terça-feira, dezembro 7, 2021

Saab Naval

Barroso coloca mais um oceano em sua folha de serviços, o Índico

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Como parte dos exercícios programados para a Operação Naval multinacional “ATLASUR-IX/2012”, que está sendo realizada ao longo da costa sul-africana, a Corveta “Barroso” alcançou no dia 1º de outubro as águas do Oceano Índico, ao navegar a leste do meridiano de 20o E, o qual passa pelo Cabo Agulhas, e que representa a linha limítrofe entre os Oceanos Atlântico e Índico.

Com este feito, a Corveta “Barroso”, apesar de seus poucos anos incorporada à Esquadra, teve a oportunidade de navegar nos três Oceanos. No Atlântico onde tradicionalmente opera; no Pacífico onde, em 2010, tomou parte da Comissão do Bicentenário da Independência do Chile, visitando portos daquele país; e a partir de agora também no Índico.

Tal expressiva marca alcançada por esse navio constitui-se em motivo de orgulho e entusiasmo para seu Comandante e tripulação, que diuturnamente dedicam-se a manter em alto patamar a prontidão operativa da mais moderna escolta da Esquadra brasileira.

FONTE / FOTO: Marinha do Brasil

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

10 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
marciomacedo

Parece que houve embarque de água do mar na popa da corveta, logo abaixo do hangar.

gferreira

Nunão – Pode ser que eu esteja errado… Mas não há meridiano maior que 180! Parece que dedo escorregou ali!!!

gferreira

Nunão – Conferi – no Cabo Agulhas o meridiano é 20 E.

daltonl

Também achei que o Nunão havia “escorregado” no dia, mas ao copiar e colar, apareceu o seguinte: “20o E”, ou seja de alguma forma o grau apareceu como um zero a mais, ao invés de 20º E.

joseboscojr

Gferreira,
Conheço o Nunão e se ele disse que é o meridiano 200 é porque tem, senão ele não diria.
Pode olhar “atrás” do seu globo que você vai achar.

Rsrssrsss…..

MO

Ih Bosco salvo meu engano de tregonometria o paralelo 200 fica no Acre … que por conseuencia sua localização eh meio que desconhecida …rsss

gferreira

Maldosos!!! Foi lapriso de datrilografia. Vou escrever aqui para ver sai. Só o Daltoni fez certo!

Copiando e colando, dá quase certo :

Como parte dos exercícios programados para a Operação Naval multinacional “ATLASUR-IX/2012”, que está sendo realizada ao longo da costa sul-africana, a Corveta “Barroso” alcançou no dia 1º de outubro as águas do Oceano Índico, ao navegar a leste do meridiano de 20o E, o qual passa pelo Cabo Agulhas, e que representa a linha limítrofe entre os Oceanos Atlântico e Índico.
Read more: http://www.naval.com.br/blog/2012/10/09/barroso-coloca-mais-um-oceano-em-sua-folha-de-servicos-o-indico/#ixzz292lYrsBb

Ivan

Nada disso ‘velhos’ amigos.

O problema é oftalmológico mesmo… ka ka ka.

Sabe como é, ‘vista cansada’, ‘PVC’, estas coisas.

A digitação do Nunão está correta. Está lá para quem conseguir enxergar, tem um ‘2’ (dois), um ‘0’ (zero) e depois um ‘o’ (letra minúscula o) representando o sinal de grau, que no declado poderia ser substituído pela digitação de Alt167 (º).

Se prestarmos atenção, a letra minúscula é mais ‘magrinha’ que o número.

Sds,
Ivan, o detalhista. 🙂

Ivan

Dalton,

Acredito que uma corveta, mesmo ‘parruda’ como a Barroso (quase uma fragata leve), não é o navio ideal para missões em outros oceânos.

Tem aí um bom componente de marketing nacional, levando a outras águas um produto ‘made in Brazil’.

Abç,
Ivan, a oldinfantryman.

daltonl

Bom Ivan…

a Barroso não deve ter ido muito além dos 20º E de qualquer maneira, nada como, se aventurar no Oceano Indico ,visitar paises daquele lado da Africa, mesmo no caso de “marketing”, até porque o “ATLASUR” nem prevê tal coisa, mas ainda assim, melhor que uma Inhauma.

abraços

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

FILME: The Final Countdown – Nimitz volta ao inferno

Muito antes de 'Top Gun', o F-14 Tomcat já fazia sucesso no cinema The Final Countdown (no Brasil, Nimitz volta ao...
- Advertisement -