Bofors 57mm Mk.2

bofors-57mm.jpg

Este canhão da Bofors é uma versão que utiliza um novo sistema servo. A Bofors projetou o canhão em 1981 e ele entrou em serviço nas corvetas da classe “Stockholm” em 1985. A arma é de duplo emprego, bastante precisa e ágil, até para engajar mísseis antinavio “sea-skimmer” (roça-ondas). Já foram fabricados mais de 50 reparos Mk.2.
A cadência de tiro é de 220 tiros/min, o alcance efetivo é de 8,5km e o alcance máximo é de 17km.
Seria uma arma adequada para equipar alguns dos futuros navios-patrulha da MB.
PS.: Sir Marcelo “Ostra”, poderia nos dizer que alvo é aquele lá na proa? ;-)

bofors-57mm-2.jpg

Lançamento do livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’, no dia 19 de dezembro, em São Paulo

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]

Amazul assina contrato com a Mectron para projeto do IPMS do submarino de propulsão nuclear

Submarino com propulsão nuclear Álvaro Alberto

No mês de dezembro, a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. (Amazul) assinou um contrato com a Mectron para o […]

Poder Naval visita navios da MB em Santos-SP, no Dia do Marinheiro

PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 2

Para comemorar o Dia do Marinheiro no sábado (13 de Dezembro), o Poder Naval visitou os navios que compõem a […]

Inaugurado o prédio principal do Estaleiro de Construção de Submarinos em Itaguaí

Inauguração prédio principal estaleiro submarinos - foto via Blog do Planalto

Nesta sexta-feira, 12 de dezembro, foi inaugurado pela presidente da República, Dilma Rousseff, o prédio principal do Estaleiro de Construção […]

Futura bateria de Pantsir da Marinha deverá proteger a nova base de submarinos

Pantsir S1 - imagem 2 KBP

A informação é de reportagem do G1. As outras duas baterias de Pantsir-S1, de três a serem compradas em contrato […]