sábado, maio 28, 2022

Saab Naval

Pentágono ciente do teste do míssil Zircon da Rússia, considera que é desestabilizador, diz porta-voz

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

WASHINGTON (Sputnik) – O Departamento de Defesa dos Estados Unidos está ciente do teste russo de seu míssil hipersônico Zircon que ocorreu no dia 19/7 e o considera uma atividade desestabilizadora, disse o porta-voz do Pentágono, John Kirby, na segunda-feira.

“Certamente, estamos cientes das alegações do presidente russo Vladimir Putin sobre os sistemas de mísseis hipersônicos”, disse Kirby em uma coletiva de imprensa. “É importante observar que os novos mísseis hipersônicos da Rússia são potencialmente desestabilizadores e apresentam riscos significativos porque são sistemas com capacidade nuclear.”

Na manhã de segunda-feira, o Ministério da Defesa russo disse que a fragata Admiral Gorshkov, disparou com sucesso um míssil hipersônico Zircon contra um alvo terrestre localizado a uma distância de mais de 350 quilômetros (217 milhas).

“Nas águas do Mar Branco, a fragata líder do projeto 22350, almirante da Frota da União Soviética Gorshkov, disparou um míssil de cruzeiro hipersônico Zircon contra um alvo terrestre localizado na costa do Mar de Barents”, informou o Ministério da Defesa da Rússia disse em um comunicado.

“De acordo com dados de controle objetivo, o míssil Zircon atingiu o alvo com sucesso por um impacto direto a uma distância de mais de 350 quilômetros”, dizia o comunicado.

As características táticas e técnicas do míssil Zircon foram confirmadas nos testes. A velocidade do voo era cerca de sete vezes a velocidade do som (Mach 7).

Uma fonte disse ao Sputnik em maio que a Rússia iria concluir os testes do Zircon para navios de superfície até o final deste verão, enquanto os testes de estado do sistema de mísseis para lançamento em superfície e subaquático deveriam ser concluídos até o final de 2021.

Em janeiro, o vice-ministro da Defesa russo, Alexey Krivoruchko, disse que os testes estatais do míssil hipersônico Zircon culminariam em 2021 com lançamentos de submarinos, abrindo caminho para a produção em série para a Marinha Russa em 2022.

Em 2020, três lançamentos de teste do Zircon foram realizados a partir da fragata Admiral Gorshkov, dois deles atingindo alvos marítimos e um atingindo um alvo terrestre.

FONTE: Sputnik News

- Advertisement -

124 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
124 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Yuri Dogkove

A Gorshkov é tão bonita quanto a Type 45!

Tomcat4,2

As Type 45 chegam nem perto em beleza!!!

Yuri Dogkove

Eu acho elas bonitas!

Tomcat4,2

Mas eu não disse que são feias pois não são mesmo ,apenas que a beleza delas perde de muito pra beleza da Gorshkov.

José

Nós aqui em BH não temos mar pra ver navios todos os dias, mas mesmo assim sabemos admirar quando é bonito, e essa fragata é linda.

Felipe Morais

Cara, com todo respeito, mas eu fico de cara com o comportamento das pessoas na internet. Simplesmente as pessoas não conseguem respeitar a opinião alheia. Olha esse caso. O colega afirmou que acha o navio russo tão bonito quanto o navio inglês. Aí vem o outro colega refutar, categoricamente, que “não, o navio inglês não chega nem perto em beleza”. Aí o colega reforça sua opinião, dizendo que ele acha sim elas bonitas. E, novamente, o outro afirma que “não, não se comparam”. Cara, achar algo bonito é algo totalmente subjetivo. Não existe o certo, a resposta certa. É algo… Read more »

eliton

“Nas águas do Mar Branco, a fragata líder do projeto 22350, almirante da Frota da União Soviética Gorshkov”. Os russos ainda se chamam de soviéticos?
Sobre a matéria, os americanos estão soltando notas de repudio porque isso quebra algum tratado ou porque os russos com todas as sanções do mundo e um orçamento militar muito menor conseguiram fazer esse tipo de míssil antes deles?

Peter nine nine

So por hipocrisia mesmo.

Tomcat4,2

Só inveja mesmo meu caro, os russos na área de mísseis estão sempre na frente e o cotovelo do titio Sam dói muito por conta disso!!!rs

Pedro

Goshkov era Almirante da URSS e nao da Russia. Morreu em 1988.
Sobre a nota, parece que o virus da “metralhadora giratoria de notas” saiu do exercito brasileiro e chegou tambem aos EUA! Era melhor ter ficado quieto pois a impressao é que nao tem como se defender desse artefato e agora vai “chorar no colo da mamae”!

francisco

Este comportamento é típico dos militares norte-americanos. Eles exageram a força do inimigo para conseguirem mais verbas para seus projetos.
Russia não tem condições de enfrentar os USA.

angelo

Agora fiquei curioso se nossas forças armadas exagerassem na força de nossos vizinhos o que elas ganhariam , começando a enquete em 3,2,1….
Caprichem nos comentários!

Radagast, o Castanho

Lá essa tática funciona, aqui não.

Felipe Morais

Lá funciona pois há um sentimento geral de país, de nação, mesmo que, eventualmente, se criem necessidades de gastos militares baseados em exageros ou inverdades. Entende-se quanto a importância do gasto militar e em tecnologia. Aqui, podem falar o que quiser, podem esperniar, elogiar a capacidade de vizinhos…sempre haverá a “resposta” popular padrão quanto a desnecessidade do gasto militar. Afinal, “pra quê gastar nessa besteira, se não há risco de guerra, melhor investir em saúde e educação”. É o mantra que nossa classe política medíocre incutiu na cabeça de nossa população, igualmente medíocre. E digo mais. Capaz de incutirem, junto… Read more »

Hellen

Aqui os militares ja falam diferente, para nosso cenario aqui na america do sul essas sucatinhas do deserto americano ou alemão ja esta suficiente para manter a hegemonia sulamericano !!!! Kkkk

Bille

aqui até podemos extrapolar o cenário. Mas as forças ainda batem cabeça, cada uma com suas prioridades, que ainda é diferente do EMCFA e não são orientadas em conjunto. Então no fim das contas a analise iria para uma gaveta, e o orçamento para um projeto decente jamais seria liberado.

Só se constataria a realidade: que pra peitar a Bolívia é difícil, imagina a Venezuela.

francisco

Goshkov  era ucraniano. A URSS era formada por 15 nações, muitas delas foram obrigadas a aderir ao grupo contra a propria vontade.
Em 1991, com a falência da Russia, a maioria delas debandou para o lado do ocidente.

Pedro

Quando ele nasceu, nao existia Ucrania e quando ele morreu tambem nao existia a Ucrania, logo, ele era cidadao da URSS, nem Russo ou Ucraniano. Seria o mesmo que dizer que quem nasceu no Texas é Mexicano, pois algum dia ali pertenceu ao Mexico, ou uma pessoa que viveu no Imperio Romano chama-la de Italiano sendo que nem existia isso na epoca. Detalhe, quando ele nasceu, o local pertencia ao Imperio Russo. Sobre a URSS, nao sei onde vc aprendeu isso, mas a mesma nasceu quando individuos de uma ideologia nefasta (alguns ate mesmo estrangeiros) tomou todo o imperio Russo… Read more »

Hcosta

A URSS ocupou o leste europeu depois da 2ªGM… E acho que estão todos melhor.
A Ucrânia não é só por responsabilidade própria que está assim.

Antonio Palhares

Quando foi que a Ucrania existiu como pais?

CESAR ANTONIO FERREIRA

É muito simples de entender… O estado que existe hoje atende pelo nome de Federação Russa e este estado é herdeiro legal da antiga e extinta URSS. Sergey Georgievevich Gorshkov foi almirante durante a vigência do estado soviético, então ao batizar o vaso em honra deste, fizeram-no citando o seu posto hierárquico máximo, justamente o de Almirante de Frota da… União Soviética. Daí a fragata ostentar o batismo de “Almirante da Frota da União Soviética Gorshkov”. Apesar de analogias serem perigosas arrisco-me a dizer que seria algo como batizarmos uma belonave como “Almirante da Armada Imperial Tamandaré”, No tocante aos mísseis… Read more »

Pedro

Perfeito!

Antoniokings

Perfeito (2)

100nick-Elã

Perfeito (3)

francisco

Será que os USA ainda não tem um semelhante?

Kemen

Pelo que eu li anos atras estavam desenvolvendo um, se não me engano algo em torno de mach 4 ou 5. Não sei como esta hoje esse desenvolvimento, se parou ou continua, pelo que pesquisei na internet encontrei isso.____ “The Lockheed Martin-made ARRW is to be the USAF’s first operational hypersonic missile, with initial operational capability planned for fiscal year 2022. … Hypersonic speeds are defined as anything beyond Mach 5. Timing detonation at that speed is a challenge, as a missile would be travelling at 1,715m/s.7 de jul. de 2021″____ E com os desenvolvimentos das potencias militares todos os outros… Read more »

Kemen

“Soviético” vem do russo soviet (conselho). Assim como no português, conselheiros significam “sugestionistas” assim como também um “grupo de pessoas reunidas para um mesmo fim”.
A União Soviética foi dissolvida em 1991 e os “conselhos”, foram extintos em 1993. Atualmente, a Rússia é uma República Federativa Presidencialista.

100nick-Elã

Gente, a Rússia é fraquinha, não tem tecnologia e está falida. Os Estados Unidos são o máximo. Aprendi isso com o pessoal da Trilogia e me convenci. Sou agora terraplanista, olavista, bolsominion e acredito na invencibilidade dos EUA. A China é uma bolha, logo vai falir. Esse vídeo é montagem e é mentira que o pentágono se assustou com esse teste, isso saiu na Sputnik

Mk48

Olha, essa é a 1a vez que concordo com você.
.
Abs.

Heinz Guderian

Não tem nada a ver uma coisa com a outra, você está colocando geopolítica envolvida com ideologia. Pelo seu comentário, você dever ser de esquerda, ou centro, na verdade pode até mesmo ser de direita, visto que o atual presidente perdeu alguns de seus apoiadores de mesma “ala”. Pra começar a Rússia nunca foi “fraquinha”, longe disso, sempre foi um país que desenvolveu seus equipamentos de defesa, e possuem grande experiência em todas as áreas. Os Estados Unidos são sim o máximo do poder político e econômico mundial a um bom tempo, mas isso não tira a Rússia da competição… Read more »

José Carlos David

Acho que ele foi apenas irônico.

Elias

Os americanos devem estar com saudade do trump… … biden para mim é entreguista

Caio

Elias o Trump foi tão firme com os inimigos dos EUA, que nada mudou. Nem se quer era levado a sério.

Antonio Palhares

Porque o Trump não arrebentou com a Rússia e a China ? Se era tudo facil?

Hélio

Não tem como ser de direita e ser americanista, muito menos antirusso, isso é posição de liberal. Esse pessoal lambedor de botas americanas de “direita” não tem nada, são no máximo neocons.

Pedro

Conservador vc será se seguir ideais ou escrupulos. Isso de seguir “lado” é coisa de caudilho revolucionario (“Revolucion ou Paredon!”). O mesmo vale para quem se diz de esquerda mas nao aceita o lado “revolucionario” quando ele bate a sua porta, vide os esquerdistas multi bilionarios que temos tanto hj em dia. Na maioria das vezes, usam isso para acobertar crimes, incapacidades e falta de escrupulos pessoais.

Hélio

Conversa fiada. Ideais e escrúpulos quais? Qualquer ideólogo segue seus ideais e seus escrúpulos, aliás, não existe ninguém mais idealista e escrupuloso que o progressista. Ou você é conservador ou defende a sociedade liberal, os dois não dá. “Liberal-conservador” é um contrassenso tão grande quando capitalista-comunista.

Hcosta

Liberal e conservador são duas correntes de direita, com poucas diferenças. Veja o caso do RU.

Hélio

Isso já mostra o conceito de “conservadorismo” que vocês tem. Querem falar de progressismo quando são mais progressistas ainda.

Antoniokings

Eu vi isso.
Os mickeyboys vão pirar.
E o Biden vai perder os poucos cabelos restam na sua cuca.

Antoniokings

100nick

Vc está me convencendo também.
kkkkkkk

100nick-Elã

Kings, né? kkkkkkkk

Antoniokings

Forte abraço!

Agressor's

Essas potências disputam nas sombras nesse momento pelo controle do nosso território, e deveríamos estar preocupados e discutindo sobre formas de como lidar com isso aqui…Na minha opinião, todos têm que fazerem um estudo aprofundado, sincero e corajoso para descobrir porque nossa nação se encontra nessa posição lastimável que está e que esteve durante tanto tempo, e a quem toda essa pilhagem, entreguismo e degradação interessa, para que possamos lidar com esse problema definitivamente, de uma vez por todas…

Kornet

Quanta idiotice,vc é só mais um produto da pátria deseducadora.
Só isso.

Michel

Muito pelo contrário. Ironia fina e consciente em um curto comentário. Descamba, um pouco, para o humor ácido.
Aliás, os deseducados é que não conseguem captar o sentido da coisa.

Hellen

Os yankees foram instalar suas defesas antimissil em volta da Rússia, so que a resposta Russa foi desestabilizadora !!!!

Tomcat4,2

Fragata linda viu, toda lisinha !!!rs

Mk48

Analiso essa notícia da seguinte forma :.
.
Desde o início da Guerra Fria os Americanos confiaram sua Defesa na questão da vantagem tecnológica sobre os Soviéticos.
.
Ocorrr que hoje, os Russos demonstraram e provaram que estão a frente dos EUA , ao menos no quesito dos mísseis hipersônicos.
.
Fato novo para os americanos.
.
Vamos aguardar os próximos capítulos.
.
Lembrando também que em relação ao railgun a China já mostrou que é ela que domina essa tecnologia
.

Daniel

Não dá para confiar no Pentágono, esse órgão vive metendo terror psicológico e forjando documentos militares para exigir mais e mais recursos dos políticos americanos. Até chegaram a forjar números no poder naval chinês para exigir mais verba.

Burgos

É só olhar a fonte !!!
Sputinik News !!!
Mais falsa que nota de R$ 3,00 !!!?‍♂️?
Falando sério agora !!!
Impressão minha ou estamos voltando a “Guerra fria” ?! ?‍♂️

Joao Moita Jr

O Brasil nunca saiu dela. Sai daí em 1989, o mundo deu uma reviravolta, só que o Brasil ainda continua com a geo política de 1989 na cabeça…

Filipe

Começou a Guerra Fria 2.0 , daqui a pouco os EUA vão lançar algo equivalente e vão publicar , ficamos quase 30 anos sem a Rússia (1991- 2021) e as pessoas não deram conta que a Rússia voltou, Estamos diante de uma Rússia diferente e bem agressiva, as Guerras da Syria e Ucrania endureceram eles , estão com experiência de combate ao contrário da China que não entra em combate desde 1979.

Hcosta

Acho que é o contrário. É a Rússia a tentar contrariar o seu declínio, algo que foram os próprios os principais responsáveis.
E houveram combatentes Russos na Ucrânia? Muita gente não acredita.

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro

Também penso dessa forma. A Russia está tentando compensar o fato de ter sido superada pela China em poder militar, pelo menos o convencional.
E as duas guerras citadas, ambas com armamento antigo, não darão as supostas experiências para combate moderno contra outras super potências.

Antoniokings

O problema, meu caro, é que os EUA estão bem atrasados na área e, pior, não estão conseguindo avançar.
Até seus mísseis balísticos estão ultrapassados e, se não engano, sua substituição foi orçada em mais de US$ 25 bi de dólares.
Como eu disse anteriormente, os EUA gastam fortunas em orçamento militar e estão ultrapassados em várias áreas.

Filipe

Os EUA gastaram 2 Trilhões de USD na Guerra ao Terror (Iraque + Afeganistão) entre 2001 e 2021 , foram 20 anos gastando muita grana nessas Duas Guerras, enquanto isso China e Rússia otimizaram os seus gastos as suas necessidades e em especial na sua dissuasão, hoje o resultado é esse, os EUA têm que correr atras , mas não têm o mesmo musculo financeiro que tinham em 1990…

Hcosta

Pois não, têm mais recursos financeiros do que em 1990.

Antoniokings

Filipe

Os EUA ainda com dívidas da época da Guerra do Vietnã.
É evidente que isso não vai dar certo em um País altamente endividado e que continua com suas contas totalmente desequilibradas.
Esse ano fiscal, o deficit público deles deve chegar a US$ 3 trilhões.

Hcosta

Quer comparar a Rússia com os Estados Unidos? A questão é que os EUA têm uma base tecnológica muito mais desenvolvida do que os Russos. Enquanto os Russos apresentaram o rival do F35, que nas minhas contas são 600 F35 e a continuar a produzir contra 0 do Checkmate, os EUA já começou a campanha de testes do protótipo da 6ª geração. E fala que os misseis balísticos estão ultrapassados e que vão substituir. Não é assim que funciona? Mau era se não fossem substituídos, como acontece na Rússia que estão cheios de equipamentos obsoletos. Em vez de gastarem dinheiro… Read more »

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro

O problema dos gulag-boys é subestimarem os EUA. Os japoneses também fizeram isso, e olha no que deu. Não quero com isso comparar o tempo atual com aquele, mas se não fosse a ajuda dos aliados, a URSS teria continuado com armamento ineficiente e suprimentos escassos.
Tiveram até pilotos soviéticos fuzilados porque chamaram seus aviões de “caixões voadores”.
Não se deve subestimar os americanos.

Filipe

Ninguém esta subestimando os EUA , eles dominam o mundo Hegemonicamente desde 1990, são 30 anos de poder absoluto, das cinzas da URSS nasceu a Rússia, a queda da URSS fortaleceu a China, a queda da URSS fortaleceu a União Europeia e a OTAN , mas essa Rússia recebeu uma herança pesada da URSS, é natural que os Russos retomem os investimentos na defesa e na tecnologia, os Russos mostraram maturidade nas suas últimas intervenções , é uma nação com 150 milhões de habitantes e com 7000 ogivas nucleares, logo não é uma nação qualquer, os Americanos serão sempre os… Read more »

Antoniokings

Como dizem: ‘Chegar no topo é fácil. Difícil e se manter lá’.
Com os EUA não foi diferente.
Veremos o que ocorrerá com a vindoura China.

Filipe

Depois da vindoura China virá a Índia , e depois da Índia poderá ser a nossa vez… Eu espero que o Brasil seja o que sempre sonhamos, talvez a nossa chance é sermos super potência na mesma altura da Índia , eu falo da Índia porque é o país mais parecido com a gente em termos de tecnologia, eles estão fazendo quase as mesmas coisas que a gente, compraram os nossos ERJ145 , estão construindo os Scorpenés franceses iguais a gente, estão construindo fragatas iguais a gente, estão planificando um submarino de propulsão nuclear de ataque igual a gente ,… Read more »

Slow

Depois da India será a nossa vez kkkk ta certo , a esperança é última que morre , apesar de ja estar morta .

ADAIR HAMES

todo império chega ao seu apogeu e depois declina, isso aconteceu em toda a história da humanidade!

Guilherme Gabriel Lins

ta ai um projeto russo que tem futuro! essa classe Gorshkov provavelmente vai ser a espinha dorsal da marinha russa, junto as corvetas steregushchy!

Pedro

Por isso muita gente por lá quer que as maquetes dos Porta Avioes fiquem apenas nas maquetes e usem o $$ para fazer varias dessas fragatas, corvetas e novos SSN, SSK e SSBN.

nereu
nereu
Last edited 10 meses atrás by nereu
Guilherme Gabriel Lins

sobre a construção de porta-aviões, e mesmo de navios como porta-helicópteros multimissão, acredito na falta de capacidade técnica e financeira atual russa. Se eles pudessem construir NAes já estariam construindo, e não gastando rios de dinheiro na reforma do obsoleto e duvidoso/inseguro Kuznetzov (há quem diga que até dentro da marinha russa a reforma no kuznetzov não é vista com bons olhos), e se possuíssem mesmo tal capacidade, por que encomendar 2 porta-helicópteros aos franceses? A marinha russa esta se reconstruindo bem com as fragatas Gorshkov e covertas steregushchy, além de permanecer com uma excelente frota de submarinos, no momento… Read more »

Pedro

Se os Russos sao, como vc diz, Incapazes por nao terem um bom porta avioes, podemos dizer que os EUA, GB, Alemanha, França e Japao sao tambem incapazes por nao terem armas hipersonicas???? O fato da URSS nao ter feito um NAe se deu muito mais a estratégia e fatores geograficos. Naçoes com grandes Km de litoral “quente” como EUA, GB, França e entre outros, o NAe é atraente, mas um país que tem poucos Km de litoral quente, em locais de facil estrangulamento, certamente o NAe nao é a melhor das estrategias. Por sinal o Gorshkov que era contrario… Read more »

Guilherme Gabriel Lins

onde foi que eu falei que o russo é incapaz por não ter porta-aviões?? falei que acredito que, atualmente, o russo não tem capacidade técnica-financeira de CONSTRUIR um porta-aviões! o que são coisas completamente diferentes meu caro.

Hcosta

E acrescento as centenas de corvetas, para além do modelo mencionado.

Eduardo

Dá pra lançar esse míssel de um submarino convencional ou nuclear?

Pedro

Dá. Segundo os Russos, ate o fim do ano a versao lançada por submarino e por unidade terrestre, finalizará os ensaios finais para se declarar oficialmente ativado. Unica coisa que esse missel ainda nao pode ser usado para disparo é helicopteros, pois de mais onde eles podem estao colocando.

Eduardo

Acredito que a capacidade terrestre já há, só não esteja certificado ainda. Todavia, obrigado pela resposta.

Matheus

Ninguem mandou o laranjão la sair do tratado de misseis, agora eles que lutem.

Antoniokings

Os americanos estão muito chorões.

100nick-Elã

Tão certo quanto a Terra é plana, o Patriot é melhor.

ADAIR HAMES

Boa. Sistema antimíssil não há comparativos com os s-400, s-500.

André Selles

A trajetória do míssil do video me pareceu estranha, para um armamento de ataque ao solo

Cicero Pazei

Vai lá EUA mete a cara com os Russos ?

Nick

Os EUA acusaram o golpe. Afinal estamos falando de um míssil que voa a mais 2000 metros por segundo! Se tiver capacidade furtiva já era.

eb75

Nem precisa de capacidade furtiva…

Bosco

Infelizmente lendo tanta “pérola” me sinto obrigado a “intervir” . Não sei se é por deficiência cognitiva , reduzido domínio do tema em tela, analfabetismo funcional ou má fé pura e simples, mas a interpretação de texto de grande parte da turma em geral é horrível. Em nenhum momento o porta-voz do Pentágono disse que os mísseis hipersônicos russos são fodásticos e que eles estão se mijando nas calças de medo. O que ele disse é que os mísseis russos são “desestabilizadores” por serem potencialmente vetores de ogivas nucleares (e não por serem supersônicos). Como não há tratado que regule… Read more »

Fernando C. Vidoto

Bom te ver novamente aqui Bosco ! Sempre aprendo com seus comentários

Att.

Last edited 10 meses atrás by Fernando C. Vidoto
Burgos

Excelente comentário !!!
Aparece aí de vez quando pra dar respostas pro pessoal aí que parece um “Disco arranhado” que fica sempre insistindo no mesmo assunto que eu nem respondo mais !!!

Guilherme Gabriel Lins

só peço ao senhor que, se possível, diminua o tempo de descanso kkkkkkkkk, eu e muitos aqui ficaríamos agradecidos.

Inimigo do Estado

Tanto texto e lá no meio do texto você é que nos conta uma pérola:

Ora amigão, se os EUA já são capazes de causar graves danos à China e a Rússia sem precisar dos hipersônicos, por que os EUA estão a investir neles, e pior a lançar notas na mídia de protesto contra estas armas? Vontade de gastar dinheiro? Vontade de escrever uma notinha?

Só isso aqui já mata todo o resto do seu falatório rebuscado de termos técnicos.

Volte ao descanso mesmo, conselho meu, abraços!

Bosco

Seu comentário é tão ingênuo que não merece réplica, a menos é claro que seja um adolescente de 15 anos interessado no tema “defesa, aí me disponho a “desenhar” para vc entender.
Abraço.

Hcosta

“Quando as pessoas de bem recusam a lutar, o mal ganha”.
É muito fácil contrariar estas ideias idiotas, o problema é quando se deixa sem resposta. Aí eles ganham.
E não preocupe com ninharias, cada comentário seu acrescenta algo de positivo, ao contrário desse senhor.

Bosco

H, O assunto é eminentemente técnico mas o cidadão que se intitula “Inimigo do estado” critica o fato de eu fazer uma análise técnica sobre o tema. Como não me comporto como um pinto no lixo diante da suposta desvantagem americana que supostamente (de acordo com eles) a irá levar à ruína e com ela as últimas esperanças da “odiosa” civilização ocidental, ele fica irritado já que esse velho conhecido é avesso à tecnicidades mas é um hábil panfletário ideológico. Fazer o quê? Rssss *Infelizmente para ele não estamos num episódio de “Além da Imaginação ” e o que ele… Read more »

Last edited 10 meses atrás by joseboscojr
Matheus S

kkkkkkk

Não some não. Sentimos sua falta.

Last edited 10 meses atrás by Matheus S
Inimigo do Estado

Não replica por que sabe que te peguei no pulo, com meia dúzia de palavras. Isso é efetividade argumentativa.

Os EUA protestam e investem nos hipersônicos por que sabem que com B-2, B seja lá o que for, não garantem por si próprios uma guerra ganha contra a Rússia e China.

Sem mais.

Bosco

Se você for se basear em “protestos” de A, B ou C, para compor sua visão da realidade, EUA, Rússia e China usam e abusam desse instrumento até pra reclamar de tiro de espingarda uns dos outros. Te aconselho a não ir por aí. Quanto aos EUA investirem na tecnologia hipersônica, é como disse no meu primeiro comentário. Sem dúvida essa tecnologia emergente interessa a eles que a irão utilizar de forma diversa, mesmo porque eles a estão desenvolvendo há 30 anos, muito antes portanto, da Rússia e China terem seus brinquedos velozes e furiosos.Também não é por aí que… Read more »

Antoniokings

Ele veio com a mesma velha ladainha querendo nos convencer que os mísseis de cruzeiro americanos são páreo para os modernos mísseis hipersônicos russos e chineses.

Sem novidades no front.

Bosco

Toinho, Você está muito binário hoje. Não é uma questão de ser “páreo”. Haverá lugar para todos os tipos. No futuro previsível (50 anos) provavelmente veremos mísseis de cruzeiro (subsônicos, supersônicos, hipersônicos) ao lado de mísseis semibalísticos / aerodeslizantes (supersônicos e hipersônicos) e balísticos. Além de drones de ataque e drones suicidas, com motores diversos (inclusive a elétrico a hélice) junto com aeoronaves stealth tripuladas ou não e armas de energia dirigida. Tudo junto e misturado. No caso de russos e chineses a intenção primária deles com seus “hipersônicos” é penetrar as defesas dos EUA/OTAN. Lembra? Aquelas defesas que vocês… Read more »

Antoniokings

Prezado

Se tudo isso que vc falou for eficiente contra os mísseis hipersônicos russos e chineses, eu não quero nem ver o que russos e chineses têm preparado contra os antiquados Minuteman e Trident ou os lentos e previsíveis misseis sub-sônicos de cruzeiro americanos.

Só uma pergunta.
A quem vc está querendo ‘se enganar’?

Bosco

Adivinhação é com você, não comigo.

Antoniokings

Eu não estou adivinhando.
E já sei quem é.
Só estou te dando uma oportunidade.

Bosco

“Se tudo isso que vc falou for eficiente contra os mísseis hipersônicos russos e chineses, eu não quero nem ver o que russos e chineses têm preparado contra os antiquados Minuteman e Trident ou os lentos e previsíveis misseis sub-sônicos de cruzeiro americanos.”
A isso me referi como sendo “adivinhação”

Brummbär

“O nível de sofisticação dos futuros mísseis hipersônicos americanos é muitíssimo maior que os toscos mísseis chineses e russos porque terão função distinta.”
O Zircon, que é foco desta notícia, é capaz de viajar a mais de 350km, há mach7, atingir alvos navais(o que requer precisão) e terrestres por impacto direto, e você ainda o chama de “tosco”?!

Bosco

Brummbar, Sequer há uma foto do Zircon , portanto, sequer sabemos exatamente como funciona seu sistema de propulsão. Tudo indica que seja do tipo “scramjet”, mas sem fotos e sem confirmação oficial, não dá pra ter certeza de nada. Até agora não há nenhuma confirmação que uma versão antinavio tenho sido colocada em operação ou esteja próximo de fazê-lo. Será um avanço o dia que isso for confirmado. Quanto à minha expressão “tosco” , foi sem caráter ofensivo mas sim por conta do que é esperado em relação aos hipersônicos americanos que pretendem atingir alvos móveis em terra (se conseguirão… Read more »

Last edited 10 meses atrás by Bosco
Brummbär

“Sequer há uma foto do Zircon” “Até agora não há nenhuma confirmação que uma versão antinavio tenho sido colocada em operação ou esteja próximo de fazê-lo” O próprio texto acima afirma que o Zircon foi utilizado contra 2 alvos navais, então sim ele é um míssil anti-navio. “do que é esperado em relação aos hipersônicos americanos que pretendem atingir alvos móveis em terra” Mísseis hipersônicos são, e serão as “balas de prata” de qualquer força armada no futuro. Vão ser caros seja para comprar ou manter, e portanto serão minoria nos arsenais de mísseis de qualquer nação. E contra alvos… Read more »

Bosco

Brummbar,
Essas “fotos” não são muito reveladoras e eu me dou ao direito de duvidar da veracidade das alegações que eles atingiram alvos navais.
Só de curiosidade, até entre especialistas surgiu a suspeita que esse vídeo não passava de um lançamento do velho “Oniks”.
Quanto à relevância que vê nos hypersônicos , eu discordo. Esse artigo é interessante se se dispuser a lê-lo: https://www.ucsusa.org/sites/default/files/2021-04/slowing-the-hypersonic-arms-race.pdf

ADAIR HAMES

Pode-se interpretar o texto desta forma, mas a relevância maior é entregar uma (ou mais) ogiva nuclear em uma plataforma hipersônica á mach-7 ou mais.

Last edited 10 meses atrás by ADAIR HAMES
Bosco

A dupla China/Rússia ficou tanto tempo comendo poeira dos EUA na grande maioria dos sistemas de armas relevantes que quando têm oportunidade a fanboyzada delira e insiste em colocar o sistema de armas que finalmente conseguiram uma dianteira como sendo “armas absolutas” (capazes de fazer quem as detém derrotar qualquer inimigo). É o caso agora dos chamados “mísseis hipersônicos ” que são os novos queridinhos da turma desvairada.
*A única arma absoluta até hoje (salvo as legiões romanas) foi a “bomba” atômica da qual os americanos foram os únicos a possuírem por “longos” 4 anos.

Last edited 10 meses atrás by joseboscojr
Bosco

Alguns sistemas de armas altamente relevantes que os americanos detiveram o monopólio tecnolofico por algum período de tempo e nem por isso o mundo veio abaixo :
Bomba atomica;
Bomba termonuclear,
ICBM de combustível sólido,
SLBM,
SSBN,
SSN,
MIRV,
MaRV,
MRV,

Sistena de navegação por satélite,
Missil Cruise,
Defesa antibalistico com interceptadores exoatmosfericos,
Tecnologia stealth,
Super porta aviões,
Drones de ataque…

Alexandre

Caro bosco , o simples fato de um sistema de um oponente ser classificado como desestabilizador ja da a dimensão da importância que se deve dar aos mísseis hipersonicos. Indiferente da efetividade de tais sistemas eles, até segunda ordem, já estabelecem um certo grau de dissuasão. Assim como outras tecnologias, a hipersonica sera desenvolvida e explorada pelas principais potenciais e nesse momento atual a Rússia e a China estão na vanguarda operacional de tal tecnologia. Dar uma resposta efetiva a essa realidade esta ou deveria estar na pauta do dia para os estadunidenses. Sabendo que a resposta não se resume… Read more »

Bosco

Alexandre, Minha leitura da fala do porta-voz do Pentágono está explicitada no meu primeiro comentário e aparentemente diverge da sua. Quanto a armas hipersônicas serem consideradas “desestabilizadoras” no presente momento, eu devo discordar pelos seguintes motivos: 1- em estando em operação o mais provável é que sejam ainda em quantidade diminuta e insuficiente para ser realmente relevante; 2- como os dois países que as “possuem” são ditaduras , onde não há liberdade de expressão , liberdade de imprensa ou oposição política real, dependemos de fontes oficiais estatais para nos balizarmos acerca do desenvolvimento , da qualidade e da quantidade das… Read more »

Antoniokings

‘As capacidades tecnológicas chinesas estão crescendo tão rapidamente quanto seu poder econômico. Os soviéticos nunca foram capazes de igualar, muito menos superar, a superioridade tecnológica da América. O mesmo pode não ser verdade para a China.’

https://www.cnas.org/publications/reports/beating-the-americans-at-their-own-game?

Não creio que americanos vão querer enfrentar um País que tem a maior economia, maior capacidade industrial, maior população e maior avanço científico dos últimos anos e que dentro em breve, será a maior potência militar.

Bosco

Lá vem você com seus “artigos” pinçados na internet.
Nem vou me dar ao trabalho de abri-lo porque não é relativo ao tema em tela. Não fuja do assunto…
O tema aqui é a fala do porta-voz do Pentágono e no bojo, o quão essencial são (hoje e num futuro previsível) as armas ditas hipersônicas no contexto de um conflito global entre os players EUA, China e Rússia.

Bosco

“Não creio que americanos vão querer enfrentar um País que tem a maior economia, maior capacidade industrial, maior população e maior avanço científico dos últimos anos e que dentro em breve, será a maior potência militar.” Parece que foi isso que a China fez no passado em relação aos EUA. Por que seria diferente em relação aos EUA com a China. Sem falar que pode não ser uma questão de “querer” e sim de se ver obrigado, tendo em vista os comunistas terem intenções intervencionistas em todos os cantos do globo. *E olha que eu não sou fã do caquético… Read more »

Bosco

Alexandre,
A coisa toda é fácil de ser resolvida por um simples exercício de imaginação. Suponha que apenas os EUA tenham desenvolvido e operacionalizem mísseis hipersônicos. Vc acha que isso decretaria a derrota automática da China e da Rússia?
Pois é!
Um abraço!

Antoniokings

Quem vive de passado é curador de museu.
Os inimigos do EUA avançaram e ultrapassaram os americanos em diversas áreas.
Tanto de atuação militar quanto civil.
Vc ficar se debatendo, estrebuchando, não vai mudar essa realidade.

Bosco

Tirando esse avanço pontual em relação a HGVs em que ponto você considera que os “inimigos” dos EUA estão mais avançados que este?

Burgos

Fanboyzada ?!
Vc tá sendo modesto!!!
São tudo um bando de “disco arranhado”.
Insistem sempre na mesma narrativa, e aqui é um espaço para ser falado de assuntos de cunho tecnológico/militar e colocam a política acima de tudo e todos !!!?‍♂️
Bem vc falou em outro post seu sobre um problema sério que os Brasileiros estão sofrendo (déficit cognitivo).
Eu até postei sobre isso uma vez em outro post.
Ver Festinger ?
Abs.
O MK postou também outra bem interessante!!!
“Depois que deram facilidade de acesso à internet , também deram voz aos que não sabem de nada”.

Slow

Pelo jeito que você fala dos EUA , me parece que você é o FanboyZinho deles …

Bosco

Cite a parte de meu comentário sobre os EUA que te passou essa impressão para que eu posso refutá-la ou comprová-la.

Alex Prado

Acho estranho o governo americano expor seu repúdio aos exercícios ou testes de armamentos de outros países, eles fazem testes secretos ou semelhantes e o mundo deve aplaudir, o repúdio deles é que os russos vendem armamentos táticos pra quem tiver grana.

Last edited 10 meses atrás by Alex Prado
Matheus S
Miguel

Impressionamte como em 21 anos Wladimir Putin colocou a Rússia de pé!

- Publicidade -
Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

‘Top Gun: Maverick’ impulsionará o recrutamento da Marinha dos EUA? A história diz que provavelmente não

Por Heather Mongilio “Top Gun: Maverick” é uma carta de amor à aviação naval americana e acontece quando a Marinha...
- Advertisement -