Home Marinha do Brasil Nota à Imprensa 4 – Incêndio na Estação Antártica Comandante Ferraz

Nota à Imprensa 4 – Incêndio na Estação Antártica Comandante Ferraz

87
2

A respeito do incêndio ocorrido na Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF), a Marinha do Brasil (MB) presta as seguintes informações complementares:

Hoje (27), cerca das 1h10, 26 pesquisadores, o alpinista, o representante do Ministério do Meio Ambiente e os 12 funcionários do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, juntamente com o militar ferido, desembarcaram na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), onde foram recebidos pelos Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim, e Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto. Na escala realizada na cidade de Pelotas (RS), desembarcaram quatro pesquisadores, que foram transportados pela MB até Porto Alegre.

Dos 26 pesquisadores, os 16 não residentes no Rio de Janeiro foram hospedados em um hotel no Centro da cidade, de onde partiram em voos comerciais para seus locais de destino, contando com o apoio da MB.

O militar ferido, Primeiro-Sargento Luciano Gomes Medeiros, foi transferido para o Hospital Naval Marcílio Dias, onde permanece em tratamento e observação, com estado de saúde estável.

Ainda ontem (26), às 23h45, uma outra aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) partiu para a cidade de Punta Arenas, no Chile, e decolou para a Base chilena Eduardo Frei por volta das 12h do dia de hoje (27), para buscar os corpos dos militares falecidos no incêndio.

Também partiram para a Base chilena Eduardo Frei, na mesma aeronave da FAB, sete peritos da MB, encarregados de analisar a causa do incêndio na EACF.

Amanhã (28) será realizada a Cerimônia Militar de Homenagens Póstumas aos militares falecidos em decorrência de atos de bravura praticados por ocasião do incêndio ocorrido na Estação Antártica Comandante Ferraz. A cerimônia ocorrerá na Base Aérea do Galeão, às 9h, e será presidida pelo Vice-Presidente da República, Michel Temer, que chegará ao local às 8h30.

Na ocasião, serão prestadas as seguintes homenagens post-mortem:

  • promoção ao posto de Segundo-Tenente;
  • admissão na “Ordem do Mérito da Defesa”, no grau Cavaleiro, pela Presidente da República, Dilma Rousseff; e
  • concessão da “Medalha Naval de Serviços Distintos”, pelo Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto.

2 COMMENTS

  1. 13/02/2013 – MILITAR É ACUSADO DE HOMÍCIDIO CULPOSO E DANO A INSTALAÇÃO POR INCÊNDIO DE BASE NA ANTÁRTICA.

    Ele foi denunciado pelo Ministério Público Militar por ser responsável pela morte de duas pessoas.

    BRASÍLIA – O Superior Tribunal Militar (STM) divulgou nesta quarta-feira que foi recebida a denúncia contra militar acusado de ser responsável pela morte dos integrantes da missão brasileira na Antártica, em decorrência do incêndio na Estação Antártica Comandante Ferraz, em 25 de fevereiro de 2012. A denúncia feita pelo Ministério Público Militar (MPM) foi recebida pela primeira instância da Justiça Militar da União, e a instrução do caso começa no dia 28 deste mês. Os detalhes do processo – como o nome do acusado – não foram divulgados, já que o caso corre em segredo de justiça.

    Segundo a denúncia, o militar acusado seria responsável pela morte de outros militares, configurando em homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e dano a instalação militar.

    A pedido do MPM, o juiz determinou o arquivamento de denúncia contra outros dois militares, “por falta de indícios consistentes que apontassem o envolvimento dos dois”, conforme informou o STM.

    Está marcado para o dia 28 deste mês, às 14h, a qualificação e interrogatório do acusado e inquirição das seis testemunhas arroladas pelo MPM. A sessão não será pública, em razão do segredo de justiça decretado.

    Dois militares brasileiros morreram no incêndio, o suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e o primeiro-sargento Roberto Lopes dos Santos. O acidente ocorreu na Praça de Máquinas, onde ficam os geradores de energia. De acordo com o governo, 30 cientistas estavam na base, além de um alpinista e um representante do Ministério do Meio Ambiente.

    FONTE: O GLOBO – http://oglobo.globo.com/pais/militar-acusado-de-homicidio-culposo-dano-instalacao-por-incendio-de-base-na-antartica-7572137

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here