Home História Há 60 anos era lançado ao mar o primeiro submarino com propulsão...

Há 60 anos era lançado ao mar o primeiro submarino com propulsão nuclear, o USS ‘Nautilus’

1843
13

USS NAUTILUS

Coube aos Estados Unidos da América a primazia do projeto e desenvolvimento do primeiro submarino com propulsão nuclear do mundo. O USS Nautilus foi lançado ao mar em 21 de janeiro de 1954, menos de nove anos após o término da II Guerra Mundial. Com o surgimento do Nautilus, os submarinos deixaram de ser apenas submersíveis, para tornar-se submarinos verdadeiros, com propulsão totalmente independente da atmosfera e autonomia limitada apenas pela resistência da tripulação. Tal capacidade revolucionou a guerra naval.

Quatro anos depois foi a vez da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) lançar ao mar o K-3 Leninskiy Komsomol (classe November/Project 627). Mesmo os britânicos, que suspenderam os trabalhos com propulsão nuclear entre 1952 e 1955, lançaram o HMS Dreadnought em 1959, depois de 13 anos no início dos estudos (e com ajuda americana).

O segundo momento histórico ocorreu na década de 1960, quando duas potências nucleares em ascensão (França e China) entraram para o “clube dos submarinos nucleares”. Na época os franceses buscavam maior independência em relação à OTAN e os chineses procuravam o seu próprio espaço entre as duas superpotências. Estes dois países gastaram perto de 15 anos de pesquisas até que os primeiros submarinos nucleares fossem lançados ao mar. A construção da primeira unidade nuclear da França, o Le Redoutable, foi autorizada em 1963, entrando em operação em 1971. A China continental também realizou os seus estudos ao longo da década de 1960, lançando o Han (Tipo 091) ao mar em 1974.

Atualmente vivemos o terceiro momento, onde Índia e Brasil, antigos países do Terceiro Mundo (atualmente classificados como países em desenvolvimento), lutam para desenvolver seus próprios submarinos nucleares.

LEIA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael M. F.
Rafael M. F.
6 anos atrás

“Underway on nuclear power” Faltou somente mencionar o maior feito do USS Nautilus: A primeira travessia submarina do Polo Norte. A “Operação Sunshine teve início em 25 de abril de 1958, e em 3 de agosto de 1958, às 23:15 (hora EDT – 18:15 Zulu), o Nautilus emerge no Polo Norte Geográfico. O mais impressionante desse feito é que as águas do Círculo Polar Ártico não eram mapeadas, e a navegação foi toda feita com o auxílio do sonar. E os Americanos já tinham a primazia naquela região. Em 1909, o Capitão Robert E. Peary alcançou o Polo Norte a… Read more »

daltonl
daltonl
6 anos atrás

Legal Rafael ! complementando…o livro 20.000 léguas submarinas, há uma cópia antiga colocada dentro de uma caixa de vidro afixada em uma parede dentro do Nautilus, aliás, vale a visita, pessoalmente não conseguia sair dentro dele, tal a fascinação que tenho por ele desde criança e só foi quando um bando de crianças barulhentas entrou que caí fora…depois de 2 horas que passei sózinho. Quando descobri como era a aparencia do verdadeiro nautilus de Verne, fiquei decepcionado, pois conhecia apenas a versão da Disney, muito mais simpatica e nos tempos das “vacas gordas” comprei um modelo na escala 1:72 de… Read more »

CVN76
6 anos atrás

Com certeza é uma visita que vale a pena….além de bem perto ter uma lojinha que vende coisas bem interessantes.

Interessante que quando estive lá; um “Los Angeles” passou bem pertinho…….

Rafael M. F.
Rafael M. F.
6 anos atrás

Ah, e mais: a USN alcançou o Polo Norte 2 vezes: em 1909 (Peary era Capitão da USN); e em 1958, com o Nautilus.

Oganza
Oganza
6 anos atrás

Maravilhoso Rafael.

Meu único pesar é que mesmo no auge do “esquentamento” da Guerra Fria, o programa que deu origem ao Nautilus foi de uma transparência totalmente atípica, com o Almirante Hyman Rickover indo “dar explicações” do que seria aquela tal propulsão nuclear na televisão e nos noticiários do cinema.

Aqui não temos NADA e tirando algumas fofocas que alguns afortunados me contam (mas ainda sim são fofocas/boatos), não há como não ficar temerosamente pessimista.

Sds.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

Caros Rafael, daltoni, CVN76 e Oganza

Show de bola, ops …. de Nau.

Temos que respeitar e admirar a História, os americanos contribuem para fazê-la.

Rafael, uma saudação especial.

bitt
6 anos atrás

De fato, fala-se mto no espírito visionário de Jules Verne. Mas o interessante, por outro lado, é que ele não falou de nada que fosse perfeitamente possível pela tecnologia da época. Já existiam submarinos projetados em em meados do século 19, e o primeiro foi construido nessa época, na França. Não lembro o nome, mas era um modelo experimental, que seguia mais ou mns os princípios do USS Holland, que foi lançado em 1881 (acho eu – o Daltoni certamente poderá falar melhor sobre isso). Pouco depois foi lançado um outro modelo experimental, espanhol (este tenho certeza que foi em… Read more »

bitt
6 anos atrás

Desculpem , deveria ser assim… “De fato, fala-se mto no espírito visionário de Jules Verne. Mas o interessante, por outro lado, é que ele não falou de nada que NÃO fosse perfeitamente possível pela tecnologia da época.” Acontece… O Nautilus parece um “super Guppy II”, com deslocamento de 4000 toneladas. De fato, o desenho do casco segue a “moda” da época, ainda tributários do Typ XXI alemão. Parece que a nave bateu um monte de recordes – já no primeiro cruzeiro, alcançou uma velocidade, submerso, de 25 nós, deixando mto para trás seus avós da classe Tang, no qual era… Read more »

Rafael M. F.
Rafael M. F.
6 anos atrás

bitt 24 de janeiro de 2014 at 9:28 De acordo, com apenas algumas observações: 1 – O USS Holland foi completado em 1897 e comissionado em 1900. Mas, de fato, em 1881 John Holland construiu para os irlandeses um submarino chamado “Feniam Ram” (que usaria um motor do tipo Brayton) e esse seria a base do USS Holland; 2 – Durante a Guerra Civil, foram construídos pelos confederados diversos tipos experimentais de submarinos, com vistas a romper o bloqueio naval da União, sendo o CSS Hunley o mais famoso; 3 – O submarino françês que mencionou é o Le Plongeur.… Read more »

Marcos
Marcos
6 anos atrás

Nautilus foi descomissionado em 1980!

daltonl
daltonl
6 anos atrás

Rafael…

estou sem tempo agora, mas os nomes ao menos consegui para uma busca maior

Luiz Jacinto Gomes e Luiz de Mello Marques fizeram experimentos com protótipos no início do séc XX e mais ou menos no mesmo periodo o eng naval Emilio Julio Hess
preparou estudos teóricos.

Encontrei em uma revista Tecnologia E Defesa de 1984
que curiosamente estava em cima da pilha 🙂

bitt
6 anos atrás

Rafael MF Obrigado pelas correções – sou realmente ruim de datas e não me dou ao trabalho de verifica-las. O submarino de que vc está falando fez um “mergulho” na piscina da Escola Naval – era um modelo em escala e funcionava com um mecanismo de relógio. Todos os que testemunharam o evento são unânimes em dizer q a geringonça funcionou bem, mas não existem registros fotográficos. Aquilo q vc viu no ECMB é o original – acredite ou não. Os submarinos da Guerra Civil N.Americana eram, de fato, semisubmersíveis. Eu diria que o H.L. Hunley seria mais uma espécie… Read more »

bitt
6 anos atrás

Daltoni, sempre o Daltoni.

Exatamente isso – o submarino é referenciado no arquivo do Museu Naval como “submarino Mello Marques”. Embora alguns historiadores da técnica debochem do aparelho, dizendo que era um “brinquedo de corda”, deve ter sido uma verdadeira epopeia reproduzir aqui os princípios de física e engenharia envolvidos no projeto – o que mostra, desde sempre, a qualidade de nossos oficiais de Marinha.

Grandes saudações.