p1331724

Após testes de fogo malsucedidos com os mísseis balísticos Bulava, a Marinha russa suspendeu a entrega das duas unidades mais recentes dos submarinos estratégicos classe Borei (Projeto 955), que transportariam o armamento. Para que possam começar a operar, o Alexander Nevsky e o Vladimir Monomakh podem ter suas atividades restritas à função experimental como submarinos de ataque equipados com armamentos convencionais. As informações são creditadas pela agência RIA Novosti a uma fonte anônima ligada ao alto comando da Marinha. A fonte ainda teria declarado que “os navios da classe Borei podem desempenhar funções semelhantes às de submarinos de ataque multi-missão uma vez que sejam armados com torpedos e foguetes, por exemplo”.

O primeiro submarino do Projeto 955 o Yury Dolgoruky, foi comissionado no final do ano passado. Porém, em setembro deste ano o ministro da defesa russo, Sergei Shoigu, decretou o adiamento da entrega dos demais navios, e insiste na realização de cinco novos disparos experimentais com o míssil Bulava.

 

FONTE: RIA Novosti (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , , , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

One Response to “SSBNs classe Borei podem assumir função de ataque” Subscribe

  1. Blind Man's Bluff 1 de novembro de 2013 at 17:11 #

    Que papelão!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Um dia a bordo do submarino ‘Tapajó’ – última parte

A atracação na Base Almirante Castro e Silva e a despedida A manobra de atracação do submarino Tapajó na Base […]

Entrevista com o comandante do submarino ‘Tapajó’, capitão-de-fragata Horácio Cartier

Um dia a bordo do submarino ‘Tapajó’ – parte 3 PODER NAVAL: Comandante Cartier, o senhor poderia falar um pouco […]

Um dia a bordo do submarino ‘Tapajó’ – parte 2

Um submarino de propulsão convencional como o Tapajó tem um funcionamento parecido com um telefone celular: de tempos em tempos […]

28ª Viagem de Instrução de Guardas-Marinha

Hoje o Navio-Escola “Brasil” realizará a Cerimônia de despedida para a XXVIII Viagem de Instrução de Guardas-Marinha. A Viagem terá […]

Um dia a bordo do submarino ‘Tapajó’ – parte 1

No dia 16 de julho de 2014, na véspera da data comemorativa do Centenário da Força de Submarinos (1914-2014), uma equipe […]

Aprovado plano de trabalho do Brasil para exploração de crostas na Elevação do Rio Grande

O Brasil acaba de alcançar importante êxito na aprovação do Plano de Trabalho para exploração de crostas cobaltíferas na Elevação […]