Home Indústria de Defesa Marinha Russa testa o Zircon, míssil de cruzeiro hipersônico

Marinha Russa testa o Zircon, míssil de cruzeiro hipersônico

4107
100

Um míssil de cruzeiro hipersônico Zircon atingiu com sucesso um alvo no Mar de Barents, afirmou o Ministério da Defesa da Rússia. Os militares destacaram que o míssil voou cerca de 450 quilômetros, atingindo velocidade de Mach 8.

O presidente russo, Vladimir Putin, elogiou o teste bem-sucedido do míssil Zircon, afirmando que foi um evento importante para o país e contribui para a segurança do mesmo. Ele também expressou gratidão a todas as pessoas envolvidas no projeto, agradecendo ao Ministro da Defesa, Sergei Shoigu, e ao Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Russas, Valery Gerasimov.

“Gostaria de agradecer a todos vocês pelo trabalho realizado, por seus resultados e expressar esperança de que, no futuro, todos os especialistas envolvidos no rearmamento das forças armadas russas continuarão a trabalhar de forma tão eficiente e persistente quanto tem feito até aqui”, disse o presidente durante videoconferência com o Estado-Maior.

Putin fez a declaração depois que os militares confirmaram a conclusão bem-sucedida do teste.

“Ontem, a fragata Almirante Gorshkov lançou o míssil de cruzeiro Zircon do Mar Branco em um alvo localizado no Mar de Barents. A tarefa foi concluída com sucesso, um impacto direto foi registrado. O alcance do voo atingiu 450 quilômetros [279 milhas], a altitude máxima totalizou 28 quilômetros, e a duração do voo totalizou 4,5 minutos. O míssil desenvolveu uma velocidade de Mach 8”, disse o general Gerasimov.

O 3M22 Zircon é um míssil de cruzeiro hipersônico antinavio de manobra com motor scramjet que deverá entrar em serviço nos próximos anos.

Os testes do Zircon começaram em 2015, com quase uma dúzia de lançamentos concluídos até 2018. O presidente Putin mencionou o Zircon em seu discurso de 2018 ao parlamento como um dos principais sistemas estratégicos capazes de escapar das defesas antimísseis americanas e, assim, garantir a capacidade de resposta da Rússia.

FONTE: Sputnik News

Subscribe
Notify of
guest
100 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alison
3 meses atrás

Mais um desenvolvimento que falta ao Brasil… Mas um dia chegaremos lá.

sj1
sj1
Reply to  Alison
3 meses atrás

Tem décadas que ouço que um dia chegaremos lá… décadas…!

Rawicz
Rawicz
3 meses atrás

Esquece tudo que sabemos de guerra moderna… Isso sim muda o jogo…. Qual defesa capaz de parar esse míssil?

Marcelo Bardo
Marcelo Bardo
Reply to  Alexandre Galante
3 meses atrás

Galante, está aí um bom assunto para ser abordado em uma live.

Flávio
Flávio
Reply to  Alexandre Galante
3 meses atrás

Lembro que uma vez o sr. Bosco, comentou que, por se deslocar em altissimas velocidades, esses misseis aquecem o ar em volta deles, criando um plasma que interferiria na capacidade de guiamento e criaria dificuldade de encontrar o alvo.
Isso ocorre realmente ? Se sim, aparentemente os russos solucionaram o problema, certo ?
Por onde anda o amigo Bosco ?
Abraços
P.S Arma fantástica, excelente fator dissuasório.

Jota
Jota
Reply to  Flávio
3 meses atrás

Realmente, cadê o Bosco? Espero que ele esteja bem. Se não me engano ele trabalha na area de saude.

Jefferson
Jefferson
Reply to  Alexandre Galante
3 meses atrás

Bosco era um dos mais legais nesse site, tente trazer ele na live. Abraço!

Bosco
Bosco
Reply to  Jefferson
3 meses atrás

Jefferson,
Obrigado pela confiança mas sou só um entusiasta. Pra mim , me informar sobre tecnologia de modo geral e em especial tecnologia militar é só um hobby.
Grande parte do que aprendi foi aqui mesmo na Trilogia. Não tenho credenciais para participar de uma live da Trilogia.
De qualquer forma , novamente agradeço a lembrança.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Bosco
3 meses atrás

Bosco, o mestre.
Voce conhece e, agrega muito.
Realmente faz falta.
Muita saúde. Se cuide bem.

Bosco
Bosco
Reply to  Jota
3 meses atrás

Jota,
Estou bem sim. Obrigado pela preocupação. Na verdade sou dentista e não lidei com a pandemia.
Um abraço.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Flávio
3 meses atrás

 desenvolver um motor e sistemas de controle capazes de trabalhar com velocidade hipersônica por um longo período de tempo estão entre as maiores dificuldades na criação das armas.

“A uma velocidade de Mach 5, uma nuvem de plasma se forma em torno do objeto que barra as ondas de rádio. Por isso, se o míssil desviar de sua trajetória ou houver outros problemas durante o voo, os operadores ainda são incapazes de corrigir a situação remotamente”.



ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Flávio
3 meses atrás

Sobre o Plasma blackout( Americanos) : As naves espaciais da NASA e os mísseis balísticos intercontinentais sofreram anteriormente de uma interferência de comunicação causada por uma camada de plasma se formando ao redor dos veículos quando eles voltaram a entrar na atmosfera da Terra. O plasma se forma quando os gases atmosféricos são ionizados – os elétrons são separados de seus átomos – pelo calor e pela compressão causados ​​por um objeto que se move pelo ar a uma velocidade muitas vezes superior à do som. A camada de plasma bloqueia as transmissões de rádio. Muitos pesquisadores e observadores pensaram que os… Read more »

Salim
Salim
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
3 meses atrás

Saliento que no infravermelho aparecerão em dezenas de quilometros do alvo e que nesta velocidade e difícil manobrar contra meio em movimento. Vamos aguardar evolução testes.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Salim
3 meses atrás

E nós ainda estamos nos testes do nosso Motor Scramjet que será usado no 14X que até hoje nunca mais se falou nada…

Leandro José de Assis
Leandro José de Assis
Reply to  Flávio
3 meses atrás

Sim meu amigo, as altas velocidades dentro da atmosfera terrestre criam atrito da superfície com o ar e isso provoca um grande aumento da temperatura do ar ao redor, a ponto de criar esse plasma, isso também ocorre com veículos de reentrada quando voltam do espaço pra Terra, tais como naves, capsulas tripuladas e ogivas balísticas. Mas ao mesmo tempo em que esse plasma ajuda a camuflar o artefato diante dos radares inimigos, por absorver as ondas, também atrapalha a comunicação com o mesmo, no caso de houver necessidade de comunicação.

Italo souza
Italo souza
Reply to  Flávio
3 meses atrás

a forma de solucionar estar em seu formato aerodinâmico, reduzindo o arrasto em determinadas regiões é possível reduzir a interferência de comunicação e de visualização de espectro.

Bosco
Bosco
Reply to  Flávio
3 meses atrás

Flávio,
Foi outro participante que ventilou essa possibilidade. Tudo indica que em velocidades de até Mach 10 o plasma resultante do atrito não interfere no seeker do míssil , nem no elo de comunicação e nem na detecção dele por radares defensivos.
Um abraço.

Flávio
Flávio
Reply to  Alexandre Galante
3 meses atrás

Boa tarde.
Os canhões laser que os Estados Unidos tem testado, teriam condições de interceptar esses mísseis ?

Mayuan
Mayuan
Reply to  Flávio
3 meses atrás

É uma questão interessante pois os lasers atuam aquecendo o alvo para provocar sua falha ou destruição. Se a arma gera plasma ao seu redor, é de se esperar que seja projetada para suportar calor. A dúvida que tenho, é isso faz toda a diferença, é das ordens de grandeza desse calor em uma situação e na outra.

Italo souza
Italo souza
Reply to  Flávio
3 meses atrás

ineficiente, Lasers do tipo Beam tem como objetivo de aquecer, no caso deste míssil por gerar uma onda de choque e plasma, o Laser terá dificuldade de acertar diretamente e como o míssil foi projetado para “aquecer”, o Laser será dispersado na estrutura com facilidade. na questão do Lasers do tipo Pulse, a situação é ainda complicada e incerta, o tipo Pulse é feito para perfurar seu alvo criando uma onda de choque a base de calor, mas necessita de um acumulo de energia maior que o tipo Beam que apenas necessita de alimentação enquanto dura o disparo, o tipo… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Italo souza
Bosco
Bosco
Reply to  Alexandre Galante
3 meses atrás

Galante, Você resumiu muito bem as formas de defesa possíveis. Em sendo invulnerável às defesas tipo “hard kill” de um CSG , como alegam os russos , ainda restariam as defesas indiretas e “soft kill” que se resumem basicamente às que você citou: 1- neutralização precoce do vetor antes do lançamento do míssil; 2- bloqueio da “kill chain” em algum “elo” crítico (da detecção dos “alvos” passando pelas fases de localização, identificação, solução de tiro, lançamento, atualização em voo, até o míssil assumir de modo autônomo na fase terminal da sua trajetória); 3- interferência direta nos sensores terminais do míssil;… Read more »

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Rawicz
3 meses atrás

Parar será complicado, o canal hoje no mundo militar colocou uma probabilidade em sistema laser, mas nada certo ainda.
Vejo que na superfície está cada vez mais difícil para os meios se manterem “vivos” em um combate.
A melhor arma ainda assim seria um uso massificado de submarinos, isso sim ainda domina os mares.

Matheus S.
Matheus S.
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
3 meses atrás

A US Missile Defense Agency(MDA) selecionou as propostas que incluem quatro conceitos de armas cinéticas, dos quais dois da Lockheed Martin (Valkyrie e Dart), um da Raytheon (SM-3 Hawk) e um da Boeing (Hypervelocity Interceptor – HYVINT), e outro da Raytheon baseado em um sistema de energia direta (laser).

Eles ainda tem um outro projeto chamado RGPWS (Sistema de Arma de Fase de Deslizamento Regional de Defesa Hipersônica), na qual será instalado nos destróieres AB, mas que futuramente será implantado também por ativos aéreos e terrestres.

Salim
Salim
Reply to  Rawicz
3 meses atrás

Tenho bastante ressalvas quanto operacionalidade deste míssil, raio manobra deve ser grande e resposta demorada. Defesa de ponto ciws/canhão rápido também teria sucesso teoricamente. Precisamos de uso na pratica pra saber realidade deste Bichão. Parabéns Rússia pelo desenvolvimento e possível produção.

Âncora
Âncora
Reply to  Salim
3 meses atrás

Se a aproximação final fosse a mach 8, o tempo de resposta dentro do pequeno alcance de ciws/canhâo seria muito pequeno

Salim
Salim
Reply to  Âncora
3 meses atrás

Sim , teria segundos, porem e uma tecnologia nova, li que cria uma onda plasma dianteira que dificultaria radar , ai a dificuldade seria dos dois, como travar com parede de plasma a frente. Com toda temperatura envolvida da pra ver missil a centena quilometro com sensor infravermelho.. Tecnologia bem complicada na teoria e na pratica.

Bosco
Bosco
Reply to  Rawicz
3 meses atrás

Rawlcz, Uma arma é só um elemento dentro de um sistema. Mais complicado que passar pelas defesas de um carrier strike group é manter a “kill chain” relativa à operação dessa arma, intacta. Para haver uma mudança radical do jogo há de se ter mais que apenas o míssil Zircon. Para que todo o potencial do míssil seja usada de forma eficiente os russos têm que ter capacidade de adentrar na bolha de proteção erguida ao redor de um CSG pela ala aérea de um porta-aviões classe Nimitz/Gerald Ford e permanecer nela tempo suficiente para o que o míssil atacante… Read more »

Bruno w
3 meses atrás

Um novo divisor de águas..
Depois de muito tempo os Russos nos concedeu a honra de ver o 3M22 em ação.
Sua saída foi bem parecida ao 3M55, mas é maior, tanto em diâmetro quanto em tamanho. Se um míssil que chegue a 3600km/h já é absurdo, imagine um que ultrapasse os 9500km/h…

Emerson
Emerson
3 meses atrás

Rússia, China e EUA estão a passos largos no desenvolvimento de suas respectivas marinhas e de novas tecnologias. Misseis, Submarinos, Fragatas, Caças, Porta Aviões… (cito também França e Índia que estão bem nesse quesito). Admiro a engenharia e pesquisa por trás disso tudo. Precisamos melhorar e muito nesse quesito. Começando pela educação escolar e universitária em nosso país, incentivar a pesquisa, a indústria nacional e mudar nossa mentalidade, ter em mente o de suar na paz para não sangrar na guerra. E que nossos governantes olhem para nossas FA com nacionalismo (e não com desdem ou como fonte de propina).

wainer
wainer
Reply to  Emerson
3 meses atrás

Investimos pouco em pesquisa , temos muita capacidade e talento humano, mas sem dinheiro as coisas não acontecem , estamos neste ano cortando verbas da FAPESP ( so para exemplo… )

Marcos R
Marcos R
Reply to  wainer
3 meses atrás

Basta ver a quantidade de cientistas brasileiros envolvidos em importantes pesquisas no exterior, por não incentivarmos a pesquisa científica aqui perdemos grandes mentes todo o tempo.

sj1
sj1
Reply to  wainer
3 meses atrás

Mas teve um TRILHÃO pro Covid, uma doença que tem uma letalidade máxima de 3%, poucos países gastaram isso no mundo. Imagina se dessem 1 BILHÃO pro MTC-300. Temos dinheiro sim, o que não temos é vontade, patriotismo.

Luciano
Luciano
Reply to  sj1
3 meses atrás

Putz….deixa morrer, né? Arredondado pra baixo,3% significaria SEIS MILHÕES DE BRASILEIROS…..SEIS! É esse o patriotismo atual? É esse o cristianismo atual? Estamos falando de vidas de brasileiros, de compatriotas, a grande maioria pobre, trabalhador informal, dependente de SUS!

sj1
sj1
Reply to  Luciano
3 meses atrás

Vai dormir de máscara vai, vc perde o seu tempo aqui comigo.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  sj1
3 meses atrás

Despois deste seu argumento concordo que falar contigo seja perda de tempo, que ser humano!

sj1
sj1
Reply to  Carlos Gallani
3 meses atrás

vc tbm idiota

Alexandre
Alexandre
Reply to  sj1
3 meses atrás

Esse missil e as demais armas extremamente sofisticada nem chegam perto do alto grau de letalidade resultante da ignorância e falta de empatia patológica de muitos brasileiros que se reconhecem e se identificam com a vivandeira genocida eleito presidente!

Marcelo
Marcelo
Reply to  sj1
3 meses atrás

Vc é um imbecil completo.

Renan
Renan
3 meses atrás

Vamos Brasil invista no 14x e invista em drones só este tipo de arma que colocará respeito.
Invista em ICBM
Ou irá pagar muito caro no futuro

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Renan
3 meses atrás

Esse futuro pode estar mais próximo do que imaginamos e infelizmente o tempo perdido não volto. Depois não adianta vir almirante fazendo planejamento estratégico 2040, sonhando com porta aviões, dezenas de submarinos, etc….

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
3 meses atrás

Nós cara a anos não conseguem fazer o básico e querem um por avioes

sj1
sj1
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
3 meses atrás

E em 2040 esse plano não vai ter gerado fruto algum e os almirantes farão outro pra 2060, espera pra ver…!

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  sj1
3 meses atrás

Ao invés de terem sonhos de grandeza,deveria ter sonhos de realidade e pés no chão… Em vez de sonharem com NAes caras,porque não pensarem em algo bem mais “barato” como um navio de assalto anfíbio multiuso / Porta – aviões?! Não temos capacidade para adquirir F-35B lightning II mas poderíamos adquirir aeronaves Boeing AV-8B Harrier II. Nesse caso,as aeronaves da armada espanhola ainda estão em sua meia vida operacional,poderia ser uma boa aquisição tendo em vista que eles estão em conversações para adquirir os F-35B. O Ruan Carlos é capaz de acomodar 10-12 AV-8B Harrier IIs combinado com 10-12 helicópteros… Read more »

Last edited 3 meses atrás by ADRIANO MADUREIRA
Gabriel BR
Gabriel BR
3 meses atrás

Os suecos devem estar se borrando de medo…

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Os suecos estão apavorados há trezentos anos.

Edsob
Edsob
3 meses atrás

Será que o alvo estava parado???

Kemen
Kemen
3 meses atrás

O Zircon impressiona, mas torna-se essencial conhecer os detalhes que infelizmente não deverão ser divulgados.__ Eu acredito que na fase final o Zircon diminui bastante a sua velocidade para poder enquadrar corretamente seu alvo.__ Nesse caso se isso fosse verdadeiro, a possibilidade de interceptação seria real, caso contrario a possibilidade de interceptação seria remota.__ Também poderia se tentar um jamming, dependendo da forma de detecção do alvo pelo Zircon e se a belonave alvo estivesse equipada para isso.__ Entretanto devido a velocidade de cruzeiro e a altura divulgada que o Zircon alcança, é fundamental uma rapida detecção e a utilização… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Kemen
Alison
Reply to  Kemen
3 meses atrás

Só um completo idiota divulgaria detalhes…

XFF
XFF
3 meses atrás

Quando Putin anunciou sobre essa arma em 2018, muita gente aqui ironizou a Rússia, dizendo que é propaganda e que a Rússia não tinha capacidade e nem dinheiro para desenvolver esse tipo de arma. O resultado está aí!!!

Algumas pessoas insistem em viver no passado, em vez de olhar para o presente.
Tinha um tal do HMS Tirles que vivia dizendo aqui que a Rússia estava quebrada e que não tinha dinheiro pra nada…. hoje a economia da Rússia é maior do que do Brasil.
Quem vive do passado é museu.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  XFF
3 meses atrás

A Rússia realmente tava com sérios problemas por causa dos embargos e o preço do Petróleo, a Guerra na Síria, as coisas podem demorar, mas lá pelo menos saem. quanto a Rússia, sem Putin, ela estaria estraçalhada.

Emerson
Emerson
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Precisavamos ter um Putin aqui na Brasil também, pra tirar nossas FA e indústria desse buraco.

rodrigo
rodrigo
Reply to  Emerson
3 meses atrás

Precisamos e acabar esse estado de bem estar social. Aqui o estado e obrigado a fornece quase tudo de grátis, para bancar isso e necessário dinheiro dinheiro que vem através dos impostos..

PauloR
PauloR
Reply to  rodrigo
3 meses atrás

Que estado de bem estar social você se refere? Pq no Brasil que conhece só a elite que vocês defendem é que vive no bem estar social, o povo rala pra caramba pra simplesmente sobreviver ate o final do mês.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  PauloR
3 meses atrás

aí é que tá esse povo ralo o mês inteiro para bancar o bem estar social, e a elite que compra os políticos roubam esse dinheiro, erro seu achar que a Elite quer o fim do bem estar social no Brasil.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Emerson
3 meses atrás

Olha um Putin no Brasil seria o que ele é na Rússia, um ditador, vc estraria pronto para isso?

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

What a horror, how to live on.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Evgeniy (RF).
3 meses atrás

Não disse que é ruim, mas também não disse que é bom.

XFF
XFF
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Quem disse que ele é ditador? Ele foi eleito com voto pela maioria da população da Rússia. Pare de propagar mentiras….

Fernando
Fernando
Reply to  XFF
3 meses atrás

Verdade! Dívida pública russa não passa de 15%, considerada insigficante para os padrões ocidentais, fora reservas na casa de 600 bilhões de dólares. Putin tem um plano muito interessante, de injetar 400 bilhões de dólares na economia russa em 4 anos. Entre as metas, está colocar o sistema educacional russo entre os 5 melhores do mundo, porém a pandemia fez os planos paralisarem, porque tinha muita obra entre eles.

Wagner
Wagner
Reply to  Fernando
3 meses atrás

Eles ainda carrega a herança educacional da URSS,a forma de ensinar,universitário não tem essa de fazer “trabalinho” para ganhar ponto,antes da prova final tem um teste de todas as matérias,se passar tem o direito de fazer a prova se não volta para o início do ano.

leonardo
leonardo
Reply to  Wagner
3 meses atrás

Isso é o certo só que no Brasil é tudo festa ngm faz nada e passa de ano

Wagner
Wagner
Reply to  leonardo
3 meses atrás

Também acho,vi um vídeo de um critico ferrenho do stalinismo,ele fez forte critica as politicas de Stalin,mas pontou que no sistema educacional o regime foi excelente,principalmente no campo da física ele explica a formação desde primário ao ensino superior,para ser PHD em física no minimo 10 anos de estudo,e ainda tinha que enfrentar uma banca linha dura,caso aprovado já saia com recurso para botar em pratica sua ideia.

Wagner
Wagner
Reply to  Wagner
3 meses atrás
Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Fernando
3 meses atrás

Do ponto de vista econômico, a Rússia hoje já tá se tornando capaz de se descolar do dólar, pois tem imensas reservas de ouro, e claro ela tem petróleo

Eggfilho
Eggfilho
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Gostaria que vc me falasse da qualidade de vida do povo norte americano e do povo russo, já que está falando de educação e não de assuntos militares . População ilegal nos Estados Unidos não conta pois ninguém quer morar na Rússia , frio não conta pois EUA 🇺🇸 também é frio . Não cite o Brasil pois ficamos de FHC lula e Dilma para desenvolver socialmente e fracasso absurdo ( sem falar de corrupção ). Dois anos pós-pt psdb é muito pouco tempo para avaliar principalmente devido à pandemia..este seu papo não convenceu

Emerson
Emerson
Reply to  XFF
3 meses atrás

Verdade. Eu lembro disso. Russia é o país mais impenetrável, com a melhor defesa do mundo. Nem os EUA são loucos o bastante para tentar algo contra eles abertamente. Talvez os Chineses tentem, mas irão se arrumar prá cabeça…

XFF
XFF
Reply to  Emerson
3 meses atrás

Emerson, em termo poder militar, ninguém mexe com a Rússia. O máximo que os EUA fazem é colocar Sanções aqui e alí.
Nenhum país se arriscaria a entrar em confronto militar com a Rússia, pois sabem que será derrotados, nem os Estados Unidos se arriscariam.
O máximo que os EUA fazem é brincar de secar a Rússia.

Paulo
Paulo
Reply to  XFF
3 meses atrás

O inverso é verdadeiro também.

A Rússia jamais atacará o EUA.

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  Paulo
3 meses atrás

Evidente que ambos NUNCA se atacarão! Afinal são amigos de longa data! Inocente é quem acha diferente!

Ted
Ted
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Alguns anos atrás visualizei um testo relatando que durante uma reunião de cúpula , Rússia e EUA, os russos estavam dispostos a perderem até 50 milhões de habitantes. Onde os americanos ficaram apavorados .

Kemen
Kemen
Reply to  XFF
3 meses atrás

Caro XFF eu tenho por opinião que é preciso enfatizar alguns aspectos também gerais.___ O primeiro seria uma guera convencional sem artefatos atômicos, algo impossivel em se tratando de imaginarias invasões de seus respectivos territorios.__ O segundo seria que se fosse em território russo ou norte americano nenhum teria a capacidade de ocupar totalmente o territorio do outro.__ O terceiro nenhum dos dois sairia vencedor, seria como entregar o mundo a outra(s) potencia(s) militar(es) que se manteve ilesa, após o desgaste do imaginario confronto.

XFF
XFF
Reply to  Kemen
3 meses atrás

Por característica própria, as Forças Armadas da Rússia possuem características defensivas.
A Rússia tem capacidade de ocupar todo seu território e expulsar qualquer invasor com sucesso se for necessário. O último louco que tentou invadir a Rússia foi Hitler, que foi derrotado e acabou implicando na derrota total da Alemanha na Segunda Guerra Mundial.
Se a parada já era dura para a poderosa Alemanha de Hitler nessa época, imagina hoje em dia numa Rússia moderna.
Um míssil Zircon como esse pode eliminar um batalhão inimigo inteiro em questão de segundos….

Ted
Ted
Reply to  XFF
3 meses atrás

Esqueceu do Napoleão Bonaparte, que também sifu na Rússia

leonardo
leonardo
Reply to  Emerson
3 meses atrás

Sem as armas nucleares você acha que Russia segura A China ou os Eua ? Eu acho a Russia muito melhor que os eua e china em tudo porem falta dinheiro

Zorann
Zorann
3 meses atrás

Nao estou aqui para defender este ou aquele pais. Nao se trata de questoes ideologicas/preferencias politicas.

Mas percebem como a Russia pensa fora da caixinha? Eles nao tem a verba para competir diretamente com os EUA, muito menos com a China. Entao tem de pensar diferente, buscar outras solucoes no intuito de tentar equilibrar a balanca.

A Russia nao ‘e a antiga URSS, mas continua sendo um osso duro de roer.

XFF
XFF
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Rússia não tem dinheiro igual China e os Estados Unidos,que são os dois maiores economia do mundo, mas a economia deles é bem equilibrada e o dinheiro deles são bem aplicados, gerando desenvolvimentos tecnológicos para o país.

PIB do Brasil em 2018 :1.8 Trilhões Dólares.

PIB da Rússia em 2018 : 1.6 Trilhões de Dólares.

O PIB da Rússia é semelhante ao do Brasil, sendo que a dívida interna da Rússia não passa de 15%.

Elisandro
Elisandro
Reply to  XFF
3 meses atrás

Na verdade, se você usa a comparação do PIB nominal em dólares, o câmbio distorce o tamanho real das economias. O PIB do Brasil parece maior do que o russo porque o Rublo vale menos do que o Real frente ao dólar, mas se usar a medida de Paridade de Poder de Compra ou PPC (PPP em inglês) para corrigir esta distorção do câmbio, verá que a economia russa na verdade já é a 5 maior do mundo, sendo efetivamente maior do que a nossa.

Salim
Salim
Reply to  Elisandro
3 meses atrás

Sim , Rússia e China, Ira tem economias desatreladas a moeda estrangeira. O elo e o petróleo, o resto fazem o que quiser preços interno e população que estão calejadas das restrições impostas por estes regimes.

Julio Costa
Julio Costa
Reply to  XFF
3 meses atrás

Você esqueceu de mencionar o tamanho da população. A população brasileira é bem maior do que a população russa.
Além disso, as cinco regiões que compõe o Brasil possuem cinco realidades sócio econômicas diferentes, cinco biomas ambientais diferentes, demandas política diferentes. E aqui o regime que impera e a democracia, o que torna as coisas muito mais complexas.

Salim
Salim
Reply to  XFF
3 meses atrás

Nosso PIB reduziu em 35% em usd visto desvalorização cambial, visto que preços são atrelados a mercado externo ficamos 35% mais pobres e com uma onda inflacionária a frente. Governo aumenta seu salario como quer, milionários atrelam riqueza a exportação ( ficarão mais ricos ) povão vai se lascar, pra variar. Senhores são números reais, Brasil tem mudar rumo urgente.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Não acho que eles pensem fora da caixinha.
O que sabemos é que eles tem uma elite científica e técnica invejáveis.
Que lhes permitem produzir equipamentos de alta tecnologia internamente.
Além disso existe o comando político, determinado a defender o país e seus interesses.

Lima
3 meses atrás

Acredito que a melhor opção no momento para conter esta arma é identificar rapidamente a origem do lançamento e destruí-lo para não lançar o segundo…

jodreski
jodreski
3 meses atrás

No desenho ficou lindo o míssil atingindo um NAe americano, mas sabemos e os Russos tb sabem que não é tão simples assim furar a defesa multi camadas de um Strike Group dos Estados Unidos. Mais fácil cair um míssil em Nova Iorque do que um míssil acertar um Nae Americano.

Nostra
Nostra
3 meses atrás

Brahmos 2 will be indirectly based on Zircon.

It will incorporate both Russian and Indian know how.

First tests are planned for around 2025 after Brahmos NG.

images (1).jpeg
Gabriel Assis
3 meses atrás

ao meu ver o que falta ao brasil para igualar aos grandes jogadores é teoricamente facil, arrecadar a verba para gastos militares nao é categoricamente questionado pela população, reforma na previdência dos militares inativos e pensões é que trava tudo, a velha mamata. A treta é extinguir tudo de uma vez, mas se mudar a regra para quem ingressa agora nas FFAA isso muda em alguns anos e começa a sobrar verba para equipamentos e tecnologia, inclusive movimentando a economia. maaas, manter as filhas “solteiras” a base de pensão e inativos com altas remunerações é mais oneroso que trocar os… Read more »

rodrigo
rodrigo
Reply to  Gabriel Assis
3 meses atrás

Não e só a reforma da previdenciária dos militares, infelizmente a constituição de 1988 tornou o estado com orçamento totalmente amarrado. Não existe um pais continental como o nosso um pais com garantia sociais com a nossa. Graça a essa constituição que nunca vai sobrar dinheiro…

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  rodrigo
3 meses atrás

E graça ao pensamento do brasileiro também que o estado tem que fornecer tudo!! Ai junta com a malandragem e a mamata e temos o estado atual!

Alexandre Santos
Reply to  rodrigo
3 meses atrás

Mais de 50% de nossa arrecadação de impostos vai para pagar os juros da divida pública que não gera nada, emprego desenvolvimento etc, mas os rentistas nada tem a reclamar……

Bispo
Bispo
3 meses atrás

Sonho regados a caipirinha ..Brasil hipersônico..

Só para começar uma pesquisa séria nessa área…os “insumos” viriam de onde…EUA…Infinity loop…game over boys.

Nos fóruns gringos..dizem:
A Rússia desenvolveu um compósito que suporta mais de 2000C°.
Devido a “bolha de plasma” voando a 20-40km de altura … dificilmente vai aparecer no radar…por isso os EUA estudam uma reação baseada em AI pelo tempo de resposta ser praticamente inviável para uma reação puramente humana.

Kemen
Kemen
3 meses atrás

E eles ainda tem o R-37M ar-ar que atinge mach 6.__ Tem pais grande sendo superado em alguns desenvolvimentos, provavelmente devido às prioridades respectivas de suas Forças Armadas.

Last edited 3 meses atrás by Kemen
CRSOV
CRSOV
3 meses atrás

Fico aqui imaginando dois desses vindo um em direção ao Bahia e outro em direção ao Atlântico Sul !!

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  CRSOV
3 meses atrás

Não vai dar tempo nem de saber o que acertou… infelizmente é a realidade!

Salim
Salim
Reply to  CRSOV
3 meses atrás

Míssil comum já poria a pique, estes meios estão com defesas próprias parcas e antigas e o sistema de defesa do que e aproveitável poucos meios operacionais restantes são antigos e obsoletos frente armamentos modernos. Marinha e uma urgência entre as 3 forças.

Fábio de Souza
Fábio de Souza
3 meses atrás

Parabéns !!! A Marinha Russa , e o seu desenvolvimento em Tecnologia e Infraestrutura Marítima.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
3 meses atrás

Esse brinquedo russo pode cobrir uma distância de 100km em um minuto…

filipe
filipe
3 meses atrás

O Missil sumiu em segundos, nem aparece mais , impressionante essa Arma, os NAEs estão realmente obsoletos… Em segundos um NAE é varrido do mapa.

Italo souza
Italo souza
3 meses atrás

o sistema de manobra desses misseis ao serem lançados é algo fascinante.

belo sistema or melhor, bela ameaça, esse ai é um bom míssil para negação de espaço marítimo.