Home Sistemas de Armas Saudades do submarino ‘Outubro Vermelho’?

Saudades do submarino ‘Outubro Vermelho’?

1670
22

Submarino de mísseis balísticos RFS Dmitry Donskoy (TK-208), da Marinha Russa, da classe Akula (Typhoon na OTAN). O submarino aparece deixando Severodvinsk no dia 6 de junho.

Essa classe de submarinos ficou famosa pelo filme “Caçada ao Outubro Vermelho”, no qual um submarino Typhoon modificado foge para os EUA nos últimos anos da Guerra Fria.

VEJA TAMBÉM:

22 COMMENTS

  1. Não vejam o filme que é uma lástima…, leiam o livro homônimo de Tom Clancy que é muito melhor e mais denso, não só na descrição e variedade dos personagens, como na retratação de diversas batalhas e escaramuças nem sequer mencionadas no filme…

  2. É possivel ver ao fundo a vela dos outros 2 Typhoons remanescentes
    que encontram-se há mais de 5 anos na reserva, um eufemismo para
    enferrujando no pier.

    De qualquer forma não deixam de impressionar pelo tamanho e quem sabe os russos não mantenham um como museu, um tributo aos maiores submarinos já construidos.

    Quanto ao filme, não diria ser uma lástima, muito pelo contrário, manteve minha atenção o tempo todo até porque não fazem muitos filmes abordando o tema submarinos e Connery esteve ótimo!

  3. Continuando o off topic, com a devida licença dos editores:

    Bem, ainda sugiro a todos, os que não leram, que leiam o livro homônimo, vão por mim…, é muuuuuito superior…, rsrsrsrs, daí por que achei o filme uma “lástima”, não representou nem 1/10 da estória (não é com “h”), se não teria que virar série de televisão, com uns 10 capítulos…, aí sim…, agora, Sean Connery dispensa comentários, na verdade é ele quem segura o Outubro Vermelho do filme…

    Mas filmes de submarinos a meu ver melhores que esse: “A Raposa do Mar” – clássico; “U 371” – ficção bem inteligente igualmente ambientada na IIGM; e o meu preferido: “K19” (também um submarino russo, baseado em fatos reais de um vazamento nuclear durante seu cruzeiro de “apresentação”, em meio aos anos 1960, curva ascendente da guerra fria, e com poderosas representações de Harrison Ford e Liam Neeson, respectivamente comandante e imediato)…

    Fim do off topic, desculpe-me senhores editores…

  4. Bem lembrado o” K-19″ Ozawa…e também o “Maré Vermelha” com Denzel Washington e Gene Hackman que também considero superiores ao “Caçada ao outubro vermelho”.

  5. Caro Osawa:

    Não é que o filme seja ruim, mas expõe as limitações do cinema: é muito difícil transpor para a tela todos os detalhes de obras elaboradas como as de Tom Clancy.

    Mas o filme valeu a pena ao expor o conceito de movimentação magneto-hidrodinâmica ou Magneto-hidrodinâmica. Para quem não viu ou não leu, o submarino do filme/livro tinha um sistema de propulsão eletromagnético que o tornava virtualmente indetectável pelo sonar.

    Este sistema existe, mas pelo que eu sei nunca saiu da fase de testes. O Japão construiu um barco, o Yamato 1, que usava este sistema de propulsão.

    Alguém aí sabe mais sobre isto?

    Sobre o submarino, é mesmo impressionante o seu tamanho: pode pesar 48.000 toneladas.

    É mais pesado que o NAe São Paulo.

  6. Grande Observador ! Agora você levou o assunto à profundidades abissais ! rsrsrsrs

    Desconhecia que aquele sistema propulsor fosse construído, mesmo em fase de testes, e pelos japoneses ?! Acaso era uma variante daqueles submarinos-porta-aviões da classe I400 que foram capturados pelos americanos ao fim da guerra ? Ou é um projeto mais moderno ?

    Por favor, fale mais a respeito.

  7. Caro Osawa:

    Primeiro tenho que corrigir a minha redação acima: é Magneto-hidrodinâmica OU Hidromagnetismo.

    Pelo (pouco) que sei funciona assim: você pode criar um campo magnético que induz um líquido condutor (no caso, água do mar) a criar um campo magnético próprio e o líquido movimenta-se acompanhando o fluxo do campo magnético.

    Assim o “motor” não tem peças móveis e é muito silencioso.

    No filme eles falavam em “motor de lagarta”, o que eu imagino ser um conjunto de vários eletroimãs muito poderosos, colocados em fileira.

    Sobre o Yamato 1 achei isto na internet:

    “Yamato 1, é um barco construído nos 1990s adiantados pelo conglomerado japonês “O grupo de Mitsubishi“através de sua companhia subsidiária Mitsubishi Heavy Industries, Ltd em Wadasaki-cho Hyogo-ku, Kobe. Usa a movimentação magneto-hidrodinâmica, dirigido por a helium líquido- de refrigeração superconductor, e pode viajar em 15 km/h (8 nós).

    Yamato 1 era o primeiro protótipo trabalhar de seu tipo. Foi terminado dentro Japão em 1991, pela fundação do navio & do oceano (sabida mais tarde como a fundação da pesquisa da política do oceano). O navio era primeiro propelido com sucesso dentro Kobe porto em junho 1992. Yamato 1 é propelido por dois thrusters da magneto-hidrodinâmica que funcionam sem nenhumas peças moventes.

    A magneto-hidrodinâmica trabalha aplicando um campo magnético a um líquido eletricamente conduzindo. O líquido eletricamente conduzindo usado no thruster da magneto-hidrodinâmica do Yamato 1 é seawater.[1]

    No 1990s, Mitsubishi construiu diversos protótipos dos navios propelidos por um sistema da magneto-hidrodinâmica. Estes navios podiam somente alcançar velocidades de 15 km/h, apesar de umas projeções mais elevadas.”

    http://www.worldlingo.com/ma/enwiki/pt/Yamato_1

  8. Em tempo:

    É um projeto modermo, como acima mostrado. Não tem ligação com os I400 da SGM.

    Nem lembrava mais dos I400, os enormes (para época) submarinos japoneses, feitos para levar três aviões Aichi Seiran M6A.

    Este submarino japonês seria uma matéria interessante para o Poder Naval. Será que já foi feita?

  9. Todos os filmes acima citados são bons; mas para mim, o melhor é um filme alemão; “Das Boot”…..excelentes atores, enredo e música!!

    Eu acho que um filme deve ser visto na língua original; toda vêz que um filme é dublado; perde um pouco da qualidade….

  10. Todos os filmes acima citados são bons; mas para mim, o melhor é um filme alemão; “Das Boot”…..excelentes atores, enredo e música!!

    Eu acho que um filme deve ser visto na língua original; toda vêz que um filme é dublado; perde um pouco da qualidade….

  11. Um outro detalhe:

    Na minha opinião; o livro sempre é melhor do no filme….é praticamente impossível colocar toda a trama de um livro num filme com 2 ou 3 horas de duração…

    Além disso, no livro o leitor usa mais a imaginação….imagina como é por exemplo o rosto de uma tal pessoa, sons, cores e outros detalhes…

  12. Dalton, nunca li nada sobre ” pessimo estado de conservação” dos dois typhoons remanescentes, muito pelo contrario, eles aguentam até 2020. O problema é que são muito caros de operar… compensa mais construir um Borey novo do que opera-los.

    Esse submarino é uma maravilha, expressão suprema do estilo e poder soviético-russo. Russos adoram exagerar nas coisas…

    Quanto ao filme outubro vermelho, acho que foi o melhor de todos desde o das booat, apesar de ser uma história obviamente fictícia e IMPOSSIVEL de ocorrer na pratica.

    Mas os recursos sonoros, efeitos especiais… eu lembro que comecei a gostar da URSS-Russia graças a esse filme, um submarino misterioso e gigante, ultra-poderoso, de um país igualmente poderoso, gigante, e misterioso.

    O Tom Clancy é obviamente puxa saco das ” democracias ocidentais” ( uma contradição em termos, mas tudo bem…), mas foi um bom livro e um bom filme. Basicamente, apresentou a muitas pessoas a Guerra Fria, os submarinos, a URSS, tudo.

    É igual aquele ” Eram os deuses astronautas” , do Daniken, Não foi muito bem escrito, mas teve o merito de apresentar os maias e hindus ao mundo ocidental, que os ignorava ainda. E isso é uma coisa muito importante, para sair da mesmice histórica…

    Outubro Vermelho fez muita gente pensar, pensar em coisas novas, e esse é o mais importante. Mas ao contrario do que o Tom Clancy pensa, A verdadeira democracia NÃO É O LIXO NORTE-AMERICANO , NÃO TEM nada a ver com Washington. NÃO TEM NADA A VER COM O PRESIDENTE NORTE-AMERICANO.

    Democracia é a união de nossas diferenças para uma causa comum e harmoniosa. É através da força de nossas diferenças que conseguiremos um mundo melhor, ISSO É A DEMOCRACIA.

    E o Filme Outubro vermelho ajudou, pois trouxe um universo novo para muitos. Trouxe algo diferente.

    esses filminhos modernos, tipo aquele do ator do Highlander ( da serie) comandando aquele submarino norte-americano ( que coisa inédita….) combatendo os malvados norte coreanos é um exemplo da decadência de filmes de submarinos em Holywood. Depois do HRO, nunca mais fizeram algo que preste. Foi tudo medíocre…

    O Tom Clancy ainda fez aquela bela cena dos Tu 22-M3 detonando aquele Porta aviões norte-americano no ” A soma de todos os medos” , filme bem mais fraco, mas interessante… minha cena de filme de guerra favorita !! ah ah ah !!! ( pouco fanático, não ? 🙂 )

    Os Typhoons ainda protegem a Rússia, mas vão sair em 2020. Entretanto, deixaram seu legado na História…

  13. Wagner; uma pequena correção:

    Os Typhoons já deram baixa da marinha russa; somente o Dmitri Donskey é usado ainda para testar o novo míssel intercontinental deles.

    Os únicos SSBN`s em uso na Rússia; são 6 SSBN da classe Delta IV na frota do Norte e 4 SSBN da classe Delta III no Pacífico…

    De acordo com os planos atuais; os 4 primeiros SSBN da classe Yuri Dolgurik irão para o Pacífico e os 4 últimos irão para a frota do Norte…

  14. “Os Typhoons ainda protegem a Rússia, mas vão sair em 2020. Entretanto, deixaram seu legado na História…”

    Wagner…

    faz mais de 5 anos que aqueles 2 typhoons não navegam…não é tão simples assim coloca-los em serviço tipo ano que vem.

    Também eles estão desarmados já que o missil “Sturgeon” foi retirado de serviço.

    São os 6 Deltas IV e os 4 Deltas III estes ultimos a serem retirados de serviço a medida que os Boreis entrarem em serviço é que “protegem a Russia ”

    abs

  15. Li o livro a Caçada ao Outubro Vermelho, os livros em geral sempre são melhores que os filmes, mas achei o filme muito bem feito, desde a excelente atuação de Sean Connery, ainda tem a trilha sonora muito bem orquestrada com coral cantando em russo o que deu um ar ainda mais sinistro a trama.

    Mas falando em bons livros recomendo um neste mesmo estilo também um super submarino secreto da classe Typhoon chamado “Aurora”, extremamente silencioso com uma missão muito arriscada para tripulação, a história ocorre no fim da antiga União Soviética, em minha opinião é bem melhor do que A Caçada ao Outubro Vermelho.

    O titulo é: Aurora: Anjos do apocalipse – Autor: Fritz Utzeri

    Segue a Sinopse:

    Nosso objetivo é desaparecer durante dois anos e dez meses, testando todos os sistemas de detecção de submarinos instalados pelo inimigo. Além disso, vamos fazer um levantamento geológico de parte da placa continental da costa oeste da América do Norte, experimentando novos equipamentos e procedimentos. Se formos bem-sucedidos, e o seremos, mostraremos que o poderio de nossos submarinos é ilimitado e daremos um duro golpe na moral das forças dos países imperialistas.

    Afinal, este navio não se chama Aurora por acaso. Assim como seu irmão mais velho marcou o nascimento do socialismo em nosso país, o nosso marcará o início de uma era de supremacia soviética nos mares.
    A tripulação do Aurora cumpriu a risca a missão para o governo soviético, ignorando que o comunismo tinha acabado e que o crime organizado tomara conta do país. Depois de 33 meses embaixo d´agua, o submarino emergiu sem saber quem comandava o poderoso arsenal nuclear em seu poder. Uma ameaça à paz mundial e à humanidade, que estava prestes a testemunhar o último capítulo da Bíblia: o Apocalípse.

    Aurora: Anjos do apocalipse – Fritz Utzeri

  16. Valeu a dica Leonardo, vou comprar.

    Esse Fritz Utzieri…., eu lia uma coluna dele no JB qdo ainda se vendia em bancas. Gostava do estilo dele, então o livro já tá bem encaminhado.

  17. Ozawa ,

    Eu gostei muito deste livro, é daqueles Technotrliller que prendem do início ao fim, em nada deve as obras de Tom Clancy, espero que goste.

    Sds.

  18. o escritor tom clancy é especialista em armamenton com profundo conhecimento.
    e a urss nunca foi simbolo de democracia.

    a tecnologia empregada na urss quase sempre foi cópia atrazada por motivos ideológicos.
    os americanos tem seus defeitos, mas você nunca postaria um comentário desses naurss contra os urss e permaneceria livre.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here