174646413

A Marinha russa receberá cerca de 80 navios de apoio nos próximos três anos, segundo informou o Ministério da Defesa. O Alto Comando da força informou à agência de notícias Itar-Tass que diferentes tipos e classes de embarcações de auxílio às de grande porte vão ajudar a melhorar a eficácia da Marinha em todas as suas áreas de atuação.

A nova frota de apoio da Marinha russa inclui rebocadores, barcos de patrulha, plataformas modulares de busca e salvamento e guindastes flutuantes. Até 2016, 50 destes navios estarão a serviço da força e, até 2020, serão 80 as novas embarcações.

Estes novos navios estão incluídos no programa de rearmamento e modernização das Forças Armadas russas para até o ano de 2020. Os investimentos neste programa são equivalentes a US$ 660 bilhões.

FONTE: Diário da Rússia e RIA Novosti

VEJA TAMBÉM:

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

8 Comentários para “Marinha russa ganhará 80 navios de apoio até 2016”

  1. Júlio Cezar 7 de janeiro de 2013 at 16:22 #

    Teria esse programa de novos meios alguma relação com o interesse Russo em explorar e firmar posição na passagem norte?? O ´mar no Ártico esta aumentando francamente, ano a ano, em função do degelo incomum. Ações de presença dos Países do entorno serão cada vez maiores.

  2. Nicholle Murmel 7 de janeiro de 2013 at 16:38 #

    Olá, Júlio Cezar

    Sim. É possível que esse programa de reaparelhamento das forças russas tenha a ver com interesses nas rotas marítimas pelo Ártico e disputas com os EUA, Canadá, Noruega e Dinamarca. Aqui no Naval nós já publicamos alguns posts a respeito. Seguem os links:

    Rússia envia tropas ao Ártico:

    http://www.naval.com.br/blog/2012/11/09/russia-envia-tropas-ao-artico/

    Cruzador nuclear ‘Pedro, o Grande’ em exercícios no Ártico:

    http://www.naval.com.br/blog/2012/10/06/cruzador-nuclear-pedro-o-grande-em-exercicios-no-artico/

    Os objetivos da Marinha russa no Ártico – das viagens à criação de bases:

    http://www.naval.com.br/blog/2012/09/27/os-objetivos-da-marinha-russa-no-artico-das-viagens-a-criacao-de-bases/

    Abs

  3. daltonl 7 de janeiro de 2013 at 19:20 #

    Também tem a questão de muito navio “velho” precisando ser substituido
    seja combatente ou auxiliar. A marinha russa deverá ter o nr de navios
    diminuido mas deverá ser mais profissional, inclusive com melhores soldos
    e moradias para os marujos.

  4. José da Silva 7 de janeiro de 2013 at 23:41 #

    Nos últimos dois anos só vejo rebocadores sendo incorporados lá. Projetos da Damen holandesa sendo construídos sob licença. Sai de um a dois por mês do forno.

  5. matheus 8 de janeiro de 2013 at 7:56 #

    O engraçado é que não vejo um projeto russo de navio-tanque.

  6. cristiano.gr 8 de janeiro de 2013 at 12:46 #

    O endereço do site está aparecendo para mim com o símbolo do IFSUL.

  7. Joao 8 de janeiro de 2013 at 12:52 #

    Quando, e que tipo de navio e o proximo projetado para a MB?

Trackbacks/Pingbacks

  1. Rússia planeja construir maior contratorpedeiro desde 1989 | Poder Naval - Marinha de Guerra, Tecnologia Militar Naval e Marinha Mercante - 18 de fevereiro de 2013

    […] Marinha russa ganhará 80 navios de apoio até 2016 […]

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Portugal também interessado no navio-doca ‘Siroco’

corymbe-le-bpc-tonnerre-releve-le-tcd-siroco-2

Na hipótese de o Brasil considerar inviável a aquisição do navio de assalto anfíbio Siroco , o navio, que será […]

Compre seu livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]

Base chinesa em Walvis Bay põe em xeque trabalho da Missão Naval do Brasil na Namíbia

Namibia

Uma delegação da República Popular da China desembarcará proximamente em Windhoek, capital da Namíbia, para negociar a instalação, ainda este […]

Vídeo: Navio-Patrulha Classe ‘Macaé’

Navio-Patrulha Macaé

O Navio-Patrulha classe “Macaé”, construído no Brasil sob gerenciamento da EMGEPRON, é um navio versátil, apropriado para missões de vigilância […]

Compre sua revista Forças de Defesa 12ª edição

Forças de Defesa 12 - capa e miolo 2 - destaque

Saiu a Revista Forças de Defesa 12ª edição, com 120 páginas! a versão impressa está disponível para compra pela Internet e […]