domingo, abril 11, 2021

Saab Naval

Marinha Chinesa realiza treinamento de contramedidas de minagem

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Caça-minas Type 082 II, classe Wozang

Navios caça-minas da classe Type 082 operam sob o Comando do Teatro Oriental

Recentemente, uma formação de navios de contramedidas de minagem da classe Type 082 sob o Comando do Teatro Oriental da Marinha do Exército de Libertação Popular da China (PLA Navy) conduziu treinamento abrangente de contramedidas de minas (MCM) nas águas do Mar da China Oriental.

Por vários dias consecutivos, o treinamento consistiu em mais de 10 tarefas, incluindo reconhecimento de alvos subaquáticos, limpeza de passagem em campo minado, limpeza de minas navais em águas importantes, etc.

O caça-minas da classe Type 082 é conhecido também como classe “Wusao” (designação da OTAN: classe Wosao), abreviação de barco de varredura de minas armadas.

Ele desloca 400 toneladas e é sucessor dos navios de contramedidas de minagem Type 058 e Type 7102. A maioria das unidades foi construída pelo Estaleiro Wusong em Xangai.

O navio de contramedidas de minagem Type 082 II (designação da OTAN: classe Wozang) é o desenvolvimento mais moderno do Type 082, deslocando 575 toneladas.

A capacidade industrial e de manufatura chinesa está finalmente madura o suficiente para produzir caça-minas com componentes construídos em fibra de vidro e aço com baixa assinatura magnética a um nível de preço aceitável. Os navios são construídos pelo Estaleiro Qiuxin em Xangai.

NOTA DO EDITOR: Para ter uma ideia do avanço da China na área de Guerra de Minas, baixe um estudo do Naval War College sobre o assunto clicando aqui.

- Advertisement -

36 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
36 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marujo

No Brasil, navios varredores não são peioridade. Pena!

Marujo

…prioridade.

Fabio Araujo

Realmente não temos nenhum, a SAab até ofereceu o caça minas dele que aliás é um excelente projeto, mas não foi para frente.

rommelqe

Ô Marujo, voce não sabe que aqui no Brasil o oceano que nos banha só tem mar classe 5!!!!!!!! As embarcações com menos de 750 t de deslocamento só de sair da baia ja estão naufragando… nem sei como o Cabral chegou aqui em uma nau de madeira de 150t de deslocamento… possivelmente veio de carona com o Gripen em algum porta container….

Cristiano de Aquino Campos

Que eu saiba os caça minas ou os mineiros nem saem das bahias onde devem operar e se for navegar o faz vem perto da costa. Então tanto faz o grau de mar nesse caso especifico.
Ou vamos caçar minas no meio do oceano Atlantico?

rommelqe

Voce não sabe que as minas são instaladas em alto mar? E que aqui no Brasil não temos nehuma nesga de litoral com águas calmas?

Fabio Araujo

Mas os caça pau e os caça ferro deram conta na Segunda Guerra Mundial!

Fabio Araujo

Erro meu não eram caça-minas eram caça-submarinos! Mas acertei no peso deles que era no máximo 450 toneladas carregado.

Last edited 7 meses atrás by Fabio Araujo
Cristiano de Aquino Campos

Que eu saiba as minas navais são colocadas em entradas de bahias e portos. Nunca em alto-mar devido as imensas profundidades, correntesas e mar revolto. Em areás de intenso trafégo de navios em alto mar, se usa submarinos. Foi a estratégia usada pelos Alemães e Japoneses durante a segunda guerra.

Last edited 7 meses atrás by Cristiano de Aquino Campos
Funcionario da Comlurb

Concordo, mas agora , com o acesso que tem a nova base de submarinos, deveriam priorizar sim.

Caio

Funcionário da Comlurb, estava pensando nisso também, fora outras bases navais e os grandes portos.
Lembro de uma discussão aqui há vários anos, que só se atentaram ao tamanho do nosso litoral, quando obviamente só se precisa minar portos e bases.

Funcionario da Comlurb

Exatamente Caio.

Walderson

Brasileiro tem uma certa dificuldade em entender as coisas. É sempre o mesmo repeteco. Ou o cara acha que militar brasileiro é o mais burro da Terra ou ele acha que não sabe definir prioridades. Camarada, o maior PROBLEMA É DINHEIRO. Não temos dinheiro para nada. Nosso país tem muitas necessidades (infinitas) e pouco recurso (finito). É uma lei da Economia.

Caio

Primeiro nossos oficiais militares não são burros, muito pelo contrário.
Segundo a dificuldade para comprar equipamentos não é pela economia! Pesquise os gastos do Brasil e de outras nações do mesmo nível econômico, para conferir se sua tese de ” LEI DA ECONOMIA” tem alguma sustentação.

rommelqe

Mas como assim, a China só tem mares abertos!!!!!!!!!!!!!! Jamais poderia estar pensando em embarcações de apenas 400t…..

Bardini

Como justificar um MCM de grande porte, já que estes meios atuam próximo a costa, em rotas previamente demarcadas em entrada de portos ou canais de navegação, onde a prática da guerra de minas é muito mais eficiente?
.
Quem prática guerra de minas em mar aberto, no meio do nada?

rommelqe

Caro Bardini, voce me conhece e sabe, claro, que era só ironia….Concordo contigo e também vejo que esse MCMV de grande porte não é adequado aos propósitos brasileiros. Entendo que essa caça minas chines deve atender alguma missão específica que eles definiram, o que certamente inclui as águas próximas às ilhas artificiais que estão sendo criadas/construidas por eles. Para mim isso, de certa forma, acaba justificando uma embarcação de maior porte que antes de atuar na minagem e desminagem em profundidades menores (por que destinam-se a proteger/negar acesso a áreas mais rasas), provavelmente tem que navegar em mares mais abertos,… Read more »

ADRIANO MADUREIRA

comment image

Enquanto isso nem para adquirir um bote Caça-Minas nosso MD/ MB se articula…
Já faz anos desde a proposta da Saab para a MB renovar a antiga frota existente de navios-varredores.
comment image

Mas nada de tentar acabar com a ala da geriatria da MB…

Tomcat4,2

O contraste destas duas fotos é de chorar !!!

Funcionario da Comlurb

Adriano, apesar dos Classe Aratu já estarem em asilos para idosos, e salve engano meu, a MB é/foi a única marinha sul-americana a possuir navios varreduras de minas , assim como é a unica tambem que possui navio/equipamentos de socorro submarino. Procede ?

rommelqe

Caro : esse MCMV da SAAB Kockuns, classe 47 Koster, é realmente formidável. O deslocamento dele é de 470 t, um pouco maior do que da embarcação chinesa objeto do presente post. O sistema de propulsão da Koster, – sistema este de fornecimento Voith Schneider – tem por finalidade conferir uma precisão maior no posicionamento, justamente conforme requerido nas operações de desminagem. Devido a isso mesmo, tal embarcação não tem um desempenho elevado em translados de longa extensão/duração e caracteriza-se por conferir uma baixa velocidade. Já os nossos “caça minas” são oriundos do período da segunda guerra; cumpriram galhardamente com… Read more »

rommelqe

Só complementando alguns dados: os MCMV 47 da SAAB Kockums, Classe Landsort, foram atualizados para a denominada classe Koster e tem um deslocamento de 400t. Duas destas unidades, devidamente revisadas, etc etc, foram oferecidas à MB.

Hoje a SAAB Kockums fabrica o denominado MCMV 52 que possui um deslocamento de 470t; a SAAB também propos que sejam fabricadas algumas destas embarcações aqui no Brasil.

Marujo

Os bovos varredores, quatro ou cinco, se nao me engano, eram modernos no início da decada de 70. São contemporâneos dos submarinos Oberon e das Niterois.

Marujo

…nossos varredores..

rommelqe

Caro Marujo: os nossos “varredores” foram recebidos pela MB em 1962, depois de serem reformados pois já haviam operado muito antes…. Constituiam a classe “Aratu”, sendo que dos cinco ou seis que operavam na MB acredito que apenas um ainda se encontra em condições de navegar…

Marujo

Não. Eles foram recebidos da Alemanha entre 1971 e 1975. Você deve ter se referido a sua antecessora, se não ne engano, Classe Javari. Estes, usados US Navy.

Dalton

Correto Marujo. Com a chegada da classe Aratu os 4 Javaris foram reclassificados como navios auxiliares.

rommelqe

Obrigado! Estava desatualizado!

rommelqe

Obrigado! Não sabia!!!!!!!

Defensor da liberdade

Essas minas não irão deter o avanço chinês, acho que nem atrasar vai, já que a China pode afundar qualquer navio de Taiwan no Porto, ou seus aviões de combate no solo ainda de olhos fechados, daí os caça minas chineses estarão livres para desativarem as minas.

Se Taiwan quer se defender da China é melhor pensar numas bombas atômicas, quem sabe os EUA não fornecem umas ogivas por baixo dos panos?

Carlos Campos

se a tecnologia fosse tão eficiente assim, os EUA não tinham feitos acordos com os terroristas do Talibã, ops

Marujo

No planejamento da MB, pubicado em forma de documento oficial e reproduzido pela Tecnologia e Defesa, não constam varredores. O Mansup também está ausente.

Italo Souza

A China sabe variar seus meios e investir

Souto.

Boa tarde Marujo entre os programas estrategicos da MB
está a compra de novos rebocadores de alto mar?

Marujo

Amigo,,não sei te responder.

- Publicidade -

Guerra Antissubmarino

Quando o P-3AM Orion da FAB enfrentou um submarino nuclear

Imagine buscar um inimigo invisível em uma área de 2 mil quilômetros quadrados, equivalente a mais de 242 mil...
- Publicidade -
- Advertisement -