Mídias sociais russas relatam que uma corveta russa da classe Karakurt (Projeto 22800), a ‘Cyclone’, foi atingida por dois mísseis ATACMS na noite passada. Como resultado, o navio foi afundado. Seis marinheiros russos foram mortos e mais 11 feridos.

Canais ucranianos noticiaram esta manhã que o caça-minas “Kovrovets” foi afundado, mas é provável que exista uma confusão em relação ao ataque ao navio da classe Karakurt.

Caso a perda se confirme, será a primeira vez na história em que mísseis ATACMS afundam um navio, sendo que esta não é a função deles. Outro dado que este ataque poderia revelar é a grande precisão do ATACMS, sendo que o CEP do míssil é menor do que o informado em dados não confidenciais.

Ainda não foram divulgadas imagens do evento.

Subscribe
Notify of
guest

46 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner Hundertmarch Schere

Quantos navios a Rússia já perdeu nesse conflito? E me corrijam, foram navios relativamente novos ou ultrapassados?

Rodrigo G C Frizoni

Acho que perderam quase 40% da frota do mar negro

Felipe

A maioria foi navios de desembarque anfíbio e lanchas patrulha. De grande, só o Moskva. E a maioria foi danificada e não afundaram, serão reparados.

Orivaldo
Hcosta

como no comando naval bastaria colocar algumas telhas e uma pintura nova…
Certamente que o submarino dá para reparar do mesmo modo, tal como as corvetas…

Henrique

” De grande, só o Moskva. E a maioria foi danificada e não afundaram, serão reparados.”

kkkk tem navio que foi varrido da existência, mas ele vai ser reparado sim, confia

Henrique

aqui tem a lista completa segundo os pessoal da OSINT 

comment image

todos eles perdidos em uma guerra terrestre pro pais sem marinhakkkk

Last edited 28 dias atrás by Henrique
Fabio

A Otan e os EUA não tem marinha? A Ucrânia por si só não tem recurso nem pra barrar uma lancha, quanto mais neutralizar um navio. Foi tudo comando de inteligência Americana, drones, misseis, satélites OTAN.

Tem pessoal que prefere “romantizar” a guerra destorcendo a realidade, se sentem melhor assim, fazer o quê.

Last edited 27 dias atrás by Fabio
BraZil

Caras. Só uma das frotas Russas é maior que toda a nossa Marinha de águas azuis. Aliás, o que resta de uma das frotas Russas é maior que toda a nossa marinha de águas azuis. impressionante

ElBryan

Esse conflito tem mostrado que a marinha Russa é a força mais vulnerável daquele país, vão ter que mudar muita coisa se ainda quiserem ter uma marinha digna de uma potência bélica.

redfox

Nao e que seja vulnerável, e que o ataque de saturação permite estas brechas, o que precise mover esta base dela.

por outro lado o que resta na Ucrânia??? tao ai de pinico pedindo mais e mais , nem air defense tem .Patriota unit nem a Polônia que da.

uma fragata dois MIG ali. nao muda o curso da guerra.

quantos equipamentos EUA perdeu na guerra do Vietnam? e nem por isso deixo de ser uma potencia.

soldado imperial

Esqueceu que o fato que os EUA tem a a maior economia do mundo, a economia da Russia é menor que a da Italia, macarronada ganhando de vodka…. kkkk A Russia caminha largos passos pra ser uma mera potência regional, um Irâ com armas atômicas

Felipe

Da para perceber mesmo, a Rússia produz equipamento militar na mesma velocidade que Brasil e Itália, pois a economia é igual…. cada uma.

PACRF

A Rússia é apenas uma economia baseada no comércio de commodities e no extrativismo. Só a sua indústria bélica não é suficiente para torna-la uma referência em termos econômicos. Sobram as bombas atômicas, que é a única “moeda” que a Rússia tem para conseguir algum protagonismo na geopolítica mundial.

Santamariense

A indústria russa se baseia muito em materiais bélicos, com bons mercados na África e Ásia, mas de resto, sua indústria é limitada. Quais bens de consumo a rússia produz? Tu vê ou conhece marcas russas de eletrodomésticos, eletrônicos, celulares, televisores, automóveis, motocicletas , etc? Fiat, Ferrari, Lamborghini, Maserati, alfa Romeo, Pirelli, Leonardo, Fincantieri, Iveco, Gucci, Armani, Fila, Versace, Ducati, MV Agusta, Aprilia, Benelli, … essas são algumas das marcas italianas conhecidas mundialmente e que injetam centenas de bilhões de dólares na economia italiana, todos os anos.

Santamariense

Tu é brasileiro? Teu tradutor tá falhando em algumas palavras.

Hcosta

A incapacidade de neutralizar o inimigo e de bloquear as linhas de apoio/logísticas terá como consequência estes ataques, quase a conta gotas, mas eficazes e cada vez mais frequentes.
A melhor defesa é o ataque mas a Rússia não tem uma estratégia para ganhar esta guerra. Limitam-se a fazer ataques limitados e com objetivos mais relacionados com a auto promoção dos generais.
Por isso muitos ficam excitados pela Rússia avançar alguns metros mas não percebem que estão mais perto da derrota.

Marcos Silva

“Por isso muitos ficam excitados pela Rússia avançar alguns metros mas não percebem que estão mais perto da derrota.”
Perceberam faz tempo. Mas não querem assumir.

JHF

O foco da maior parte da estrutura bélica OTAN está comprometida a neutralizar a Marina Russa do Mar Negro. Defender a Ukrania é totalmente secundário. Os melhores golpes, as melhores ações coordenadas e de saturação apontam sempre para este objetivo. Estão preparando o terreno para o próximo passo. A Ukrania está sendo sacrificada demográfica e economicamente enquanto a OTAN retira o poder da Marina russa do mar Negro. Acredito seja está a estratégia.

Hcosta

Quando tem essa frota num mar quase fechado e o único ponto de passagem para o mar alto é entre vários países da OTAN, a sua capacidade de ação é muito limitada, não representando grande perigo para a OTAN.

E lembro que são ataques em alvos parados. Se a OTAN fornecesse dados em tempo real o estrago seria muito maior. Mas não é esse o objetivo.

ChinEs

O forte da Rússia nunca foi a Marinha, sempre foi o Exercito , até o Japão já derrotou a Frota Russa, mas o Exercito Russo nunca foi derrotado numa Guerra, tirando o Afeganistão e a TChechenia … O Forte dos EUA + Inglaterra sempre foi a sua Marinha, a Marinha dos EUA nunca foi derrotada… A China esta tentando ter uma Marinha forte e expansionista igual a dos EUA, mas não têm experiência de batalha… Os Russos no Mar vão ser dizimados pelos EUA/Ucrania , isso é inevitavel.

Felipe

Claro, esqueceu dos submarinos?

Henrique Pawlak

E o que mudou em termos estratégicos para a Ucrânia? Absolutamente nada! Continuam perdendo a guerra, na minha visão é um desperdício de munição “estratégica” como o ATACMS, poderia ser melhor usadas ao inves de “afundar” navios. Alvos mais copensadores como bases aéreas, depósitos de munições, comando e controle, radares, concetração de tropas, infraestrutura estratégica, depósito de combustível etc… Surtiria o mesmo efeito propagandístico, porém efetivamente na linha da frente veriam-se resultados. Mas a Ucrânia nessa já era…

Rafael Aires

Concordo. A propaganda é a arma do negócio. Tem que fazer propaganda para quem está pagando a conta. Perder equipamento militar em uma guerra não é difícil.

Felipe

Pois é, a midia ocidental divulga o que interessa. Não contam que para cada Atacms que atinge seu alvo, outros 12 ou 13 são abatidos. Naquele ataque a base aérea que dizem ter destruido 2 MiG-31, mais de 100 drones ucranianos e 10 atacms foram abatidos, mais uma meia dúzia de drones navais neutralizados. Põe na balança se foi tão efetivo para a Otan/Ucrânia.

Hcosta

mesmo que fosse somente esse danos que referiu (não foi, ainda tem mais caças, depósitos de combustível, baterias AA, pessoal,, etc…) mais os mísseis usados para a defesa, a conta é muito favorável à Ucrânia. Só os MIG são 100 milhões.

Mas, de repente, parece que abaterem drones com mísseis, dezenas de vezes mais caros, só é um problema para a Ucrânia…

Moriah

Se confirmado, mais um para a conta da Ucrânia nesse conflito, onde a Marinha Russa é quem leva a pior.

Fabio

Mais um para a conta da Otan, a Ucrania não produz ATACMS, e nem possui dinheiro pra comprar.

Last edited 28 dias atrás by Fabio
Rodrigo G C Frizoni

E as munições e misseis balisticos norte coreanos, drones iranianos e carros de golf chineses ? kk

Fabio

Comprados com dinheiro russo. Acorde não existe mais “Guerra da Ucrania”, é uma guerra dos EUA vs Rússia “na Ucrania”.

Alecs

Pelo seu raciocínio a Rússia devia atacar a OTAN então! Né? Ahhhh! Mas Putin não tem coragem. Vai ficar só na bravata mesmo. Igual aos torcedores.

Alecs

Pois é… Pelo seu raciocínio a Rússia devia atacar a OTAN então! Né?

Fabio

Está na lista deles, está dormindo heim amigo, a OTAN já está na guerra a meses.

Last edited 28 dias atrás by Fabio
Santamariense

Ah, é? Quantos soldados, aviões, navios e MBT’s das forças armadas dos países da OTAN estão na Ucrânia?

Fabio

Essa guerra está deixando claro que ativos de alto valor (tanques, navios) podem ser neutralizados com uma fração de seu valor com saturação de drones e misseis, tecnologias que qualquer país pode produzir em escala. Novos tempos.

Last edited 28 dias atrás by Fabio
Leonardo

Quem fala que a Rússia está ganhando essa guerra está realmente afastado da realidade. Rússia era considerada uma potência, prometeu tomar Kiev em poucos dias e está a mais de 2 anos nessa batalha. Uma “potência” que fazia frente aos EUA não conseguir tomar a Ucrânia em um ataque surpresa é uma vergonha. Rússia só mostrou que sempre foi pura propaganda, seus equipamentos possuem tecnologias da década de 80 e 90 (milênio passado). Eles não entraram no século XXI e pelo visto não entrarão. Seus aviões são antigos, seus navios são antigos (em tecnologias). Únicas coisas que ainda acredito serem… Read more »

Felipe

A retórica também é verdadeira, veja o que tem de equipamento ocidental que passou vergonha na Ucrânia (tanque Abrams então…) aliás, tem um país que está ganhando território todo dia…dica, não é a Otan/Ucrânia.

Santamariense

“(tanque Abrams então…)”

Quantos foram destruídos??

Miguel Carvalho

A fragata é o pantsir naval que derrubou os misseis.

Santamariense

Não entendi.

Rodrigo G C Frizoni

Desse jeito a russia vai ter que comprar barcos de pesca da china, igual tiveram que comprar carros de golf chineses pra fazer ataque a trincheiras ja que estão perdendo blindados a rodo kk

BraZil

Só complementando os bons comentários de vários colegas, A frota Russa está presa em uma armadilha, graças a dois fatores principais; Em primeiro lugar o Mar negro é um grande aquário e as instalações portuárias Russas, a despeito de seu gigantismo, carecem de modernas defesas de ponto (localizadas), em número suficiente; em segundo lugar, esta guerra está quebrando paradigmas, com novas ameaças sendo postas em operação. no caso específico, drones navais com tecnologia stealth e mísseis de precisão, ambos atacando, com guiagem de última geração os “peixes” presos no aquário. A frota tende a permanecer atracada, pois até a doutrina… Read more »

Felipe

Que legal a notícia, só falta confirmar se é verdade…(are agora nada)

NBS

Alô, alô marciano, aqui quem fala é da Terra. Pra variar, estamos em guerra.’ A geração que atualmente comanda as nações não esteve na Segunda Guerra Mundial, não sabe a dor e o sofrimento de uma guerra no sentido clássico, sem procuração, dentro de seu país. Elas acreditam em um cenário de ficção, e o pior, acreditam que podem vencer o inimigo. A história está repleta de feitos de líderes e generais da guerra, ciclos históricos se refazendo, mas com resultados diferentes. Os resultados de uma guerra aberta entre nações nucleares não têm vencedores. Os líderes partem do pressuposto de… Read more »

Guizmo

Teve F-35 pousando em Sao Pedro d’Aldeia após declarar emergência…..alguem aqui viu?

Rodrigo G C Frizoni

Sim, moro perto da base