Os custos de construção dos principais navios de guerra da Marinha Chinesa

221

Veja a seguir os custos de construção estimados para os principais combatentes de superfície da Marinha do Exército de Libertação Popular da China (PLA Navy).

Fragata Type 054A

1,8 bilhão de RMB (US$ 280 milhões) – 32 VLS – 4.000 toneladas, 35 unidades construídas, 31 na ativa e 50 planejadas.

Destróier Type 052D

3,5 bilhões de RMB (US$ 550 milhões) – 64 VLS – 7.500 toneladas, 18 unidades construídas e 25 planejadas.

Destróier Type 055

6 bilhões de RMB (US$ 940 milhões) – 112 VLS – 13.000 toneladas, 8 unidades construídas e 16 planejadas.

SAIBA MAIS:

Subscribe
Notify of
guest

221 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Romin

Quando você ver que o PIB Chinês ultrapassou os 100 trilhões de yuan, dá noção do quão grande a marinha deles pode ser

Matheus S

Fato interessante. O PIB como já informado, ultrapassou de 100 trilhões de yuan, mas o orçamento militar chinês está atualmente em 1,3 trilhão de yuan. O PIB da China agora em novembro deve estar em 107 trilhões de yuan, o equivalente a US$16,86 trilhões. Se colocarmos a quantia de 1,36 trilhão de yuan no PIB correspondente a 100 trilhões de yuan, fica nítido que a China estará gastando 1,3% do PIB, vale destacar que nesse ano o Sipri analisou os dados de gastos militares chineses e diminuiu a porcentagem de gastos militar chinês de 2% para 1,7% do PIB. Se… Read more »

Leonardo

Será que o governo é tão anti-china assim que não pode encomendar uma meia dúzia?

Roberval Rosa

Com os cerca de 2 bilhões de dólares do Programa Tamandua, ops digo Tamandaré, poderiam ser adquiridas: 5 Type 54A e dois Type 52D, mas vamos de Tamanduá para alegria do almirantado.

carcara_br

Quanto custou produzir todos os sistemas, armas, estaleiros, processos e pessoas pra conseguir estes valores, isso normalmente é omitido. Isso é a pontinha do iceberg, chineses investem a décadas para chegarem onde estão.

Last edited 2 anos atrás by carcara_br
Luís Henrique

Esses custos são para a PLA Navy e é uma estimativa. Para exportação com certeza fica mais caro.

vlademir baltazar

tamanduá.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Bandeira!!!!!!

Munhoz

Trocar um navio de construção alemã, por um chinês que no final ia sair uns 20 % mais barato não é um bom negócio, sistemas de produção e propulsão são muito sensíveis é navio para 30 anos, não da para confiar a esse ponto

Leonardo

Espero que você tenha razão Munhoz! Que o projeto alemão realmente dure bastante, poderiam até dobrar o número de fragatas.

Paulo Mancinni

Um dia as “Tamanduá” vão servir de “guarda-chuva” para vc e sua família, e contribuir para soberania do país onde vc mora, quero ver continuar com sua ironia.

Allan Lemos

Nesse caso o problema nem é o governo, mas sim a MB, que jamais aceitaria operar navios chineses. Os oficiais brasileiros ainda acham que estamos na época da Guerra Fria.

Esteves

Antes. Ainda pensamos como antes.

Mk48

Você é outro que vai na onda desse infeliz ai que você respondeu.
.
Onde vc acha que compramos o projeto da nova base na Antartida ? E o AHTS ?
.
Pense mais antes de escrever asneiras.

Cristiano de Aquino Campos

Dá uma pesquisada antes amigo, ate aqui no site mesmo. Só fizemos a base com a China porquê foi a única a topar fazer pelo preço que podíamos pagar.

Camargoer.

Olá MK48. O projeto da base na Antártica foi feito por uma empresa brasileira. Foi feito uma licitação internacional para a fabricação da estrutura da base que foi vencida por uma empresa chinesa. Eu não sei dizer que os equipamentos internos (sistema de ar condicionado, geração de energia, etc) foram adquiridos no Brasil ou em outro país.

ROBERT

Não creio que é só isso. Allan, você tem que lembrar da Logística para a manutenção e operação quando vai analisar a conveniência de comprar qualquer coisa. Você compraria uma geladeira feita na Rússia sabendo que no Brasil não tem fornecedores de peças ou lojas de assistência técnica? ou se tem são poucas e ineficientes? ou melhor… que a geladeira russa não foi projetada para nossas condições de uso?
Nada contra produtos chineses ou russos, só não vejo com bom olhos tais aquisições ainda porque nosso pais este firmemente inserido, economicamente, culturalmente e politicamente no ocidente.

Rafaelsrs

Acho que isso de assistência técnica pode ser feito sem problemas, vide os carros da Tiggo que estão inundando nosso país, todos os horários comerciais da globo passa uma inserção da tiggo.
Acho que o problema seria mais em “recheá-los”, afinal duvido que os chineses colocassem seus sistemas de armas e radares, sabendo que no Brasil eles seriam espionados menos de 1 minuto depois da chegada no RJ.

Vitor

Mercado naval são outros 500 amigo…

Esteves

Carros da Tiggo?

marcus

Carro da Tiggo???? Não quero, e ti diggo, pode ficar com Tiggo.

TITO LOPES DA LUZ

Sempre que se adquire materiais ds guerra fora do pais os contratos ou estranhos a nossa industria, estes devem conter assistencia, pecas sobrassalientes etc. Veja o caso dos nossos helicópteros russos (MI 35), estão voando a quanto tempo? Da mesma forma nossos F5 americanos, submarinos alemães e franceses, quanto dos nossos meios e armamentos são da indústria nacional nacionai? Veja o caso dos Gripens, estamos montando um parque de apoio e inclusive construção destas aeronaves aqui no país, o sucesso dos italianos Xavante é A1 (AMX) nenhum general seria maluco a ponto de adquirir um meio na China, Rússia ou… Read more »

Rinaldo Nery

Os MI35 vão parar de voar.

Tutu

A FAB não conseguiu chegar em um acordo com os Russos e IAS, ou eles vão parar temporariamente enquanto se resolve isso?

Last edited 2 anos atrás by Tutu
Alex

Pode-se criticar (ou mesmo elogiar) as FFAA brasileiras por não usar hardware militar chinês ou russo, mas sejamos honestos e admitamos isso para começo de discussão: como em qualquer nação, assuntos militares estão entrelaçados com a geopolítica do país, a margem de manobra – vulgo, autonomia … – da caserna brasileira é extremamente limitada. Decisões deste tema, na verdade, passam longe dos quartéis, se concentrando no próprio governo. Ponto um. O ponto dois, assim, acaba sendo até uma constatação óbvia a partir do ponto um: como a aquisição de um produto militar passa por questões geopolíticas, é um tremendo dum… Read more »

Hellen

O problema é que o chefe do norte não autoriza e agora tem a lei CAATSA (Countering America’s Adversaries Through Sanctions Act)

https://istoe.com.br/brasil-paga-para-ele-trabalhar-para-mim-diz-comandante-americano-sobre-brigadeiro/

Fuca

Que só não vale pra índia…

Vitor

Estamos em uma nova guerra fria. Hehe a guerra fria 2

Mk48

Para de falar besteira!.
.
Temos um AHTS e toda a base na Antartica comprados na China!.
.
Tua vontade de lacrar é tão grande que só te faz passar por , no mínimo, ridículo.
.
Se encherga, bobão.

Luís Henrique

Leonardo, durante o processo Corvetas Tamandare, quando a MB resolveu aceitar navios projetados por empresas estrangeiros com deslocamento de até cerca de 4.000 toneladas, foi especulado que a Type 054A chinesa poderia ser um forte concorrente. Porém os chineses resolveram Não apresentar proposta.
A MB recebeu 9 propostas, teve proposta indiana, teve proposta ucraniana, mas não teve proposta chinesa.

Djalma

A Espanha, França , Itália e Inglaterra fazem melhores, tem mais tradição, porque comprar porcaria chinesa.

Edmar

Porcaria e seu pensamento! por isso continuamos subdesenvolvidos, c essa babação de ovo p europeus e americanos.

Fabio

A tecnologia da informação que vc usa 80% vem da China 3G 4G e bem provável que o 5G também, nossos eletrônicos coreanos americanos eu europeu tem tecnologia chinesa, a questão é mais de preconceito pois a indústria chinesa está em cada domicílio no mundo.

Nilo

500 milhões de dólares, 9.1 bilhões de reais para uma transferência de tecnologia duvidosa.
Estão de brincadeira, estão se lixando para o país.

Vovozao

13/11/2021 – sábado – Btarde, GALANTE, este valor refere-se a construção do casco, sem sistemas/armas??? Se for o preco deles completos, estamos sendo escandalosamente roubados, custo de cada Tamandare equivale a 2 TYPE 54, e, olha que são uma baita de uma fragata com 32 vls’s.

Luís Henrique

A type 054A foi oferecida por U$ 333 mi para a Tailândia em 2013. Hoje deve custar mais, com certeza.
O custo da Meko A100 de cerca de U$ 500 mi, inclui Tot e fabricação aqui no Brasil.
Talvez sairia uns U$ 100 mi mais barato adquirir uma type 054 A produzida lá na China, mas nunca pela metade do preço.

ROBERT

O que eu acho mais interessante quando se fala na Fragata Type 054A Chinesa, que são aproximadamente do mesmo tamanho das Tamandaré é comparar o armamento e desempenho delas com as nossas…

Vitor

A mesma sendo fabricada na alemanha sairia 20% mais barata. O custo Brasil não perdoa! Porém nao geraria emprego e nossos estaleiros ficariam penando…

Matheus S

Fazendo uma estimativa, o preço para o PLAN do Type 054A sairia por US$296 milhões, seria o preço da construção divulgado da matéria + 5% de lucro do estaleiro, isso daria uma diferença de US$54 milhões mais barato para o PLAN, se fosse uma diferença ainda maior, o PLAN teria que subsidiar o estaleiro, o que não é o caso da indústria militar naval chinesa.

Up The Irons

Você pode comprar uma Ducati Superleggera V4 por quase 200 mil reais. Mas também tem a concorrente chinesa por menos da metade do preço. Assim como a italiana, tem duas rodas, um motor, suspensões invertidas similares, bancos de couro… Tudo quase parecido, quase, quase iguais; as duas na mesma categoria. As performances diferentes, claro, mas enfim. Se você tem o dinheiro pra italiana, você compraria a chinesa? Bem, aí é com a consciência de cada um… Na foto, a tradicional italiana.

Caio

Entre o fuzil FAL que era feito na Bélgica e o feito no Brasil, sua consciência ficaria com qual?

Up The Irons

Entre o brasileiro e o chinês, você iria no chinês?
Entre o belga e o chinês, você iria no chinês?

Up The Irons

A questão não é ser PRODUZIDO na China. Muitos produtos ocidentais são feitos lá pela mão de obra quase escrava, isso é fato. A grande questão é ser DESENVOLVIDO na China; ser um PROJETO chinês. Alguém aí compra carro chinês ou só é legal na garagem dos outros?

Antoniokings

Atualize-se.
Já tem uns cinco anos que os chineses ganham mais que brasileiros.
E, certamente, essa diferença aumentou muito até hoje.

valor.globo.com/mundo/noticia/2017/02/26/salario-medio-da-industria-da-china-supera-o-do-brasil-e-do-mexico.ghtml

MARCO A S

E você usa a Globo como referência de reportagem! A empresa de notícias mais tendenciosa e esquerdista que existe no Brasil?!!!

Antoniokings

Só collocar no Google.
Tem dezenas de reportagens sobre o assunto.
Vai mais uma.

exame.com/economia/trabalhador-industrial-brasileiro-ganha-menos-que-um-chines/

max

Não há pessoas ciumentas procurando desculpas para dizer que a WIKI é uma mídia de esquerda/chinesa/comunista? Somente voto negativo?

Sobrevivente

Tendenciosa ela sempre foi,mais quando era interessante a direita não reclamava, agora esquerdista, daí é piada,agora entre a globo, e os robô do watts,face,etc..,eu prefiro a globo..

Cristiano de Aquino Campos

Não sei o que a globo é, e esquerdista más fez o que pode para tirar o PT do poder, e de direita na opinião da esquerda por esse mesmo motivo. Alguém pode se decidir ou e uma simples questão de torcida quando o seu lado e criticado mesmo com razão?

Camargoer.

Olá Cris. A Globo tem apenas o lado dela.

Camargoer.

Caro Marco. A Globo não é direitista nem esquerdista nem centrista. Ela é globalista.

marcus

Ganhar mais é o problema. Com certeza muitos países ocidentais que tem empresas na China, já estão procurando mão de obra mais barata e impostos mais baixos em outros países.
Na mesma região, Índia, Vietnam,Malásia e outros aguardam de bracos abertos.

Last edited 2 anos atrás by marcus
Antoniokings

A própria China está desviando parte de sua produção para países como Mianmar, Vietnã e outros.
São fábricas intensivas em mão-de obra e com baixo valor agragado, como têxteis, calçados e etc.

Vinicius 023

A chery, atualmente, tá fazendo um baita trabalho. Todo o catalogo dela só tem carros de alto valor agregado que só são comprados por clientes com renda bem mais alta. Inclusive ela tá bem próxima de passar a PSA nas vendas (peugeot e citroen) e a Nissan.

Esteves

Não é a Chery.

É a CAOACHERY. Empresa nacional que comprou a fábrica da Chery em Jacareí, aprendeu a montar carros com a Hyundai e sonha em construir um carro nacional.

Antoniokings

Esteves.

Os produtos são de origem chinesa.
A CAOA é que administra a operação da Chery no Brasil.
Devo lembrar que a Great Wall e a BYD anunciaram que estão iniciando operações no Brasil.

Sobrevivente

Caochery e uma franquia,o desenvolvimento é chinês.

MARCO A S

Plataforma da CAOA , que produz Tecnologias pra Hyundai, Kia e Toyota.

Esteves

Kia tem outro representante no Brasil. Os veículos vêm montados do Uruguai.

Toyota tem fábrica em Sorocaba. São japoneses.

A CAOA tem contrato com Hyundai da Coreia para importar e montar veículos exceto os que são feitos em Piracicaba onde a Hyundai monta HB20 e Creta.

Foi montando o Tucson que a CAOA aprendeu a montar os próprios veículos.

A CAOA tem mais de 100 concessionárias Ford. Também vende Subaru.

sub urbano

“Mão de obra quase escrava”, disse o nacional de um país onde o salário minimo é 180 dólares para 44 horas semanais (full time) kkk

Sobrevivente

Quanto ao trabalho escravo,o salario médio na China já é superior ao no Brasil, então temos salário escravo,ao que toca tequinologia de defesa e misturar com “politicagem”,é uma grande besteira,sendo que até o comando americano reconhece que a China já está a frente em tecnologia, mais afinal de contas nós somos craque em perde oportunidades.

Caio

Iria no que tivesse qualidade, sem ter que pagar a marca.

Cristiano de Aquino Campos

Então não compre nada da Europa pois tudo o que eles vendem sai mais caro pela marca.

Caio

Vou facilitar o raciocínio para você e outro comentárista.
Quando se tem pouco dinheiro e prudência, se busca o que se pode pagar e com qualidade.
Os produtos da Europa ocidental , eua, Japão são de ótima qualidade, mas podemos pagar por eles em quantidade adequada, para a segurança nacional?

MARCO A S

Se fosse pra comprar de um país com conceito político de esquerda…seria melhor comprar da Rússia, do que da China. Eles pelo menos já fazem negócio de material bélico com o Brasil, e o preço não seria assim tão diferente da China, e o Brasil não se arriscaria tanto ficar sob influência grande da China.
De quebra poderia ter um Putin disposto a calar o ânimo de uma Venezuela que sempre quer gritar alto.

Caio

País com “Ânimo político da esquerda” mantido pelo dinheiro das potências capitalistas. Esses alunos do YouTube e whatsapp são uma graça.

Cristiano de Aquino Campos

Rússia de esquerda? Nem a direita Americana e europeia acham a Rússia de esquerda amigo.
Ao contrário, sempre que dá ruim, os Ultra-direitistas vazam para a Rússia em busca de refugio, Russia e Polonia agora.
As criticas a Russia sâo sempre por quê lá não e uma democracia ocidental, o estado controla a econômia em resumo, tudo o que podem nos acuasar a qualquer momento.

Camargoer.

Olá Cris. Você tem razão. A regime político na Russia de Putin é muito diferente do regime soviético da época da URSS. A Russia hoje é um regime de direita pouco democrático. Acho que vou publicar um artigo aqui na trilogia esplicando o que é direita e o que é esquerda.

Slow

Publica mesmo , tem muita gente aqui que acha que só porque um país é contra os EUA significa que ele é de esquerda ..

Camargoer.

Olá Slow. Existem muitos equívocos. O primeiro é achar que um regime de esquerda é anti-EUA, ignorando que existem regimes de direita que são anti-EUA. Outra coisa é considerar que regimes de direita são democráticos e de esquerda são anti-democráticos. Outra confusão é assumir capitalismo como sinônimo de democracia. Outra coisa é achar que capitalismo é baseado no lucro. Outra confusão é achar que a democracia serve para proteger o livre-mercado ou que a o livre-mercado significa democracia.

Paulo Araujo

Não quero te desanimar, mas a turma do argumento “ad hominen” vai te chamar de comunista ou pior.
E para aqueles que tem a mente calcificada, não vai adiantar.

Antonio Palhares

Camargo.
Faça isso.
Será muito útil para ficarmos mais, no campo das ideias e menos no campo do preconceito banal.

Marcus Pedrinha Pádua

Meu prezado, você achar que a Rússia tem “conceito político de esquerda” mostra que seu conhecimento da Rússia e do que seja esquerda são, no mínimo, extremamente limitados e distorcidos. A Rússia atual é um Estado semidemocrático com um viés de direita, aí incluída a repressão legal e paralegal a dissidentes, inclusive imprensa. O Putin é um tipo de dirigente que faz do populismo e da autocracia seu modo de dominar o poder – mas também tem a postura e o modo de agir de um estadista de primeira linha (isso ajuda a Rússia a ser, ainda, um ator de… Read more »

Camargoer.

Caro Marco. O regime político na Russia de Putin é anti-EUA mas não tem nada de esquerda. O Iran é outro país anti-EUA com um regime de direita. Essa confusão é um grande equívoco

Nilo

teve uma geração de brasileiros anterior a sua qque também fazia piada dos produtos japoneses, lá atrás, na decada, de 70, vc é a continuidade, só que sua geração agora faz piada dos chines.

Esteves

Japonês, Twain, Coreano, Chinês. Logo faremos piada de produtos vietnamitas.

Opa…Esteves foi comprar bermuda na Scaranza. G ou GG. Depende. A moça trouxe um G tamanho P. GG não tem mais.

Agora os tamanhos são assim. O G ficou assim, disse a moça.

Entre as etiquetas…escondida no tecido, uma etiqueta vietnamita.

Vida dura.

WSilva

A diferença que vejo entre as piadas de japoneses, coreanos e chineses é que o brasileiro é tão vassalo que ele aceita coisas ruins japonesas, coreanas e americanas simplesmente porque acham legal esses países ou porque compartilham valores democráticos.

Eu já vi gente aí até defendendo os crimes de guerra do Japão. rs

Rafaelsrs

Se você está usando um celular samsung ou apple, é quase certo que ele veio da china.

guima

Eu prefero o FAL brasileiro e atirei muito e minha alça dce combate era para ele, nos venderam o FAL mais apenas com um tipo de massa de mira, existem a pequena media e grande dependendo da distancia vide manual,so vi a pequena, para 200 metros a alça era 400 o resto nao digo, a melhor arma que eu conheci e utilizei, eu vi outros modelos estrangeiros, mas nao abro mao do FAL, fabricado em Itaqjuba-MG

Antoniokings

Tem um sujeito com um canal no Youtube cujo propósito é comparar máquinas tradicionais com similares chinesas.
A última comparação que assisti foi de uma plaina elétrica da Makita.
Resultado: Mesma performance. Só que a chinesa era a metade do preço.
Só que os chineses já estão ultrapassando essa fase.
Não satisfeitos, os chineses agora têm marcas próprias que não deixam nada a desejar.
Já estão caminhando para dominar o setor de material pesado (navios, trens, tratores, máquinas pesadas etc.) e, agora, de material de consumo (smartphones, eletrônicos, carros NEV e etc.),
Acostume-se com isso.
É a nova realidade.

Esteves

Isso é verdade com centenas ou milhares de produtos. Esteves viu máquina injetora alemã comparada com similar chinesa.

A máquina chinesa mostrou a mesma capacidade por 1/3 do preço da máquina alemã.

É a vida.

Vinicius 023

Não concordo com muita coisa que vc fala Kings, mas nesse comentário vc foi cirúrgico. O forista acima disse que “ngm compra carro chines”, mas olha a Chery no mercado Brasileiro; disputando com marcas consagradas e em segmentos de alto valor agregador (muitas vezes superando marcas tradicionais).

Antoniokings

Vincius.

Comprei um Chery logo no início das operações da empresa no Brasil.
Similar ao que a concorrência oferecia.
Era mais equipado, mas com um preço um pouco mais em conta.
Não me deu quase trabalho.
Carro normal como todos os outros.
Só que agora, eles subiram um pouco o sarrafo e os carros dela estão relativamente caros.
Se bem que, atualmente, tudo agora está muito caro.

Amaury

Kingston poderia me passar esse canal por favor? É que sou um apaixonado por ferramentas elétricas. Só a título de curiosidade tenho algumas máquinas chinesas de uma marca chamada DONGCHENG que são melhores que BOSCH e MAKITA. Se puder me passar o canal eu ficaria grato

Amaury

Kkkk….o Kingston foi o corretor…desculpe Kings

Antoniokings

Amaury

Procure no Youtube o canal – ‘123 Fernando – Testes, Consertos e Criações’

Nesse vídeo que assisti, ele deixa claro que, acredite, têm cópias para todos os gostos.
As que são muito baratas é de qualidade pior e as muito boas que são equivalentes às originais, mas com um preço um pouco maior.

marcus

A industria chinesa trabalha sob demanda, você que barato e pouco durável, tem. Qualidade média e vida útil média tem também.
Já com alta qualidade e vida útil longa………
Tenho uma furadeira de impacto da Bosch que já tem 23 anos de uso intenso e nunca visitou uma assistência técnica.
Será que as Xing lings durariam tanto tempo???

Antoniokings

Furadeira de impacto?
Tem também.

Camargoer.

Olá AntonioK. Acho um enorme erro tentar argumentar qualquer comparação entre navios de combate em termos de carros e furadeiras. Daqui a pouco, estão comparando o peso unitário do grão de soja produzido em cada país como fator decisivo na geopolítica.

Antoniokings

A questão aqui é a velha mania de argumentar que os produtos chineses não têm qualidade.

Antoniokings

Segue o link do comparativo que te falei.

http://www.youtube.com/watch?v=o2HVVJKrAsc

marcus

Melhores que Bosch e Makita? Tenho uma furadeira de impacto da Bosch que já tem 23 anos de uso intenso e nunca visitou uma assistência técnica.
Será que as Xing lings durariam tanto tempo???

Wilson França

Compra uma e testa, ué!

LUCIANO DO PRADO

Mas o padrão dele é alto, vai ter que testar no mínimo por 20 anos, ai sim ele diz se é boa ou não.

Emmanuel

Meu Deus, dei um like para Kings e concordei com o que ele falou.
O mundo não é mais o mesmo.
Tirando o fanatismo chinês dele, até que as vezes diz algo certeiro.

Antoniokings

kkkkkk

SDS

Carlos Campos

já aconteceu comigo algumas vezes

Marcus Pedrinha Pádua

Então deve ser contagioso…

MARCO A S

A Questão não é desempenho momentâneo, mas a durabilidade e também a Assistência técnica para manutenção e consertos, trocas de peças e mão de obra qualificada pra execução de tudo isso. Olhe um pouco mais além do imediato.

Antoniokings

Assistência técnica realmente é difícil.
Mas, dependendo do preço e da durabilidade, pode valer a pena usar uma chinesa barata, usar até o fim e, depois comprar outra.
Além disso, se for para trabalhos não profissionais sem uso constante, uma mais barata pode resolver.
Não há necessidade de empatar muito dinheiro.
Depende da situação.

Camargoer.

Caro AntonioK. Você tocou em um ponto importante. Considerando o cenário internacional no qual o Brasil está inserido, acho improvável que o país se envolve de modo deliberado em um conflito militar assim como acho improvável que o país seja arrastado para um conflito contra seus vizinhos. Portanto, pode ser que seja maia apropriado para o país investir em meios modernos de dissuasão que possam ser mantidos com eficácia e manutenção garantida do que basear a estratégia de defesa em torno de equipamentos de menor qualidade para conseguir uma quantidade maior, mesmo sabendo que isso teria pouca empregabilidade a médio… Read more »

JR.20

Parabéns pelo comentário. O homem evolui, afinal de contas se não fossem pessoas como Santos Dumont o que seria do avião. Alguns comentaristas têm a cabeça quadrada, igual a ideia da terra plana!

Esteves

Isso é passado. Italianos transferiram linhas de montagem para a China. Assim como a BMW e a Mercedes fizeram no Brasil.

Uma bici de estrada Pinarello custa 20 mil euros porque é Pinarello. Aonde foi feita…já não importa mais.

Romão

Esse papo de Ducati italiana vs Ducati chinesa é conversa de racista. Racista, corno e sedentário. Me desculpe!

MARCO A S

Negativo cara…isso tem a ver com uma empresa que passa anos desenvolvendo um produto, e vem outro e rouba a sua idéia na cara de pau pra vender por menos do que você imaginava, sendo que vc levou anos às vezes pra chegar na qualidade que você queria….e como se sabe a China faz espionagem industrial a rodo….e não há mérito nisso. Por isso a comparação com o clone de imitação ter uma conotação negativa… não tenta lacrar que é feio.

WSilva

Coitado, parece que ainda não entendeu o que é uma guerra.

Enquanto você estiver ostentando a marca do seu fuzil uma bala já estará alojada no meio da sua testa.

No final das contas, arma é arma, matando o inimigo é que interessa.

carcara_br

Como ficariam os custos quando comparados aos simulares nas marinhas do EUA, JP e CS?
Olhando rapidamente, para o Japão, a classe Maya (10ton), saiu por 1.5 bilhões de dólares (wiki).
Países com recursos mais escassos vão ter muita dificuldade em acompanhar estes custos e isto inevitavelmente trará consequências diplomáticas e políticas.

Bruno Vinícius

Esse é o valor só do casco ou com os armamentos e sensores junto?

Last edited 2 anos atrás by Bruno Vinícius
carcara_br

Você entenderá melhor a metodologia se ler a matéria sugerida em SAIBA MAIS.

Bruno Vinícius

Grato pela dica, eu não tinha visto o link para a matéria. Interessante notar que a estimativa naquela matéria difere desta e, mais importante, em 2013 a China ofereceu a Type 054 à Tailândia por 333 milhões de dólares cada. Considerando a inflação, acho difícil de acreditar que o mesmo navio custe apenas 280 milhões atualmente.

Last edited 2 anos atrás by Bruno Vinícius
carcara_br

Sim, mas veja que existe diferença entre a valor de venda e o custo de produção, no próprio artigo do especialista (saiba mais) ele chegou num valor de custo seguindo a metodologia de comparação entre sistemas maior que o valor efetivamente praticado na venda, diferença pequena, mas ainda assim maior. Dai, é válido especular que os custos pra china são de fato menores, faria algum sentindo. Agora, como se chegou no valor deste artigo não foi informado, na realidade em nenhum dos dois existe um detalhamento acurado a ponto de poder ser replicado. Então existe uma margem de especulação por… Read more »

Bruno Vinícius

Bom ponto carcara. Infelizmente para termos o valor exato só se a China divulgasse os valores mesmo (o que não vai acontecer).

MIGUEL

É bem mais barato importar as FCT da China, os navios Chineses são bem mais baratos que os Ocidentais, fica difícil concorrer com a China.

Caio

A compra de equipamentos militares da China já deveria ser uma idéia melhor vista, pelos líderes militares do país, pois nada justifica esse preconceito boçal, já que além da ótima relação econômica com a China, hoje ela vende para países com MUITO mais prontidão para a guerra, do que nós, como: Paquistão, Tailândia, Bangladesh, Argélia e até mesmo para aqueles que sempre compraram de americanos e europeus, como Arábia Sauditae Iraque, que não iriam comprar porcaria para sua defesa.

MARCO A S

É claro , e depois é só deixar os Chineses pescarem também em águas do Brasil….afinal já estaríamos comprando Fragatas de guerra pra usar contra eles né ????

Na minha opinião elas já viram com um botão de autodestruição via Wi-Fi pra ser ativada pelos chineses em caso de conflito , ou não estaria imunes a ataques de guerra eletrônica contra eles que seriam os fabricantes.

Quer saber….? Melhor comprar uma tecnologia mais cara e Desenvolver sua defesa sem correr riscos de ser sacaneado por um país como a China que quer se tornar um país hegemônico.

Sobrevivente

Amigo vc está fora de órbita, bom negócio mesmo é quando o Brasil compra equipamentos americanos e eles negam fornecerem as armas, mais vamos fazer assim então, já que pessoas como vc não querem negociar com a China, não vamos vender mais nada pra eles e vamos ver aonde isso vai parar,de quebra ajudamos os americanos a venderem mais ao chineses.

Caio

Abobrinhas turbinadas.

Bardini

Esses custos não batem com as estimativas do link “SAIBA MAIS”…
.
De onde saíram esses valores?
E de que ano é isso aí?

Matheus S

O custo do navio mencionado na matéria “Quanto custa um navio de guerra feito na China?” faz comparações com sistemas similares ocidentais afim de obter uma “média” de preço para os sistemas chineses. Isso é equivocadamente feito desde que eu me conheço por gente, onde a CIA/DIA… usavam os gastos militares americanos como comparação para dar uma estimativa de gastos militares soviéticos, onde erroneamente se provou que na segunda metade da década de 80 com a Glasnot, os soviéticos estavam gastando 9% do PIB, um gasto bem inferior aos 15-26% do PIB que essas agências informavam. Para os fornecedores militares… Read more »

Bardini

Tu pode acreditar naquilo que lhe convém…

Matheus S

Não é que você tem razão. Gostaria da sua opinião de qual preço do Type 054A ou qualquer outro navio chinês você acredita que deva ser. Poderia nos informar, por favor. Elabore sua análise e nos convença do contrário.

Bardini

Eu não tenho que convencer ninguém a nada.
.
Opinião sobre preço de navio chinês, é especulação… Por isso eu fiz duas perguntas: De onde saíram esse valores? De quando são? É opinião? Eu gostaria de saber. Só isso.
.
No mais: não existe mágica e uma coisa é a China comprando navio chinês. Outra coisa é um país X comprando navio chinês.

Matheus S

Pois bem. Então, vamos considerar os seguintes aspectos: Obs: Novamente. O preço estimado da matéria do link “Saiba Mais”, o analista comparou os preços dos sistemas equivalentes com base nos custos ocidentais. Ele não pode fazer essa comparação por várias razões. Concordo que preço de navio chinês é especulação, mas até certo momento, existem muitas informações sobre custos de navios militares chineses que realizam a análise ainda em yuan, não baseando-se em preços de navios e sistemas ocidentais. Não é questão de acreditar no que me convém, mas de fatos. Primeira: A escala industrial. A China já é a primeira… Read more »

Bardini

Whatever…
.
Eu só queria saber de onde saíram os números para todos esses navios e de que período se trata. Só isso.
.
280, 313, 348…
50 a mais ou a menos…
Não me importa o preciosismo encima de migalha.
.
O tal analista pelo menos elaborou como chegou no valor para as Fragatas, por isso você pode questionar o que foi publicado. Esse é o ponto chave.
Se é só pra dar um valor baseado em “senso comum”, até eu faço. E eu realmente faço isso, direto.

Luís Henrique

O link remete à uma matéria de 2017.
Em 2013 a China ofereceu a type 054A para a Tailândia por U$ 1 bi para 3 navios.
U$ 333 mi cada.
Acredito que hoje, em 2021 (quase 2022) o valor deve ser maior.

Bardini

Bota que vale U$ 400 milhões hoje, com algum pacote de suporte logístico junto. Vale trazer um navio desses da China? Eu sinceramente não vejo vantagem.

carcara_br

Vamos assumir correto os 400milhões, quanto custaria um projeto de deslocamento similar ocidental?
Gostaria de ouvir sua resposta, mas indiferente do valor, pra pagar uma fortuna pra ensinar marujo apertar botão, sem nenhum tipo de assimilação tecnológica eu prefiro o projeto CANOA. Uma coisa inovadora que tenho pensado.

Bardini

Com U$ 400 milhões na mão e podendo construir 100% na Europa, como seria no caso de uma compra direta da China, tu consegue ter um navio equipado com sistemas mais modernos, que cumpririam as mesmas missões…

Last edited 2 anos atrás by Bardini
Foxtrot

Produção industrial é muito interessante.
Um produto só é caro no início, devido aos custos de desenvolvimento, risco do projeto etc.
A medida que se vai produzindo mais unidades o produto tender a baratear mais, e não encarecer.

Matheus S

Vale destacar que o Paquistão estará recebendo as 4 Type 054A/P por US$1,4 bilhão, o que dá US$350 milhões por navio.

Luís Henrique

Legal. Seria interessante sabermos os armamentos que estão inclusos.
Sei que o Paquistão usará alguns misseis de fabricação nacional.
Tem que ver se por 350 mi virá com misseis, se vier, quais e quantos.
Eu acho que o nosso programa de Fragatas Tamandare avaliado em cerca de U$ 2 bi ou U$ 500 mi por navio, já inclui todos os armamentos e misseis e um pacote de suporte logístico.

Tudo isso deve ser analisado para sabemos se o navio chinês é realmente mais barato.

Eu, não vejo muita vantagem não.

Carvalho2008

Baratos realmente são.

Nao duvido nem um pouco da qualidade

A questão é se eles já estão ocidentalizados para a exportação, lingua inglesa, é etc

Mesmo que ainda não estejam, está na cara que logo estarão

Fuca

Acredito que sim..
Eles vendem de tudo para todos os países .. certamente estão..

Esteves

Quando uma coisa incomoda e martela na cabeça, explicação e motivos existem. Quando há saúde mental procuramos explicar o que passa conosco olhando para o espelho. Mas é mais prático transferir e acomodar os problemas nos colos alheios elegendo algo superior. Assim caminha a religião, a companheira, a sogra, o chefe. Roberto Peon era o CEO da Banda B em SP. Levava 1 macaco para a reunião com os gerentes. Apontava alguns problemas e entregava o macaco ao VP. Na cadeira ou sentava o macaco ou sentava o VP. Os dois não. No Brasil de hoje a reunião teria sido… Read more »

Nilo

è uma descrição do nossos pais, o “BOLSAQUISTÃO”.
O pais da desinformação, o pais em que uma liderança informada desinforma, e os desinformados propagam a desinformação dos que os subjulgam.

Esteves

Isso é estrutural. Se o presidente fosse uma flor…ainda estaríamos entre espinhos.

O Brasil é um país cartorial.

Michel

O sr. foi profundo e profético.

Esteves

É que Esteves ta com fome.

ROBERT

Esses valores acima é do navio “completo”? incluindo armamentos, sensores e propulsão ou será só do casco? Pelo valor da unidade inicial acima, a Fragata modelo 054A, por USD$ 280 me parece isso. Talvez casco + propulsão, deixando de fora sensores e armamento.

Matheus S

É o valor dele completo. O radar do Type 052D custa 500 milhões de yuan, já o radar do Type 055 custa 1 bilhão de yuan, estes são os componentes mais caros dos navios e que já está incluído nesse preço de construção da matéria.

Luís Henrique

1) Em 2013 a China ofereceu 3 type 054A por U$ 1 bi para a Tailandia, ou seja, U$ 333 mi cada. (A Tailândia preferiu pagar U$ 1 bi em DUAS fragatas sul-coreanas em vez das 3 chinesas) 2) o link saiba mais remete à uma matéria que indica valor de U$ 348 mi e a matéria é de 2017 3) após 8/9 anos da tentativa com a Tailândia e após 4/5 anos após a matéria, acho que o preço tem que ter SUBIDO, pois a inflação existe na China e os chineses estão ganhando mais também. Eles não informam… Read more »

Nilo

o segundo navio será construído no Estaleiro Mahidol Adulyadej, da Tailândia, com transferência de tecnologia.
https://www.naval.com.br/blog/2018/12/26/dsme-entrega-fragata-stealth-a-tailandia/
fragata Type 054 A/P multifulcional vendido ao Paquistão: https://www.naval.com.br/blog/2021/11/09/paquistao-comissiona-a-primeira-fragata-type-054-a-p/

Matheus S

O preço do Type 055 se manteve o mesmo desse seu período informado, mudou apenas o valor em dólar, antes, o navio custava algo em torno de US$800 a US$900 milhões, nunca ultrapassando esse valor, o valor exato que eu li durante esse período estava em US$846 milhões, mas isso já tem 2 anos. Se comparar o valor do dólar com o yuan, verá que em 2019 estava em 7 yuan por cada dólar, o que seria algo em torno de US$857 milhões. Hoje, o yuan está 6,38 por cada dólar, se colocar o valor de construção inalterado do Type… Read more »

Fuca

Oi eu oi a reportagem sobre estes valores em yuan que vc citou..

Pelo que eu entendi ali falavam dos preços de dois modelos..
Tipo 52D e tipo 55 ,por isso, a diferença dos preços de 2,5 e 3,5 bilhões de yuan.

Michel

A Marinha tinha é que recomeçar. Fazer um inventário de tudo o que possui e vender o que for desnecessário, obsoleto ou custoso de manter. Com o que conseguir das vendas, investe em uma frota novíssima. Navios, submarinos, radares, armamentos etc.
Tudo no estado de arte importado da China.

Teria que enxugar a folha de pagamento também – quase impossível -, mas teria que ser feito.

Aí sim, teríamos uma Marinha de Guerra.

Esteves

Sucata pouco vale. Infelizmente.

Renan

Destróier Type 055

Comprar 20 destes seria uma MB de respeito mesmo sendo chinês duraria 20 ou 25 anos de bons trabalhos.

Poderia ser uma marinha azul apenas para a atividade fim GUERRA.

não sendo necessário a compatibilidade com o resto da frota.

Teríamos duas marinhas uma como a conhecemos para suas responsabilidades legais
E outra para se der ruim ter condições de negar nosso mar.

20 destes mais uns 6 Riachuelo 2 Álvaro Alberto poderia impor respeito.

Vitor

Com trabalho escravo nos estaleiros e equipamentos nacionais conseguem esse valor… no minimo 50% comparado a ocidental ou no Brasil. Só não sabemos as qualidades dos sensores e armamento.
De chapa, motor e geradores e navi peças os chineses já tem bons fornecedores que nas ultimas duas décadas aprenderam muito. Tudo que foi fabricado de +- 2010 pra ca, tende a ter qualidade pois a china aprendeu muito com a construção de navios de marinha mercante nas duas últimas décadas também. Antes disso os chineses sofriam com qualidade…

Esteves

Impressionante a quantidade de escravos que possuem.

https://youtu.be/XQqATrBkeOc

JOSE MARIA FURTADO

Cegueira ideológica não ajuda em nada. Trabalho escravo na China? Olhe ao seu redor, veja quantas denúncias o MP Trabalho brasileiro apurou só neste ano e quantas pessoas ele libertou de condições análogas à escravidão. Depois, pegue dados dos salários chineses e do Brasil e os compare para ver quem paga mais. Chapas de aço com fornecedores externos? Pesquise pra ver quem é o maior fabricante de aços do mundo (em aços, a China produz num só dia tudo o que o Brasil produz em um ano). Qualidade dos sensores? A China já enviou naves para a Lua e Marte… Read more »

Esteves

Se foi feito com trabalho escravo…olha…perdemos uma boa oportunidade quando fizemos isso pra plantar cana-de-açúcar.

https://youtu.be/x0EzczNT21I

welvison

kkk povo querendo bota defeito nos navios chinês mais esquece que não são especialistas e que maioria dos produtos eletrônicos que vem pro brasil e chinês, que os EUA, Japão e Índia não tem coragem de bate de frente com os chineses sozinhos e que os chineses estão desenvolvendo armas para guerra e como eles detém varias tecnologia através de espionagem sera que eles iria colocar tecnologia de baixa qualidade para sua próprio defesa, sera que os produzidos aki no Brasil que ainda esta aprendendo a fazer o primeiro caças e melhor que os chineses? es uma pergunta que tenho… Read more »

Nilo

Brasil em crise virou oportunidade para China é uma lista de empresas desconhecidas querendo entrar no mercado brasileiro nomes como China Southern Power Grid, Huaneng, Huadian, Shanghai Eletric, SPIC e Guodian. A State Grid, por exemplo, liderou os investimentos no ano passado, com a compra da CPFL; a China Three Gorges arrematou hidrelétricas que pertenciam à estatal Cesp e comprou ativos da Duke Energy; a China Communications Construction Company (CCCC) adquiriu a construtora Concremat; e a Pengxin comprou participação na empresa agrícola Fiagril e na Belagrícola.
O Bolsaguistao está “Balato”.

Last edited 2 anos atrás by Nilo
Esteves

É. Mas alto lá.

O Brasil é enorme. Logisticamente falando não é um país para amadores.

Esteves

Irão cometer o mesmo erro que provocou a falência da Chery apesar da Chery ser um grande fabricante na China? Distribuição.

A CAOACHERY vem caminhando porque o CAOA (RIP) tem umas 120 concessionárias e entende de vender.

Grande na China ou Grande na Europa não é sinônimo de sucesso no Brasil.

Last edited 2 anos atrás by Esteves
Foxtrot

A tipo 54A sai a 280 milhões de dólares.
Perai, esse não é o valor de uma Tamandaré/ Meko gambiarra ???
Tem algo de podre no reino do Bananasil !

Esteves

Um AHTS grandão. Bonitão.

Nilo

E a Base Comandante Ferraz Antártica, que não é navio, mas foram comprados da China, em outro governo, sob outro comando.

Last edited 2 anos atrás by Alexandre Galante
Esteves

Olha…comprar é uma coisa pontual. Se tem grana, decide o que e de quem.

A oportunidade é aprender. Aprender a fazer navios pesqueiros, navios de pesquisa, navios de apoio, navios patrulha. Ocupar o mar.

Essa história de navios de guerra…o pessoal aqui defende que temos que ter alguma capacidade de combate. Alguma.

Esteves discorda. Esteves acha que devemos ter capacidade de tomar conta do nosso mar.

E tá bom demais.

Mk48

Morro de rir aqui com três “comentaristas” que escrevem suas baboseiras habituais no PN. . Um deles, o xxxx Lemos, é o agouro em pessoa. Duvido que jamais tenha chegado perto de , ao menos, 1 km de um navio da MB, mas…….. na qualidade de “pagadorde impostos” se acha no direito de destratar tudo o que seja publicado aqui sobre a MB. . O outro bobão é o B……ni. . Argentino disfarçado de brasileiro, cuja especialidade é detratar todo e qualquer programa de reaparelhamento da MB. . O terceiro é o paspalho do E……es. . Só sabe comentar sobre… Read more »

Esteves

Esteves. Não é E…..es.

Esteves.

100nick-Elã

Argentino disfarçado ou não, concordo que o B….ni é um bobão e só fala mel.

Esteves

O MK diz que ele é feio. Caso antigo.

Red Pill

Opa, falou em China eu apareço.

Last edited 2 anos atrás by Red Pill
Carvalho2008

E aí…..? 4 Tamandares ou 02 Type 55??

Esteves

Pode parar. Usando o Tu que o Bardini usa… Tu acreditas na operação desses navios de combate em Marinhas como as nossas com alto comprometimento dos orçamentos? Olha aí o KC. Quando assinaram o contrato dos 28…Esteves sentenciou. Vai faltar grana. Contrato não é pedido firme. Pedido firme tem grana na frente. Tem garantias. Assinamos as Tamandarés com contrato de manutenção. Revisão Programada. Mas em país de moeda fraca…em país de inflação não oficial…em país com especulações… Mais vale o que menos vale manter. Troca as Tamandarés por 10 Navios Patrulha Oceânicos. Daqui 10 anos quem Galante que teremos o… Read more »

Last edited 2 anos atrás by Esteves
carvalho2008

Exatamente o que disse no passado, volto a contextualizar no presente. Lembre que sempre defendi que, em meio ao fracasso de meios da esquadra, deveria se investir em cascos grandes multiusos. Neste contexto, falei que não gosto dos Macaés ou conceito similar. Falei que 1 Tamandaré poderia custar três NapaOc bombados…e fiz a mesmissima pergunta…4 Tamandarés ou 12 NapaOc Amazonas bombadas? ( não vou descrever novamente o que chamo bombado para não ser repetitivo) Aleguei que uma saida seria bombar 9 a 12 NapaOc Amazonas para fazer numero e continuar facultando a MB a nadar e não morrer de desidratação… Read more »

Esteves

Jogo do meio. Enquanto a vida vai…os americanos podem jogar outro jogo. Provocam chineses e russos, atiçam iranianos, desafiam franceses e…vão pra Marte. A China não deixará dúvidas sobre as intenções com Taiwan e sobre o Mar que estão dominando. Mestre deu o exemplo de Ilhabela ou Noronha. A China, um jogador desafiando as patentes e as propriedades industriais. Russos fincaram bandeira no solo marítimo do Ártico. Jogam na Ásia e no OM. Daqui onde Esteves está da pra ouvir pessoas jogando futebol. Ninguém chama. Essa gente não vêm convidar pra jogar. Não sabem do Esteves. Esteves não pode ir… Read more »

Esteves

“Esteves. Os produtos são de origem chinesa. A CAOA é que administra a operação da Chery no Brasil. Devo lembrar que a Great Wall e a BYD anunciaram que estão iniciando operações no Brasil.” Antonio e filhos de Antonio. Carlos Alberto Oliveira Andrade, falecido, foi o maior vendedor e maior concessionário Ford no Brasil. Cresceu e assinou a representação da Hyundai e da Subaru no Brasil. A CAOA detém a maior rede de concessionárias de automóveis no Brasil. A CAOA comprou 50% operação da Chery no Brasil + 100% da fábrica da Chery em Jacareí. Em Goiás a CAOA monta… Read more »

Last edited 2 anos atrás by Esteves
Esteves

Chery no Brasil = CAOACHERY.

Veículos montados em Catalão/GO ou na fábrica de Jacareí/SP.

Antoniokings

O que vc não está entendendo é que os produtos são chineses.
Os projetos são chineses.
A CAOA só faz pequenas alterações para adequar ao mercado nacional e a faz a montagem no Brasil.
A fabricação é nacional, mas os projetos são chineses.

Esteves

Sim.

Mas é um esforço nacional. São veículos chineses e coreanos (no caso da Hyundai) montados por uma operação brasileira.

Camargoer.

Ola Colegas. A Comparação entre valores de construção na China, na Europa, Brasil e EUA é importante. Contudo é preciso ter atenção para fazer as comparações corretas. Cerca de 60% do valor das FCT que serão fabricadas em Itajaí correspondem a sistemas de armas e sensores adquiridos na Europa, enquanto que os valores dos navios chineses correspondem a sensores e sistemas de armas chineses. Acredito que se a MB adquirisse os sistemas chineses para as FCT o seu valor ficaria mais barato (ou, se os chineses usassem os sistemas europeus em seus braços eles ficariam mais caros). Outro ponto que… Read more »

Esteves

Mestre, Alguém aqui e não recordo quem, afirmou que a decisão sobre escolhas de meios navais de combate é feita pela doutrina. Compram pelo emprego. Não compram pela disponibilidade orçamentária. Esteves ainda não firmou opinião se pelo emprego ou por dinheiro no caixa. Acredito na primeira opção, penso, porque Jovem Jungmann transferiu recursos das compensações financeiras decorrentes da extração dos hidrocarbonetos, vulgo Tesouro, para pagarmos o Atlântico. A MB não tinha recursos no orçamento. Galante lembrou dos investimentos chineses no Brasil. E a construção do Vital de Oliveira. E como os chineses são práticos. E como a China supera obstáculos… Read more »

Camargoer.

Olá Esteves. Sao problemas complexos que demandam soluções contraditórias. O contexto impõe restrições que impossibilitam a solução perfeita. O debate deveria começar sobre a estratégia de defesa necessária e possível. Os meios serão decorrentes desta estratégia e dos cenários prováveis e possíveis. Neste momento, a sua pergunta faz sentido. Lutar qual guerra e contra quem? Qual o sentido de financiar um exército para combater o inimigo interno?

Camargoer.

Aliás, qual o sentido de ter um exército que se acha mais velho que o Estado?

Esteves

Medo.

Camargoer.

.Olá Esteves. Quem tem medo de quem? A sociedade tem medo dos militares ou os militares têm medo do povo?

Esteves

Cutucada.

Se…se…o Império tivesse se extendido até os anos 1910/20…digamos que Prestes Estava historicamente atrasado nos anos 1930…se a República tivesse atrasado…se os filhos de Pedro 2 tivessem sobrevivido…se Getúlio não tivesse dado o contra golpe…vai que.

Vai que. Vamos ocupar esse grande pasto antes que.

Last edited 2 anos atrás by Esteves
Camargoer.

Olá Esteves (mundo vasto mundo) SE eu me chamasse Raimundo seria uma rima não uma solução. História nunca se estuda com SE. Por outro lado, futuro se planeja com cenários hipotéticos otimistas e pessimistas. Por outro lado, o príncipe-deputado mostra que a atual família real tem pouco a oferecer para tornar o Brasil um país mais justo e solidário.

Esteves

Se. Se Pedro 2 tivesse sido batizado Romanov.

Camargoer.

Olá Esteves. Neste caso, a Disney teria feito um desenho com a princesa Isabel.

Roberval Rosa

Certamente serei espancado, mas na minha singela opinião passamos por um momento onde devemos repensar nossa politica externa e nossas alianças estratégicas, comerciais e militares, posto que as ameaças ao nosso gigante eternamente adormecido, tem partido exatamente de quem se diz nossos parceirtos e aliados, ou vamos ocultar as ameças que EUA, França, Reino Unido e UE tem desferido contra o Brasil, seja em termos de internacionalização da Amazonia, seja em boicote aos produtos agrícolas ou ao comércio brasileiro, precisamos vencer te complexod e vira latas e se colocar como um igual no cenário mundial, buscar novas alianças, novos caminhos,… Read more »

Carlos Campos

Em outra matéria do site essa Type 54 tava mais cara hein, mesmo assim, tá muito barata para que oferece, a anos já venho defendendo a MB comprar navios de guerra na China e trocar certos componentes para o padrão ocidental, eu li que a Turuquia nas novas fragatas vão ter sensores chineses ao lado de franceses. então dá sim para fazer essa mistura. a grande questão é eles vão deixar a agente integrar o MANSUP nesses navios? o AV/TM? nossos Exocet vão poder ser usados neles? se der problema a MB pode resolver ou vai ter que pedir para… Read more »

Esteves

Tem uma posição do Bardini que vale a pena refletir.

Esses valores são preços para venda to PLA Navy, são preços de venda que os chineses tem como referência dentro da China…do estaleiro chinês para a Marinha da China e aí seriam custos e não preços de venda, ou são valores de comercialização?

É custo ou é venda?

Camargoer.

Olá Esteves. O custo por tonelada de navios de porte similar seria um bom ponto de partida. Neste contexto, os navios chineses são cerca de 30% mais baratos. Mesmo considerando que a mão-de-obra chinesa seja mais barata e que exista uma amortização dos custos de infraestrutura, parece-me que o ponto fundamental é que os valores dos sensores e sistemas de armas chineses são menores que os valores dos sistemas europeus e ocidentais. Mesmo que exista um subsídio para os equipamentos militares destinados para as forças armadas chinesas, esse subsídio seria insuficiente para explicar os valores relativos dos navios chineses em… Read more »

Esteves

Qual a diferença entre um smartphone coreano, um smartphone chinês, um smartphone japonês ou um similar americano?

Parece evidente que o AEGIS e as Burke são as excelências. Assim como a Apple.

Todos funcionam.

Camargoer.

Olá Esteves. Provavelmente, um iPhone feito no Japão ou na China serão idênticos se forem o mesmo modelo. Por outro lado, existem diversos modelos de iPhone com diferentes desempenhos e diferentes preços. Portanto, a pergunta é sobre o desempenho dos equipamentos oferecidos por diferentes empresas. Essa é a questão.

Esteves

Esteves não pode comentar sobre o desempenho do AEGIS.

Porque Esteves não entende de AEGIS, porque Esteves não entende dos sistemas de combate que os chineses utilizam, porque MK vetou o palpite do Esteves sobre temas esses.

A mulher do Esteves trocou um carro japonês por um carro coreano. É nítido que a construção japonesa é superior. Em tudo.

Mas o carro coreano tem garantia de 5 anos e, nesse primeiro ano ta indo e vindo. No problemas.

Camargoer.

Olá Esteves. Creio que comparar a produção de veículos com a fabricação de produtos militares é inadequado. Nos tempos do FX2, tinha gente que queria comparar o Rafale ao F39 como quem compara um Citroen com um Volvo. Ou Charles Aznavour com o Abba (Mama Mia).

Esteves

Mestre,

Os sistemas de combate chineses funcionam? Sim. Suponho.

Os sistemas de combate chineses são superiores ao AEGIS? Suponho que não porque quem domina um processo industrial com foco no resultado mensurado por décadas de combates obtém maiores ganhos X quem o faz pela quantidade de navios.

Certo?

Camargoer.

Olá Esteves. Sua premissa é muito boa sobre a superioridade dos sistemas ocidentais. Um coisa é certa, os sistemas ocidentais são mais caros. O que acho equivocado é discutir o desempenho dos sistemas chineses em relação aos sistemas ocidentais baseado nas experiências pessoas com carros, smartphones e lapiseiras. Temos que comparar preços finais, robustez, logística de manutenção, capacidade de integração com outros sistemas, desempenho e compatibilidade, sem cair na armadilha do supertrunfo.

Esteves

A única comparação que penso possível é por história. Por custo, por razões que foram externadas, os chineses levam. Historicamente, os sistemas ocidentais especialmente os sistemas de combate norte-americanos, tem larga vantagem. Porque foram e são testados desde os anos que esses sistemas foram implantados…e empregados nos conflitos. A China ainda não fez guerra. Assim como um carro coreano está sensivelmente atrasado X a montagem de carros japoneses. Essa estratégia…a mão cheia…se Esteves emprega o termo correto, foi usada por Patton. Os alemães perderam por terem sido incapazes de reabastecer as linhas e repor as perdas. Hoje os sistemas de… Read more »

Esteves

O valor está na inovação. Casco é casco. Matheus explicou a propulsão híbrida dos chineses. É uma parte do navio fornecendo energia para mover o monstro e para funcionar os sistemas de combate. Provavelmente existe blindagem múltipla protegendo a geração de energia.

Se 25% = mão de obra e 20% = aço e, os dois são subsídios do governo chinês, tá feita a conta do preço menor.

Não da pra economizar na inovação.

Marcus Pedrinha Pádua

Pior que dá, colega. Porque o custo da inovação também se faz dos mesmos componentes que o custo de qualquer produto: mão de obra, material e conhecimento. Então, se o custo da mão de obra (por exemplo, o salário da faxineira, do auxiliar de laboratório ou a bolsa do pesquisador), o custo do equipamento (quanto custa a vidraria ou o espectrógrafo de massa na Europa ou na China?) e o preço do conhecimento disponível (100 engenheiros no Brasil x 100.000 engenheiros na China) for diferente antes de começar uma determinada pesquisa, o custo do resultado dessa pesquisa será diferente no… Read more »

Esteves

O colega, prezado colega, deu exemplos de como aumentar a produtividade. Ganhos de produtividade. Ganhos decorrentes de processos inovadores com tecnologias disruptivas, outro exemplo, são obtidos após pesquisas e desenvolvimento. P&D = grana. A China tem mais liberdade (nem sei dizer se essa é a palavra correta) para aplicar os contratos de trabalho X Brasil onde os contratos estão amarrados pela CLT. O governo chinês reduziu o subsídio do aço em 1/3 se a memória do Esteves não falha, impactando inclusive na construção civil, vide as dificuldades da Evergrande. Subsidio no aço + facilidades para aplicar regras (se existirem) trabalhistas… Read more »

Renan

Vamos dizer que navios chinês não presta.

E do nada vemos um porta avião, 4 submarino, 10 type 55 20type 52 e 40 type 54 e uns 4 navio de desembarque anfíbio tudo chinês vindo reclamar um pedaço do Brasil para garantir o alimento da população chinesas.

Diga eliminado os fatores geopolítico.

Qual a chance de o Brasil se defender deste ataque?

É os barquinho chinês não presta são ruim mas eles tem nós não.
E se quiser coloca tudo aqui de joelhos.

Esteves

30% do nosso solo são destinados à agropecuária.

Last edited 2 anos atrás by Esteves
Esteves

A China iria ocupar o Brasil com 4 navios de desembarque?

Renan

E precisa de mais para tomar uma praia iniciar a ocupação?
Acho que tudo deve ter um começo e 4 acho de bom tamanho

Camargoer.