Fiscais do IBAMA analisam pescado
O Navio-Patrulha “Grajaú”, subordinado ao Comando do 3º Distrito Naval, apreendeu, no final da tarde do dia 20 de fevereiro, durante a “Operação Amazônia Azul”, a embarcação “Alfa”, que estava pescando ilegalmente entre o Atol das Rocas e o Arquipélago de Fernando de Noronha, o que caracteriza crime ambiental.
Militares da Marinha, fiscais do IBAMA e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade estavam na Base Naval de Natal, no dia 21 de fevereiro, para os procedimentos administrativos cabíveis a cada Instituição. O navio pesqueiro, com cerca de 10 toneladas de pescado a bordo, também estava com equipamento de radio com problemas.
A Operação “Amazônia Azul”, realizada pela Marinha do Brasil (MB), sob a coordenação do Comando de Operações Navais, teve início nesta segunda-feira (17) e tem como propósitos principais intensificar a fiscalização do cumprimento de leis e regulamentos e reprimir ilícitos de toda ordem nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB), além de servir como preparação para a atuação da Força Naval na Copa do Mundo FIFA 2014.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Comando do 3º Distrito Naval.

Tags: ,

Estudante de Psicologia, colaborador em Natal-RN do Forças de Defesa.

4 Responses to “Marinha apreende embarcação com pescado durante “Operação Amazônia Azul”” Subscribe

  1. Marcos 23 de fevereiro de 2014 at 14:34 #

    Para resolver isso dai, por parte dos pescadores, é só se filiarem a algum partido político e fundarem alguma agremiação, do tipo “sem barco & sem pesca”, uma espécie de Sem Terra do mar. Dai, se aparece algum NaPOc da vida, é só aproar contra o navio de Marinha e filmar tudo. Logo, logo aparece os pseudo jornalistas a soldo que irão publicar: “Marinha do Brasil ataca barco pesqueiro de pessoas pobres que só querem trabalhar”.

    Depois disso podem pedir alguns barcos pesqueiros mais modernos, tudo doado pelo Governo Federal, e mais alguma indenização para não ´precisar ir para alto mar, afinal o mar anda muito agitado, sabe?!

  2. MO 23 de fevereiro de 2014 at 16:40 #

    apenas um adendo: sem contar que temos uma das frotas pesquereas mais tranqueras do mundo tbm …. e isso nao vai pra frente nem com reza braba …

  3. Carlos Alberto Soares 24 de fevereiro de 2014 at 4:01 #

    Marcos & MO

    A Maria do Rosário dos Direitos Umanos já tá na fita !

    Marujos reagem:

    “Nosso rancho as Sextas-Feiras tá garantido por uns tempos”.

    Ministério da Pesca entra no Jogo:

    “Cartões bolsa pesca começam ser distribuídos dia 30 de Fevereiro próximo afirma o Pastor Senador Crivela”, depois do dízimo é lógico.

    Tudo resorvido.

  4. MO 24 de fevereiro de 2014 at 19:14 #

    Olha Carlos em verdade não como falei nossa frota pesqueira eh uma tranqueira, acho que deveriamos ter algum navios especializado em trazer logo atuns coqueiro pescados ja enlatados, pois infelizmente somos muito fraquim nisso, eh tudo barco de pesca madeirao mesmo, nenhum navio de pesca moderno e bem equipado …

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Amazul e FDTE assinam acordo para participar do programa do submarino nuclear brasileiro

A Amazul – Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. e a FDTE – Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia […]

Revista Forças de Defesa número 11 em versão digital: para iPad, iPhone e Android

A revista Forças de Defesa também está disponível para download pelo aplicativo O Jornaleiro, disponível para iPad, iPhone e smartphones/tablets […]

Museu Aeroespacial incorpora helicóptero da Marinha ao acervo

Em solenidade, no mês de agosto, o Museu Aeroespacial incorporou ao acervo histórico a aeronave Sikorsky SH-3 Sea King, doado […]

Projetos em Segurança e Defesa Nacional são temas de chamada Pública

Trabalho pode se estender por até dois anos. Ideia é que investigações científicas sejam formadas por equipes interdisciplinares O ministro […]

Conheça a história e o futuro da Força de Submarinos da Marinha do Brasil

Nunca antes neste país publicaram uma série de matérias sobre o tema nesta profundidade! A Força de Submarinos da Marinha […]

Navantia começa quarta grande revisão do submarino espanhol Tramontana

Submarino é quarto e último da classe ‘Galerna’ (S 70), baseada na francesa ‘Agosta’, havendo ainda três em serviço na […]