ARA ‘San Luis’ em operações na Guerra das Malvinas, 1982 – mais informações

ara-san-luis-nas-malvinas

Sobre sua atuação durante a Guerra das Malvinas, lemos em seu Livro de Navegação que em 11 de abril zarpou da Base Naval de Mar Del Plata para a zona de operações e que:

  • Em 01 de maio, “às 08h01 é ordenado o guarnecer postos de combate…às 09h40 o navio inicia um ataque contra o inimigo. Às 10h15 se lançou um torpedo SST-4…”. O ataque falhou e no quarto das 12 às 16h se encontra: “o navio em combate. Em contato com o inimigo. Em manobra de evasão sob o comando do Sr. Comandante…”
  • Em 02 de maio, “às 00h15 se tomou contato com o inimigo, dois alvos tipo contratorpedeiro nas proximidades e um som classificado como de um helicóptero…às 01h30 se rompe o contato com os contratorpedeiros…”
  • Em 8 de maio, “às 20h39 se guarnecem postos de combate. às 21h42 são lançados torpedos Mk-37, que resultaram em explosão às 21h58…”.
  • Em 11 de maio, “o navio estava em combate, navegando sob o comando do Sr. Comandante em manobra de ataque sobre dois alvos. às 01h40 se lançou um torpedo SST-4. Às 01h46 se escuta uma forte explosão. O torpedo não produziu impacto… às 02h20 ambos os contatos se afastam…”.
  • Em 19 de maio de 1982 entrou na Base Naval de Puerto Belgrano depois de 39 dias de patrulha e 864 horas de imersão (equivalente a 36 dias debaixo dágua).

Voltava depois de enfrentar uma das melhores forças anti-submarino da época. A glória lhe faltou por falhas alheias ao profissionalismo e coragem de sua tripulação.

FONTE: Buques de La Armada Argentina 1970-1996, Sus Comandos y Operaciones – Contra-Almirante (R) Horacio Rodríguez, Págs 150-151.

NOTA do BLOG: Foi o sétimo navio a ostentar esse nome na Armada Argentina. O nome do Comandante completo era Capitan de Fragata Dom Fernando Dario Azcueta de 21 de dezembro de 1981 até 15 de dezembro de 1982. (J. Silva)

SAIBA MAIS:

Fornecedores nacionais do Prosub

Scorpène - Tunku Abdul Rahman

Respondendo à questão do leitor Oganza, segue anexa a lista de itens que a Marinha do Brasil pretende nacionalizar no […]

Mensagem do Comandante da Marinha insiste no Prosuper mas é discreta sobre meios navais

Esquadra A12

Roberto Lopes Autor do livro “As Garras do Cisne” Exclusivo para o Poder Naval Os 38 minutos da Mensagem de […]

Lançamento do livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’, no dia 19 de dezembro, em São Paulo

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]

Amazul assina contrato com a Mectron para projeto do IPMS do submarino de propulsão nuclear

Submarino com propulsão nuclear Álvaro Alberto

No mês de dezembro, a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. (Amazul) assinou um contrato com a Mectron para o […]

Compre sua revista Forças de Defesa 12ª edição

Forças de Defesa 12 - capa e miolo 2 - destaque

Saiu a Revista Forças de Defesa 12ª edição, com 120 páginas! a versão impressa está disponível para compra pela Internet e […]