Home Conflitos em andamento Navios russos deixam porto na Síria para evitar ataque

Navios russos deixam porto na Síria para evitar ataque

13296
118

Fotos de satélite da base naval russa em Tartus, na Síria, mostram que todos os 11 navios de guerra russos deixaram a Síria. A foto acima do ImageSat International (ISI) /imagesatintl.com) mostra os navios quando ainda estavam na base.

A agência pan-europeia de controle de tráfego aéreo Eurocontrol alertou ontem as companhias aéreas para agirem com cautela no leste do Mediterrâneo, devido ao possível lançamento de ataques aéreos na Síria nas próximas 72 horas.

A Eurocontrol afirmou que os mísseis ar-terra e/ou de cruzeiro poderiam ser usados ​​dentro desse período e que havia a possibilidade de interrupção intermitente do equipamento de radionavegação.

O presidente dos EUA, Donald Trump, e aliados ocidentais estão discutindo uma possível ação militar para punir o presidente da Síria, Bashar Assad, por um suspeito ataque com gás venenoso no sábado em uma cidade controlada pelos rebeldes que há muito resistiu contra as forças do governo.

A Marinha Russa emitiu ontem um aviso de exercício de tiro na costa da Síria que está sendo realizado hoje, em uma área adjacente à que opera a Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL), liderada pela fragata Independência da Marinha do Brasil.

Su-34 sobrevoando Tartus com mísseis antinavio

Ontem também foi divulgada no Twitter uma imagem de um caça Su-34 russo sobrevoando Tartus com mísseis antinavio Kh-35(Х-35).

Hoje uma aeronave de patrulha P-8 Poseidon da Marinha Americana decolou de Sigonella na Itália e realizou voos de esclarecimento próximo à costa da Síria, provavelmente para monitorar o exercício naval russo (ver tela abaixo).

P-8 em missão no Mediterrâneo

118
Deixe um comentário

avatar
51 Comment threads
67 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
66 Comment authors
jacóGilson MouraROBINSON CASALfilipeRenê Reis Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Mais do que certos! Mas será que eles tem navios de ataque suficiente para proteger essas embarcações? Será que esses navios foram para onde?

Jr
Visitante
Jr

Como para onde, você não leu a matéria? No primeiro mapa diz exatamente para onde os navios foram, naquela região que esta em vermelho no mapa, é para onde esses navios foram deslocados para fazer um exercício de tiros na costa da Síria

Rodrigo Tavares
Visitante
Rodrigo Tavares

Foram pra pouco a frente da costa da Siria

Estão localizados pouco acima dos navios da FTM-UNIFIL

Gaineth
Visitante
Gaineth

A cobra vai fumar!

André Bueno
Visitante
André Bueno

Cagões!!!

Bryan
Visitante
Bryan

Não se sabe até que ponto essa notícia é verdadeira. Porém, se houve a saída dos navios russos, eles vão se reagrupar. Num guerra naval não se busca a coragem, mas a estratégia.

Leo Neves
Visitante
Leo Neves

Os dois submarinos Kiko já são um perigo enorme para qualquer navio na região.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Principalmente para os navios Madruga!

(Não deu para resistir, hehehehehe)

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

Conta tudo para sua mãe-rússia kiko!

Guizmo
Visitante
Guizmo

Kkkkkkkkkk…….mísseis Florinda serão disparados

Jorge F
Visitante
Jorge F

KILO

Bryan
Visitante
Bryan

Vou chamar o Professor Girafales, porque não é “Kiko”, mas “Kilo”.

Elias de Siqueira
Visitante

Pipipipipipipipipipi

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Trump está advertindo a Russia. O recado foi dado.

Jr
Visitante
Jr

O Trump é aquele cara que adora bater e assoprar, enquanto ele fica dizendo bravatas e jogando para a torcida no Twitter, pode ter certeza que o pessoal do pentágono e alta cúpula militar russa estão por telefone traçando as suas respectivas linhas vermelhas, se os EUA realmente quisessem atacar de verdade não estariam avisando de forma antecipada e dando tempo para os Sírios evacuarem as suas bases, no fundo isso não vai passar de uma grande encenação para enganar trouxa, os Sírios desocupam suas bases com pessoal e material e os americanos atacam essas bases vazias

Augusto L
Visitante
Augusto L

O ataque pode não ser direcionado as bases mas à predios do governo Assad matando politicos aliados.

Jr
Visitante
Jr

Eu acho que se tiver ataque, os EUA vão dar prioridade aos lugares que tiverem forças iranianas, Israel deu a deixa essa semana

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

E os russos devem estar se borrando de medo, não é verdade?!

Leo Neves
Visitante
Leo Neves

A guerra já foi perdido para os EUA , Assad vai ganhar cedo ou tarde , e qualquer equipamento destruído nesse ataque americano a Rússia vai repor rapidamente.

Mateus
Visitante
Mateus

O que é ganhar na sua visão? Continuar no poder? A Síria está arrasada, milhares de mortos e milhões de refugiados. Um país que possivelmente não irá se recuperar até metade desse século.

Enquanto isso, do outro lado do oceano… Os Estados Unidos estão com suas estruturas intactas.

Hélio
Visitante
Hélio

Pois é, o objetivo dos EUA foi alcançado, arruinaram um país inteiro, mataram centenas de milhares de pessoas para no fim contar vantagem após mais uma de várias derrotas militares seguidas, afinal, o que é ganhar uma guerra? E ainda existe gente que diz que esses são os defensores das liberdades e da justiça.

Claudio
Visitante

se até o Brasil vai levar 30 anos pra se recuperar da era PT ..bom aqui morrem 61.000 pessoas por ano …aqui tem vários canhões ( Jandira , benedita…. ) é ta dificil , não tá fácil pra ninguém ..cada um com suas guerras kkkk

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

KKKK KKKK KKKK os canhões foi ótimo kkkkkk kkk kkk ainda faltou o obuseiro marina! apesar que a narizinho vale o investimento, pena que é de esquerda, esquerda caviar e champagne! abraços st4

Julio
Visitante
Julio

Se o Brasil tiver a sorte de ter uma sequencia de Governos fortes e honestos, em 10 anos todo o estrago do PT é revertido. Esse país tem uma capacidade muito grande de ser recuperar. A situação atual não é pior do que no período de Sarney e Collor.

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

Mateus.
Quem vai reconstruir a Síria vai ser o dinheiro da China.
Mais um canteiro de obras.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

também acho, e os Russos ainda perdem tempo com o Ocidente.

Otto Lima
Visitante

A China não visa apenas a reconstrução da Síria, que aliás faz parte da Rota da Seda, mas está presente indiretamente no conflito, fornecendo tecnologias de mísseis de cruzeiro para o Irã, seu principal aliado no Oriente Médio.

Emmanuel
Visitante
Emmanuel

Aham…treinar…claro.

tomcat3.7
Visitante
tomcat3.7

A situação cada vez mais crítica por ali,varias nações e seus interesses e o povo(principalmente as crianças) no meio ,tratados como um nada,menos que baixas de guerra, muito triste isso. Discutimos entre nós quem vai fazer o quê, quem tem mais poder de fogo e tal, mas as bombas são lançadas diuturnamente sobre o povo sírio que perde tudo a cada embate,bombardeio ou combate. Triste realidade. Deus abençoe as vítimas desta desgraceira toda.

André Bueno
Visitante
André Bueno

Concordo.

Jr
Visitante
Jr

Infelizmente essa é a realidade e não só na Síria, no Iêmen e na Líbia acontecem a mesma coisa, tenho muita apena da população desses países. Só agora que estamos vendo de verdade o do porque o Sarkozy (agora preso) era tão entusiasta do ataque a Líbia.

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

onde assino

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

Putin mais inteligente do que se imagina kkkkkkkkk, Mas assim, em algum momento eu acho que esses navios irão voltar… Mas será que voltam os 11? Ficar dando sopa la é besteira. Acho que nem o Brasil imaginava que o pepino seria desse nível, mas o bom que a Rússia e o Brasil estão nos BRICS e alguma relação eles possuem, o histórico é tranquilo, não será um desgaste. Apropósito, vale lembrar que o Brasil não esta la por completo, a missão é da ONU, é uma representação da ONU. O BR é o intermediário. Sobre os Estados Unidos, tem… Read more »

Mateus
Visitante
Mateus

Pode estourar uma guerra entre os EUA e a Rússia que a missão da ONU não tem nada a ver com isso. Se a Rússia atacar os navios da UNIFIL é uma declaração de guerra aos países membros da ONU.

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

Exato, e é ótimo que seja o Brasil a estar la, pelo mesmo motivo de ser o pais que historicamente abre os discursos na ONU, por ser um pais neutro. Mas eu nem sugeri que o Brasil seria atacado, mas sim que ele tem de lidar com essa situação.

Adler Medrado
Visitante

Se nós atacarem lá, nós enviamos umas “Inhaumas” e damos o troco.

Rodrigo Tavares
Visitante
Rodrigo Tavares

“Inhaumas” não chegam em Cabo Frio

Alex II
Visitante
Alex II

Onde na matéria se diz que eles estão deixando o porto pra evitar um ataque? Ou a manchete é suposição do blog transformado em afirmação?

Esse ataque quimico da Siria está parecendo aquelas armas quimicas do Saddam, tudo isso é muito nebuloso, como sempre na disputa pelo poder global.

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

Eu tbm me perguntei isso, o titulo relata com propriedade né? kkkkkk
Mas assim, na verdade esse aviso de treinamento veio pós-treta com Israel e posicionamento dos EUA, e a Russia precisa levar todos mesmo? Não poderia ser só alguns?. Esses fatores me fizeram acreditar que o título possui algum exagero, mas também uma certa razão kkkkkkkk

Jr
Visitante
Jr

O Título da matéria poderia ser considerado dúbio, mas se você ler a matéria toda, inclusive as fotos ilustrativas, muito provavelmente você chegara a conclusão que os navios russos deixaram o porto não com medo de serem atingidos, até porque eles sabem previamente que os EUA não os atacariam, mas sim para fazer um exercício na costa Síria na direção da base aérea Britânica no Chipre

Otto Lima
Visitante

O nome disso é CLICKBAIT

Alex II
Visitante
Alex II

Tadeu Mendes 11 de Abril de 2018 at 13:52
“Trump está advertindo a Russia. O recado foi dado.”

Vc pode imaginar o Putin tremendo de medo, não? rs

Aerokicker
Visitante
Aerokicker

Eles, submarinos Kilo principalmente, estão perto demais da UNIFIL. Não vai dar certo.

USGrant
Visitante

Os Estados Unidos tem origem histórica combatente, moral, poder em geral em larga escala, e defende seus interesses em qualquer parte do mundo. É a Terra do Bravo e do Livre.
Americano ama a America, e tem um Presidente Estadista, Líder e fim de papo.
O mundinho tava acostumado com o politicamente “correto”, bla, bla, bla.
Inimigos correm sejam na terra, mar ou ar.
Go U.S.A to victory.
Im support.
Admiral Mahan: Ter uma grande Marinha domina o comércio mundial. Sim, e o resto.

tomcat3.7
Visitante
tomcat3.7

Mas como já vimos N vezes na história poderes imperialistas(grandes e poderoso impérios) sempre teem um fim em algum momento, e por meio de N fatores/motivos/circunstâncias, e isso vale para todos.

Edmilson Sanches
Visitante
Edmilson Sanches

Napoleão e Hitler pensaram a mesma coisa a respeito da Rússia.Ah..O Vietnã manda lembranças aos bravos.

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

Pelo jeito, a valentia do Putin vai só até a página 2. Ou seja, até os EUA falar grosso e dar basta.

Já tinha levado uma invertida, quando colocou tropas russas como mercenários de fachada para atacar uma base americana e acabou colhendo uma surra aniquilante.

Agora, para quem dava “avisos ao Ocidente” e tinha proclamado que iria bancar os sírios até o fim, com as tais defesas AA inexpugnáveis, correr da linha de tiro dos Americanos não parece ser muito adequado.

Edmilson Sanches
Visitante
Edmilson Sanches

Comentário de torcedor.

Dalton
Visitante
Dalton

Os 11 navios “de guerra” conforme indicados na foto, são:
.
1 fragata : Admiral Grigorovich de 4000 toneladas totalmente carregada;
2 submarinos convencionais classe “Kilo”;
2 embarcações de patrulha classe “Grachonok”;
1 Navio de desembarque “Ropucha” de 4000 toneladas totalmente carregado;
1 Navio tanque de médio porte “Olekma” de 6500 toneladas totalmente carregado;
1 Rebocador oceânico classe “Okhtensky”;
1 Navio de reparos, “Amur”;
2 Navios de transporte de carga geral.

Leo Neves
Visitante
Leo Neves

Esses navios patrulhas tem qual armamento?

Otto Lima
Visitante

Leo Neves, os NPa Classe Grachonok (Projeto 21980) possuem o seguinte armamento:

– 1 metralhadora MTPU 14,5 mm
– 1 lançador de granadas manual DP-64 45 mm
– 1 lançador de granadas remoto DP-65 55 mm
– 1 lançador manual de mísseis AAe 9K38 Igla

Dalton
Visitante
Dalton

1 metralhadora pesada de 14,5 mm, lançadores de granadas e um sistema portátil Igla de misseis antiaéreos.

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
E as pistolas da galera, sabe me informar? Makarov, Strij… Sabe me dizer?

ednardo curisco
Visitante
ednardo curisco

Estes navios da classe Grachonok só pesam 148t e tem 8 tripulantes. São quase ‘lanchas’ e sua função é policiar águas de portos e locais estratégicos em missões anti-sabotagem.

Para a missão o armamento é simples mesmo.

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

A Rússia possui mais de 100 navios de escolta entre Cruzadores, Destroyers, Fragatas e Corvetas.
E mais de 60 Submarinos, entre nucleares e convencionais.

Além disso possuem mais de 1.000 caças e dezenas e dezenas de bombardeiros estratégicos.

E o maior arsenal de ogivas nucleares do mundo.

Esses 11 navios que estão na área, realmente não assustam tanto.
Mas se os EUA prezarem pela vida, os ataques serão coordenados com os russos e limitados.
Um ataque contra as forças russas provocaria a 3a guerra mundial.

Dalton
Visitante
Dalton

Luiz… . sem querer desmerecer a marinha russa, mas, a espinha dorsal da mesma é formada por cerca de 70 corvetas de até 1000 toneladas de deslocamento espalhadas entre 4 frotas e a flotilha do Mar Cáspio. . O número de cruzadores está restrito a 5 unidades, dois melhor conhecidos como classe “Kirov”, um dos quais o “Nakhimov” só será devolvido à marinha em 2021 e 3 classe “Moskva”. . O número de “destroyers” é estimado em 13 unidades, vários deles indisponíveis, e o número de fragatas de até 4000 toneladas e grandes corvetas classificadas também como fragatas leves é… Read more »

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Dalton. Todas a marinhas do mundo possuem meios em diferentes estágios de manutenção ou modernização. Ninguém tem 100% dos meios em operação. Você diz que 70 navios são corvetas com baixo deslocamento. Mas muitas são fortemente armadas com mísseis de cruzeiro como o Kalibr e/ou mísseis antinavios supersônicos como o yakhont. 5 cruzadores. Parece pouco. Mas fora a Us Navy que possui 22 cruzadores da classe ticonderoga, qual outra marinha em todo o globo possui 1 único cruzador? Aliás, são 3 cruzadores e 2 Cruzadores de Batalha Nucleares. Algo que nem os EUA possuem. Os cruzadores ticonderoga americanos deslocam 9.800… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

Luiz… . “meu ponto” foi clarificar quanto aos tipos de navios da marinha russa, pois da forma como você escreveu e isso não significa que você desconhecesse e sim que às vezes escrevemos apressadamente, deu a impressão de um número maior de “grandes combatentes” de superfície e não que a marinha russa seria maior que a US Navy. . A espinha dorsal da marinha russa é formada por velhas corvetas de até 1000 toneladas de deslocamento, evidente que existem algumas mais novas com mísseis de cruzeiro, mas, são minoria. . E não sou eu quem acha “pouco” o fato de… Read more »

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Dalton, entendo seu ponto. Estou de acordo em boa parte. Algumas ressalvas: 1)Ustinov comissionado em 1986. Portanto 32 anos de serviços e foi recentemente revitalizado, como você disse. Cruzador Ticonderoga Americano comissionado em 1983. 35 anos de idade. Aliás a US Navy possui 4 Cruzadores Ticonderoga MAIS VELHOS que o Ustinov. 2) O Varyag, último Cruzador da Classe Slava foi comissionado em 1989. A US Navy possui Destroyer Arleigh Burke comissionado em 1991. 3) O Pedro o Grande, Cruzador de batalha nuclear da classe Kirov, foi comissionado em 1998. A US Navy possui 25 Destroyers Arleigh Burke MAIS VELHOS que… Read more »

Vader
Membro

Trump não é tonto nem rasga dinheiro, ninguém anuncia que vai atacar e menos ainda o americano, que TEM como fazê-lo independente de ameaças… Se lembra como ele passou meses ameaçando a Coréia-Lixo e não apenas não atacou como aceitou participar de uma reunião de cúpula?
.
Esse cara é esperto pra c…, e quem está por detrás dele é ainda mais…
.
Quanto aos russos, fizeram o que até a Marinha de Guerra da Bolívia faria… Bittencourt tem medo… Navio dando sopa no porto é alvo fácil, navegando no mar a coisa é mais complicada…

BILL27
Visitante
BILL27

Seguindo sua lógica ,a Rússia não precisaria tirar seus navios do porto .Pelo que eu entendi da materia ,hj teria um exercicio militar na costa da Siria ,dai o motivo deles terem sido deslocados ,ou vc acha que os EUA atacariam os navios Russos ancorados no porto ? Como vc ja bem disse não atacariam nem a Siria e muito menos os navios de bandeira Russa

Nilson
Visitante
Nilson

Os navios no cais mais abaixo na foto, são a frota síria?? Seria um suficiente motivo para os russos deixarem o porto, não receberem impactos direcionados à frota síria.

Bruno w
Visitante

“Pelo jeito, a valentia do Putin vai só até a página 2. Ou seja, até os EUA falar grosso e dar basta”

(Provérbio Salomão)
“Na multidão de palavras não falta transgressão ,mas o que modera os seus lábios é prudente”..

Um homem em silêncio pode ser pior do que aquele que grita no “Twitter”….ninguém sabe até agora qual são os planos de Putin..é esse o perigo..

jacó
Visitante
jacó

Deixa de ser trouxa os estadous desunidos e falidus do norte só manda no brazil dos trouxinhas vira-latas de direita.

Pedro Henrique
Visitante
Pedro Henrique

Bom, obvio que estão se espalhando na área.
Desde o ataque japonês a base de Pearl Harbor , que foi mostrado que deixar navios todos juntos não e uma boa ideia.

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Cagões nada, são sensatos.
Senão, será GUERRA MUNDIAL.
ASSAD e a Síria não valem o preço.
Todos tem filhos(as), netos(as), esposas e mães.
Fora amigos(as), conhecidos(as).
Os Estados Unidos não tem como conquistar a Síria, teriam que enviar tropas a alto custo de vida e dinheiro.
E a realidade, o que os Estados Unidos querem é o Irã!!
A Síria é apenas um alvo secundário.

Doug385
Visitante
Doug385

Na verdade a presença do Irã na Síria tem incomodado muita gente, principalmente os israelenses e sauditas. O que é completamente compreensível, visto tratar-se de um estado pária.

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

O fato é que a marcha toca diferente do que alardeia a banda russa na trilogia. A idéia de que onde houvesse bandeira russa haveria um santuário proibido às forças ocidentais parece ser apenas “wishful thinking”. Pelo movimento de hoje, ficou claro que não há alvo na Síria além do apetite dos EUA. Pode haver falta de apetite, mas quando bater a vontade, tendo bandeira russa no alvo, os EUA mandam tirar a bandeira. Simples assim! Quem determina o que é alvo na Síria para os EUA são eles mesmos. Apenas fazem a gentileza de mandar os russos limparem a… Read more »

Advisor
Visitante
Advisor

Um bom líder, não deve fazer ameaças vazias, perde a credibilidade…

Marcelo r
Visitante
Marcelo r

Meu Deus quanta asneira. Jamais esse degenerado estadunidense e seus asseclas do seu regime e europeus insignificantes ousarao atacar alguma base russa….seria uma conflagração nuclear em grande escala. Esse bufao caricato degenerado está blefando e dizendo asneiras pelo Twitter. Ridículo. Aliás o governo da Rússia já declarou que não faz diplomacia pelo Twitter. Quanto a navios se fazerem ao mar, isso é perfeitamente normal numa situação de tensão dessas. Estando no mar estarão mais seguros….qualquer pescador iniciante sabe disso. Os russos devem estar c…do de medo…fala sério! Aliás outro dia o presidente PUTIM já “cantou a pedra”…..” para quê um… Read more »

Celso
Visitante
Celso

Esses Russos e seus assimilados sao covardes mesmo…….responda ai porque nao revidaram o abate de seu aviao pelos Turcos………sao COVARDES mesmo, so ameacam brandindo seus artefatos nucleares, coisa que bem sabem nao poderao usar, bem como os USA, Eurobambis, Chinas, Indianos , …….enfim, nao aguentarao um confronto direto nos dias de hoje.

Jose Eudes Viana Ferreira
Visitante
Jose Eudes Viana Ferreira

pessoal tem navios chineses na area fazendo manobras com os russos.

Rodrigo Tavares
Visitante
Rodrigo Tavares

Aonde você viu isso?

MadMax
Visitante
MadMax

Prudente.

Antônio Carlos Allocer
Visitante
Antônio Carlos Allocer

Os Navios Russos deixaram o porto para realizar um exercício, esse é o fato.
Deixar o porto para evitar um ataque, isso aí já é interpretação (fica mais chamativo o título).

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

“Alvos saborosos…”

jagderband#44
Visitante
jagderband#44

De qualquer forma a chapa está quente na região. Melhor o pessoal da nossa MK10 ficar de olhos abertos e ouvidos afiados no sonar.

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Haha. Aqui parecem torcida de Fla-Flu. Isso não é brincadeira não, amigos. A Rússia agora é quem fez a linha na areia, e a China também está chegando lá com suas forças para ficar ombro a ombro com eles. Estados Unidos não é novo, não. O custo-benefício de um ataque da US Navy piora a cada minuto que passa. Essa é mais bem uma situação de check Mate, nada mais. Ou, mutually assured destruction.

BILL27
Visitante
BILL27

Não vai ter ataque nenhum .Os EUA não avisam quando vão atacar a exemplo da ultima vez

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

E por falar da fragata brasileira naquelas águas, deveriam voar um bandeira gigante do Brasil, para não haver nenhuma confusão. Mas lembremos que mesmo uma bandeira gigante dos Estados Unidos não evitou o ataque homicida ao USS Liberty por Israel, em 1967. O mais seguro seria eles zarparem para a Itália, até as coisas esfriarem um pouco. Cuidado, Brasil. Lá só brinca gente grande.

https://en.m.wikipedia.org/wiki/USS_Liberty_incident

Tiger 777
Visitante
Tiger 777

Este ataque, Israelense, envolveu a proteção de segredos militares. Leia Six days of War. Abcs

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Syria, 2018…

https://youtu.be/sXldafIl5DQ

Tsrsrs

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Dead InThe Water, BBC, 2002

https://youtu.be/kjOH1XMAwZA

Bardini
Visitante
Bardini

A Rússia tirou seus navios do porto, e atacar um navio russo navegando é praticamente um ato de Guerra.
A Força Aérea da Síria já movimentou toda sua aviação para local seguro, onde “não pode ser atacada”.
.
Parece que o objetivo é: quer atacar? Manda pau… mas só vai levar as estruturas físicas.

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

esse escândalo todo é pra avisar: “estou chegando, limpa a casa ai fazendo favor, tem 2 dias” kkkkkkkkkkkkkkk Se quisessem pegar de surpresa ja teriam feito.

Andre
Visitante
Andre

Concordo contigo. É só os Sírios deslocarem seus equipamento para as bases Russas e deixar os Tomahawks derrubarem os concretos.

Quanto à marinha Russa, fizeram o que qlq um faria. Colocaram os navios no mar ao invés de deixá-los como alvos parados no porto.

Agora, está muito estranho esse negócio de avisar que vai atacar… quem quer atacar, pega na surdina com o oponente totalmente desprevenido e desavisado.

Arariboia
Visitante
Arariboia

O Porto sírio de Tartus, não é alvo hipotético. Mas ele está equipado com S300V4 e Pansirt S2 .

Augusto L
Visitante
Augusto L

Podemos tirar algumas conclusões: 1- A Russia tirou seus navios do porto para pressionar o Cyprus. 2- os Russos estão tentando botar fogo, ou fazer parecer que estão escalando, para tentar fazer a população americana pressionar o Trump a abaixar as armas. 3- Não sabemos qual sera/serão o(s) alvo(s) desse novo ataque ou sua dimensão. 4- Quando o grupo do USS Truman cegar na região, se os EUA e seus aliados quiserem varre a região, a Russia pouca coisa pode fazer no campo convencional. 5- Provavelmente nem os EUA vão atacar alvos russos e nem os russos vão retaliar alvos… Read more »

BILL27
Visitante
BILL27

Se até agora não fez nada ,não vai ter ataque nenhum.
E outra ,os EUA não mandam aviso antes de atacar ,vide o ataque ´passado

Augusto L
Visitante
Augusto L

Da ultima vez, os EUA avisaram sim.

BILL27
Visitante
BILL27

Não me lembro de ter saido na midia e muito menos ele twittar de tal ataque .Eu pelo menos,só fiqei sabendo depois do ocorrido

Marcos
Visitante
Marcos

Manobra com navio de reparos? O caso é que precaução e canja de galinha não fazem mal a ninguém.

Rodrigo Tavares
Visitante
Rodrigo Tavares

Alguns pontos me impressionam nessa guerra da Síria 1º – Uma simples manifestação no país se transformou em uma carnificina e que destruiu um país praticamente inteiro em 7 anos. Eu pensava que iria ser longa, mas nem tanto 2º – Depois da ajuda russa e distanciamento dos EUA aos rebeldes, as tropas de Bashar Al-Assad praticamente retomaram o país que estava em retalhos. 3º – Como essa guerra virou um cenário de briga geopolítica, teste de armas, engajamento de países vizinhos e tudo mais que possamos imaginar. 4º – Nunca imaginei ver um presidente dos EUA usar twitter pra… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Rodrigo Tavares, 1 – Foi mais que uma simples manifestação… Assad, que certamente percebeu isso, poderia ter renunciado logo no começo e não haveria qualquer guerra, mais ou menos como ocorreu em outros países onde floresceu a ‘Primavera Árabe’, nos quais ocorreram mudanças políticas profundas com troca de líderes e parlamentares sem que houvesse maiores consequências. 2 – O país ainda está em retalhos, e não há meio de como “colar” tudo de novo no curto prazo… Curdos ao norte, rebeldes em rincões no sul, milícias extremistas no centro e a leste, além de forças estrangeiras empenhadas em auxílio as… Read more »

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

RS, POIS É!!

Rodrigo Tavares
Visitante
Rodrigo Tavares

1 – Quando eu disse uma “simples manifestação”, claro que falei no sentido pacifico da mesma, nem mencionei tamanho e os motivos.
Claro que já existia uma “oposição” ao regime sírio e teve influência dos EUA, GB e outros países….e só esperavam momento certo pra iniciar uma luta armada que praticamente destruiu o país.

2 – Mas hoje bem menos pior que antes, quando tinham milicias da ISIS e NUSRA controlavam metade do país

3 – É, mas essa foi demais……rsrs

4 – Quem tá acima dos 40 anos jamais imaginava algo assim, sério rsrs

Augusto L
Visitante
Augusto L

” Quem tá acima dos 40 anos jamais imaginava algo assim, sério rsrs ”
É a internet vem mudando algumas coisas mas esse populismo já existia antes da internet muito antes o diferente agora é que há um presidente dos EUA quê é populista, geralmente isso acontecia em paises do 3° mundo.

J.Leo
Visitante
J.Leo

“1 – Foi mais que uma simples manifestação… Assad, que certamente percebeu isso, poderia ter renunciado logo no começo e não haveria qualquer guerra, mais ou menos como ocorreu em outros países onde floresceu a ‘Primavera Árabe’, nos quais ocorreram mudanças políticas profundas com troca de líderes e parlamentares sem que houvesse maiores consequências”. Como não houve grandes consequências? “A Primavera Árabe” foi dissipada em meio às areias da região. Mubarak foi deposto no Egito, o Egito se tornou um Estado policialesco, os opositores ao governo estão em sua maioria nas cadeias, as insurreições são contidas à bala. Kaddafi foi… Read more »

tomcat3.7
Visitante
tomcat3.7

Não esqueça do Sadan ,que puxou a fila. Li um comentário muito interessante de um forista que colocou uma informação obtida na faculdade, em aula, sobre imperialismo do tio Sam em relação ao dólar, o qual foi o motivo(real) da deposição de Sadan e Kaddafi pois ambos estavam a passar a comercializar petróleo em outras moedas que não o dólar, o que faria a balança comercial começar a ruir pro tio Sam ,pois sua base está no peso do dólar no mundo. Achei muito interessante, o texto é grande e não lembro de tudo mas o tema é o valor… Read more »

J.Leo
Visitante
J.Leo

Um dos motivos, talvez o principal, de os EUA estar levantando a voz contra a Rússia, a China e o Irã é justamente o direcionamento que esse três países têm tomado em relação ao dólar americano. Basta dizer que eles unificaram seus sistemas de pagamentos, sem o dólar. Outro motivo, esse mais prejudicial à moeda americana, foi a China ter iniciado, mês passado, o comércio futuro de petróleo com pagamentos em Yuan, mudando a regra em vigor no mercado petrolífero. Sendo a China, atualmente, o maior comprador de petróleo do mundo, pode-se prever, em futuro mediano, a China tornar-se o… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

E o maior produtor é os EUA segudos pelos paises do golfo persico, que so aceitam dolar como pagamento. A bolsa de troca de petroleo que a China montou é so pra petroleo explorado por companhias chinesas. Os 3 ainda precisam do dólar para reservas e trocas comerciais, pq as maiores empresas que são americanas e européias só aceitam em dólar. E a China precisa comprar dólar pra manter sua moeda desvalorizada. Mas isso não tem nada haver com a Síria, as punições contra Assad pelos supostos ataques químicos parte da estrategia ocidental é achar uma solução politica, onde os… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

Não mudaria em nada. Aliás o Iraque na época estava em embargo os EUA e o RU não estavam comprando o óleo iraquiano. O dólar é o quê é por causa do tamanho e estabilidade da economia americana, o investimento lá é muita vezes mais negócio do em outras partes do mundo. Unico impacto do petrodolar na economia america é na taxa de juros, os paises produtores usam o dólar ganho na venda do petróleo para investir em bancos americanos, aumentando assim a sua disponibilidade de emprestimos. Mas à maioria que outros investimentos se tornam atrativos nesses paises ou em… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

J-Leo,

A Primavera Árabe deu-se em 21 países. Em 17 deles, a situação gradualmente estabilizou-se. E assim o foi porque as respectivas lideranças compreenderam as consequências e bateram em retirada ou souberam onde e como ceder. Simples assim…

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Os russos devem ter descoberto que o foi o Assad mesmo que mandou bombardear com armas químicas. Tirou seus navios porque deve ter sido informado que vão destruir o porto e não vão arriscar perder seus frota.
Ae depois do ataque com mísseis eles deverão gritar que os EUA são covardes porque não tiveram coragem de mandar os misseis com os navios ancorados… Ou não né?!? Putin é imprevisível!
De qualquer forma o ataque é inevitável. Bastar saber quando…

Walfrido Strobel
Visitante

Os EUA não atacariam a Base Naval russa.

BILL27
Visitante
BILL27

Luiz Trindade 12 de Abril de 2018 at 12:52
Os russos devem ter descoberto que o foi o Assad mesmo que mandou bombardear com armas químicas. Tirou seus navios porque deve ter sido informado que vão destruir o porto e não vão arriscar perder seus frota.

Não exagera irmão …nunca que os EUA iriam atacar o Porto ,sabendo que a Russia faz uso regular dele …Não vai ter ataque ,pode escrever …A partit do momento que o Trump usa o twitter para dizer isso ,pode ter certeza que é blefe

ednardo curisco
Visitante
ednardo curisco

1- Sabe aquelas brincadeiras de ‘porradaball”? A galera dava 5min para quem não quisesse brincar sair da área. Depois era porrada geral.

Obs: Trump acaba de negar que disse que haveria ataque.

2- A Marinha Russa tem um grave problema: Sua frota está espalhada por 4 ou 5 ‘mares’ desconectados. A maioria de sua frota, num caso de conflito, é facilmente isolada até por restrições geográficas.

BILL27
Visitante
BILL27

Estava claro que o Trump estava blefando …ELe fez a mesma coisa com a CN.Se fosse fazer algo realmente ,iria ser na surdina

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Mais uma vez, fico na expectativa com a “marujada” da F 44 Independência.
Que estejam alertas.

Larri Gonçalves
Visitante
Larri Gonçalves

Em caso de conflito as Marinhas ou Armadas desatracam suas belonaves de seus portos ou bases navais o que dificulta ao inimigo localizar e atacar belonaves dispersas, mesmo com utilização de imagens de satélites e drones, ainda assim as belonaves dispersas no mar tem mais chance de sobreviver e realizar um contra-ataque, presumo eu, que os Russos estejam pensando assim em caso de ataque dos USA, França, etc…

Tiger 777
Visitante
Tiger 777

Rússia, seguiu o ditado: Quem tem cu tem medo…

Renê Reis
Visitante
Renê Reis

Eita a Russia ta falando grosso, o kin koreano desmoralizou o falastrão do trump mesmo.

filipe
Visitante
filipe

Guerra é Guerra , não podemos brincar com fogo, espero que haja paz, que haja negociações, a Russia está ressentida com a perda da Ucrânia, desde que eles anexaram a Crimeia, que eles não estão para brincadeiras, e eles são uma super-potência nuclear, tem 7000 ogivas nucleares, podem destruir o mundo conforme conhecemos, a par dos Estados Unidos têm os maiores arsenais nucleares do mundo, por causa de Assad, vão se degladiar, e acabar com o mundo. Acho que têm de imperar a calma e o bom senso, vão acabar por retalhar a Siria em vários países, mas a Russia… Read more »

Rodrigo Tavares
Visitante
Rodrigo Tavares

Esse ataque do Trump parece a “interversão militar” no Rio que avisaram aos traficantes meses de antecedência…….

Tiger 777
Visitante
Tiger 777

Vc queria uma guerra mundial é???

ROBINSON CASAL
Visitante

Explosões são ouvidas em Damasco : veja as primeiras fotos.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Não falei?!?