uma coisa, invadir e reanexar Taiwan algo muito diferente. Os EUA não iam ficar olhando mesmo. Seria mesmo ir pra um tudo ou nada, arriscar uma guerra total e liga o phoda-se”. Mas o povo americano?! Iria aceitar que seus maridos e filhos morram em uma briga de asiáticos? na segunda guerra eles não queriam se meter num conflito de europeus, mas Pearl Harbor mudou tudo… Fora que há muitos alvos americanos na ásia,um contingente enorme de soldados… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

O estudo do United States Study Center, na Universidade de Sydney, na Austrália, alertou que a estratégia de defesa dos EUA na região do Indo-Pacífico “está no meio de uma crise sem precedentes” e poderia ter dificuldade para defender seus aliados contra a China.

Isso significa que a Austrália, o Japão e outros parceiros dos EUA precisam construir e reorientar suas forças na região, e considerar uma maior cooperação com os EUA, para garantir sua segurança, afirmou o estudo.

https://www.naval.com.br/blog/2019/08/20/china-pode-vencer-militares-dos-eua-na-asia-em-questao-de-horas-segundo-relatorio-australiano/

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Mas não sairia barato para os chineses…

comment image?w=470

Diego
Diego
1 mês atrás

Se uma invasão a Taiwan acontecer os EUA irão propor embargo a China e tentar virar o jogo. Os países vão respeitar o embargo ja que os produtos chineses são baratos? Mudando o assunto mas não tanto, acabamos de perder grande fatia de exportações de soja à China, quem se deu bem foi os EUA. Teresa Cristina (ministra da agricultura, pecuária) e outros deputados já pediram ao presidente a cabeça do Enersto Araujo(ministro relações exteriores) por suas declarações a China. O cara é um asno mesmo que não goste da China ele na posição de ministro exterior devia ser mais… Read more »

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Diego
1 mês atrás

Diego,

Complementando o que você disse o Ministro da Educação e o Eduardo Bolsonaro também contribuíram com asneiras ditas a China.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Luiz, o ministro foi muito infeliz, mas o filho do presidente não falou nenhuma mentira ou ofensa.
O PCC sim, escondeu e manipulou as informações, alem de ter agido como a falecida URSS fez em Chernobil.
Isso não se trata mais de fake news ou teoria da conspiração mas um fato.
Ate os países do G7 reconheceram isso.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Augusto L
1 mês atrás

Nao falou nada que os americanos ja nao tenham falado

Augusto L
Augusto L
Reply to  Diego
1 mês atrás

Eu defendo o Araujo, ele em nenhum momento criticou a China, ou os ofendeu, ele fez o que deveria ser feito, a China que saiu dos tramites diplomáticos e atacou o Brasil. A França fez a mesma coisa quando um diplomata chines la tentou atacar a frança publicamente por uma rede social. Se atente aos fatos. Quanto a agricultura, eles fecharam um acordo com os EUA que tem relação a guerra comercial, nem se o presidente lambe-se os pés do presidente chines surtiria algum efeito. Vale lembrar que foi o Araujo que colocou o pais na OCDE, fechou um acordo… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
1 mês atrás

Não só de agricultura se vive a economia brasileira, inclusive a industria estando no péssimo estado que ela esta representa em valor e em números de empregados mais na economia do que a agricultura.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Augusto L
1 mês atrás

Augusto, boa noite.

Obrigado por todos os esclarecimentos.

Abs.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Gostaria de saber quem é o débil mental que negativa um simples post de agradecimento.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Diego
1 mês atrás

A china esta jogando assim com todos.

Fez o mesmo com Australia.

Mas o problema é que ela esta agonizando neste aspecto, pois é fato que pode pressionar a compra de paises menores, mas isto so concentraria sua dependencia justamente dos EUA. Entao ela roda e circula de um ao outro mas este golpe ja foi percebido

Se montarem uma OPEP de produtores de alimentos ou uma ação de apenas cinco paises produtores ela entra na roca e afina rapidinho. Este jogo é muito perigoso para ela neste momento e é por isto mesmo que esta arredia a criticas

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Carvalho2008
1 mês atrás

Carvalho,

Sim. Isso mesmo, agora esse jogo China x EUA é muito mais complexo. Exemplo : O maior detentor de titulos da dívida pública americana é a……….Sim, ela mesma, a China. Ou seja , a China financia o Governo dos EUA.

Resumindo : A relação e a interdependência entre eles é muito maior e complexa do que está sendo divulgado por aí.

Abs.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
1 mês atrás

Alguém conhece esse blindado anfíbio ?

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 mês atrás

Encontrei: Chinese ZLT05 Tracked Amphibious Assault Gun

Italo Souza
Italo Souza
1 mês atrás

Tá ficando solta a situação, uma hora o fogo pega no telhado.

jonny BR
jonny BR
1 mês atrás

Ideólogos ,ACEITEM! Taiwan é parte da China continental e PONTO.
Porque os Chineses sempre são os monstros da história? a China pode e deve tomar controle sobre Taiwan e ninguém deve interferir nisso!

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

Rapaz… Eu li uma reportagem que realmente se iniciou uma nova Guerra Fria no século XXI entre os EUA e China. Se eu fosse o mandatário de Taiwan corria imediatamente para o presidente e congresso dos EUA para conseguir mais armamentos de ponta a ponto de reforçar de modo expressivo a defesa de Taiwan. Qualquer hora dessas vamos acordar com a notícia que a China Continental tomou Taiwan.

Fernando
Fernando
Reply to  Luiz Trindade
1 mês atrás

Mas Taiwan pode resistir a vários ataques chineses, eles têm capacidade.