Os ‘bico fino’

d30

CT Pernambuco (classe “Fletcher”)

d35

CT Sergipe (classe “Allen M. Sumner”)

ct-marcilodias-g

CT Marcílio Dias (classe “Gearing”)

Os navios de guerra modernos estão cada vez mais sem graça, com a adoção do design “stealth”. Pelo menos essa é a opinião dos que conheceram de perto os classe “P” ou “Bico Fino”, como eram apelidados os clássicos contratorpedeiros das classes “Fletcher”, “Allen M. Sumner” e “Gearing”, que a Marinha do Brasil recebeu dos EUA, durante o programa MAP (Military Assistance Program), a partir do final da década de 1950.

Esses navios começaram suas vidas na Segunda Guerra Mundial, muitos participaram da Guerra da Coréia, os últimos do Vietnã e passaram por diversas modernizações antes de serem transferidos ao Brasil.

Eram navios que tinham alma e cara de guerreiros. Movidos a vapor e dotados principalmente de canhões de 127mm (5 polegadas) de duplo emprego, os CTs foram os principais navios de guerra da Marinha do Brasil por mais de 20 anos. O último deu baixa em 1997 e, infelizmente, nenhum foi preservado como museu.

Clique nas imagens abaixo para ver o folheto da Força de Contratorpedeiros da década de 1980, que era dado aos visitantes quando os navios ficavam abertos ao público, em operações pelo litoral do país.

folheto-forct-1

folheto-forct-2

NOTA do BLOG: Para mais informações históricas sobre nossos contratorpedeiros, acesse o NGBNavios de Guerra Brasileiros, clicando aqui.

Portugueses ampliam força de patrulha e esquecem o ‘Siroco’

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A Marinha de Portugal receberá em março quatro navios porta-mísseis de patrulha costeira usados, de 450 toneladas, classe Flyvefisken dinamarquesa, […]

Brasil oferece simulador naval à Marinha de Moçambique

simulador naval LAAD 2013

O Brasil ofereceu à Marinha de Moçambique um Simulador de Manobras Navais, através da embaixadora brasileira no país, Lígia Maria […]

Gigantes ficam de fora de licitação da Marinha

SisGAAz

Sergio Barreto Motta Todos os dias, os jornais mostram denúncias, acordos, vetos e muito mais, em meio à Operação Lava […]

Flotilha Guarda-Costas cubana aceita cooperar com Guarda Costeira dos EUA

Cuba

Mais de 55 anos depois de as suas Marinhas terem feito seu último contato, os governos de Washington e de […]

Navantia espanhola cria filial no Brasil visando contratos de renovação da MB

Fragata Cristobal Colon - classe F-100 - em dique - foto Navantia

A empresa espanhola Navantia da área naval divulgou nota da Europapress na segunda-feira, 26 de janeiro, informando que iniciou processo de […]