Home Operações Navais Tikuna no Globo

Tikuna no Globo

82
0

tikuna-no-globo

Leia a matéria e veja o vídeo do submarino Tikuna, no site do Jornal O Globo, clicando aqui.

1 COMMENT

  1. Estamos enviando para esta missão o que temos de melhor. Estes submarinos são tudo o que existem entre nós e um futuro potencial inimigo que se aventure a nos invadir pelo mar. Os tupi/Tikunas são únicas armas de dissuação desta nação. Precisamos urgentemente de mais submarinos, e de aviões, escoltas de superfície, carros de combate, mísseis, artilharia de tubo e foguetes, helicópteros, caminhões, jeeps, soldados…

    Um abraço!!

  2. AMIGOS PELO AMOR DE DEUS ME RESPONDAM! QNDO COMEÇA A CONSTRUÇÃO DOS SCORPENES, DOS NOVOS SUBMARINOS DA MB!? POR FAVOR ME TIREM ESSA DUVIDA! OBRIGADOOO!

  3. Majunior, você pode começar fazendo as contas a partir das declarações do Comandante da MB referentes à transferência de tecnologia(publicadas uns quatro ou cinco artigos para trás deste).

    Pra facilitar, seguem os trechos mais importantes a respeito. Imaginando que o contrato entre em eficácia a partir deste ano, pode-se ter alguma idéia:

    “a) Ao entrar em eficácia o contrato, serão enviados, para a França, alguns projetistas navais brasileiros que, juntamente com os franceses, ao longo de um ano, introduzirão ajustes no projeto do submarino convencional brasileiro (S-BR) (versão nacional do modelo “Scorpène” francês), para que este venha a atender determinados requisitos operacionais da MB, relativamente a maior autonomia e a maiores intervalos entre os períodos de manutenção. Isso tornará suas características mais compatíveis com as vastidões do Atlântico Sul;

    b) A partir de seis meses depois da data de eficácia do contrato, serão enviados à França outros engenheiros navais brasileiros, que farão cursos de 18 meses de projeto, culminando com um trabalho constituído de um projeto real de submarino convencional, depois de retornarem ao Brasil;

    c) Um pequeno grupo de engenheiros fará estágios de três anos na Empresa “Thales”, fabricante do sistema de combate do submarino (sonares, direção de tiro, etc ), onde receberão toda a tecnologia necessária ao desenvolvimento e manutenção do sistema;

    d) Da mesma forma, teremos engenheiros que permanecerão dois anos na fábrica de torpedos, para absorção de tecnologia de projeto; e

    e) Depois do retorno do segundo grupo (alínea b), engenheiros e técnicos franceses permanecerão no Brasil por cinco anos, participando do desenvolvimento do projeto do primeiro submarino nuclear brasileiro. Observação: a parte referente ao reator nuclear e seu compartimento será de responsabilidade do Brasil.

    2) Transferência de Tecnologia de Construção de Submarinos

    a) O submarino é construído em 4 seções. A primeira seção do primeiro submarino será construída no estaleiro de Cherbourg, na França, com a participação da equipe de construção de submarinos do AMRJ, que absorverá os métodos, normas e processos franceses de construção, algo diferente do sistema alemão, a que já estão acostumados;

    b) De volta ao Brasil, esse grupo constituirá o núcleo de transferência de tecnologia para a Sociedade de Propósito Específico (SPE), que será constituída para operar o novo estaleiro para a fabricação dos novos submarinos; e

    c) Depois dessa fase, o grupo atuará, pela MB, como fiscais das obras e garantidores do controle de qualidade.”

  4. mandamos nossa melhor arma para ser “grampeada” pelos sonares yankees…
    agora eles poderao achar o Tikuna em qq lugar do mundo…
    perdemos nossa “surpresa” pra eles…
    quantos subs nossos ja foram “fazer esse exercicio” ou melhor, ja foram catalogados nos EUA ??

    Majunior,
    esses subs estarao prontos do mesmo jeito que a transamazonica “esta pronta” hoje… ou seja…
    se tudo ocorrer sem problemas, teremos o sub nuclear em 2068…
    ja os scorpene, os teremos em 2036…

  5. Prezado Majunior
    A parte de proa do primeiro, que será construida na França, iniciará no mes 6 após a eficácia do contrato e a construção do resto do casco resistente, na NUCLEP, no mes 20

  6. Nunão,

    Putz, o tempo necessário para que técnicos e engenheiros brasileiros possam se familiarizar com os sistemas de fabricação e operação são demasiados longos. Estou achando que o prazo inicial para a entrega do primeiro Scòrpene (2014-2015) é balela, conversa pra boi dormir.

    E vc esqueceu de citar que o estaleiro para fabricar (montar????) os 4 só existe no projeto. Espaço físico mesmo que é bom, ainda falta erguer. Isso pq o almirantado alega que AMRJ será destinado ao desenvolvimento da futura escolta de supefície, por isso o fato de ter que construir um novo estaleiro para os SSK. E o AMRJ ainda precisa de uma modernização, pois a ferramentaria do mesmo não acompanhou o desenvolvimento tecnológico pós Niterói.

    abraços.

  7. A marinha americana convidou submarinos suecos, italianos, chilenos, brasileiros … etc …

    Vários já foram manobrar com a US NAVY.

    Sabem vocês quantos SCORPÈNES??? NENHUM!!!!

    Aliás nenhuma marinha da OTAN sequer admite a hipótese de dispor de SCORPÈNES …

    A marinha chilena que está penando com dois mandou para as manobras com os americanos seus IKL 209 antigos … não se atreveu a mandar nenhum SCORPÈNES … e sabemos bem porque ….

    Por outro lado, estamos paparicando os franceses justamente para ter o que???? SCORPÈNES!!!!!!!!!

    Eta vida dura ….

  8. mto obrigado pelas respostas
    amigos fico triste de ver um povo q não da valor as forças armadas…
    a MB merece mais! sinceramente esse pais é uma maravilha com um lixo de povo!
    obrigado e um abração a todos!

  9. Arcanjo,

    vc esta querendo dizr que o scorpene e nao presta ???
    ou sera que a marinha chilena nao e tao inocente como a MB de mandar sua melhor embarcacao para ser catalogada ?!?!?!?!?!?!?!

  10. A maioria de vocês viajam de mais na maionese!!!

    Vocês realmente acho que as informações correm de forma unidirecional??? Pelamour….

    Outra coisa que muito me espanta aqui é o fato de a maioria achar que sabe mais de estratégia naval do que aqueles que dedicam a vida a isso. Vocês acham que esse tipo de treinamento pode “dar” aos americanos as informações críticas de nosso melhor sub? Em qualquer hipótese de conflito a própria HDW daria as informações.

    Por que é interessante para a MB participar de exercícios como esse? (to viajando aqui)Será porque os navios que a USN está usando, estão próximos de darem baixa e virem a compor marinhas vizinhas?? Pensem por esse lado também.

    Sds,

  11. Gaspar,

    a marinha americana nao esta preocupada com o Tikuna nem com os subs chilenos por dois motivos:

    – somos amigos dos EUA, nós e o Chile,
    – 5 submarinos nao bastam para fazer eles ficarem com medo de nós, alias, nem 10.

    O que eles querem ´é treinar com subs convencionais para aprender a lidar com subs convencionais dos outros, como por exemplo, os subs chineses.

    Nós temos muito mais a ganhar treinando com eles do que esconder assinaturas acusticas.

    Se e quando os EUA passarem a ser nossos inimigos, o Tikuna já poderá estar aposentado.

    abraços

  12. Tikuna,

    no meu leigo e viajado entender, acho sim que eles querem grampear todos os sub que participam…
    essa “paranoia” americana por sub a disel comecou qnd eles alugaram um sub sueco(acho eu) por UM ano afim de estudar suas caracteristicas …
    apos isso tudo, nossos amigos chineses fizeram o favor de ficarem na linhe de alcance de seus torpedos de um porta avioes americanos, sendo que o mesmo estava com sua escolta AA, AN, AS…
    ai a paranoia virou esses exercicios…

    por outro lado, gostaria de saber se o Tikuna poderia fazer o mesmo, obter dados dos sonares “inimigos” …

  13. Dalton,

    exatamente, eles estao nos usando para obter a doutrina para caca s sub’s a diesel, naoo necessariamente o Tikuna, mas sim sub’ s a diesel…

  14. gaspar,

    Grampear é o de menos, o que eles estão querendo é aprender a localizar, algo um pouco diferente.
    Não se esqueça que vários modos de busco submarina não podem ser feitos por nossas fragatas ASW porque nossos sonares não possuem tal funcionalidade. Até nisso o exercício irá ajudar.

    Logicamente que o cmt do Tikuna não irá mostrar todas as cartas que tem na manga, isso é um jogo de gato e rato.

  15. E pensar que o atual comandante eu vi fazendo EQFCOS.

    Muito show mesmo! Confiram lá na Base Militar no artigo sobre como se forja um comandante de submarino.

  16. Ué Galante, porque vc tirou o link para que o pessoal visse o trabalho sobre o EQFCOS?

    Não entendi a razão? Você não quer que eles leiam a matéria da ALIDE?

    Pois deveria, afinal ela é bem esclarecedora. Enfim, vc é quem sabe!

  17. DFM, existem outros editores nesse site. Não removi link nenhum, nem aprovei seu comentário. Todo comentário com link fica retido pelo anti-spam.
    Tenho prazer em divulgar as matérias da Alide e não deveria haver dúvida quanto a isso, já que somos parceiros.

  18. Galante meu amigo. Alguém então deveria criar um padrão para isso.

    Censura no Blog? Pois foi o que pareceu.

    Para quem quiser ler, basta ir no site da ALIde em: w w w . alide. com. br na edição 29.

  19. Pessoal, vcs esqueceram do Exercício LINKED SEAS 97, onde o Sub Tamoio ultrapassou as defesas anti-sub da OTAN e emergiu ao lado do Porta-aviões Príncipe de Astúrias! O SSK tem o seu valor e os EUA sabem muito disso. Está ficando muito caro manter uma Força de Sub só com nucleares.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here