Home Asa fixa Marinha Chinesa comemora aniversário treinando com a aviação embarcada

Marinha Chinesa comemora aniversário treinando com a aviação embarcada

6636
79
O porta-aviões Liaoning e ao fundo um destróier Type 052
O porta-aviões Liaoning e ao fundo um destróier Type 052

No dia 23 de abril a Marinha do Exército de Libertação Popular da China (PLA Navy) comemorou seu 69º aniversário de fundação.

O porta-aviões Liaoning (CV 16), vários destróieres de mísseis guiados, fragatas e dezenas de aeronaves da PLA Navy participaram de um exercício de combate em uma área não identificada a leste do Canal Bashi no oeste do Pacífico.

O exercício foi de rotina como parte do plano de treinamento anual da PLA Navy.

Nas imagens divulgados em sites e redes sociais, os caças J-15 (versão chinesa do Sukhoi Su-33) e tripulação do navio-aeródromo aparecem treinando com armamento.

Caças J-15 do porta-aviões chinês Liaoning
Caças J-15 do porta-aviões chinês Liaoning
Caça J-15 pousa a bordo do Liaoning
Caça J-15 pousa a bordo do Liaoning
Caça J-15 pousa a bordo do Liaoning
Caça J-15 pousa a bordo do Liaoning

NOTAS DO PODER NAVAL:

  • O primeiro porta-aviões chinês Liaoning foi o Varyag da Marinha Soviética, que não foi terminado e acabou sendo comprado pela China, com a justificativa de que seria transformado em shopping center.
  • Em 2008, o Poder Naval publicava a notícia de que os chineses poderiam terminar a construção do Varyag e transformá-lo em um navio-aeródromo de verdade.
  • Em 2009, a China construiu uma réplica do navio-aeródromo em terra para treinamento e familiarização.
  • Ainda em 2009, o Ministro da Defesa do Brasil Nelson Jobim, deu declarações de que a Marinha do Brasil iria treinar pilotos chineses em operações aéreas embarcadas a bordo do NAe São Paulo. A notícia provocou muita discussão e chegou a preocupar americanos em blogs e fóruns de Defesa na internet. Muitos não concordavam que o Brasil repassasse o conhecimento adquirido dos EUA e da França para a China e alguns propuseram que a US Navy não treinasse mais pilotos navais brasileiros. Mas o treinamento dos pilotos chineses no Brasil acabou não acontecendo.
  • Em 2010, era noticiado que a China tinha conseguido copiar o caça naval russo Sukhoi Su-33.
  • Todos os detalhes da transformação do navio-aeródromo russo ‘Varyag’ no chinês ‘Liaoning’ podem ser vistos nesta matéria.

79
Deixe um comentário

avatar
38 Comment threads
41 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
48 Comment authors
Otto LimaCosmosFernando "Nunão" De Martiniednardo curiscoWellington Góes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ivaldo
Visitante
Ivaldo

Isso mostra o quanto vassalos dos yankees as forças armadas são. Nunca seremos independentes.

Raduga
Visitante
Raduga

Concordo, parte da FFAA vê os EUA com uma submissão tamanha que acabam se tornando vassalos, como vc acertadamente coloca, dos interesses americanos. Não lembro agora de quem é a frase “países não tem amigos, tem interesses”. Nós deveríamos ter um complexo militar que reproduzisse algo que os suecos conseguiram; fabricam seu próprios submarinos, caças, navios, radares, mísseis e vários outros equipamentos militares usando a indústria nacional tanto quanto possível e sem alinhamento ideológico com qualquer outro país.

ODST
Visitante
ODST

Raduga “Nós deveríamos ter um complexo militar que reproduzisse algo que os suecos conseguiram; fabricam seu próprios submarinos, caças, navios, radares, mísseis e vários outros equipamentos militares usando a indústria nacional ” O Brasil está indo por esse caminho também, com a fabricação dos antigos subs alemães e agora dos novos subs franceses, os futuros F-39, já desenvolvemos radares de vários tipos também, e apesar de não ser o ideal, temos misseis e foguetes sendo fabricados, mas o nosso calcanhar de aquiles são os navios de guerra, pois a gente fabrica alguns e para, depois mais alguns e para, ai… Read more »

Raduga
Visitante
Raduga

Concordo em parte, só que nossa iniciativa é muito incipiente e dado os históricos de nossas política industrial e economia a chance desses processos serem descontinuados é muito grande. Para ficar no exemplo sueco de dois sistemas de armamentos complexos e que podem garantir a espinha dorsal da capacidade de defesa de um país e alavancar sua indústria de alta tecnologia. Submarinos: Classe Näcken, Classe Västergötland, Classe Gotland e provavelmente a sua sucessora. Caças: Draken, Viggen e Gripen. Veja que a evolução acontece sem sobressaltos, transmitindo e acumulando conhecimento através de sucessivas gerações de cientistas e engenheiros. É dessa cultura… Read more »

Mikhail Bakunin
Visitante
Mikhail Bakunin

A _______________ perdeu a vergonha e saiu ao sol, pelo menos agora está claro aos inocentes o que são e o que pensam.

“Acuse os do que você é”

_________________e tem coragem de chamar alguém de vassalo.

COMENTÁRIO EDITADO. LEIA AS REGRAS DO BLOG. ESTE ESPAÇO É PARA DEBATER, NÃO PARA ATACAR OUTROS COMENTARISTAS NEM JOGAR MAIS LENHA EM BRIGAS IDEOLÓGICAS INTERMINÁVEIS.

http://www.naval.com.br/blog/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

SmokingSnake
Visitante
SmokingSnake

Já faz tempo que o Brasil é vassalo da Rússia e da china no Brics, antigamente quando o Brasil era aliado dos EUA a marinha era muito melhor do que é hoje e bem superior a da China _______________

COMENTÁRIO EDITADO. LEIA AS REGRAS DO BLOG. ESTE ESPAÇO NÃO É PARA FOMENTAR BRIGAS DE NATUREZA POLÍTICO-PARTIDARIA

http://www.naval.com.br/blog/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Raduga
Visitante
Raduga

Pra você ficar contra os interesses e a interferência dos EUA no desenvolvimento do nosso país deve soar como antinacionalismo.

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

A interferência da Rússia e da china que afeta muito mais negativamente, não conheço nenhum país aliado de um desses dois que prosperou e se desenvolveu. O exemplo mais recente é a Venezuela, a Rússia e China apoiam tudo de ruim que o Maduro está fazendo e quando os resultados são todos negativos ele se auto isenta de culpa e fala que é tudo culpa dos EUA. O Brasil não está muito diferente, tem vários doidos que só defendem politicas que levam o país para o buraco e quando nada dá certo dizem que a culpa é dos EUA, se… Read more »

Raduga
Visitante
Raduga

Nenhum país, seja EUA, Rússia ou China, vai ceder suas conquistas tecnológicas; que foram conseguidas com recursos, empenho e trabalho, para terceiros por mais alinhado que este outro país possa estar com a potência em questão. Devemos colocar nossos interesses acima de todos países ou blocos e sermos pragmáticos na resolução de nossos problemas e construção de nossas alianças. Vou relatar um caso que lembro em linha gerais, os EUA venderam um armamento (míssil ou torpedo) a um país aliado (Espanha ou Chile), mas o armamento depois de comprado e paga deveria ficar durante 5 anos sob a guarda das… Read more »

Roberto F Santos
Visitante
Roberto F Santos

Bonitas fotos, parabéns

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Belíssimas fotos!!! Que sirva de exemplo ao Brasil, que anda se coçando para achar um trocadinho no sofá para talvez comprar alguns Cobras usados do Uncle Sam. Comparem esse passo gigantesco da China com a notícia ontem da saída, finalmente de um unico Skyhawk, projeto de 1954, “modernizado”, para a MB. Que maravilha!!! Só que agora o Nae usadissimo daonde a peça de museu deveria decolar já foi a deriva. Eta, Brasil!!!

Bardini
Visitante
Bardini

Os nossos são Skyhawk II, uma revisão do projeto dos Skyhawk.
Tem F-5 na FAB que é mais velho que esses caças da MB.
.
Agora, é engraçado que a Draken voa essas “peças de museu” e ninguém fala nada, até elogiam a empresa: “nossa, eles tem mais poder que muita Força Aérea”.
A MB voou poucos essas aeronaves, decidiu fazer uma modernização completa das aeronaves para agregar tecnologias e extrair mais do que esses aparelhos podem proporcionar, fez overhaul da motorização na IAI, colocou radar israelense, passou para glass cockpit e etc e sentam o sarrafo na MB.

Flavio
Visitante
Flavio

Qual caça é melhor, o J15 ou o F/A 18 Super Hornet Mk3 que a USNavy acabou de encomendar?

Não falo do F-35C pois este é outra categoria

J-20
Visitante
J-20

F-18 ainda continua sendo mais avançado. Depende muito de qual cenário cada um luta, mas a logística, operação em catapultas e experiência dos norte-americanos pesa muito nessa disputa. A não ser que a China tenha uma aeronave muito mais avançada que o F-18, teria poucas chances de ganhar dos EUA fora do alcance de seus mísseis anti-navio baseados em terra.

Marcio
Visitante
Marcio

O Brasil não aprende com tantas lições e exemplos

Top Gun Sea
Visitante

É!!!!Nada como planejamento disciplina, honestidade e dinheiro bem aplicado! Assim é feito uma nação séria e que leva a defesa de seu país a sério.

filipe
Visitante
filipe

A China é a China , o Brasil é o Brasil, a China têm 5000 anos, o Brasil têm 500 , a China têm 1,3 bilhões de Habitantes , o Brasil têm 220 milhões de Habitantes, a China têm pena de morte para bandido e politico corrupto, e no Brasil não têm nada disso, sendo um paraíso para os Bandidos e corruptos, são sociedades diferentes, O povo Brasileiro gosta de Samba, Futebol , Caipirinha e Caxassa, o Povo Chinês gosta de Tai Chi /Kung – Fu, bebem Aguá morna, e praticam muita meditação. Pela Disciplina e comprometimento dá para ver… Read more »

737-800RJ
Visitante
737-800RJ

Pronto, agora um país ditatorial onde grande parte da população vive na miséria virou exemplo para o Brasil, só porque, claro, assim como todo país comunista, investe em equipamentos militares. Que piada!

MGNVS
Visitante
MGNVS

filipe 1 de Maio de 2018 at 4:17 Bom dia filipe Concordo plenamente com tudo oq vc escreveu. E a China é sim um exemplo a ser seguido qndo se trata de disciplina, organizacao e determinacao. Se o Brasil pensasse menos em futebol, cerveja e carnaval e investisse mais em Pesquisa e Desenvolvimento, provavelmente nós hj tbm estariamos com nossas forças no mesmo nivel da China. Logo vao falar q a China é uma ditadura … MAS… e aqui no Brasil… nao teve ditadura? E o Brasi,l era comunista? NAO. Entao essa argumentacao puramente ideologica nao procede simplesmente pq oq… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante

A China e Austrália não tem nada em disputa que justifique uma guerra com a China.
Se bem que os autralianos adoram se meter na confusão dos outros, participaram da guerra do Vietnam e Afeganistão sem ter nenhum motivo para isso.

filipe
Visitante
filipe

O motivo é claro , eles são Anglofónos, Ango-Saxões, (nós somos Lusofonos) uma Guerra entre alguém desse Bloco (EUA, UK, Canada, Nova Zelândia, Austrália) e nos tempos do império Britânico a Africa do Sul, basta um destes países estar em Guerra, todos os outros se metem, eles se consideram o mesmo povo, partilham os mesmos valores,

Guizmo
Visitante
Guizmo

A China tbm tem educação. Cachaça se escreve com CH e Ç

Otto Lima
Visitante

O moderno Estado de Israel tem apenas 70 anos de idade. Em 65 anos, a Coreia do Sul passou de um país miserável e devastado por guerras a país altamente desenvolvido. Há 50 anos, a maioria da população de Singapura morava em palafitas; hoje, o país também é altamente desenvolvido. Portanto, não há desculpas para o Brasil.

Alex II
Visitante
Alex II

_______________

COMENTÁRIO APAGADO. NÃO ATAQUE OS DEMAIS COMENTARISTAS. ESTE JÁ É O SEU SEGUNDO AVISO, NÃO HAVERÁ UM TERCEIRO. LEIA AS REGRAS DO BLOG.

http://www.naval.com.br/blog/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

MGNVS
Visitante
MGNVS

Alex II 1 de Maio de 2018 at 6:25 Pura verdade Alex Il Vao tentar desmerecer a capacidade e o avanco chines com as balelas ideologicas de sempre e sem argumentacao valida. Logo vao vir com as mesmices de sempre: “solta pecinha”, “é comunista”, “é ditadura”. Mas aqui tbm teve ditadura e o Brasil nao fez um milesimo do q a China fez em relacao a desenvolvimento e pesquisa. E o Brasil nao era comunista e era aliado do EUA. Cade nosso avanco tecnologico? O governo chines nao alcançaria tais resultados se o POVO chines nao fosse organizado, metodico e… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Importante salientar, q na época da “ditadura” no Brasil, foi quando mais crescemos na economia, em pesquisa, em bolsas, em mestrados e doutorados etc.

A China cresce, porque o Ocidente investe lá. Eles tem dinheiro, pq as fábricas estão lá, com trabalho escravo, sem previdência social (cada jovem q cuide de seu velho) etc.

Há sim, o valor do povo em aguentar tudo, mas estão muito longe de ser um lugar bom pra viver.

Os investimentos militares vem de geopolíticas e relações internacionais totalmente diferentes.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Agnelo 1 de Maio de 2018 at 11:00 Boa tarde sr. Agnelo! O puro e simples crescimento economico nao justifica qualquer tipo de ditadura, seja ela de direita ou de esquerda, que no ultimo caso se disfarça como assistencialismo ou populismo. Nenhum tipo de ditadura traz beneficios para um país, outrossim, prejudica o povo e apenas fortalece os “donos do poder”. Concordo que a China cresce pq eles tem absorvido grandes investimentos la e tbm pq nao existem direitos trabalhistas. Mas o mesmo acontece nos EUA, la nao existe plano de saude nos moldes do SUS e nem aposentadoria nos… Read more »

Carlos
Visitante
Carlos

Deem uma pesquisada história do modo de cultura milenar do arroz pelos chineses e verão que o comunismo caiu como uma luva para eles.
A comparação entre URSS e China é um despropósito; exceto por algumas minorias isoladas na imensidão daquele colosso, o restante da população russa é tão individualista quanto a ocidental.

Airacobra
Visitante
Airacobra

Perdão, MGNVS, mas a grande maioria das coisas que prestam que temos hoje foram graças ao período dos presidentes militares, quase todas as hidroelétricas foram construídas no referido periodo, ponte Rio-Niterói, e etc, a educação pública era de qualidade, bem como segurança e saude pública, no referido periodo foi onde mais se investiu em pesquisa e desenvolvimento em todas as áreas, principalmente na área militar, a indústria bélica Nacional ia de vento em popa até que entregaram o país para os “democratas” ai desandou tudo, só a título de informação a espinha dorsal das 3 forças é fruto daquela época,… Read more »

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Aircobra. Há um livro bastante novo chamado “A historia de riqueza do Brasil”, do Jorge Caldeira (que pode ser muita coisa, mas não é um intelectual de esquerda) que mostra que o crescimento do país durante o período militar foi menor do que no período do Pós-Guerra. Boa leitura.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Nossa senhora, o pessoal ainda defende aqueles ditadores gastadores, ídolos das impressoras para keynesiano nenhum botar defeito. Gastaram tanto, endividaram tanto o estado brasileiro que em 1980 já tínhamos inflação de 300% a.a.

GALEAO CUMBICA
Visitante
GALEAO CUMBICA

Dalton, bom dia

o que siginifica estas listas azuis abaixo da bandeira vermelha?

muito obrigado
GC

Dalton
Visitante
Dalton

Bom dia Galeão…
.
você é bem observador…trata-se da “bandeira naval chinesa” ou “naval ensign”
ou seja vermelho na parte de cima com listras azuis e brancas.
.
abraços

Laerte Marcelli
Visitante
Laerte Marcelli

Jesus, quanta besteira nos comentários. Não dá para comparar China e Brasil no aspecto forças armadas. O Brasil não possui nenhum inimigo iminente, por que investiria a mesma exorbitante quantia em suas forças armadas como a China é obrigada a investir? O Brasil não pretende projetar a sua força em nenhum lugar do mundo, isso está até na sua constituição. Nossas forças tem o objetivo de defender e não atacar! Outra coisa, vocês pensam que só existem chineses honesto, que o povo chinês é todo honesto? Meu Deus que bobagem! São ________________________, vivem prejudicando nossos exportadores de grãos como soja… Read more »

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Quando os chineses ja limpavam o popo com papel higiênico, os bárbaros europeus pintavam a cara de azul e rolavam no chão com os cachorros. Os USA então nem pensavam em existir.

É um direito natural da China expulsar os americanos da Asia.

Dalton
Visitante
Dalton

Pois é…mas em menos de 200 anos de História os EUA colocaram a bandeira deles na Lua em que pese a importância
do papel higiênico também.
.
Os EUA desde cedo tornaram-se uma nação voltada principalmente para o Oceano Pacífico e é um direito deles também
manter relações com os países asiáticos inclusive com a grande parceira comercial, a China.

Bardini
Visitante
Bardini

Aliás… A China deu mais um passo e lançou o seu “Growler”:comment image

Alexandre
Visitante
Alexandre

O que o Brasil aprende, infelizmente somente são os ruins e péssimos exemplos, não exatamente nessa ordem. Bom e excelentes exemplos passam ao largo …

filipe
Visitante
filipe

Eu ainda tenho fé na Gente, na nossa MB , na nossa FAB e na nosso EB, é tudo uma questão de vontade politica de fazer melhor, os nosso militares já fazem muito com pouco, o investimento na DEFESA têm de ser dobrado, nem que seja um aumento anual de 5%, de formas a quem em 10 anos, seja 3% do PIBou mesmo 5% do PIB (2.006.097.859.327,21 USD) o que seria um orçamento de quase 100 Bilhões de Dólares ( 100.304.892.966,3605 USD) , o que dava para ter um exercito de 1º Mundo, equipado com Satelites Geo-estacionarios , caças de… Read more »

Ronaldo de souza gonçalves
Visitante
Ronaldo de souza gonçalves

Inveja é a palavra chave,eles copiam e melhoram a copia sim,aõ ver a foto lembrei de porta-aviões americanos até as telas que ficam no pouso e decolagem,eles apreenderam um pouco com a gente sim,apreenderam com os russos alguma coisa e com o EUA foi através sei lá filmes documentários,sei lá a copia está muito fiel.será que aprenderão com os franceses através de visitas de adidos,sabem que franceses por de baixo do pano vendem até a mãe. É claro que os Indianos,os japoneses aõ constatar isto devem acelerar os seus projetos.

Dalton
Visitante
Dalton

Ronaldo…só deixo claro que não concordo com o que você escreveu… “franceses por baixo do pano vendem até a mãe”. . No mais os chineses aprenderam zero conosco…o NAeSP ficou inativo durante uma década e não houve muita visita chinesa nesse período ou troca de informações confidenciais…aprenderam mais com os russos, até com os NAes inativados que eles adquiriram da Rússia para transforma-los em cassinos e do NAe australiano que foi desmantelado na China e antes inspecionado por técnicos e copiaram muita coisa da US Navy e não há mal nisso se basear na marinha com maior experiência em NAes…todas… Read more »

Juvenal Santos
Visitante
Juvenal Santos

O Liaoning, se não me engano, era um ferro-velho, que só servia para fazer coral no mar, mas o chinos trabalharam e o transformaram no que é hoje, absolutamente operacional e funcional, então meu ponto é o seguinte: Seria possível o Brasil pegar um porta-aviões americano gigante, destes que foi descomissionado e está encostado enferrujando, e fazer o mesmo que os chinos fizeram???????

Dalton
Visitante
Dalton

Juvenal… . são coisas bem diferentes…os chineses pegaram um casco incompleto, portanto novo, e rechearam ele…note que o NAe chinês é bem mais simples já que não utiliza catapultas e todos os sistemas associados a elas. . Os NAes da US Navy são chamados não oficialmente de “Super NAes” ou “Super Carriers” não para compara-los a super heróis e sim para diferencia-los da classe “Midway” …e não são chamados assim a toa pois não apenas são bem maiores mas são equipados com nada menos de 4 catapultas. . Os 2 NAes descomissionados ainda existentes são o ex-USS Kitty Hawk que… Read more »

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

A divisão militar da China está de parabéns, incrível como estão avançando a passos largos. Gostaria que o Brasil tivesse ao menos metade desse empenho, pois se quiser ter relevãncia no cenário mundial, precisa aprtar o passo e seguir esse exemplo. Quanto a punir severamente quem rouba, principalmente do próprio país, no caso políticos e servidores, isso realmente faz, pois o dano se estende muitas vezes sobre toda a população. Improbidade administrativa deveria ter pena igual a de homicídio, não ter fiança e não ter recursos de recursos do recurso do recurso e FORO privilegiado é a maior piada que… Read more »

José Carlos David
Visitante
José Carlos David

A nós brasileiros, só resta chorar…
Aos chineses, parabéns, pois em pouquíssimo tempo foram de 0 a 100!

filipe
Visitante
filipe

Mas não têm razão de estarmos a nos comparar com os Chineses, eles estão mais avançados mesmo, nesse momento a MB está a fazer aquilo que é certo, apostar no PROSUB, a China antes de ter um NAE, apostou no seu PROSUB. Igualmente se houvesse fortes investimentos na década de 80 e 90 hoje o nosso PROSUB já estária bem avançado, mas optamos por apostar na propulsão convencional, sendo que para países da nossa dimensão e com a imensidão das nossas nossas reservas marítimas a propulsão nuclear é a ideal, eu acho o mais lógico e acertado apostar primeiro no… Read more »

Marcos
Visitante
Marcos

@OFF

O Submarino Riachuelo vai ser lançado em Dezembro (atraso de 6 meses)

http://www.jb.com.br/rio/noticias/2018/04/25/novo-submarino-em-dezembro/

_RR_
Visitante
_RR_

Prezados, Eles são eles e nós somos nós… Realidades diferentes. Prioridades diferentes… Na China, existe 1,5 bilhão de bocas pra alimentar, o que determina a necessidade maior de buscar recursos além-mar e assegurar as vitais rotas de abastecimento; tudo isso tendo que conviver com um Oriente cada vez mais volúvel/instável. Logo, nada mais lógico que investir em uma maior capacidade de projeção de força. Aqui, há um imenso território pouco povoado e que prima por uma melhor integração antes de mais nada ( visando maximizar as possibilidades de defende-lo ). Evidente que os recursos vão antes responder a essa necessidade.… Read more »

ODST
Visitante
ODST

São países diferentes, continentes diferentes, culturas diferentes, vizinhos diferentes e necessidades diferentes. Ainda bem que a gente não precisa gastar tanto dinheiro com equipamentos militares (apesar de precisarmos sim nos equiparmos mais e melhor).

Luiz Monteiro
Visitante
Luiz Monteiro

Prezados, Alguns pensam na Marinha do Brasil como se vivêssemos no Século XIX, onde a guerra naval estava restrita à superfície dos oceanos. Desde o início do Século XX, vence a guerra naval quem domina a superfície do oceano, o espaço submarino e o céu sobre o mar. Não há como se falar em guerra naval moderna sem considerar esses três ambientes. Achar que avião de alto desempenho não é para uma marinha e sim para uma força aérea é pensar como se estivéssemos dois séculos atrás no tempo. Ainda mais quando falamos do Brasil, onde a prioridade da FAB… Read more »

Guizmo
Visitante
Guizmo

Obrigado pelo esclarecimento, Comandante. Colocado dessa forma, faz realmente todo sentido.

Eu estou em San Diego/CA, e vejo diariamente a movimentação da Air Naval Station da US NAVY. De onde estou, vejo o hangar dos SeaHawks, pelo menos 2 deles, e passam o dia INTEIRO decolando e pousando, parece que estão em guerra. O nível de adestramento é assustador.

Abs

Luiz Monteiro
Visitante
Luiz Monteiro

Prezado Guizmo,

É justamente isso, não tem como a MB deixar para a FAB realizar algo que a própria FAB já solicitou à MB que assuma.

Grande abraço

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Alm. Monteiro. Fico pensando em no EB comprando aviões de transporte e a MB assumindo a aviação de patrulha, duas atividades que foram fundamentais para a implementação da FAB em seu início, sem falar na transferência de parte do controle de tráfego aéreo para operações civis em aeroportos médios.

Guizmo
Visitante
Guizmo

Retificando, 2 não…..20! Faltou um zero

Luiz Monteiro
Visitante
Luiz Monteiro

Prezados, Outra questão relevante, o porquê da MB não ter aceitado a transferência dos P3 da FAB. Somente alguém sem compromisso e improbo como gosta de falar um advogado que comenta aqui, aceitaria assumir uma grande despesa a mais, de uma hora para outra, sem fazer os cortes necessários em setores que não são as atividades principais da MB. O que a MB fez, foi assumir as funções de busca e ASW destas aeronaves (P3), inclusive ardendo torpedos MK46, mas que permanecerão sendo pilotadas por membros da FAB, e manutenções por aquela Força. No futuro, a MB assumirá a responsabilidade… Read more »

Luiz Monteiro
Visitante
Luiz Monteiro

O corretor do celular trocou várias palavras acima.

J.Neto
Visitante
J.Neto

CMD, mesmo trocando as palavras, foram extremamente esclarecedora e lúcidas as considerações. Forte abraço.

Flavio
Visitante
Flavio

Almirante, muito interessante essas informações que você nos trouxe. Não sabemos disso, por isso muitas vezes escrevemos contrarios a aviação de asa fixa na Marinha.

Suas informações dariam um ótimo postar para o Roberto Lopes

Control
Visitante

Srs A diferença entre a China e o Brasil pode ser resumida em poucas palavras:planejamento e execução persistente dele. A China, uma ditadura comunista decidiu, após a morte de Mao, ser pragmática e buscar retornar as glórias de quando era um grande império. E vem trabalhando para isto desde então. Por exemplo, decidiu se tornar uma potência global e, entre outras medidas, ter uma marinha equivalente ou superior a americana e está a cumprir tal objetivo. Para tanto, precisa de PA’s e foi atrás do conhecimento sobre eles comprando navios em fim de vida útil para estudá-los e um casco… Read more »

Control
Visitante

Srs
Complementando (houve falha nossa)

A explicação é mais simples. A China tem uma politica de Estado bem definida e persegue seus objetivos com tenacidade e o Brasil não tem política de Estado (quando muito tem política de partidos, o que é péssimo, como vimos nos últimos anos) e com isto não sabe qual o rumo a seguir e oscila conforme os humores de cada momento. E suas instituições, FA’s inclusas, sofrem do mesmo problema: cada nova administração, novos planos.
Sds

ue ter
Visitante
ue ter

Um pais com o PIB da China e com mercados mundiais a preservar tem que ter poder de barganha e de força para não levar calotes e ser enrrolado pelos grandes blocos econômicos. Eles que já foram obrigados a comprar ópio dos Ingleses e ter seu território ocupado até por Portugal, tem sobradas razões para se armar até os dentes. Hoje ninguém ousa desembarcar tropas em um porto chines e ocupar uma parte do seu território. De nossa parte temos que pensar na preservação do que é nosso: Amazonia, amplos espaços de terras agricolas, agua e recursos naturais, cada vez… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

A China explodiu sua primeira bomba de hidrogênio em 1967 contando com grande ajuda da União Soviética desde a década anterior e que arrependeu-se amargamente pois foi durante a década de 1960 que as duas nações começaram a divergir…li uma vez que a União Soviética tinha um plano de bombardear a China com armas nucleares/termo nucleares, mas à aproximação dos EUA com a China, teria sepultado de vez tal plano mesmo que teórico. . Foi também na década de 1960 que os chineses começaram a construir seus submarinos de propulsão nuclear, “barulhentos” é verdade, mas, forneceram muita experiência para uma… Read more »

JagderBand44
Visitante
JagderBand44

Cada um tem direito a opinar e ter um ponto de vista sobre o tema em questão. Me chama a atenção a quantidade de “textões”.

Quanto á matéria: excelentes fotos! Editores de parabéns.
Quanto à China: mais de 5000 anos de história, já haviam navegado por estas bandas muito antes dos europeus ocidentais. São marinheiros e comerciantes natos. E estão recuperando a importância que tinham antes do Império Britânico te-lôs invadido. Afinal de contas, não é qualquer povo que consegue repelir o ímpeto de um Gengis Khan e de um Kublai Khan.

Control
Visitante

Srs
Jovem Jagder
Gengis Khan tomou a China e a incluiu em seu império e Kublai Khan governou a China.
Portanto a China não conteve o impeto de nenhum dos dois.
Sds

JagderBand44
Visitante
JagderBand44

Tem razão, me referi à batalha na qual, pela primeira vez, se usou pólvora para atingir os mongóis com dardos/flechas.
Fora isso, os Impérios Tangut e Han foram derrotados.

Hélio
Visitante
Hélio

Off:
Alguém poderia indicar alguma leitura sobre ekranoplanos? Eu vi o conceito do EKIP, do lun e me interessei muito por esse equipamento, ainda mais quando vi isso… http://englishrussia.com/2015/10/23/awesome-soviet-ekranoplan-aircraft-carrier-project/ apesar de duvidar da viabilidade desse projeto, achei o conceito interessante para navios de combate de superficie.

Aerokicker
Visitante
Aerokicker

Acho que esse tipo de conceito só não é mais forçosa e inutilmente ressuscitado do que o conceito do submarino porta-aviões.

Esteves
Visitante
Esteves

Maquetes. Eles tinham uma tranca que era meio avião meio barco. Ecranoplano, segundo eles era um avião que voava sobre a linha d’água. Penso que roubaram do bilionário americano Howard Hugles. O que evoluiu foram os imensos hovercraft com mais de 550 toneladas.

Esteves
Visitante
Esteves

Idade não explica tudo. Se experiência e longevidade tivessem correspondência com resultado por que a India que foi dominada e colonizada pelos mesmos mongóis que varreram a hoje China nao é outra? E por que o Oriente Médio continua aquela bagunça? A internet mostra vários vídeos. Pessoas que vão e voltam da China contam a mesma história. O trânsito nas cidades é intenso. Volumoso. Engarrafado. As vezes caótico. Mas existem poucos semáforos. Fotos de somente um agente de trânsito controlando um enorme cruzamento em cidades chinesas são comuns. Perguntei uma vez a um não chinês que viajava com frequência. –… Read more »

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

1964 PIB Brasil = U$ 21 bi PIB China = U$ 59 bi (China com praticamente o TRIPLO do PIB brasileiro) INÍCIO DO GOVERNO MILITAR …… 1982 (início do fim do governo militar) PIB Brasil = U$ 281 bi PIB China = U$ 205 bi (PIB do Brasil quase 40% maior que o PIB Chinês) 1985 – Termina o governo militar. E inicia o governo “DEMOcrático”. Curiosamente, este é o mesmo ano que inicia o departamento de PROPINAS na Odebrecht, revelado pelo dono Emilio Odebrecht. 33 anos depois (2018): PIB China = U$ 25 tri PIB Brasil = U$ 3,3… Read more »

filipe
Visitante
filipe

Vamos voltar a ter ________________, vamos ser a Super-Potência ________ que almejamos ser , ter um programa nuclear completo (4 SSBN com 12 SLBM cada, 30 ICBMs em silos no Amazonas, Bombardeiros Estratégicos em Anapolis armados com AVC-MATADOR com ogivas de 50 KTs )

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO USE O ESPAÇO COMO PALANQUE E NÃO ESCREVA EM MAIÚSCULAS. LEIA AS REGRAS DO BLOG.

http://www.naval.com.br/blog/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Luiz Floriano Alves
Visitante
Luiz Floriano Alves

A China faz manobras com porta aviões e frota de escoltas poderosas, dando cobertura. As Filipinas, sentindo se ameaçada, em resposta, compra em Israel, misseis SPIKE SR para instalar em barcos patrulha de pequeno porte. Será que esses misseis de alcance de 8 Km. afugentarão a frota do Dragão? Agora se a intenção foi usar contra os piratas que infestam aqueles mares, até pode ser. Aliás, não foi só as Filipinas a utilizar desta forma esse armamento. Outras marinhas de paises sem recursos maiores tb estão dotamdo seus barcos patrulha deste missil AT, como artilharia anti navio. Quem já cogitou… Read more »

Esteves
Visitante
Esteves

Continuo não acreditando que PIB e sistema político expliquem o sucesso chinês. Aqui é um blog sobre defesa e poder naval. Se cada comentarista defender as próprias realidades à partir de convicções religiosas ou ideológicas perdemos o foco. A Suécia é uma monarquia. Monarquias podem ser justas ou injustas, mas não são democráticas. O Brasil tem democracia demais. Tem leis em demasia. Existem 100 milhões de demandas na justiça brasileira. Um em cada dois brasileiros e litigante. Não existe em nenhum país do mundo segundo Joaquim Barbosa, nem em Portugal aonde foram inventados, os embargos de declaração e/ou infringentes. Não… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Enquanto isto…… tem marinha que come sardinha e quer arrotar caviar. Detalhe, sardinha em conserva. rsrsrs

ednardo curisco
Visitante
ednardo curisco

meio off-topic: por que apenas os porta aviões americanos têm propulsão nuclear? China, França, Rússia e Inglaterra têm tecnologia para propulsão nuclear.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Trusted Member

O porta-aviões francês tem propulsão nuclear. Os chineses, que mal chegaram ao “clube” dos porta-aviões, já planejam o seu primeiro nuclear.

ednardo curisco
Visitante
ednardo curisco

Grato!

tem alguma razão? Caro sei que é, mas estes países todos tem uma pegada global e autonomia é tudo para eles. e todos já contam subs nucleares. Não me parece tão difícil fazer um porta aviões nuclear para eles.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Trusted Member

Ednardo, o custo é grande, e os desenvolvimentos das reapectivas marinhas ajudam nas respostas. Os russos hoje só tem capacidade de manter um porta-aviões do tempo da URSS. Foi nas décadas finais da URSS que esta se voltou para “cruzadores de batalha” capazes de operar aviões STOVL e depois porta-aviões com aparelho de parada e decolagem com auxílio de rampa, e o próximo passo poderia ser porta-aviões nuclear, mas a URSS se esfacelou antes. A Inglaterra ainda nos anos 70 aboliu grandes porta-aviões para se concentrar em construir navios menores capazes de operar aviões STOVL (Sea Harrier) e só recentemente… Read more »

Cosmos
Visitante
Cosmos

O Brasil só sairá desta miséria quando tiver uma política de desenvolvimento nacional planificada ancorada ao máximo na indústria nacional, estatal e privada, e que não se submeta à intrusão estrangeira e tampouco ao sequestro do Estado pelos exploradores, locais e estrangeiros, da economia primária e de commodities. Enquanto não houver isso, podem todos, Marinha, Exército e Aeronáutica, seguir sonhando.